Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Santos vence mais uma e segue 100% no Paulistão

Peixe faz 4 a 2 no Grêmio-PP, garante a terceira vitória seguida e segue líder do Campeonato Paulista

Qualquer time sentiria a falta de jogadores como Neymar, Paulo Henrique Ganso, Arouca e Diogo, certo? O Santos não. Mais uma vez a equipe venceu de maneira arrasadora e manteve o aproveitamento de 100% no Campeonato Paulista.

Receba primeiro as notícias do Santos no seu celular

A vítima deste domingo foi o Grêmio-PP, que foi derrotado, em casa, por 4 a 2. Os gols da vitória santista foram anotados por Elano, que marcou pela primeira vez depois de seu retorno ao Peixe, Keirrison e Maikon Leite. Rômulo e Bruno Ribeiro descontaram para o Prudente.

Nem o forte calor que fazia na cidade de Presidente Prudente foi capaz de parar o time de Vila Belmiro. Aproveitando as descidas de Róbson, pela direita, e Maikon Leite, pela esquerda, a equipe começou a construir a vitória logo no primeiro tempo, quando abriu 2 a 0 no placar. Na segunda etapa, apesar de ter diminuído o ritmo e ser assustada pelo Grêmio-PP, o Peixe marcou mais duas vezes e garantiu a terceira vitória no Paulistão.

Para a partida, o técnico Adilson Batista contou com um desfalque de última hora. Zé Eduardo, autor de dois gols na última partida, contra o Mirassol, viajou à Itália para resolver os últimos detalhes de sua transferência para o Genoa. Em seu lugar entrou Keirrison, que mais uma vez teve atuação discreta, mas deixou a sua marca no triunfo.

A situação da Abelha no Paulistão fica ainda mais complicada. A equipe, comandada pelo técnico interino Fábio Giuntini, que entrou na vaga de Rogério Micale, demitido na última semana, ainda não pontuou na competição e permanece na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada o Santos recebe o São Caetano, na Arena Barueri, quarta-feira, às 19h30. Já o Grêmio-PP encara o Botafogo, quinta-feira, às 21hs, no Prudentão.

O jogo

Como era de se esperar, desde o início da partida, o Santos partiu para cima e comandou as principais jogadas de perigo. O ataque veloz do Peixe incomodava a zaga do time do interior e logo aos quatro minutos Keirrison quase abriu o placar. Após cruzamento da direita, o atacante deu um leve desvio na bola, que passou por baixo do goleiro Sidney, mas não foi em direção ao gol.

O calor que fazia na hora do jogo fez com que em alguns momentos as equipes se poupassem, trocando passes em seus campos de defesa, fazendo com que o ritmo de jogo caísse.

Mesmo assim, o Peixe não teve dificuldades para marcar o seu primeiro gol. Aos 13 minutos, Róbson lançou Elano que, cara a cara com o goleiro Sidney, chutou forte no ângulo, sem chances de defesa.

Apesar da vantagem, o Santos continuou no ataque e aos 22 minutos Elano novamente marcou, dessa vez de pênalti. Em lance polêmico, Maikon Leite partiu para cima da zaga e se jogou, após um encontrão entre dois defensores do Grêmio-PP. O juiz marcou a penalidade e, na cobrança, Elano só teve o trabalho de deslocar o goleiro Sidnei para anotar o seu segundo na partida.

O Prudente parecia perdido em campo. A equipe errava muitos passes, pecava nas finalizações e, mesmo precisando do resultado, não conseguia levar perigo ao gol de Rafael.

No final do primeiro tempo, o Peixe ainda teve duas oportunidades para ampliar a sua vantagem. Aos 45 minutos, Maikon Leite chutou no cantinho e o goleiro Sidney se esticou todo para espalmar para escanteio. Na cobrança, Elano bateu no primeiro poste e quase marcou olímpico. A bola tocou na trave e a zaga do Grêmio-PP afastou.

Na segunda etapa, assim como no primeiro tempo, o Santos voltou ligado e em 16 minutos marcou dois gols. Primeiro com Keirrison que, aos 8, aproveitou rebote do goleiro Sidnei, depois de cabeçada de Róbson, e só empurrou para as redes.

O quarto foi de Maikon Leite, artilheiro do Paulistão. Róbson cobrou falta rasteira, surpreendendo a defesa do Prudente e o camisa 11 do Peixe, sem marcação, dominou, invadiu a área e chutou no cantinho.

Com a vitória, o Santos passou a trocar passes, aos gritos de olé da sua torcida. A acomodação custou caro à equipe, que viu o Grêmio-PP encostar no placar.

Aos 26 minutos, em pênalti inexistente, Rômulo diminuiu para o Prudente. Dez minutos depois, foi a vez de Bruno Ribeiro marcar um belo gol, olímpico. O meia, que havia entrado no segundo tempo, bateu escanteio fechado, Rafael saiu mal e a bola entrou direto.

Apesar do susto, o Santos garantiu a vitória e manteve a liderança do Campeonato Paulista.

GRÊMIO-PP 2 X 4 SANTOS

Estádio: Eduardo José Farah (Prudentão), em Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 23/1/2011, às 17h
Árbitro: Luis Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: David Botelho Barbosa e Maiza Teles Paiva (SP)
Público e renda: Não disponíveis
Cartões Amarelos: Rômulo, Wescley (GRÊ); Edu Dracena, Keirrison, Róbson (SAN)
Gols: Elano, 13’/1ºT (0-1); Elano, 22’/1ºT (0-2); Keirrison, 8’/2ºT (0-3); Maikon Leite, 16’/2ºT (0-4); Rômulo, 26’/2ºT (1-4); Bruno Ribeiro, 36’/2ºT (2-4)

GRÊMIO-PP: Sidney; Anderson Luis, Wescley e Douglas; Wanderson Cafu (Bruno Ribeiro, 42’/1ºT), Anderson Pedra, Alceu (Daniel, 14’/2ºT) Willian (Jandson, Intervalo) e Saldanha; Rhayner e Rômulo. Técnico: Fábio Giuntini

SANTOS: Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo (Rodrigo Possebon, 10’/2ºT); Adriano, Pará, Elano e Róbson; Maikon Leite e Keirrison (Moisés, 28’/2ºT). Técnico: Adilson Batista

janeiro 23, 2011 - Posted by | Santos |

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s