Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Trio inédito de artilheiros para deixar Timão de Tite ofensivo

Dentinho e Ronaldo, goleadores dos últimos anos, e Bruno César, líder em 2010, atuarão juntos pela primeira vez

Os principais responsáveis pelos gols do Corinthians nos últimos anos estarão juntos pela primeira vez amanhã, no Pacaembu, para dar o espírito ofensivo à equipe comandada pelo técnico Tite.

As lesões impediram que Dentinho (artilheiro da equipe em 2008), Ronaldo (2009) e Bruno César (líder na atual temporada) estivessem à disposição de Mano Menezes e Adilson Batista, antigos treinadores de 2010. Amanhã, com Tite, eles tornam-se as principais apostas de gols alvinegros diante do Avaí.

Gols que, além de garantir a vitória – para tentar alcançar Fluminense e Cruzeiro, três pontos à frente –, podem servir para melhorar o saldo de gols, critério de desempate que pode decidir o título. No quesito, o Corinthians só perde para o Flu (15 contra 20 do rival).

– Vou voltar a fazer gols e dar alegrias à torcida para ajudar o Corinthians – disse Dentinho, que está recuperado após seguidas lesões musculares, em ambas as coxas.

Quando chegou ao clube, Tite não escondeu que a prioridade era arrumar o sistema defensivo. Nos últimos dois jogos (vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, e empate por 1 a 1 com o Flamengo), apenas um gol sofrido. No entanto, o Timão só fez dois gols (média de um por jogo). Com Adilson no comando, o Corinthians fez 32 gols em 17 partidas (média de 1,88). Já com Mano, foram 20 gols em 11 partidas (1,81).

Do trio, Bruno César é a sensação de gols do Corinthians no Brasileirão. Com 12, é o vice-artilheiro. Em um amistoso contra o Comercial-MS, vitória por 6 a 0, ele marcou mais um. Mesmo contratado pelo clube apenas em maio, ele é o artilheiro da atual temporada.

Ronaldo tem nove gols em 2010, apenas três no Brasileiro. Mas foi em 2009 que brilhou: 23 gols em 38 partidas, sendo o artilheiro do time nas duas conquistas (Paulistão e Copa do Brasil) e no Nacional.

Dentinho, neste ano, também tem nove gols, mas ainda não desencantou neste Brasileirão. Em 2008, com 24 gols, ele foi o principal goleador no ano em que o Corinthians chegou à final da Copa do Brasil e conquistou a Série B.

Com o novo trio de frente, Tite pode comemorar: vem gol por aí…

Dentinho

24 gols em 2008
Fez Dentinho, em 58 partidas naquela temporada. Ele foi o principal artilheiro da equipe, que foi vice-campeã da Copa do Brasil e conquistou a Série B do Brasileirão. Na época, o argentino Herrera e o lateral André Santos ficaram atrás dele na artilharia do time.

5 jogos
Está o atacante sem atuar, após lesão na coxa direita. Ele jogou por apenas nove minutos contra o Atlético-MG, antes de sofrer a lesão. Antes, ficou 13 partidas fora por conta de duas lesões, primeiro na coxa direita e, depois, esquerda.

Ronaldo

23 gols em 2009
Fez Ronaldo, o artilheiro do time na temporada. Foram 38 jogos. Sua meta era 30 gols, mas ainda assim ele foi o artilheiro da equipe nos títulos do Paulistão e da Copa do Brasil, e também do Brasileirão. Neste ano, ele marcou apenas nove.

3 jogos
Em sequência, atuando 90 minutos em todos, fez o Fenômeno – contra Guarani, Palmeiras e Flamengo. Sua meta é disputar os próximos seis jogos do Timão, sem ser poupado. Neste Brasileirão, ele disputou apenas seis partidas e já marcou três gols.

Bruno César

13 gols em 2010
Fez Bruno César, artilheiro da atual temporada. Ele fez um na vitória por 6 a 0 sobre o Comercial-MS, em um amistoso, e os outros 12 no Brasileirão, em que ele é o vice-artilheiro, atrás de Jonas, do Grêmio, que marcou 20.

2 jogos
O meia ficou fora recentemente, por conta de uma lesão muscular na parte posterior da coxa direita. Nestes duelos, o Corinthians não conseguiu fazer gol: derrota por 2 a 0 para o Vasco e empate por 0 a 0 com o Guarani. Quando voltou, ele marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, no Pacaembu.

Os desencontros do trio na temporada de 2010

Lesão de R9
Ronaldo atuou na estreia do Brasileirão, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, em 9 de maio. Durante um treino, ele sofreu um estiramento na panturrilha direita. Bruno César, na época recém-contratado, foi só estrear no dia 26, no empate por 2 a 2 com o Grêmio-PP. Dentinho estava no ataque, com Souza e Defederico.

A vez de Dentinho
No dia 8 de agosto, em duelo contra o Flamengo, Dentinho sofreu uma lesão na parte posterior da coxa direita. Quando estava prestes a retornar, em um treino, acabou lesionando a outra coxa. Semanas depois, no dia 29 de agosto, Ronaldo voltou a jogar, contra o Vitória, no Pacaembu. Apenas Bruno César estava em campo, e o Timão venceu: 2 a 1.

De novo, Ronaldo
Dias depois do duelo contra o Vitória, o atacante começou a reclamar de dores na panturrilha esquerda. Foi constatado um edema, que demorou a sarar. Neste meio tempo, Dentinho recuperou-se da lesão na coxa esquerda. Ele voltou contra o Atlético-MG, em Sete Lagoas (MG), mas atuou por apenas nove minutos e lesionou-se de novo. Desta vez, o problema era novamente a coxa direita. Bruno César estava em campo.

Bruno sentiu a coxa
O meia sofreu uma lesão na parte posterior da coxa direita e ficou fora das partidas contra Vasco e Guarani. Esta última marcou o retorno do Fenômeno aos gramados. Contra Palmeiras e Flamengo, os dois atuaram juntos.

novembro 2, 2010 - Posted by | Corinthians |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s