Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com ‘talismã’, Palmeiras vence Mirassol e é o líder do Paulistão

Camisa 40 precisou de 18 minutos em campo para marcar. Verdão é o novo líder e agora pensa no Corinthians, rival de domingo

Líder do Campeonato Paulista com cinco vitórias seguidas e mais do que embalado para o Dérbi do próximo domingo contra o Corinthians, no Pacaembu. O Palmeiras venceu o Mirassol por 1 a 0 no Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol. O gol foi marcado por Patrik, aos 32 da etapa final.

Horas antes da partida, o Santos havia empatado por 2 a 2 com a Ponte Preta em Campinas. Assim, os comandados de Felipão já entraram em campo sabedores de que a vitória, por qualquer margem, daria ao time do Palestra Itália a primeira colocação.

Dito e feito: o Verdão chegou à sua quinta vitória em sequência e atingiu os 16 pontos na tabela, 2 a frente do Peixe. Agora, a equipe verde vai com tudo enfrentar o Corinthians no Dérbi do próximo domingo.

O JOGO

Para a partida, Felipão não teve Kléber, suspenso; Danilo, que voltou da Itália após negociar com a Udinese; e Marcos Assunção, lesionado na coxa direita. À exemplo da partida contra a Portuguesa, Danilo e Marcos Assunção foram substituídos por Thiago Heleno e João Vítor. Já para o lugar de Kléber, Scolari optou por Adriano Michael Jackson no esquema 4-3-3, ao lado de Dinei e Luan no ataque.

O Mirassol, que nunca venceu o Palmeiras em quatro confrontos (desde 2008, quando o time subiu para a Série A1), buscou no entrosamento do time o trunfo para surpreender o Verdão.

Só que, mesmo jogando fora de casa, foi o Verdão quem ditou o ritmo…

Logo aos 11, o Alviverde chegou em um ataque em série fulminante. Adriano cruzou, Luan chutou e Fernando Leal defendeu. Na sobra, Dinei finalizou de primeira e Leal defendeu novamente. A bola ainda sobrou para Dinei isolar. Três arremates no mesmo lance!

Dez minutos mais tarde, Adriano ficou cara-a-cara com Leal e, mais uma vez, parou no goleiro do Mirassol.

O Mirassol só respondeu à altura quando Xuxa recebeu ajeitada de Wellington Amorim aos 31 e arrematou à direita do gol de Deola.

O primeiro tempo terminou morno e sem muitas emoções, ao contrário da segunda etapa, que começou com um lance do Mirassol logo a 2 minutos: Xuxa tocou de primeira para Renato Peixe, que entrara no lugar de Diego, e o lateral tocou rasteiro, para Deola defender dentro da área.

Aos 14, Dinei foi derrubado por Dezinho na meia-lua. Sem Marcos Assunção em campo, Luan foi o homem da bola parada pelo Palmeiras nesta quarta: mas o camisa 21 desperdiçou a chance de inaugurar o placar.

Tinga tratou de acordar os palmeirenses aos 20 minutos quando, num toque por cima, achou Luan dentro da área. O camisa 21 matou no peito, mas furou na hora H.

O jogo parecia ser disputado em câmera lenta, com duas equipes despreocupadas. Talvez, o Verdão estivesse pensando muito no Dérbi de domingo. Ou só esperava pela hora em que um certo talismã fizesse a diferença. E o talismã do Verdão em 2011 é Patrik.

À exemplo do que fez contra o Oeste, em Itápolis, o amuleto palmeirense acertou as contas para o Verdão mais uma vez e deixo o time na liderança aos 32, quando aproveitou cruzamento de Cicinho para fazer 1 a 0.

Com o jogo próximo do fim, Felipão aproveitou a pasmaceira que veio a seguir para realizar substituições. Promoveu a entrada de Max Santos e Vítor nos lugares de Luan e Cicinho.

Mesmo perdendo, o Mirassol continuava desinteressado e pouco atacou. Mas o Palmeiras nada tinha a ver com isso.

Com o resultado, o Verdão é líder do Campeonato Paulista com 16 pontos, desbancando o Santos. O rival do interior permanece na quarta colocação, mas pode perder o posto para o São Paulo, que joga nesta quinta-feira.

O Alviverde agora embalou para o Dérbi que vem pela frente. O clássico contra o Corinthians será realizado no domingo, no Pacaembu, mesmo dia em que o Mirassol vai à Bragança Paulista enfrentar o Bragantino.

FICHA TÉCNICA:
MIRASSOL 0X1 PALMEIRAS

Estádio: José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP)
Data/hora: 2/2/2011 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Dante Mesquita Junior e Ricardo Busette
Renda/público: Não disponíveis
Cartões amarelos: Diego, Dezinho, Esley (MIR)
GOLS: Patrik, 32’/2ºT (0-1)

MIRASSOL: Fernando Leal, Samuel, Gustavo Bastos, Dezinho e Diego (Renato Peixe, intervalo); Jairo, Magal, Esley e Xuxa (Reinaldo Alagoano, 35’/2ºT); Marcelinho e Wellington Amorim (Serginho, 31’/2ºT). Técnico: Ivan Baitello

PALMEIRAS: Deola, Cicinho (Vítor, 38/2ºT), Maurício Ramos, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, João Vitor e Tinga; Luan (Max Santos, 35’/2ºT), Adriano (Patrik, 14’/2ºT) e Dinei. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

fevereiro 2, 2011 - Posted by | Palmeiras | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s