Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

São Paulo e Santos fazem clássico sem mistérios

Treinadores divulgam escalações para jogo decisivo para as duas equipes

Clássico costuma ser uma ótima oportunidade para os treinadores esconderem suas equipes. Treinos secretos e mistério nas escalações fazem parte dos dias que antecedem aos jogos entre rivais. Se a regra é essa, São Paulo e Santos farão um clássico atípico no próximo domingo, às 18h30, no Morumbi.

Paulo César Carpegiani e Marcelo Martelotte divulgaram com antecedência os jogadores que entrarão em campo, e todos os treinos foram abertos à imprensa. Pelo lado do São Paulo, a única dúvida foi esclarecida na sexta-feira.

Casemiro, que seria titular, não se recuperou de amigdalite e não foi relacionado. Para substituí-lo, Carpegiani treinou, ao longo da semana, duas opções: Diogo e Carlinhos. O treinador optou pelo segundo e explicou o motivo:

– Porque é da posição, já jogou ali. Não gostaria, neste setor, de mudar. Tenho de ter dinâmica, rapidez. Este é o time que vai jogar contra o Santos.

Nas outras posições, o time é praticamente o mesmo que venceu o Grêmio Prudente. A única mudança é a volta de Dagoberto, que estava suspenso, e entra no lugar de Marlos. Na décima colocação, o Tricolor está oito pontos atrás do G3 e precisa vencer para manter viva a esperança de uma vaga na Libertadores.

Já o Santos vive um momento melhor no Brasileirão. Na quarta colocação, com 48 pontos – seis atrás do líder Cruzeiro, que tem 54 -, só a vitória interessa ao Peixe, que agora vê a conquista da Tríplice Coroa como uma possibilidade real, e não mais um sonho distante.

E motivos para acreditar em um triunfo contra o Tricolor não faltam. Além da boa fase do Alvinegro, que vem de três vitórias seguidas e está invicto há quatro jogos, o Peixe venceu os quatro confrontos diante do São Paulo no ano.

– A importância disso é mínima para o jogo seguinte. Não vamos levar vantagem nenhuma por tê-los vencido quatro vezes. Não vamos ter facilidade, como não tivemos em nenhum dos quatro jogos. Qualquer detalhe pode ser decisivo – ressaltou o técnico interino Marcelo Martelotte.

O volante Arouca também rechaça favoritismo pelo bom retrospecto, e comemora o fato de Carpegiani não impor marcação individual a Neymar.

– Temos que ter atenção não só com Dagoberto e Ricardo Oliveira, mas também com Lucas e Fernandinho, que são rápidos e, com o Carpegiani, voltaram a jogar bem. Sobre o Neymar, espero que o deixem bem solto para decidir a nosso favor (risos) – desejou.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X SANTOS

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 15/10/2010 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP-Fifa) e Marcio Luiz Augusto (SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Rodrigo Souto, Carlinhos, Lucas e Fernandinho; Dagoberto e Ricardo Oliveira. Técnico: Paulo César Carpegiani.

SANTOS: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Roberto Brum, Arouca, Danilo e Alan Patrick; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Marcelo Martelotte.

outubro 17, 2010 - Posted by | Santos, São Paulo | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s