Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

São Paulo vence e assume a liderança do Paulistão


Com gols de Jean e Dagobeto, Tricolor venceu o Ituano, por 2 a 0, e ultrapassou os rivais Palmeiras, Santos e Corinthians para assumir a ponta

Beneficiado pela combinação de resultados dos jogos de quarta-feira, o São Paulo entrou em campo no Morumbi sabendo exatamente o que precisava fazer: uma vitória simples nesta quinta-feira significaria a liderança Tricolor no Paulistão. E apesar das improvisações do técnico Carpegiani, o São Paulo voltou ligado na segunda etapa e venceu o Ituano, por 2 a 0. E pela primeira vez no ano, a ponta do Estadual é do Morumbi!

Nada como uma vitória e a primeira colocação para apagar o início de semana tumultuado no clube. Ausências de Alex Silva nos treinos, reclamações pela imprensa e broncas de Carpegiani… Nada foi suficiente para tirar o foco da equipe, que marcou dois belos gols com Jean – um lindo chute de longe, no ângulo – e Dagoberto e matou o jogo logo no início do segundo tempo.

Até mesmo as improvisações de Carpegiani, que deixaram o time perdido em campo no primeiro tempo, foram superadas contra um adversário mais precocupado em não levar uma goleada do que em vencer a partida. Com a derrota, o Ituano permaneceu na 15ª colocação no Paulistão.

Ainda pelo Paulistão, o São Paulo volta a campo neste domingo, quando recebe o Santo André, no Morumbi. No mesmo dia, o Ituano enfrenta a Portuguesa em Mogi Migim, no Estádio Romildo Ferreira.

JEAN E DAGOBERTO SALVAM!

Nas poucas vezes em que foi exigido defensivamente, o Tricolor foi bem e o Ituano praticamente não assustou na primeira etapa. Fechado em seu esquema de três zagueiros, no entanto, o time visitante dificultava os avanços do São Paulo, que era obrigado a arriscar nos chutes de longa distância.

Lento e pouco inpirado, o time de Carpegiani dependendia unicamente dos lampejos do meia Lucas, que tentava alguns avanços em velocidade. A falta de outro meia de criação foi muito sentida na primeira etapa. Aos 27, Miranda até tentou dar uma de artilheiro, mas faltou pontaria. Em tabela com Dagoberto, o zagueirão chutou da entrada da área e mandou por cima do gol.

Com Xandão na lateral-direita, Ilsinho na meia e Wellington na marcação, o time teve dificuldades para furar a defesa do Ituano e sentiu falta dos importantes desfalques de Rivaldo, Fernandão e Fernandinho.

Nesse panorama, as chances de gol eram poucas e o empate sem graça parecia ser o resultado mais justo no primeiro tempo. Até que aos 40 minutos, o meia Jean apareceu para resolver! O volante recebeu de William e mesmo de muito longe acertou um lindo chute, no ângulo! Era o que o São Paulo precisava para superar o nervosismo e engrenar!

Para reforçar a saída de bola da equipe, Carpegiani sacou Wellington e colocou Casemiro em campo ainda no intervalo. Com outra postura e aparecendo mais no ataque, não tardou para o Tricolor furar novamente a retranca do Ituano e ampliar. Aos quatro minutos, Willian encontrou Dagoberto em ótima posição e o atacante só teve o trabalho de tirar do goleiro para marcar o segundo!

O que se viu depois foi um domínio absoluto do São Paulo. Feliz com a vantagem de dois gols e a liderança do Paulistão, a equipe passou o restante da segunda etapa adminitrando o resultado. No único susto que Rogério Ceni sofreu na partida, Medina recebeu na direita, limpou a marcação de Juan e arisou. A bola desviou na zaga e quase enganou Ceni, salvo pelo travessão.

Não teve jeito. O São Paulo assistiu atento aos jogos da quarta-feira, fez o básico, cumpriu a lição de casa e deixou os rivais Palmeiras, Santos e Corinthians para trás! Segura o Tricolor!

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 2 X 0 ITUANO

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 10/3/2011 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Welton Orlando Wohnrath (SP)
Auxiliares: Fabio Luiz Freire (SP) e Fabio Luiz Freire (SP)
Cartões amarelos: Xandão (SPO); Malaquias (ITU)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Jean, 40’/1°T (1-0); Dagoberto, 4’/2°T (2-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Xandão, Rhodolfo, Miranda e Juan; Jean, Wellington (Casemiro, Intervalo), Ilsinho (Marlos, 14’/2°T) e Lucas; Dagoberto e William (Henrique, 39’/2°T). Técnico: Paulo César Carpegiani.

ITUANO: Marcelo Bonan; Anderson Salles, Rodrigão e Marx; Medina, Adoniran, Júnior Urso, Klayton Domingues (Fernando Russi, 10’/2°T) e Leomir (Alemão, 10’/2°T); Jefferson e Malaquias (Oliveira, 26’/2°T). Técnico: Ruy Scarpino.

março 10, 2011 - Posted by | São Paulo |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s