Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Atlético-MG e Botafogo lutam por suas metas e inspirações

Galo vai de Obina, enquanto Glorioso quer premiar Garrincha

Obina ou Garrincha? O curioso confronto de duas gerações resume de onde Atlético-MG e Botafogo vão buscar ainda mais energia para o duelo deste sábado, às 18h30, na Arena do Jacaré, em Minas Gerais. Com 34 pontos, o Galo mostra evolução no Brasileiro, mas terá um empolgado adversário pela frente. O Glorioso vem de triunfo contra o Vitória e tem 48 pontos.

VIVA O 27!

O Atlético-MG entra em campo para se afastar cada vez mais da zona do rebaixamento e até encostar no grupo que garante vaga para a Copa Sul-Americana de 2011. Depois de duas vitórias seguidas pela competição nacional contra Avaí e Cruzeiro, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior tenta chegar à inédita série de três triunfos consecutivos. Se conquistar os três pontos, o time mineiro pode até terminar a rodada na 14ª colocação e deixar a encrenca para os concorrentes da parte inferior da tabela.

Dois titulares não poderão enfrentar o Glorioso. O zagueiro Werley e o volante Zé Luis receberam o terceiro cartão amarelo no jogo anterior e cumprem suspensão neste sábado. Os substitutos já foram definidos pelo comandante atleticano. Lima entra na zaga e Alê fica com a vaga no meio de campo. Nos outros setores a base será mantida.

A esperança de gols está novamente depositada em Obina. O atacante atravessa grande fase, anotou seis gols nas últimas quatro partidas. Além do camisa 27, Diego Tardelli também está confirmado na linha de frente. Os dois costumam se dar bem quando enfrentam o Botafogo e a torcida, que vai lotar o estádio, espera que desta vez não seja diferente.

VIVA O 7!

Integrante do G4 para a próxima Libertadores, o Botafogo espera dar uma vitória de presente ao ídolo Garrincha contra o Atlético-MG. Se estivesse vivo, a Alegria do Povo teria feito 77 anos na última quinta-feira e o número do eterno camisa 7 pode inspirar o time. Ainda faltam sete jogos até o fim do Brasileiro e se vencer todos, o Alvinegro pode novamente ser o clube o clube hegemônico no Brasil.

A missão é complicada, porém Marcelo Mattos ainda acredita no título. Invicto com a camisa do Bota, o volante deseja aplicar a magia de Garrincha na matemática e fazer com que o Glorioso fique na ponta da tabela, mesmo pouco acreditado.

– As pessoas olham e às vezes acham que o Bota não tem mais chances de ser campeão. Mas se ganharmos todos os próximos jogos, vai dar. O torcedor quer o título e nossa missão é não desistir. Estamos cada vez mais focados na conquista, mesmo cientes de que teremos um compromisso muito difícil pela frente, em Minas – avaliou.

Para o jogo em Minas, Marcelo Cordeiro foi vetado por conta de uma contratura na coxa esquerda. Assim Somália deve ficar na ala esquerda e a vaga de volante pode sobrar para Fahel ou Tulio Souza.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO

Estádio: Arena do Jacaré, Sete Lagoas (MG)
Data/hora: 30/10/2010 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Gilson Bento Coutinho (PR)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro, Rafael Cruz, Réver, Lima e Leandro; Alê, Serginho, Renan Oliveira e Diego Souza; Diego Tardelli e Obina. Técnico: Dorival Júnior.

BOTAFOGO: Jefferson, Danny Morais, Leandro Guerreiro e Márcio Rosário; Alessandro, Marcelo Mattos, Fahel (Tulio Souza), Lucio Flavio e Somália; Jobson e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

outubro 29, 2010 - Posted by | Atlético-MG, Botafogo | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s