Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com apendicite, Marcelo Mattos está fora do Brasileiro

Jogador teve de ser operado às pressas e recuperação deve durar, no mínimo um mês

O problema que tirou Marcelo Mattos do treino pela manhã desta segunda em General Severiano é mais grave do que se parece. O jogador foi diagnosticado com uma apendicite e foi levado às pressas para o hospital, onde foi operado. Ele deve receber alta nos próximos dias, mas como o processo de recuperação demora no mínimo um mês, o camisa 8 do Botafogo não atuará mais pelo Campeonato Brasileiro.

Inicialmente, os médicos do clube acharam que o problema de Marcelo Mattos se tratava de uma infecção estomacal. Como o problema se agravou durante o dia, foi feito um diagnóstico mais preciso. Sem o volante, é mais provável que Fahel seja o titular da posição nesta reta final do Brasileiro.

Marcelo Mattos não é o primeiro jogador do elenco alvinegro a sofrer do problema. O jovem atacante Alex, das divisões de base, também sofreu de apendicite no fim de agosto e só voltou aos treinos um mês depois.

novembro 15, 2010 Posted by | Botafogo | , | Deixe um comentário

Confrontos diretos mexem com a zona do rebaixamento

Quatro duelos diretos contra a degola acontecem nas últimas três rodadas do Brasileirão; sete times fogem de três vagas

Faltando apenas três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, a luta contra o rebaixamento continua embolada. Somente o Grêmio Prudente já teve sua queda confirmada, após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, na Arena da Baixada, no último domingo.

Nada menos que sete equipes ainda brigam para fugir do fantasma da degola, e as rodadas restantes apontam confrontos diretos, que
certamente definirão quem ocupará as três vagas restantes na Série B de 2011. O LANCENET! ouviu um time de especialistas que apontaram as
diferenças entre os candidatos ao descenso e fizeram suas apostas.
Confira os confrontos diretos contra o rebaixamento:

36ª rodada
Flamengo x Guarani
Avaí x Atlético-GO

37ª rodada
Atlético-MG x Goiás

38ª rodada
Vitória x Atlético-GO

Calculadora na mão

A matemática entra em cena na reta final do Campeonato Brasileiro. De acordo com dados do matemático Tristão Garcia, Atlético-GO e Flamengo, que ainda terão duas partidas em casa, têm 12% de chances de cair. O Atlético-MG, que fará seu último jogo como mandante diante do Goiás, na 37ª rodada, tem 21%.

O Vitória tem os mesmos 39 pontos do Galo, mas tem 20% de chances de rebaixamento, por ainda jogar duas vezes no Barradão, uma delas contra o líder Corinthians e outra contra o Atlético-GO, adversário direto.

Sorte do Leão, azar do Bugre

Avaí e Guarani, segundo Tristão, tiveram suas situações invertidas. Os catarinenses, que ainda jogam duas vezes na Ressacada, tinham maior
chance de cair. Agora, a possibilidade de descenso diminuiu para 57% após a importante vitória, por 3 a 2, fora de casa contra o Internacional:

– O Avaí foi o grande vitorioso da rodada, dentre aqueles que brigam contra o rebaixamento. A vitória fora de casa sobre o Internacional foi
importantíssima para as pretensões da equipe – disse o matemático.
Já o Bugre se complicou com o empate, por 1 a 1, em casa diante do Vitória, para quem o resultado não foi tão ruim assim. O Guarani tem 80%
de chances de cair.

Drama esmeraldino

A situação só não é mais crítica que a do Goiás, que tem 98% de possibilidades de rebaixamento. Com a goleada aplicada sobre o Esmeraldino na 34ª rodada, o já rebaixado Grêmio Prudente “puxou” os goianos para a Série B, segundo Tristão:

– A derrota para o Prudente levou o Goiás junto, sem dúvida. Era um confronto direto e o Goiás já se encontrava em situação delicada.

COM A PALAVRA, OS ESPECIALISTAS:

Carlos Alberto Torres, capitão da Seleção Brasileira na conquista dotricampeonato Mundial, em 1970

“Creio que os quatro que estão na zona de rebaixamento devem cair, independentemente dos confrontos diretos. Digo isso em virtude das
campanhas e dos elencos. é importante dar moral, mas quando falta elenco, não há técnico que consiga salvar.”

A aposta de Torres: Grêmio Prudente, Goiás, Guarani e Avaí

Estevam Soares, técnico

“Acho que agora é a hora da verdade. Não deve haver surpresa a esta altura da competição. É hora de fazer valer a qualidade do elenco, do
treinador, e de mostrar uma diferença de postura. Quem tem mais elenco, vai se salvar. O Guarani, por exemplo, está em queda livre no campeonato pois falta elenco, apesar do trabalho do Vagner Mancini, que é indiscutível. Já a vitória do Avaí sobre o Internacional nao pode ser
considerada zebra. O clube pegou uma maré ruim na competição, com trocas de comando. Os jogos em casa influenciam muito, com a torcida apoiando. Sem dúvida, a questão do mando é muito importante. Num momento como esse, a torcida não se opõe ao time, mesmo com a situação incômoda. Pelo contrário, se junta ao time, joga junto. Se houver protesto, acontece no fim do jogo, mas durante os 90 minutos, é só apoio.”

A aposta de Estevam: Grêmio Prudente, Goiás, Guarani e Avaí.

Humberto Perón, colunista do LANCE!

“A situação do Goiás é muito complicada, só com um milagre. A Sul-Americana pode atrapalhar. O Atlético Mineiro tem boa chance de escapar, com o time crescendo. O Flamengo, mesmo com campanha ruim como mandante, é favorito contra o Guarani, que vinha bem em casa, mas não
vem marcando gols. O Atlético-GO vem sabendo jogar no contra-ataque e vem conseguindo resultados importantes. Já o Vitória, forte no Barradão, enfrenta o líder, em um jogo muito importante. A pressão nessa partida é sobre ambos os times, e o Corinthians vai ter de sair para o jogo.”

A aposta de Perón: Grêmio Prudente, Goiás, Guarani e Avaí.

Vitor Birner, colunista do LANCE!

“Acredito que os melbores elencos vão permanecer. O Flamengo e o Galo ficam. Sempre achei que o Avaí fosse cair, mas vem jogando melhor. O Vitória se salva em virtude de sua campanha e suas atuações no Barradão, e também porque seu elenco é melhor que o de Avaí e Guarani. O Bugre vinha bem em casa, mas a estrutura e o elenco não são de primeira divisão. Já o Atlético-GO é uma indefinição constante, não se sabe se
cai ou não, mas, coletivamente, tem mais time que os quatro últimos. O Goiás é outro que tem mais elenco, até mesmo individualmente, que os outros que estão na zona de rebaixamento.”

A aposta de Vitor: Grêmio Prudente, Goiás, Guarani e Avaí.

Benjamin Back, colunista do LANCE!

“O campeonato está desenhado. Já temos dois times rebaixados pois, na minha opinião, o Goiás também já foi. Temos do Guarani até o Atlético-GO brigando para não cair, ou seja, sete times lutando para fugir de duas vagas. Na minha opinião, o Atlético-MG não cai. É outro time desde a chegada de Dorival Júnior. O mesmo acontece com o Atlético-GO sob o comando de Renê Simões. Já o Vitória no Barradão é dificílimo de ser batido, e terá ainda dois jogos em casa…mas o futebol é imprevisível. Para mim, o Guarani não se salva, era fogo de palha com a boa campanha em casa no primeiro turno. O Vagner Mancini é bom treinador, mas escolheu mal ao aceitar comandar o Bugre.”

A aposta de Back: Grêmio Prudente, Goiás, Guarani e Avaí.

novembro 15, 2010 Posted by | Atlético-MG, Avaí, Ceará, Flamengo, Goiás, Grêmio Prudente, Guarani, Vitória | | Deixe um comentário

Eficiência: Corinthians levou apenas um gol nos últimos 609 minutos

Entrosamento dos homens de defesa, somada a volta de Ralf, ajudou no esquema mais cauteloso de Tite

A liderança do Brasileirão pelo Corinthians tem personagens importantes, como Ronaldo e seu poder de decisão, e Julio com suas defesas quase milagrosas. Mas a primeira colocação tem como principal motivo a segurança da defesa.

Nos últimos seis jogos, o Timão levou apenas um gol. É isso mesmo! Desde a noite fatídica contra o Vasco, que fez dois gols em poucos minutos e triunfou sem dificuldade, a porteira corintiana foi trancada. De lá para cá, a equipe passou em branco contra Guarani, Palmeiras, Avaí, São Paulo e Cruzeiro.

O único gol tomado foi diante do Flamengo, no Engenhão. Mesmo assim, não foi de bola rolando. Após cobrança de escanteio e um esvio no primeiro pau, o atacante Diogo vazou a defesa corintiana.

Se levar em consideração o restante do jogo contra o Vasco (69 minutos), somado ao tempo integral dos últimos seis confrontos, a defesa do Corinthians foi vazado uma única vez nos últimos 609 minutos!

– Eu sempre digo que a eficiência do sistema defensivo é um conjunto de fatores. As participações do meio-de-campo e do ataque são fundamentais. Não há dúvida de que houve uma melhora significativa – comemora William, que está ao lado de Chicão e Alessandro desde janeiro de 2008. O entrosamento do trio, somado à experiência de Roberto Carlos, que se encaixou perfeitamente com eles, fazem do Timão dono de uma das defesas menos vazadas da competição.

Fundamental também é a presença do volante Ralf que, coincidência ou não, voltou na mesma partida que iniciou a melhor sequência da zaga: contra o Guarani, no último dia 17, em Campinas.

Com o camisa 5 em campo, os homens da zaga passaram a ficar mais protegidos, já que o volante faz o papel de cão de guarda como nenhum outro jogador do elenco.

Além de Ralf, a melhora do sistema defensivo também passa pelas mãos de Tite, que não titubeou em implementar uma postura mais cautelosa, na qual a prioridade é se defender e sair na boa, muitas vezes, nos contra-ataques. Com isso, a média de gols tomadas com ele des-
pencou. Veja quadrinho ao lado.

MÉDIA DE GOLS TOMADOS NO  BRASILEIRÃO 2010

Com Mano Menezes:
Treinador, hoje na Seleção, foi o comandante do Timão nos 11 primeiros jogos.

12 gols sofridos nos 11 confrontos. / 1,09 por jogo foi a média do treinador no BR-10.

Com Adilson Batista:
Contratado para substituir Mano, colocou a equipe no ataque…até com desfaques.

24 gols sofridos em 17 partidas no BR / 1,41 por jogo foi a média do ex-treinador

Com Tite:
Há cinco jogos no comando do Timão, levou apenas um gol. Defesa eficaz.

1 gol tomado em 5 jogos / 0,2 por jogo é a média do atual treinador.

ÚLTIMOS SEIS JOGOS

Guarani 0x0 Corinthians

Sob o comando do auxiliar Fábio Carille, o Timão vai a Campinas para enfrentar o Bugre, em confronto que marca a volta de Ronaldo e a zaga em branco após quase um mês (oito jogos).

Corinthians 1×0 Palmeiras

Na estreia de Tite, o Timão bate o arquirrival com gol de Bruno César, logo no início. Após o gol, equipe mostra a tática que seria rotina com o treinador: muita cautela e defesa forte

Flamengo 1×1 Corinthians

Confronto do Engenhão marca o primeiro – e único – gol sofrido pela equipe sob o comando de Tite. Com um pequeno detalhe: gol do Fla é marcado após cobrança de escanteio, por Diogo.

Corinthians 4×0 Avaí

Equipe não sofre para fazer gols contra um dos piores do BR-10. Com a expulsão de um atacante ainda no 1 tempo, a defesa não tem maiores problemas para passar em branco de novo.

São Paulo 0x2 Corinthians

Mais um show da defesa corintiana, que não dá chances aos atacantes do rival tricolor. Na frente, Elias e Dentinho fizeram os gols, que garantiu mais uma vitória no Majestoso.

Corinthians 1×0 Cruzeiro

Defesa do Timão, mais uma vez, passa em branco. Julio Cesar, assim ocorreu em outros jogos, fecha o gol. Na frente, Ronaldo sofre pênalti e, com calma, não perdoa os rivais mineiros.

novembro 15, 2010 Posted by | Corinthians | | Deixe um comentário

Site de torcida são-paulina cria campanha pró-Flu

Entrega ou não entrega? Boa parte da torcida são-paulina deve torcer contra o próprio clube no domingo

Apesar dos apelos do técnico Carpegiani em ressaltar a importância de uma vitória sobre o Fluminense, no próximo domingo, boa parte da torcida são-paulina deve mesmo torcer pelo Tricolor carioca. Ou melhor, contra o título do Corinthians.

A situação é tão inusitada que o o Site SPFC Digital, ligado à torcida do clube, criou a campanha “Doce Vigança”, em alusão à polêmica ocorrida na penúltima rodada do Brasileirão do ano passado.

Na ocasião, o Corinthians transferiu a partida contra o Flamengo – que ainda não era o líder da competição – para Campinas, e foi derrotado por 2 a 0. Num dos gols, em pênalti cobrado por Léo Moura, o goleiro Felipe nem esboçou reação, e foi acusado pelos são-paulinos de ter feito corpo mole.

Segundo um dos diretores do site, uma pesquisa realizada verificou que 82% dos torcedores desejam que a equipe entregue o jogo para o Fluminense, contra 18% que não gostariam. Com isso, decidiram divulgar a campanha por diversas redes sociais na internet. Uma charge de Rogério Ceni com a camisa do Fluminense foi criada, e os torcedores já se organizam para levar uma faixa à Arena Barueri.

– Nós temos que pensar em vencer o jogo. A torcida pode pedir o que quiser, mas temos a obrigação profissional de tentar vencer. Vamos com uma equipe forte – disse Carpegiani, após o empate contra o Vasco, por 1 a 1.

novembro 15, 2010 Posted by | Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, Palmeiras, São Paulo | | Deixe um comentário

Felipão recebe garantia de Palaia sobre reforços

Técnico se preocupa com transição política e destaca importância de vaga na Libertadores

Luiz Felipe Scolari se reuniu nesta segunda com o presidente interino Salvador Hugo Palaia e mostrou preocupação quanto ao planejamento para 2011. A situação política, com eleição em janeiro, deixou o técnico receoso quanto à contratação de reforços.

Palaia, oficialmente no cargo até o dia 25 de novembro, irá comandar o futebol com seu Conselho Gestor até o pleito, mesmo que Luiz Gonzaga Belluzzo volte para tratar a escolha do seu sucessor na presidência.

– Na conversa com o seu Palaia, eu conversei para saber a situação. Eu me encontro em uma posição ruim. Tem eleição em 10 de janeiro. Eu até pedi para mudar o estatuto, a eleição ser em outubro da próxima vez. Dá chance para uma transição e planejamento – destacou o técnico.

– Quem contrata? Fiquei feliz, porque ele disse que até fim de janeiro ele contrata. Se deixar para contratar depois de 10 de janeiro, não contrata ninguém. Solucionamos isso em princípio. E quem for oposição, oposição da oposição, que se manifestem para dar condições ao técnico de hoje – completou Felipão.

O título da Copa Sul-Americana, que dará uma vaga na Libertadores de 2011, é trunfo fundamental no processo de contratação de reforços.

– Em dezembro, se o Palmeiras chegar à Libertadores, é muito mais fácil de contratar do que agora. Muitos até se oferecem. Abre portas – analisou o comandante do Verdão.

Wlademir Pescarmona, diretor de futebol, já trabalha com uma lista de reforços apresentada por Felipão. As negociações já estão em curso.

novembro 15, 2010 Posted by | Palmeiras | Deixe um comentário