Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Tolima surpreende e segura empate com o Corinthians

Organização e velocidade da equipe colombiana assustaram o Timão e placar ficou no 0 a 0

Começou a Copa Libertadores para o Corinthians! Mas o empate em 0 a 0 não foi o resultado que corintiano esperava. Com um time bem montado e veloz, o Tolima surpreendeu e deu trabalho. A equipe comandada por Tite tropeçou nos próprios erros e assustou apenas no fim do jogo. O confronto de volta, que será realizado em Ibaguá, no dia 2 de fevereiro, define o último integrante do Grupo 7. Um empate com gols na Colômbia garante a classificação do Corinthians.

O empate diante do Goiás na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado com certeza passou pela cabeça do torcedor nesta quarta-feira. O resultado que “rebaixou” o Corinthians para a disputa da primeira fase da Libertadores voltou a assombrar a Fiel na partida diante do Tolima.

Quem pensou que os colombianos fossem priorizar a defesa se enganou. O primeiro ataque perigoso partiu da equipe colombiana. Aos 6 minutos, Roberto Carlos errou passe e armou um contra-ataque perigoso. Atento, Leandro Castán parou a jogada. Um pequeno exempo do que seria o primeiro tempo.

O jogo

O troco corintiano partiu de Ronaldo aos 12 minutos. Jucilei avançou pela direita e cruzou na área. O camisa 9, livre de marcação, cabeceou a bola na mão do goleiro Antony Silva. E parou por aí. Pouco para quem iniciava a partida empurrado por quase 30 mil torcedores.

Sem poder de reação, os corintianos apenas observavam o bom toque de bola do adversário, que voltou a assustar aos 14. O atacante Wilter Medina fez bela jogada individual, mas acabou atrapalhado pelo companheiro Diego Chara. Papelão!

Apostando muito na linha de impedimento, a zaga corintiana bateu cabeça aos 24 minutos. Bolívar lançou Elkin Murillo, que ficou sozinho na cara de Julio Cesar. Apesar do impedimento marcado de forma errada (Roberto Carlos deu condição), o meia drilhou o goleiro e tocou a bola para o fundo da rede. Se não bastasse a infelicidade do gol anulado, o colombiano ainda foi “premiado” com o cartão amarelo.

Aos 30 minutos, após a pressão do Tolima, o Corinthians voltou a respirar. E aproveitou o espaço. Bruno César cruzou na área, Jorge Henrique mergulhou para cabecear a bola e quase abriu o placar no Pacaembu. O último lance de periogo na etapa inicial foi protagonizado por Ronaldo aos 32 minutos. O Fenômeno dominou com dificuldade e foi atrapalhado pelo zagueiro colombiano na hora do chute.

Novos 45 minutos com postura diferente? Que nada! O Tolima iniciou a etapa final da mesma forma que começou a partida. Em menos de dois minutos dois chutes periogos de Murillo e Castillo, respectivamente.

Apesar do jogo movimentado, os torcedores apenas observaram os erros das duas equipes. O único fato “interessante” foi a saída de Bruno César para a entrada de Edno. O festival de jogadas pouco trabalhadas durou até os 18 minutos, quando Ronaldo foi lançado por Dentinho. Só que mais uma vez o lance terminou na mão do goleiro Antony Silva.

Aos 28 minutos, Ronaldo acordou. Mas ainda um pouco “sonolento”. Primeiro, lançou Dentinho em velocidade. Mas o camisa 11 chutou fraco e arrancou vaias da torcida. Em seguida, cabeceou a bola na entrada da área, porém, não levou periogo.

Como era esperado, Edno e Marcelo Oliveira aumetaram a velocidade na criação as jogadas e acenderam a Fiel. O time, enfim, colocou fogo na partida aos 34 minutos. Bola levantada na área, confusão e, por pouco, o Corinthians não abriu o placar. 3 minutos depois, Danilo arriscou chute forte de fora da área e assustou o goleiro.

Aos 41 minutos, o grito de gol foi ecoado com força no Pacaembu. Alarme falso. Chicão cobrou falta e a bola apenas tocou na parte de fora da rede. Os momentos finais foram marcados pela pressão corintiana. Mas as tentativas foram em vão. O árbitro Enrique Osses apitou o fim aos 49 minutos.

CORINTHIANS 0 X 0 TOLIMA

Estádio: Pacaembu em São Paulo (SP)
Data/hora: 26/1/2011, às 22h00
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Patrício Basualto (CHI) e Sergio Román (CHI)
Público e Renda: 26.536 / R$ 1.339.605,00
Cartões Amarelos: Elkin Murillo, Antony Silva e Yair Arrechea (TOL) / Jucilei (COR)
Gols: –

CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Roberto Carlos (Marcelo Oliveira, 27’/2ºT); Ralf, Jucilei e Bruno César (Edno, 10’/2ºT); Jorge Henrique, Dentinho (Danilo, 34’/2ºT) e Ronaldo. Técnico: Tite.

TOLIMA: Antony Silva, Gerardo Vallejo, Julián Hurtado, Yair Arrechea e Félix Noguera; Jhon Hurtadom Gustavo Bolívar, Elkin Murillo (Santoya, 39’/2ºT) e Diego Chara; Rafael Castillo (Marrugo, 22’/2ºT) e Wilder Medina (Giménez, 31’/2ºT). Técnico: Hernán Torres.

janeiro 26, 2011 - Posted by | Corinthians |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s