Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Goiás encara o Santos em clima de amistoso

Derrota pode confirmar matematicamente o rebaixamento do esmeraldino para a Série B 

Uma partida para cumprir tabela. É assim que o Goiás vai tratar o confronto diante do Santos, que também não tem mais aspirações no torneio, domingo, no estádio Serra Dourada.

O duelo decisivo contra o Palmeiras pela semifinal da Copa Sul-Americana, na próxima quarta-feira, deve até mesmo deixar alguns destaques da equipe esmeraldina de fora do duelo contra o Peixe, a exemplo do que faz o Palmeiras.

O técnico Artur Neto ainda mantém o mistério se vai ou não utilizar os titulares, mas é provável que um time misto entre em campo no domingo. Quem está fora deste e do restante dos jogos do Goiás na temporada é Jones, que sofreu uma contusão no joelho contra o Fluminense e teve detectada uma lesão parcial do ligamento.

Segundo o médico do clube, Marco Antônio Gilabert, a lesão foi mais acentuada do que a do atacante Felipe no 1° semestre e ele deve ficar em tratamento por um mês.

Outro que pode ser poupado é Marcão, que nos últimos jogos também reclamou de dores musculares, assim como o volante Carlos Alberto, que chegou a correr riscos de não jogar contra o Palmeiras na última quarta-feira.

Contra o Palmeiras, Douglas e Amaral também reclamaram de dores e podem crescer a lista dos poupados. Já Rafael Moura, destaque da equipe nos últimos jogos, será preservado.

O certo é que, seja com time reserva ou titular, uma derrota no domingo pode selar, matematicamente, a queda do Goiás para a Série B depois de 11 anos na elite do futebol brasileiro.

No retrospecto atual, o Goiás tem ligeira vantagem contra o Santos. Esse será o 20° jogo entre as equipes em cinco anos: nos outros 19, são sete vitórias esmeraldinas, seis empates e seis vitórias paulistas, inclusive a última, no 1° turno, por 2 a 0, no Pacaembu.

O Santos chega ao estado de Goiás com um time cauteloso. Diante do desespero do rival, que pode ser rebaixado matematicamente se tropeçar novamente, o técnico Marcelo Martelotte voltará a montar a equipe com três volantes. A novidade é o retorno de Arouca, que está
ecuperado de lesão sofrida no empate por 1 a 1 com o Inter, em 30 de outubro, no Beira Rio.

Neymar é outro que volta ao Peixe. A Joia cumpriu suspensão automática no empate sem gols contra o Grêmio e jogará ao lado de Zé Eduardo. No meio de campo, Arouca jogará ao lado de Adriano e Rodriguinho, enquanto marquinhos ficará mais avançado, próximo aos atacantes.

Na defesa, a baixa é Léo, suspenso com três amarelos. Seu reserva imediato, Alex Sandro não treinou nesta sexta-feira por uma amigdalite e pode ser desfalque. Se não jogar, Pará será deslocado para a esquerda e Danilo para a direita.

FICHA TÉCNICA:
GOIÁS X SANTOS

Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data/hora: 21/11/2010 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)

GOIÁS: Harlei; Rafael Toloi, Valmir Lucas e Ernando; Douglas (Wendel Santos), Amaral (Rithelly),Jonílson, Marcelo Costa e Wellington Saci;Everton Santos -Felipe. Técnico: Artur Neto.

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro (Danilo); Arouca, Rodriguinho, Adriano e Marquinhos; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Marcelo Martelotte.

novembro 21, 2010 - Posted by | Goiás, Santos |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s