Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Coletiva de Ronaldinho não explica destino do craque. Decisão sai até quarta

Irmão e empresário, Assis diz que avanço foi a liberação do Milan. Astro evita dizer preferência por Fla, Grêmio ou Verdão

A tão esperada coletiva de Ronaldinho Gaúcho no hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, não acabou com as dúvidas que todos querem saber. O destino do craque ainda é uma incógnita. O único avanço nas negociações foi anunciado pelo irmão e empresário do craque, Assis, que afirmou que o Milan já aceitou liberar o jogador para jogar em um clube do Brasil. Ao lado do vice presidente do Milan, Adriano Galliani, Ronaldinho foi muito cuidadoso ao falar sobre os três clubes que demonstraram interesse oficialmente em contar com seu futebol.

– Em todos os lugares por onde eu passo me perguntam para onde eu vou, mas são três clubes de ponta no futebol brasileiro. O Grêmio é a minha casa, clube pelo qual eu comecei e estaria perto da minha família. No Palmeiras tem o Felipão que é um grande treinador e um amigo e o Flamengo é esse clube que todo mundo conhece. O Flamengo é o Flamengo. Ainda não tomamos nenhuma decisão. Aqui no Brasil, hoje em dia, eu tenho condição de ter um bom salário e jogar as principais competições. Acho que é isso que todos os jogadores desejam. Eu só quero jogar bola – afirmou o astro.

O irmão do carque, Assis, comemorou o fato de o jogador já ter acertado verbalmente sua saída do Milan, mas garante que a novela ainda vai durar pelo menos alguns dias. A expectativa é a de que se resolva na próxima semana.

– O grande problema era a saída do Milan. Agora, depois de algumas reuniões com o Adriano Galliani (vice-presidente do Milan) já está acertado e podemos partir para as negociações com os clubes brasileiros. Eles entenderam qual o salário do Ronaldo e como trazê-lo. Os clubes mostraram que estão prontos para trazê-lo. A partir do momento que o Milan autoriza, começa a negociação. Nos próximos dias isso vai se definir e tudo será resolvido. Espero que tudo se resolva até terça ou quarta da semana que vem – explicou.

Assis também garantiu que não teve contato com nenhum dirigente do Corinthians, apesar de as declarações do presidente Andrés Sanches que garantiu que daria R$ 1,8 milhão de salário para ter o craque.

– Ninguém do Corinthians me procurou ainda. Não tive nenhuma reunião com algum dirigente do clube – disse.

Diante de um Copacabana Palace cercado por quase mil torcedores rubro-negros, Ronaldinho se mostrou empolgado com a possibilidade de poder jogar para a maior torcida do Brasil, mas não descartou um acerto com outros clubes.

– É de arrepiar chegar ao hotel e ver tanta gente entusiasmada. E o fato de ter trabalhado com Vanderlei Luxemburgo é legal. Todas as oportunidades são legais – declarou o craque.

janeiro 6, 2011 - Posted by | Corinthians, Flamengo, Grêmio, Palmeiras |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s