Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Inter B joga bem e bate xará de Santa Maria por 4 a 1

Marquinhos retomou futebol e deu assistência para três gols

Mesmo fora de casa, a partida contra o Inter-SM acabou sendo a melhor apresentação do Inter B na temporada. Com espaços deixado pelo Inter-SM, os garotos colorados puderam criar mais chances e estabelecer o 3 a 1 no placar. Marquinhos fez um ótimo primeiro tempo, e retomou um pouco do prestígio que tinha com os torcedores. O Inter agora tem nove pontos e lidera momentaneamente a chave 1 da Taça Piratini, e pode ser ultrapassado por Lajeadense e Caxias. O time de Santa Maria briga contra o rebaixamento, com um ponto, na última posição da chave 2.

Em menos de dois minutos de jogo, o destaque do Inter no Gauchão já havia dado dois chutes contra o goleiro Fábio. Apesar de não exigir muito, mostrou o que o Inter iria querer na partida. Logo aos 10 minutos de jogo, o time de Porto Alegre surpreendeu os santamarienses em cobrança de escanteio. Marquinhos cruzou fechado, e Rodrigo Moledo subiu mais alto que a zaga para desviar e abrir o placar.

Com o 1 a 0 favorável, os garotos do Inter continuaram a tocar a bola e aproveitar os espaços. Por oito minutos, foram trocas de bolas e estocadas, mas sem sucesso. O Inter de Santa Maria levou perigo duas vezes antes de empatar a partida. Sempre segura, a defesa do time de Porto Alegre falhou. Aos 18, Mineiro escorregou e Faguinho ficou livre para cruzar da direita nos pés de Dinei. Na cara de Muriel, o centroavante só desviou e empatou o jogo.

Apesar do gol, o Inter continuou na frente. Aos 26, Ricardo Goulart soltou um petardo da intermediária, cheio de curva. Fábio teve dificuldades para mandar para escanteio. Era a dica para que algo estava por vir. Marquinhos recebeu passe de Guto, e rolou dentro da área aos 29. Ricardo Goulart veio de trás e chutou. A bola não ia no gol, mas desviou no zagueiro Flávio e matou Fábio. Sorte de artilheiro, que fez Inter 2 a 1.

Após, em duas ocasiões, Muriel foi o protagonista. Primeiro aos 31, em cruzamento da esquerda de Felipe, que Dinei completou e o goleiro do Colorado de Porto Alegre se esticou todo e salvou. Depois, aos 33, em escanteio do Inter de Santa Maria. Na cobrança curta, Faguinho cruzou e a bola pararia nas mãos de Muriel, que não segurou. A partir daí, a polêmica se instaura. Vidinha veio no embalo, e tocou a bola para dentro do gol. O árbitro André Cieslak, porém, interpretou como falta em cima do arqueiro colorado e anulou o empate.

Três minutos depois do lance, um golaço do Inter, para selar a recuperação do meia Marquinhos. A zaga do Inter-SM errou no quique de bola, e Marquinhos ficou com a bola na ponta da grande área, pela esquerda de ataque. Olhou e viu o ex-jogador do Barueri entrando por trás da zaga: não titubeou e, de três dedos, deu o passe. Thiago Humberto, de chapa, bateu de primeira e completou o 3 a 1, encerrando as ações do primeiro tempo.

O segundo tempo começou lento. Superior no placar, o Inter diminuiu o ritmo e trocava passes laterais, sem muita objetividade. Cozinhava o jogo desde o início. O Inter-SM mostrou um ímpeto inicial, mas sem assustar Muriel. Depois dos quinze minutos iniciais, a equipe de Santa Maria pareceu perder o fôlego. Até os 22 minutos da segunda etapa, o técnico Luiz Carlos Winck já havia queimado as três substituições.

Sem precisar atacar, o Inter esperava os contra-ataques, como aos 26, quando Augusto antecipou e roubou bola na meia cancha. Avançou com a bola e lançou o centroavante Guto, cara a cara com Fabio. Mas o camisa 9 do Colorado tentou encobrir o goleiro e jogou a bola pela linha de fundo. A resposta do Inter-SM veio logo em seguida, aos 29, em chute de longe de Jonantan. Dinei desviou no meio do caminho e quase surpreendeu Muriel, mas o lance foi parado por impedimento.

Aos 35, Felipe tentou o cruzamento e a bola acabou tomando a direção do gol. Muriel deu um tapa e colocou a bola para escanteio. Na cobrança, mais uma vez o goleiro colorado foi soberano pelo alto. O Inter-SM esboçou uma pressão, mas faltava qualidade para concluir as jogadas com precisão. Marcando bem, o time de Porto Alegre segurou o ímpeto do Inter-SM.

No apagar das luzes, o Inter conseguiu uma falta na meia direita. João Paulo cruzou, aos 47 minutos, e Mineiro desviou para marcar o quarto gol na partida e fechar o placar.

FICHA TÉCNICA

INTER-SM 1 X 4 INTER

Data/hora: 26/01, 20h

Local: Estádio Presidente Vargas, em Santa Maria

Árbitro: André Cieslak, auxiliado por José Antônio Filho e Júlio Cesar dos Santos

Gols: Rodrigo Moledo, Ricardo Goulart e Thiago Humberto (I) Dinei(SM)

Cartão Amarelo: João Paulo(I)

Inter-SM: Fábio; Faguinho(Jonatan), Deurick, Flávio, e Felipe; Rincon, Michel(Wends), Vidinha(Ronni) e Thiago Correa; Edilson e Dinei. Técnico: Luiz Carlos Winck.

Inter: Muriel; Kléber Silva(Daniel), Ronaldo Alves, Rodrigo Moledo e Mineiro; Juliano, Augusto, Ricardo Goulart(Natan), Thiago Humberto (João Paulo) e Marquinhos; Guto.Técnico: Enderson Moreira.

janeiro 26, 2011 - Posted by | Internacional |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s