Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Botafogo joga mal e fica no empate com o Bangu

Jefferson salva Alvinegro de uma derrota

Apesar das quatro vitórias no Estadual, o Botafogo não vinha atuando bem os últimos jogos, e a torcida andava meio desconfiada. Nesta quarta contra o Bangu, o Glorioso ficou no 1 a 1, isso porque seu goleiro, Jefferson, pegou um pênalti e fez defesas milagrosas. O Bota segue na liderança com 13 pontos, mas até o jogo do Fluminense contra o Duque de Caxias, na quinta-feira. No ano passado, o Alvinegro também empatou com os banguenses por 2 a 2, no Engenhão.

Se o Botafogo pensou que teria vida fácil contra o Bangu, de fato, não foi o que aconteceu. A equipe da Zona Oeste do Rio de Janeiro tomou conta do primeiro tempo e só não conseguiu o gol graças a Jefferson. O meia Thiago Oliveira começou fazendo grande jogada pela direita e Pipico chegou atrasado. O Bangu ainda chegaria com Leandro Costa e o lateral-direito China. No entanto, o goleiro Jefferson estava como de costume, inspirado.

Como quem não faz leva, o Botafogo conseguiu um pênalti, quando o zagueiro Diego Padilha tentou enganar a arbitragem cortando cruzamento com a mão. Loco Abreu cobrou perfeitamente e abriu o marcador. Com o gol, o Alvinegro melhorou e passou a ter maior volume de jogo. Loco Abreu comandava o ataque de seu time e Marcio Azevedo estreava com personalidade e muito empenho. Por sua maior qualidade e pela incompetência do Bangu, o Glorioso manteve a vantagem na primeira parte do jogo.

Jefferson pega pênalti mas não segura reação do Bangu

No segundo tempo, o Botafogo até deu indícios de que melhoraria. O técnico Joel Santana colocou Caio no lugar de Renato Cajá, que não esteve bem. Todavia, foi o Bangu que mais uma vez chegou. Aos 18 minutos, Fahel fez pênalti desnecessário em Pipico. A sorte dele, é que Jefferson mostrou porque é goleiro da Seleção Brasileira. O atacante banguense Pipico bateu à meia altura e o arqueiro do Bota defendeu.

A noite parecia ser alvinegra, embora com o mau futebol apresentado, Jefferson fazia a diferença. A equipe de General Severiano chegou a assustar, sobretudo com a dulpa de ataque Herrera e El Loco. Contudo, o Bangu não desistiu. Aos 32 minutos, após rebote de Jefferson, que fez um milagre em chute de Pipico, o zagueiro Abílio empurrou para o funfdo das redes.

Joel Santana ainda promoveria a estreia de Everton em lugar do vaiado e limitado Fahel, mas de nada adiantaria. Desorganizado, o Botafogo tentava armar as jogadas através de Caio, que estava pouco inspirado. No final, graças a Jefferson, o Fogão ainda ficou no lucro com o empate.

FICHA TÉCNICA:

BANGU 1 X 1 BOTAFOGO

Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/hora: 2/2/2011 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ)
Cartões Amarelos: Diego Padilha, Abílio (BAN); Renato Cajá, Fahel (BOT)
Cartões Vermelhos:
Renda/Público: 4.335 pagantes/ R$ 91.730,00

Gols: Loco Abreu (26’/1°T) (BOT); Abílio (32’/2°T) (BAN)

BANGU: Thiago Leal, China (Gedeil), Diego Padilha, Abílio e Fabiano Silva, Joziel, André Barreto, Thiago Galhardo (Allan Possato) e Ricardinho; Pipico e Leandro Costa (Charles Chad). Técnico: Gabriel Vieira.

BOTAFOGO: Jefferson, João Filipe, Antônio Carlos e Fahel (Everton); Alessandro, Somália, Arévalo Ríos, Renato Cajá (Caio) e Marcio Azevedo; Herrera (Alex) e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

fevereiro 2, 2011 - Posted by | Botafogo |

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s