Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Após tropeços, Timão enfrenta o Atlético-MG

Sob o comando de Dorival Júnior, equipe mineira segue confiante para fuigr da zona de rebaixamento

LANCEPRESS!

Após acumular dois tropeços no Pacaembu, o Corinthians vai à Arena do Jacaré em busca da vitória diante do ameaçado Atlético-MG, para seguir na perseguição ao líder Fluminense. A partida desta quarta-feira marca o confronto entre alvinegros que ocupam posições contrárias na tabela. O Timão é segundo colocado enquanto o Galo está na 18ª posição.

Além de não poder contar com Elias, que defende a Seleção Brasileira, o treinador Adilson Batista recebeu uma má notícia sobre outro desfalque. Jorge Henrique, que sofreu uma lesão na partida de sábado, diante do Ceará, realizou exame e deve desfalcar a equipe até o final do Campeonato Brasileiro.

O atacante corintiano sofreu uma lesão muscular de grau três no posterior da coxa esquerda. Além de perder o jogador, o Corinthians também perdeu preciosos pontos jogando em sua casa. A equipe perdia por 2 a 0 mas conseguiu chegar ao empate. Ainda assim, Adilson espera que o Corinthians posse recuperar esses pontos, mesmo jogando fora de casa.

– O Corinthians, apenas comigo, deixou de somar 8 pontos. Eu tenho consciência disso. Cabe a mim mostrar, falar, explicar para que isso não aconteça mais – disse Adilson.

Para vencer o Atlético-MG, o treinador corintiano deve lembrar de seu passado recente, quando ainda trabalhava do arquirrival do Galo, o Cruzeiro. Comandando a equipe celeste, Adilson enfrentou o adversário desta quarta-feira em 12 oportunidades. Foram nove vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

Além do excelente retrospecto, Adilson também deve contar com um “reforço”. Após ficar fora do time por 13 partidas, Dentinho deve iniciar a partida contra o Atlético-MG.

Já no Atlético-MG, após a vitória heróica sobre o Atlético-GO, no Serra Dourada, com gol aos 47 minutos do segundo tempo, a torcida atleticana vive a expectativa de um novo triunfo e da aproximação dos times que estão fora da zona de rebaixamento.

Mesmo vencendo os paulistas, o Atlético-MG não consegue sair do U4. Caso vença, terá de torcer pela derrota do Avaí, que enfrenta o Palmeiras, para ficar a um ponto dos catarinenses que, hoje, são os primeiros fora do zona de rebaixamento, com 29 pontos.

Depois de conquistar quatro dos seis pontos disputados em duas partidas realizadas fora de casa, o Galo volta a jogar ao lado de sua torcida. Mas, como tem acontecido durante o campeonato, o time terá desfalques importantes.

Os zagueiros Réver e Jairo Campos não jogam, pois estão defendendo as seleções brasileira e equatoriana, respectivamente. Daniel Carvalho, que sofreu uma contusão no joelho esquerdo contra o Ceará, participou normalmente do treinamento, mas não foi relacionado por Dorival. O atacante Obina, que não esteve no último trabalho, sofreu uma torção no tornozelo esquerdo, segue em observação, mas foi relacionado para o jogo.

Na atividade desta terça, Dorival Júnior manteve a formação do meio-de-campo com Zé Luís, Alê, Serginho e Ricardinho. Na defesa, sem Réver, o escolhido para jogar ao lado de Werley foi Lima. Eron, na esquerda, e Diego Macedo, na direita, foram os laterais. No ataque, Ricardo Bueno, caso Obina não se recupere a tempo, será o companheiro de Diego Souza.


FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG X CORINTHIANS
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data/Hora: 6/10/2010 às 22h
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro, Diego Macedo, Lima, Werley e Eron; Zé Luis, Alê, Serginho e Ricardinho; Diego Souza e Ricardo Bueno. Técnico: Dorival Júnior.

CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Paulo André, Thiago Heleno e Roberto Carlos, Edu (Boquita), Jucilei, Paulinho e Bruno César; Dentinho (Danilo) e Iarley. Técnico: Adilson Batista.

outubro 5, 2010 Posted by | Atlético-MG, Corinthians | , | Deixe um comentário

Vasco tenta quebrar escrita contra o Furacão, na Arena

Cruzmaltino, que venceu o adversário apenas uma vez no estádio, tenta a terceira vitória seguida no Brasileirão. Paranaenses querem o G3.

LANCEPRESS!

O Vasco vai até Curitiba enfrentar o Atlético-PR na tentativa de vencer pela segunda vez na História dentro da Arena da Baixada. O time do Rio de Janeiro busca a terceira vitória consecutiva no Brasileirão, enquanto o Furacão quer o triunfo para entrar de vez na briga por uma vaga na Taça Libertadores 2011.

O técnico Paulo César Gusmão realizou mudanças na equipe titular do Cruzmaltino. Depois de erros consecutivos, o zagueiro Titi foi barrado e Cesinha, que entrou bem na última rodada, fará dupla com Dedé. Fellipe Bastos, suspenso na última rodada, substitui Felipe, com uma entorse no joelho esquerdo.

Para Zé Roberto, a saída de Paulo Cesar Carpegiani, que foi para o São Paulo, não vai influenciar no rendimento do Furacão. O camisa 10 prevê dificuldades.

– Não influencia. O time já tem um padrão e os jogadores, que já se conhecem. A dificuldade para o Vasco pode até aumentar pois eles querem mostrar que vem com mais motivação. Não teremos moleza – disse.

O técnico PC Gusmão tem a mesma opinião de Zé Roberto. Para ele, o Furacão não sentirá falta do treinador, até porque Sérgio Soares já foi contratado pela diretoria do clube paranaense.

– O time do Atlético-PR é perigoso, principalmente jogando na Arena da Baixada. Eles costumam manter uma comissão técnica fixa, só mudando o treinador, por isso acho que os jogadores não vão sentir tanto a saída do Carégiani – afirmou.

O Atlético Paranaense, por sua vez, quer provar que a boa campanha não era mérito apenas de Carpegiani. Em quinto lugar na tabela, com 42 pontos, o Furacão está a seis do Cruzeiro, último colocado no G-3 e que iria para a Libertadores.

Sérgio Soares assinou com o clube na segunda-feira, comandou um coletivo na terça e ficará à beira do gramado para comandar a equipe. Com pouco tempo para trabalhar, o treinador optou por praticamente manter a mesma escalação que vinha sendo feita, alterando apenas o posicionamento de alguns atletas, principalmente no meio-campo. Mas nada que fuja das características da equipe.

– Não vamos mudar quase nada do que o Carpegiani vinha fazendo, até porque tivemos apenas um dia de trabalho e não temos porque mudar. No decorrer dos trabalhos é que vamos observar melhor o grupo, mas para agora daremos apenas continuidade – explicou.

Mas logo na estreia, ele já terá dificuldades na escalação. Isto porque o goleiro Neto e o atacante Guerrón, convocados para as seleções brasileira e equatoriana, respectivamente, e o atacante Bruno Mineiro, suspenso pelo terceiro amarelo, desfalcam o Rubro-negro. Além disso, o armador Branquinho, com dores musculares, ainda é dúvida. Iván González foi quem treinou em seu lugar.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR X VASCO

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data/hora: 5/10/2010 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP – Fifa)
Auxiliares: Ednilson Corona (SP – Fifa) e Emerson Augusto de Carvalho (SP – Fifa)

ATLÉTICO-PR: João Carlos, Elder Granja, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Deivid, Branquinho (Iván González) e Paulo Baier; Maikon Leite e Neto. Técnico:Sérgio Soares.

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Cesinha, Dede e Max; Jumar, Rafael Carioca, Fellipe Bastos e Zé Roberto; Eder Luis e Rafael Coelho. Técnico: PC Gusmão

outubro 5, 2010 Posted by | Atlético-PR, Vasco da Gama | , , | Deixe um comentário

Fluminense recebe o Santos para tirar rival da briga

Com muitos desfalques, derrota pode tirar chances de título do Peixe

LANCEPRESS!

Líder do Brasileiro, com 52 pontos, o Fluminense recebe o Santos, sétimo colocado, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Engenhão, com a obrigação de se consolidar na liderança. O empate com o lanterna Grêmio Prudente, na rodada passada, só não foi pior porque o Corinthians, vice-líder, com 49 pontos,
também tropeçou e empatou com o Ceará. O Tricolor não contará com Deco, machucado, mas terá Fred à disposição. Recuperado de uma lesão muscular na panturrilha direita, o atacante ficará no banco de reservas e terá condições de jogar pelo menos um tempo.

Há cinco rodadas sem marcar, Washington terá pela primeira vez uma sombra à altura na equipe. Artilheiro do Fluminense no Brasileiro, com dez gols, o camisa mantém a tranquilidade e tem a confiança de Muricy Ramalho e dos demais companheiros para desencantar e ajudar a equipe na complicada partida contra o Santos.

– É sempre chato (o jejum de gols). Principalmente quando você está na briga pela artilharia e o time está precisando. Mas tenho que me manter tranquilo. Sei que estou jogando muito para o time. Mesmo não tendo oportunidade, tenho proporcionado isso aos outros. É o que me deixa tranquilo. Daqui a pouco os gols
aparecem de novo – disse Washington.

Deco não será o único desfalque do Fluminense. Com uma lesão na coxa direita, o camisa 20 será substituído pelo zagueiro André Luis. Dessa maneira, a equipe voltaria a jogar no 3-5-2. Mariano, convocado para os amistosos da Seleção Brasileira contra Irã e Ucrânia, é outra baixa. Marquinhos e Thiaguinho disputam a
preferência do treinador. Contratado a pedido de Muricy, o lateral-direito Marquinhos vive a expectativa de estrear com a camisa do Fluminense.

– Desde o momento em que fui apresentado estou preparado para jogar. Se o professor optar por mim vou dar meu melhor em campo. Todos os jogos são bons para estrear. Tenho que fazer o meu melhor sempre, para estar jogando. Não tem escolha. Temos que estar preparados sempre que preciso – garantiu.

Santos desfalcado

A partida contra o Fluminense ganhou a relevância de uma decisão para o Santos, extremamente desfalcado, com dez jogadores no departamento médico, mas precisando da vitória para ainda sonhar com título. A 13 pontos da equipe carioca, com um jogo a menos, um triunfo pode de ser fundamental para se
manter entre os primeiros ou dar adeus ao título. Somente nos dois últimos dias sofreu cinco baixas: Marquinhos, Marcel, Edu Dracena, Felipe e Bruno Aguiar.

Com isso, Martelotte foi obrigado a chamar jogadores pouco aproveitados, da equipe Sub-23, para a lista de relacionados. Alan Patrick, por sua vez, foi confirmado como titular. Agora, sem ter para onde fugir, o interino não fez mistério quanto a equipe e confirmou o zagueiro Vinicius Simon e o atacante Zé Eduardo como as outras duas novidades com relação ao clássico.

– De maneira geral, o que penso para o jogo se mantém, lógico que mudam os nomes, tivemos perdas importes com relação ao time que vinha jogando, mas o esquema e o posicionamento serão mantidos – disse Marcelo Martelotte.

Para o goleiro Rafael, apesar das recentes mudanças na equipe titular, o Santos ainda tem boas chances de lutar pelo título nacional.

– A gente sabe que se ganhar três ou quatro seguidas estamos no bolo de novo, é muito disputado, é bom que os outros clubes não achem que vamos brigar pelo título – explicou o camisa 1 santista.

O Santos já não vence há duas partidas, após perder para o Vasco e empatar com o Palmeiras, no último sábado. Essa, definitivamente, pode ser a última chance.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINESE X SANTOS

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 6/10/2010 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Auxiliares: Enio Ferreira de Carvalho (DF) e Marrubson Melo Freitas (DF)

FLUMINENSE: Rafael, Gum, André Luis e Leandro Euzébio; Marquinhos (Thiaguinho), Diogo, Valencia (Marquinho), Conca e Carlinhos; Rodriguinho e Washington. Técnico: Muricy Ramalho.

SANTOS: Rafael, Pará, Vinícius, Durval e Léo; Roberto Brum, Arouca, Danilo e Alan Patrick; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Marcelo Martelotte.

outubro 5, 2010 Posted by | Fluminense, Santos | , | Deixe um comentário

Na estreia de Carpegiani, São Paulo encara o Vitória

Treinador tem uma série de problemas em seu primeiro jogo, que acontecerá na Arena Barueri

LANCEPRESS!

O jogo contra o Vitória nesta quarta-feira, às 22h, na Arena Barueri, marca o início de Uma nova era no São Paulo. Paulo César Carpegiani fará sua estreia como treinador da equipe e tem a missão de reencontrar o caminho das vitórias, que não aparecem há três partidas.

– É um excelente treinador, já colocou a maneira de jogar e queremos assimilar rapidamente. Queremos aplicar tudo em campo o mais rápido possível – elogiou o volante Rodrigo Souto.

E, logo em seu primeiro compromisso, Carpegiani tem nove desfalques para armar o time. Além de Richarlyson e Ricardo Oliveira, suspensos, ele ainda tem sete jogadores no departamento médico. Wellington e Junior Cesar se recuperam de operação. Fernandão (lesão na panturrilha esquerda), Ilsinho (lesão no tornozelo esquerdo), Cleber Santana (lesão no tornozelo esquerdo), Jorge Wagner (fratura na mão esquerda) e Xandão (lesão no adutor da coxa esquerda) ficaram em tratamento.

Devido ao grande número de problemas, o treinador colocará em campo um trio muito veloz na frente: Lucas, Dagoberto e Fernandinho. Eles ainda podem ter a companhia de Marlos, que disputa uma vaga com Carlinhos Paraíba. Este último foi o titular no coletivo de terça-feira.

Com Ricardo Silva mantido no cargo após a goleada por 3 a 0 para o Grêmio – a terceira consecutiva -, o Vitória vem a São Paulo, tentando se distanciar de vez da zona de rebaixamento.

Como prometido após a última derrota, o treinador promoverá mudanças na equipe. No treino desta terça-feira, Ramon e Júnior foram barrados por Renato Ribeiro e Kleber Pereira, respectivamente.

Quem volta à equipe é o lateral-direito Eduardo, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, e o meia Renato. Os desfalques ficam por contra do volante Ricardo Conceição, e do meia Elkeson, suspensos, e do atacante Henrique, que não pode enfrentar o São Paulo, seu clube de origem. Nos lugar dos suspensos entram Uelliton e Thiago Humberto.

A partida acontecerá na Arena Barueri porque o Morumbi, casa do Tricolor, foi alugado para receber o show da banda Bon Jovi.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X VITÓRIA

Estádio: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 6/10/2010 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Claudio Mercante (PE)
Auxiliares: Jossemmar Diniz Moutinho (PE) e Jose Pedro da Silva (PE)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Diogo; Casemiro, Rodrigo Souto, Carlinhos e Lucas; Dagoberto e Fernandinho. Técnico: Paulo César Carpegiani.

VITÓRIA: Lee, Eduardo, Wallace, Thiago Martinelli e Egidio; Vanderson, Uelliton, Bida, Thiago Humberto e Renato; Kleber Pereira. Técnico: Ricardo Silva.

outubro 5, 2010 Posted by | São Paulo, Vitória | , , | Deixe um comentário

De olho no G3, Grêmio recebe o Prudente

Renato Gaúcho vai contar com o retorno de cinco jogadores contra o lanterna do Brasileirão-2010

LANCEPRESS!

A apenas nove pontos do G3, o Grêmio recebe seu homônimo paulista, o lanterna Grêmio Prudente, nesta quarta-feira, às 19h30, no Olímpico, com transmissão em tempo real no LANCENET!.

Mesmo com as vagas para a Libertadores do ano que vem reduzidas em um primeiro momento, o Tricolor gaúcho acredita, apesar de não admitir, que pode terminar o Brasileiro entre os três primeiros.

Para isso, o técnico Renato Gaúcho vai contar com a volta de cinco jogadores, que não jogaram contra o Vitória, rodada passada, por estarem suspensos. São eles os zagueiros Vilson, Rafael Marques e Paulão, o meia Douglas e o atacante André Lima.

Além deles, defensor Mário Fernandes, o atacante Leandro e o voltante Ferdinando, antes machucados, treinaram normalmente e devem ser relacionados.

– Estamos pensando jogo a jogo. O Prudente é uma grande equipe, temos de pensar só neles agora. Vai ser difícil, não é porque eles estão lá embaixo que vai ser fácil. Temos que respeitar e pensar jogo a jogo. Claro que, com uma sequência de vitórias maior, poderemos pensar em algo mais – salientou André Lima.

Todavia, nem tudo são flores para o comandante gremista. Isso porque Renato tem sérios problemas no meio de campo. Dos quatro jogadores considerados titulares, apenas Douglas vai a campo. Os demais, Adilson, Fábio Rochemback e Souza estão no departamento médico.

Grêmio Prudente

Oito vitórias em 11 para permanecer na Série A. Essa é a missão do Grêmio Prudente no Campeonato Brasileiro para fugir do rebaixamento. E a primeira batalha já acontece nesta quarta-feira.

Depois de quatro treinadores comandarem a equipe na competição, o presidente oficializou a efetivação de Fábio Giuntini até o fim da competição. Com uma vitória e um empate no comando do time, ele terá poucos desfalques para a partida contra o Grêmio.

O zagueiro Leonardo ainda está se recuperando de uma lesão na coxa e foi vetado pelo departamento médico. Já o volante Rodrigo Mancha reclamou de dores no púbis, e também não joga. Ele sequer viajou para Porto Alegre.

Dessa forma, Anderson Pedra assume a posição de Mancha no meio de campo, e, na zaga, Anderson Luís forma a dupla com Diego Giaretta, que terá uma motivação a mais na partida: será o centésimo jogo dele com a camisa do Prudente.

– Me sinto honrado em chegar a esta marca no Grêmio Prudente. Todas as vezes que entrei em campo, independentemente do resultado, procurei dar o meu melhor para o clube, que sempre honrou seus compromissos comigo. Se hoje tenho alguma coisa devo a Deus, ao meu trabalho e ao Grêmio Prudente – afirmou.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X GRÊMIO PRUDENTE

Estádio: Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data/hora: 6/10/2010, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Ricardo de Almeida (RJ)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Ferdinando, Fernando, Douglas e Lúcio; Jonas e André Lima. Técnico: Renato Gaúcho.

GRÊMIO PRUDENTE: Giovanni, Bruno Ribeiro, Anderson Luis, Diego Giaretta, Artur Henrique; Anderson Pedra, Roberto, João Vitor, Adriano Pimenta; Wesley e William. Técnico: Fábio Giuntini.


outubro 5, 2010 Posted by | Grêmio, Grêmio Prudente | , | Deixe um comentário

Sem medo de assombração, Guarani e Botafogo se enfrentam

Jogo do 666 mistura dados curiosos que envolvem rivais no Brinco de Ouro

LANCEPRESS!

Há coisas que só acontecem ao Botafogo, inclusive triunfos em condições complicadas. A fase no Glorioso anda obscura, com dúvidas sobre diversas questões, mas a partida contra o Guarani tem todos os ingredientes que um bom alvinegro gosta: Superstição de sobra no jogo do 666. Seis desfalques, seis confrontos sem vitória no Brasileiro e seis anos sem atuar no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, palco do duelo desta quarta-feira, às 19h30. Para chegar à Libertadores e até mesmo ao título nacional, é preciso encarar de tudo na competição.

A partida com transmissão em tempo real pelo LANCENET! mostra o número que segundo a tradição cristã, corresponde ao sinal da Besta. Simbologia de medo, mas a situação vive sombria para os dois lados. O Bugre perdeu nas duas últimas rodadas e caiu para a metade inferior da tabela. Não chega a ser um embate dos desesperados, mas os três pontos podem ser o primeiro passo da caminhada à luz.

CALMA, PESSOAL…

Com 33 pontos, seis em algarismos somados, o Bugre tem três desfalques confirmados. Julgado e punido pelo STJD nesta segunda-feira, o artilheiro Mazola não estará a disposição de Mancini. A equipe também não poderá contar com o meia Mário Lúcio, expulso na partida contra o Internacional e com o atacante Ricardo Xavier, vetado pelo departamento médico em função de uma lesão na panturrilha esquerda.

Mancini ainda tem uma dúvida em relação ao zagueiro Ailson, que sente dores musculares no adutor da coxa e ainda não teve sua presença confirmada no time titular.

– Se o Ailson não jogar, entra o Aislan, mas mantenho a dúvida no meio de campo e no ataque e só vou anunciar o time momentos antes do jogo – afirmou Mancini.

O Guarani terá a volta de Reinaldo, que cumpriu suspensão automática contra o Internacional. A dúvida fica para o companheiro do atacante no ataque bugrino, Giovane deve ser deslocado para a vaga do suspenso Mazola e Barboza deve ganhar uma chance na armação das jogadas.

O treino do Bugre nesta terça foi marcado por uma reunião entre jogadores, comissão técnica e membros da maior torcida organizada do clube.

– Eles vieram aqui para manifestar apoio e todo incentivo é bem vindo. Se não fosse esse tipo de conversa, certamente este encontro não aconteceria. Estamos fazendo o melhor e sabemos daquilo que somos obrigados a fazer – destacou.

CAÇADOR DE FANTASMAS

Em busca da sexta vitória fora de casa para aproximar-se do Cruzeiro, hoje a seis pontos de distância e na vaga do último classificado para a próxima Libertadores, o Botafogo não terá o zagueiro Fábio Ferreira, que lesionou o joelho esquerdo e vai ficar seis meses longe dos gramados.

A meta é sair dos 42 pontos, algarismos que somados dão seis, porém as baixas são muitas. Maicosuel e Marcelo Mattos também contundiram o joelho esquerdo, sendo que o primeiro está fora da temporada. Alessandro e Marcelo Cordeiro cumprem suspensão por cartões e Jefferson vai disputar dois amistosos pela Seleção.

Por sua vez, Jobson viajou para Campinas, mas é dúvida para o jogo, já que treinou separadamente na última segunda-feira e talvez ainda não esteja totalmente recuperado de dores na perna esquerda, das quais o próprio reclamou na véspera do clássico diante o Flamengo, no último sábado.

O problema repentino de Jobson fez despertar em sites de relacionamento diversos boatos sobre envolvimento do atacante com drogas. Vale lembrar que o jogador foi flagrado em dois exames antidoping com substâncias da cocaína no organismo, em 2009, além de ter admitido ser usuário de crack.

Diante de muitos problemas, Renan, Danny Morais, Fahel, Tulio Souza, Lucio Flavio, Renato Cajá e Herrera estão de olho na titularidade. Para o técnico Joel Santana, resta bater de frente com a realidade do grupo.

– Isso não é coincidencia, é o futebol. Estávamos esperando as lesões, que normalmente iriam aparecer. Não contávamos com grandes perdas, como a de Maicosuel e a do Fábio Ferreira. Seremos obrigados a mexer em um setor que todos já sabiam. Infelizmente, vida que segue. Pensamos para a frente – disse.

FICHA TÉCNICA:
GUARANI X BOTAFOGO

Estádio: Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Data/hora: 6/10/2010 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Julio Cesar Rodrigues Santos (RS) e José Javel Silveira (RS)

GUARANI: Douglas, Rodrigo Heffner, Fabão, Aislan e Márcio Careca; Renan, Paulo Roberto, Baiano e Barboza; Reinaldo e Geovane. Técnico: Vagner Mancini.

BOTAFOGO: Renan, Antônio Carlos, Leandro Guerreiro e Danny Morais; Somália, Fahel, Tulio Souza, Lucio Flavio e Renato Cajá; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

outubro 5, 2010 Posted by | Botafogo, Guarani | , , | Deixe um comentário

Ceará encara um Internacional muito desfalcado

Recheado de jovens como Oscar e Marquinhos, Colorado ainda sonha com o título do Brasileirão

LANCEPRESS!

A gordura que tinha acumulado para queimar acabou. Por isso, o Ceará sabe que só uma vitória em cima do Internacional, nesta quarta-feira, às 22h, no Castelão, pode fazer com que o time se distancie da zona do rebaixamento e recupere o prestígio com o torcedor, que anda preocupado.

Apesar da equipe alvinegra estar em 13º lugar com 32 pontos, mais perto da grupo da Sul-Americana do que da degola, vencer nos últimos tempos tem sido uma árdua tarefa. Para se ter uma ideia, das últimas 20 partidas no Brasileiro, o Vozão só saiu vitorioso em duas.

E sem ganhar há seis rodadas, os jogadores do Ceará sabem que do outro lado terão pela frente um adversário experiente e querendo aumentar esse jejum.

– O Inter é uma equipe de muita qualidade, campeã da América e dona de um dos melhores elencos do Brasil. Precisamos respeitar, assim como respeitamos todos os times que enfrentamos aqui dentro de casa, mas nosso pensamento é sair de campo com os três pontos – afirmou o atacante Marcelo Nicácio.

Para quebrar a sequencia negativa de resultados, o time cearense não poderá contar com o meia Geraldo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, o técnico Dimas Filgueiras faz mistério, mas deverá promover a estreia do colombiano Reina. Essa será a única mudança em relação ao jogo contra o Timão.

– Independente de estar ou no grupo titular, o Ceará é um grupo forte e tem de fazer o dever de casa – comentou o meia, de 21 anos, que ficou mais de dois meses treinando esperando sua regularização trabalhista.

Internacional

No Internacional, os desfalques não param. O zagueiro Índio tem uma lesão muscular na coxa esquerda; o volante Wilson Matias tem o mesmo problema, só que na coxa direita.

Outro que está fora do jogo desta quarta é o meia Tinga. Os três devem ficar fora também da partida contra o Atlético-MG, no fim de semana.

O meia D’Alessandro, no Japão com a Argentina, também não joga. Além desses, também desfalcam a equipe o lateral-esquerdo Kleber, desgastado fisicamente, e o meia Giuliano, convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira.

Por outro lado, o zagueiro Sorondo, que deixou a partida contra o Guarani com dores no púbis, melhorou e está confirmado ao lado de Bolívar na zaga. No meio de campo, a tendência é a de que Marquinhos comece entre os onze.

As novidades ficam por conta do jovem meia Oscar, que veio do São Paulo e do atacante Ilan, contratado há pouco mais de um mês.

Ambos foram relacionados para a partida. Com tantos problemas, o técnico colorado, Celso Roth, deve improvisar o lateral-direito Nei no lado esquerdo.

– Essa versatilidade sempre me ajudou. Atuando na lateral esquerda, na direita, no meio. No Atlético-PR (2007), atuei nas primeiras 16 partidas como lateral-esquerdo – contou Nei.

FICHA TÉCNICA:
CEARÁ X INTERNACIONAL

Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data/hora: 6/10/2010, às 22h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: César Augusto de Oliveira Vaz (DF) e Carlos Emanuel Manzolillo (DF).

CEARÁ: Michel Alves, Boiadeiro, Fabrício, Anderson e Vicente; Michel, João Marcos, Heleno e Reina; Marcelo Nicácio e Magno Alves. Técnico: Dimas Filgueiras.

INTERNACIONAL: Renan, Daniel, Bolívar, Sorondo e Nei; Guiñazu, Glaydson, Edu, Andrezinho e Marquinhos; Alecsandro.
Técnico: Celso Roth.

outubro 5, 2010 Posted by | Ceará, Internacional | , | Deixe um comentário

Renato convoca reunião para colocar os ‘pés no chão’

Técnico do Grêmio conversa com jogadores antes do treino

Em poucos minutos, antes do treino desta terça-feira à tarde, Renato Gaúcho cerrou portas e cortinas da sala de conferências do Estádio Olímpico. Ali, reuniu-se com os jogadores. Na pauta, as notícias sobre o possível retorno do G-4, e o confronto com o lanterna Prudente às 19h30m de quarta-feira.

Renato pede aos jogadores ‘pés no chão’ nos dois assuntos. Não pode haver empolgação com a perspectiva de disputar uma quarta vaga à Taça Libertadores 2011; e também é proibido menosprezar o próximo adversário.

– Já sabia que vocês iam perguntar isso, e me antecipei com o grupo. Falei para eles que temos de respeitar o Prudente, ter os pés no chão. Matematicamente eles têm chance ainda, e eles tendo chance é mais um jogo da vida deles. (…) Libertadores a gente lembra sim, mas temos que pensar jogo a jogo. Se voltar o G-4, ficamos a três pontos do Atlético-PR e do Botafogo, senão a distância para o Cruzeiro é de nove pontos. Fica mais difícil.

Em entrevista coletiva após o treino, Renato falou sobre a melhor campanha do segundo turno do Brasileirão, conquistada pelo Grêmio quando ele substituiu Silas:

– Com toda humildade, é a qualidade do técnico. Quando cheguei aqui a situação era ruim. Mas pela minha experiência, de já ter sido jogador, sabendo o que os jogadores pensam, isso facilitou. Não tenho varinha mágica, mas vou passar coisas boas para eles. E, lógico, com um padrão tático. O time não pode ser um bando.

Na segunda-feira Renato não esteve em Porto Alegre. Permaneceu no Rio de Janeiro, onde votou no domingo, resolvendo problemas particulares. Entre os cariocas, garante, encontrou muitos gremistas. Ele aproveita o gancho e convoca a torcida para o jogo contra o Prudente.

– Quando eu cheguei aqui vinham sete, oito mil torcedores. Agora dá gosto de ver o estádio sempre lotado. O torcedor tem comparecido, isso é fundamental. Lugar de torcedor é aqui. Vim do Rio de Janeiro agora e vi lá muitos torcedores com a camisa do Grêmio, muita gente me parabenizando. Isso é bom.

outubro 5, 2010 Posted by | Grêmio | | Deixe um comentário

Na base da ‘correria’, Marquinho promete substituir Deco à altura

Prestes a completar 100 jogos pelo Flu, apoiador fala sobre diferença de estilo em relação ao luso-brasileiro: ‘Faço mais jogadas de linha de fundo’

Muricy Ramalho ainda não confirmou, mas sem Deco, que sente dores na coxa direita, o Fluminense deve ter Marquinho entre os titulares na partida contra o Santos, quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), no Engenhão, pela 28ª rodada do Brasileirão. Sai um apoiador, entra outro. Mas a troca está longe de ser seis por meia dúzia. E o próprio substituto do luso-brasileiro admite isso.

Menos técnico e mais “potente” que o titular, Marquinho acredita que sua entrada deixará o Fluminense mais dinâmico e enumera suas principais qualidades.

– O time fica diferente, cada um tem uma característica. O Deco gosta mais de ter o controle da bola, de armar as jogadas, é do estilo do Conca. Eu sou um pouquinho mais de correria, como dizemos no meio do futebol, de dinamismo, faço mais jogadas de linha de fundo.

O meio-campo, no entanto, não vê relação entre as diferenças de características e de importância para a equipe. Aplaudido pela torcida e responsável por boas jogadas nas últimas rodadas, sempre quando entrou no segundo tempo, Marquinho disse saber de seu valor na campanha vitoriosa do Flu, apesar de não ter tanta grife como Deco, e prometeu não medir esforços para dar conta do recado contra o Peixe.

Cada um tem seu valor dentro do grupo. O Muricy mostra muito isso. Durante as partidas, ele varia muito a forma de jogar e o time segue no mesmo nível, que é muito alto. Todos os jogos que entro, coloco na cabeça que tenho que dar o meu melhor para estar em evidência. Vou jogar sempre para frente, buscando a vitória, o melhor para o Fluminense.

Titular antes da parada para a Copa do Mundo, quando o Tricolor emendou uma série de quatro vitórias consecutivas, o apoiador confia no entrosamento com Carlinhos e Conca no lado esquerdo do campo para obter sucesso na partida no Engenhão.

– É uma boa oportunidade de repetir essa parceria com o Carlinhos e o Conca. Já mostramos em outros jogos que deu certo. Principalmente antes da parada da Copa. Era um dos pontos fortes do time.

Caso entre em campo, Marquinho completará diante do Santos 100 jogos com a camisa do Fluminense. Ele esteve presente em 23 dos 27 jogos da equipe no Brasileirão.

outubro 5, 2010 Posted by | Fluminense | , | Deixe um comentário

Luxemburgo barra Diogo e escala Diego Maurício no primeiro treino

Petkovic é confirmado no lugar do suspenso Renato contra o Atlético-GO

Logo em seus primeiros minutos de trabalho como no Flamengo, Vanderlei Luxemburgo escalou o time titular para enfrentar o Atlético-GO, quinta-feira, às 21h, em Volta Redonda. O treinador barrou Diogo e optou por Diego Maurício em coletivo no Ninho do Urubu.

Sem poder contar com Maldonado – convocado para amistosos com a seleção chilena -, além  dos suspensos Ronaldo Angelim, Jean e Renato, o treinador formou o time com Marcelo Lomba, Léo Moura, Wellington, David Braz e Juan; Correa, Willlians, Kleberson e Petkovic; Diego Maurício e Deivid.

outubro 5, 2010 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

Cuca anuncia que retornos de Gilberto e Wellington Paulista estão próximos

Treinador espera poder contar com a dupla no fim de semana. Contra o
Goiás, há risco de o time não ter atacantes no banco de reservas

O técnico Cuca foi o responsável por uma boa notícia para o torcedor do Cruzeiro. O treinador afirmou que espera contar com Gilberto e Wellington Paulista para o final de semana, quando a equipe celeste terá o confronto direto contra o Fluminense, domingo, em Uberlândia.

Se enfrentar o Tricolor carioca, Gilberto completará exatamente um turno fora por conta de uma tendinite no pé direito. Já Wellington Paulista sentiu estiramento na coxa esquerda contra o Guarani, há três rodadas.

– Tenho planos para eles para o final de semana – disse Cuca revelando que os dois jogadores já estão recuperado de suas lesões.

Conta do chá

O treinador corre o risco de não ter nenhum atacante no banco de reservas para a partida contra o Goiás, quinta-feira, às 21h (de Brasília), no Serra Dourada. O argentino Ernesto Farías, com o joelho direito inchado, será reavaliado nesta quarta, antes do treino, para saber se terá condições.

Já o atacante Wallyson foi liberado e está em Natal, onde acompanha de perto o pai, que passa por um problema grave de saúde. Cuca confirmou a possibilidade de ter apenas os dois atacantes titulares contra os goianos, no caso, Robert e Thiago Ribeiro.

– Infelizmente, tem grandes chances de acontecer.

outubro 5, 2010 Posted by | Cruzeiro | | Deixe um comentário

Com seis desfalques, Joel precisa tirar ‘coelhos da cartola’

Obrigado a improvisar contra o Guarani, treinador do Botafogo se desanima, mas espera que ‘nuvenzinha’ seja passageira

Joel Santana costuma reagir com bom humor até mesmo às situações mais adversas. Mas com a grave lesão de Fábio Ferreira – o segundo jogador do Botafogo a perder o restante do Campeonato Brasileiro –, o treinador custou a sorrir. Com seis desfalques para o jogo contra o Guarani, nesta quarta-feira, em Campinas, ele será obrigado a fazer algumas improvisações.

– Meu astral está meio baixo, mas depois melhora. Tem uma nuvenzinha escura passando por aqui e espero que ela vá embora logo. Um amigo meu diz que eu consigo tirar coelhos da cartola, mas três é complicado. Está escasso. De repente se eu procurar, não encontro mais nada – disse.

Além de Fábio Ferreira e Maicosuel, com graves lesões no joelho, o Botafogo não terá os laterais Alessandro e Marcelo Cordeiro, suspensos, o volante Marcelo Mattos, em fase final de recondicionamento físico, e o goleiro Jefferson, a serviço da Seleção Brasileira. Joel Santana lembrou que tantos problemas acontecem em meio a uma sequência de duas partidas por semana e com um jejum de vitórias que dura seis rodadas.

– Não dá para fazer um time da noite para o dia. As pessoas acham que é fácil e criticam, mas não estão aqui todos os dias para saber das dificuldades. Se vou acertar ou errar é uma coisa, mas quem entrar conhece a posição – explicou.

Joel Santana diz ainda esperar para saber se pode contar com Jobson, que, segundo o departamento médico, sente dores no joelho esquerdo. Para o lugar de Fábio Ferreira, o principal candidato é Márcio Rosário. Nas laterais, Túlio Souza, Somália e Edno devem ser distribuídos em duas vagas.

outubro 5, 2010 Posted by | Botafogo | , | Deixe um comentário

Diego Souza pode dizer adeus ao Brasileirão contra o Corinthians

Meia pode pegar 12 jogos de suspensão pela expulsão contra o Fluminense

O meia Diego Souza será julgado pelo STJD, nesta sexta-feira, e caso pegue a pena máxima, poderá se despedir do Brasileirão 2010 na próxima partida, contra o Corinthians.

O gancho pela expulsão contra o Fluminense poderá chegar a 12 partidas, como ele cumpriu uma, e após esta rodada faltarão apenas 11 jogos, o meia só voltaria a jogar no Brasileirão em 2011. Além dele, o volante Alê também será julgado no mesmo dia.

Diego Souza foi expulso no final do segundo tempo da partida contra o Fluminense, pela 24ª rodada. Ele foi incurso nos artigos 254 – que fala de praticar jogada violenta – e 243-F – ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto. Ele poderá pegar até seis jogos de suspensão em cada artigo, mais multa. Pelo cartão, a diretoria do clube informou que Diego foi multado, mas não revelou os valores.

O árbitro da partida relatou na súmula que o jogador foi expulso por ter ‘praticado uma jogada violenta ao entrar violentamente sobre seu adversário com um carrinho por trás em forma de voadora’. O relato acrescenta que o atleta teria ofendido o árbitro antes de deixar o campo.

A situação de Diego Souza pode se complicar pelo fato dele ser reincidente. No começo deste Campeonato Brasileiro, ele foi julgado por ter feito gestos obscenos para a torcida do Palmeiras. Na oportunidade, ele foi punido com um jogo de suspensão.

Já Alê foi denunciado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva pela expulsão após o segundo amarelo, também contra o Tricolor carioca. O volante também é reincidente. Ele foi julgado quando estava no Santo André por ter xingado o árbitro após ser expulso. O primeiro gancho foi de três jogos.

outubro 5, 2010 Posted by | Atlético-MG | | Deixe um comentário

PC Gusmão diz que cuidados com lesionados serão redobrados

Treinador afirma que jogadores irão passar mais tempo na recuperação física antes de voltar aos campos

Ramon ficou um mês e meio fora do Vasco por conta de um problema na perna. Voltou a atuar e, no terceiro jogo, sentiu novamente a lesão. Carlos Alberto convive com seguidos problemas. O último foi um estiramento leve na coxa, na partida contra o Guarani. Felipe é mais um que voltou de uma contusão muscular e sofreu outra lesão (porém, no caso do maestro, o novo problema foi em um local diferente do primeiro). Todos esse fatos acenderam a luz amarela em São Januário.

Por isso, mesmo dizendo que o trabalho com os atletas foi bem feito, o técnico PC Gusmão decretou que os cuidados com os jogadores machucados terão que ser redobrados.

– Os jogadores só vão ser usados quando fizerem todo o processo normal. Têm que estar 100% e participar de vários jogos-treino. Não só o time, mas o clube tem uma perda muito grande no custo-benefício com a lesão desses atletas. Temos que analisar cada um pela exigência do jogo. As valências físicas têm que estar muito bem trabalhadas para não ter dano que faça o jogador se afastar durante muito tempo por conta das lesões – disse o treinador.

Apesar da declaração, o técnico PC Gusmão diz que não está fazendo nenhuma crítica ao departamento médico do clube. O treinador também garante que não houve pressa na volta dos jogadores aos campos.

– Nosso departamento médico é ótimo. O Brasileiro vem numa batida muito grande. Tem jogo no meio e no fim de semana direto. Desde o momento que tivemos que nos adaptar ao calendário, o departamento médico teve que fazer milagres. A gente fica triste porque não pode contar com todos os jogadores, mas há uma questão de sorte também. O Ramon vinha em uma progressão, entrou aos poucos, mas não tenho bola de cristal. Carlos Alberto e Felipe sempre jogaram algum tempo para ganhar ritmo de jogo e para não forçar. Infelizmente, tiveram outras lesões.

Na última semana, o departamento médico do Vasco, através do médico Alexandre Campello, se manifestou sobre as seguidas lesões dos jogadores e declarou que isso era fruto do acaso. Alexandre também lembrou que os atletas passavam por várias etapas (médico, fisiologista e preparação física) até voltar a atuar. Segundo o médico, todas as precauções foram tomadas em todos os casos para que os lesionados voltassem bem.

outubro 5, 2010 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Felipão ensaia Palmeiras com Lincoln e Valdivia no meio-campo

Sem Tinga, lesionado, e Danilo, suspenso, Scolari mostra Alviverde mais ofensivo para confronto com Avaí, no Pacaembu

O técnico Luiz Felipe Scolari acenou com mudanças interessantes no Palmeiras que enfrenta o Avaí na noite desta quinta-feira, às 21h, no Pacaembu. Sem poder contar com Tinga, lesionado, e Danilo, suspenso, o treinador do Alviverde ensaiou o time na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, com Lincoln e Valdivia no meio-campo.

Assim, Felipão deu uma cara mais ofensiva ao seu time, que está acostumado a jogar com até quatro volantes. Na parte defensiva, o treinador optou pela entrada de Leandro Amaro na vaga de Danilo, deixando o jovem Fabrício na equipe reserva.

O time titular no treino desta terça foi formado por: Deola; Vitor, Maurício Ramos, Leandro Amaro e Gabriel Silva; Edinho, Márcio Araújo, Marcos Assunção, Lincoln e Valdivia; Kleber.

Na segunda parte da atividade, o treinador sacou Lincoln e Leandro Amaro do time titular e optou pelas entradas de Rivaldo no meio-campo e Fabrício para atuar na zaga, ao lado de Maurício Ramos.

No treino que antecedeu a partida com o Internacional, na semana passada, Felipão já havia colocado Valdivia e Lincoln na mesma equipe pela primeira vez. O treinador, no entanto, afirma que terá de ter os dois atletas bem treinados para testar a composição em uma partida.

Além de Danilo e Tinga, o Palmeiras ainda tem como baixa o goleiro Marcos, que se recupera de uma lesão no joelho esquerdo, e Ewerthon, que não atua mais neste Brasileiro por estar machucado.

Felipão também não ficará no banco de reservas na partida contra o Avaí por estar suspenso. O treinador foi punido em dois jogos por ter ofendido o árbitro José Henrique de Carvalho no clássico com o São Paulo, quando foi expulso. O Palmeiras tenta recorrer da decisão.

outubro 5, 2010 Posted by | Palmeiras | | Deixe um comentário

Ainda cauteloso, médico do Timão evita prazo para retorno de Ronaldo

Paulo de Faria avisa que Fenômeno faz trabalhos específicos, mas não sabe quando camisa 9 poderá jogar. Ralf apresenta boa recuperação

Depois de tantos desfalques que preocupam o técnico Adilson Batista, o Corinthians até “se esqueceu” de Ronaldo. Ainda em recuperação de um problema na panturrilha direita, o camisa 9 segue sem previsão de retorno. Nesta terça-feira, o médico Paulo de Faria esclareceu a situação do Fenômeno e mantém a postura cautelosa. Ronaldo só jogou três partidas no Campeonato Brasileiro, a última delas contra o Atlético-PR, em 8 de setembro.

– O Ronaldo fez trabalho na piscina, está fazendo trabalhos específicos. Estamos programando para ele uma situação na qual volte, logicamente, o mais breve possível. Mas não dá para dar previsão. Clinicamente ainda é cedo para dizer, e depois que ele estiver liberado pelo departamento médico, ainda tem o trabalho com o pessoal do campo – ressaltou o médico.

Além de Ronaldo, o Timão tem outros dois lesionados com gravidade: o atacante Jorge Henrique, com ruptura no músculo posterior da coxa esquerda, deve voltar aos gramados só em 2011. O volante Ralf, com lesão no tornozelo, tem retorno estimado para o início de novembro.

A respeito de Ralf, Paulo de Faria descarta ter havido precipitação na volta dele. Isso porque o jogador teve um problema no mesmo local no jogo contra o Grêmio, em 11 de setembro. Passou por tratamento e voltou diante do Botafogo, no dia 29 do mesmo mês. Porém, no início do segundo tempo, sentiu fortes dores e teve de ser substituído por Paulinho.

– Não creio que ele tenha voltado precocemente, porque ele participou normalmente do jogo e teve nova entorse. Embora seja no mesmo tornozelo, é uma nova lesão, pois aquela estava totalmente recuperada. Agora deve demorar os 30 dias previstos para recuperação – afirmou Paulo de Faria.

Nesta quarta-feira, em Sete Lagoas, às 21h50, o Timão enfrenta o Atlético-MG sem esses e outros dois jogadores: Elias, que integra a Seleção Brasileira, e Chicão, já recuperado de um problema no joelho direito, mas ainda recuperando a melhor forma física.

outubro 5, 2010 Posted by | Corinthians | , | Deixe um comentário

Otimista, Carpegiani prioriza busca pela vitória em sua reestreia

Treinador elogia postura dos atletas e diz que, nesse primeiro momento, o importante será vencer para depois procurar mostrar um bom futebol

A primeira impressão não será, necessariamente, a que fica, se depender dos planos do técnico Paulo César Carpegiani. Em seu retorno ao comando do São Paulo, antes de se preocupar em impressionar torcedores e críticos, o treinador quer que sua equipe seja capaz de buscar resultados. Para isso, ele deixou claro que quer o time tomando a iniciativa e atuando de maneira compacta, diante do Vitória, nesta quarta-feira, às 21h50m, na Arena Barueri.

– No meu time, todos os atletas participam. Com a bola, vamos sair para o jogo. Quero um time técnico e que jogue. Quando não tivermos a bola, precisamos recuperá-la o mais rápido possível. E, para que isso aconteça, só atuando de maneira compacta. Teoricamente falando é fácil, mas leva um certo período para os atletas entenderem. Nesse primeiro momento, ganhar será fundamental. A etapa seguinte será ganhar e convencer.

Foram apenas dois treinos, que juntos, somaram 45 minutos de bola rolando. Mesmo assim, o torcedor são-paulino que for a Barueri acompanhar o duelo contra os baianos já poderá ver um São Paulo em evolução, na reestreia de Carpegiani à frente do Tricolor.

– Estou gostando muito. Tenho uma grande esperança. Um time de futebol depende de três coisas: organização, que é você colocar as peças no lugar certo; técnica, que é a qualidade da equipe e isso eu sei que temos e a dinâmica de jogo, que todo treinador é obrigado a passar. É claro que ainda não posso exigir um time organizado durante 90 minutos contra o Vitória, mas acredito que já temos condições de fazer um bom jogo. Eu sinto que o grupo está com alegria e confiança. Eles estão com vontade de reverter nossa situação atual – afirmou o treinador.

Carpegiani não fez suspense quanto ao time que irá a campo nesta quinta-feira.

– Será o time que treinou hoje (terça). Mal tive tempo para treinar, não vou perder tempo iludindo vocês. Quando isso for me ajudar, certamente farei – afirmou Carpegiani, rindo.
Com isso, o Tricolor enfrentará o Vitória com: Rogério Ceni; Jean, Alex Silva, Miranda e Diogo; Casemiro, Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba e Lucas; Dagoberto e Fernandinho.

outubro 5, 2010 Posted by | São Paulo | , | Deixe um comentário

Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Flamengo

Treinador assume a vaga de Silas, demitido nesta segunda-feira

Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Flamengo. O treinador assinou contrato até o final de 2012 e já comanda as atividades desta terça-feira, no Ninho do Urubu, e estará no banco na partida contra o Atlético-GO, quinta, em Volta Redonda. Junto com o ele, foram contratados o preparador físico Antônio Melo e o auxiliar Antônio Lopes Júnior, filho do técnico Antônio Lopes.

RÁDIO LANCE! Tabelinha discute: Luxemburgo vai dar jeito no Flamengo?

A presidente do clube, Patrícia Amorim, destacou a bagagem do novo comandante da equipe rubro-negra. A dirigente afirmou que foi apresentado ao treinador um projeto de longo prazo, ressaltando que o lançamento de jogadores da base será uma das prioridades nesse novo desafio para Luxa.

– Ele é um técnico com um currículo à altura do Flamengo. De Seleção Brasileira e muitas vezes campeão brasileiro. São duas peças que se encaixam perfeitamente. Confio no trabalho dele e fiquei bastante satisfeita por ele ter aceitado a nossa proposta, que se trata de um trabalho longo. Reafirmamos nossa prioridade com a boa formação – afirmou a presidente ao site oficial do clube.

Depois de deixar o Atlético-MG na zona de rebaixamento, Luxa tem agora a missão de tirar o Rubro-Negro da difícil situação em que se encontra no Campeonato Brasileiro, onde tenta se afastar da parte de baixo da tabela.

Esta é a terceira passagem do treinador pelo clube da Gávea. Nas oportunidades anteriores, deixou o time sem a conquista de um título. A última vez que defendeu o Fla foi em 1995, quando saiu devido a desentendimentos com a então estrela do time, o atacante Romário.

outubro 5, 2010 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

Confiante, Fla aguarda resposta de Luxemburgo nesta terça

Em longa reunião, treinador apresentou oferta para comandar o clube. Diretoria fez contraproposta e espera decisão do técnico

O esperado acordo entre Flamengo e Vanderlei Luxemburgo não foi alcançado nesta segunda-feira, depois de três horas de reunião entre a presidente Patrícia Amorim e o treinador. Luxemburgo apresentou suas condições para comandar a equipe. A diretoria rubro-negra fez uma contraproposta, e o técnico ficou de dar uma resposta até o início da tarde desta terça-feira. Há confiança na cúpula rubro-negra de que ele aceitará a oferta.

Além de Patrícia Amorim, participaram da reunião o gerente Isaías Tinoco, o vice de finanças Michel Levy e o ex-presidente Luiz Augusto Veloso, cotado para assumir o cargo de diretor executivo de futebol, ocupado por Zico até a última quinta-feira. Às 23h30, três carros deixaram o hotel Windsor, na Barra, o mesmo que o grupo se concentra para as partidas. Os dois primeiros com parte do staff flamenguista. O último levava o treinador. Tinoco e Veloso, que não quis confirmar se assume o posto, saíram depois.

– Fui chamado para ajudar, e estou ajudando. Não sei ainda (se será executivo de futebol) – esquivou-se Veloso, que acenou com a cabeça para confirmar a tendência de entendimento entre as duas partes.

O contrato oferecido a Luxemburgo tem duração até o final de 2012. E pelo acordo, ele seria uma espécie de “manager”, tendo voz ativa nas contratações de jogadores.

A diretoria deseja que o novo treinador já comande a equipe na próxima quinta-feira, quando o Flamengo tem um jogo importante contra o Atlético-GO, adversário direto na luta contra o rebaixamento, em Volta Redonda. Em 15º lugar no Campeonato Brasileiro, o time carioca tem 30 pontos, quatro a mais que a equipe goiana, que está no Z-4, na 17ª colocação.

Após conseguir apenas uma vitória em dez jogos pelo clube, Silas foi demitido durante a tarde desta segunda-feira. A diretoria rubro-negra não deseja recorrer novamente a um técnico interino, como fez quando dispensou Rogério Lourenço. Toninho Barroso comandou o Fla na partida contra o Guarani, pela 17ª rodada do Nacional, em 29 de agosto. E não obteve um bom resultado em Campinas: o Rubro-Negro foi derrotado por 2 a 1, de virada.

outubro 5, 2010 Posted by | Flamengo | Deixe um comentário

Marquinhos Paraná pode reforçar a Raposa contra o Goiás, nesta quinta

Volante está fora da equipe desde a 21ª rodada do Brasileirão

O Cruzeiro deverá ter o retorno do volante Marquinhos Paraná, nesta quinta-feira, quando a equipe celeste visita o Goiás, no Serra Dourada, às 22h (de Brasília). Nesta segunda-feira, o jogador voltou a treinar com bola e pode ser a novidade de Cuca pra o confronto.

Paraná está fora da equipe desde a partida contra o Avaí, pela 21ª rodada, ainda no início de agosto. Na oportunidade, o jogador, além de ter sido expulso, acabou torcendo o joelho esquerdo.

Além de Paraná, o técnico Cuca terá outro reforço importante. O também volante Fabrício cumpriu suspensão automática contra o Atlético-PR na última rodada e deve voltar ao time.

outubro 5, 2010 Posted by | Cruzeiro | , | Deixe um comentário

Marquinhos, em busca do tempo perdido, ganha chance como titular

Jogador lamenta lesões, ganha atenção especial de Celso Roth nos treinos e espera aproveitar oportunidade contra o Ceará

Uma das maiores apostas do Inter ainda tenta confirmar a esperança que o clube deposita nele. A ausência de jogadores como Tinga, Giuliano, D’Alessandro e Rafael Sobis fará com que Marquinhos, de 20 anos, comece titular no jogo contra o Ceará, nesta quarta-feira, em Fortaleza. Para o garoto, será um momento de recomeço, uma chance para buscar o tempo perdido.

Marquinhos foi o destaque do Inter na Copa São Paulo de Juniores de 2009. Ainda no primeiro semestre, foi alçado ao grupo principal. Ele teve grande desempenho em algumas partidas. Em outras, nem tanto. A expectativa ficou para a temporada seguinte, mas aí o jogador sofreu com lesões. Em janeiro, em Bento Gonçalves, ele praticamente não treinou. O tornozelo não parou de incomodar.

– Tive um período longo de lesões. Machuquei o tornozelo na pré-temporada, e depois a coxa. Até recuperar nos treinos, demora um pouco. Agora, espero aproveitar a chance do meu jeito – disse o jogador.

Quando Celso Roth assumiu o Inter, Marquinhos parecia estar no fim da lista de prioridades do treinador. Contra o Cruzeiro, ele foi a campo no intervalo e acabou retirado 32 minutos depois. O curioso é que o treinador, nas atividades, dá toda a atenção ao jogador – seja para elogiar, seja para criticar. Nesta segunda-feira, ele parou o treino e parabenizou publicamente o garoto por uma bola roubada. Mais tarde, pegou no pé do atacante. Disse que ele parecia cansado.

Em muitos jogos, Marquinhos sequer foi relacionado. Teve que lidar com sua própria decepção.

– A gente fica um pouco triste, porque quer jogar. Ele escolhe os que vão concentrar e sempre tem que cortar alguém. Eu fui cortado algumas vezes, mas sempre continuei trabalhando – afirmou Marquinhos.

Agora, o jogador quer repetir suas primeiras atuações pelo Inter, com dribles, avanços, chutes e até gols. Marquinhos busca o tempo perdido.

– No ano passado, quando eu tive uma chance, soube aproveitar. Agora, espero dar conta do recado, como fiz no ano passado. É uma dificuldade grande treinar o tempo todo no máximo. Quando surge a oportunidade, não pode deixar passar.

Marquinhos treinou como articulador nesta segunda-feira, ora pela direita, ora pela esquerda. Mas sempre com a responsabilidade de marcar a saída de bola do adversário.

outubro 5, 2010 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

‘Neymar do Pará’, não: Moisés chega à Vila Belmiro e renega apelido

Reforço santista era estrela no Paysandu. Agora, chega de mansinho, tentando se firmar. Espera seguir passos de conterrâneos ilustres

“Salvador do Papão”, “Neymar do Pará”. O atacante Moisés chega ao Santos repleto de apelidos superlativos e agora corre para suprir as expectativas não só de santistas, mas também de muitos paraenses que o consideram das maiores promessas do futebol do Norte do Brasil nos últimos tempos.  Ele estreou no time principal do Paysandu no início do ano, foi artilheiro do Campeonato Paraense, com 13 gols, e eleito a revelação da competição.

Apresentado nesta segunda-feira, no CT Rei Pelé, o jogador, de 21 anos, é tratado como estrela em Belém (PA), sua terra natal. Nos últimos dias, muitos jornalistas da capital paraense congestionaram as linhas da assessoria de imprensa do Peixe, interessados em falar com o jogador.

Tímido, Moisés tem noção da sua popularidade no Pará, mas sabe e espera que as coisas no Santos tomem uma proporção muito maior. Por isso, se apressa a renegar comparações com a estrela santista. Diz que o apelido “Neymar do Pará” ficou em Belém.

– Não quero mais ser reconhecido assim. Antes, ele estava numa equipe grande e eu, no Payandu. Hoje, estou ao lado dele para ajudar o Santos.

Moisés assinou contrato com o Peixe até o dia 31 de julho de 2011. Parte dos direitos econômicos do jogador foi adquirida por um grupo de empresários encabeçado pelo iraniano Kia Joorabchian e repassado ao clube da Vila Belmiro. Os investidores pagaram R$ 600 mil ao Paysandu por 80%. Os outros 20% seguem pertencendo ao Papão. O Santos pode entrar na divisão, comprando 40% dos investidores. Para isso, tem até o término do contrato para pagar R$ 1 milhão.

O reforço já está inscrito no Campeonato Brasileiro, mas ainda não tem condições físicas de jogar. Ele estrá treinando no clube há uma semana.

República do Pará

Nascido em Belém, há 21 anos, Moisés tenta seguir os passos de dois conterrâneos ilustres, que se tornaram ídolos da torcida alvinegra: Giovanni e Paulo Henrique Ganso. Aliás, o novo jogador alvinegro chega ao clube indicado por Júlio Chagas de Lima, o Papito, irmão de Ganso.

– É uma felicidade imensa chegar a um clube que revelou tantos jogadores e abriu as portas para outros paraenses. Essa é uma grande oportunidade que estou tendo e espero agarrar – afirmou o jogador, que lembrou ainda o lateral-direito Pará, outro santista que nasceu no estado do Norte.

outubro 5, 2010 Posted by | Santos | , | Deixe um comentário

Paulinho: ‘Não ressuscitaremos o Atlético-MG’

Volante do Corinthians não quer deixar o Galo vencer a segunda consecutiva

LANCEPRESS!

Sem vencer há três partidas – uma derrota e dois empates -, o Corinthians já projeta o fim do jejum para quarta-feira, quando vai a Minas Gerais enfrentar o Atlético-MG, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar de o Galo viver uma má fase e se encontrar na 18ª posição, o volante Paulinho, que será titular mais uma vez já que Ralf está machucado e Elias serve a Seleção Brasileira para amistosos ante Irã e Ucrânia, não quer auxiliar na recuperação do clube mineiro na tabela de classificação.

– A gente não vai ressucitá-los. Vamos lá para atropelar, não vamos dar brexa para eles – avisou o volante nesta segunda-feira.

Para o meia-atacante Defederico, que disputa uma vaga de titular para substituir o lesionado Jorge Henrique, o estilo de jogo do adversário pode ajudar o Timão a encontrar espaços na defesa rival.

– O Atlético-MG tem jogadores de muita qualidade. Vai ser um jogo bom, creio que isso vai favorecer um pouco mais o Corinthians, porque o Atlético-MG vai ter de atacar mais e isso pode nos favorecer.

outubro 5, 2010 Posted by | Corinthians | | Deixe um comentário

Felipão é suspenso por dois jogos por expulsão contra o São Paulo

Treinador foi punido por expulsão na derrota do Palmeiras diante do São Paulo, no Pacaembu

LANCEPRESS!

Mesmo com a boa fase e a série invicta de quatro partidas (três vitórias e um empate) no Brasileirão, o palmeirense recebeu uma má notícia nesta segunda-feira. O técnico Luiz Felipe Scolari foi suspenso por dois compromissos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e não vai poder acompanhar aos jogos contra Avaí e Botafogo do banco de reservas.

O treinador fou punido por causa de atritos com o ábritro José Henrique de Carvalho, no clássico contra o São Paulo, dia 19 de setembro. Na ocasião, o comandante do Alviverde foi expulso por reclamação e demorou a deixar o gramado. Ele foi enquadrado no artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que diz respeito à conduta indisciplinada, além de reclamação.

O departamento jurídico do Verdão, representado pelo advogado, José Mauro Couto de Assis Filho, vai recorrer. A intenção é entrar com o pedido de recurso ainda nesta segunda-feira. Além disso, o clube vai solicitar o efeito suspensivo. Mesmo que o novo julgamento só seja marcado após Felipão cumprir a suspensão, a intenção é limpar a ficha dele.

Apesar de não ter comparecido ao julgamento, o técnico mandou um depoimento. Mesmo assim, a tática não deu certo. Após assistirem às imagens do acontecido e lerem o relato do árbitro na súmula – José Henrique disse que foi xingado –, os auditores resolveram suspendê-lo. Eles alegaram que os legando que o treinador deveria dar exemplo por sua experiência. Foram dois votos para uma pena de um jogo e três votos para duas partidas de gancho.

O jurídico do Palmeiras criticou a decisão, porque algumas provas de áudio não foram ouvidas. Nelas, alguns reporteres de campo alegam não terem ouvido Felipão xingar o árbitro durante o clássico.

Essa é a segunda vez que o palmeirense é julgado pelo STJD durante o Brasileirão. Ele já tinha ido ao Tribunal por sua expulsão contra o Atlético-PR, dia 14 de agosto. Na ocasião, o técnico foi absolvido.

outubro 5, 2010 Posted by | Palmeiras | | Deixe um comentário

Site oficial do Fla confirma saída de Silas, que é político na despedida

Comunicado diz apenas que o treinador e a presidente Patrícia Amorim ‘chegaram a um acordo’. Clube espera agora por Vanderlei Luxemburgo

O site oficial do Flamengo confirmou na tarde desta segunda-feira a saída de Silas do clube. O comunicado não fala em demissão. Diz apenas que o treinador e a presidente Patrícia Amorim “chegaram a um acordo”.

O site informa que ainda não há substituto.

– O nome do novo treinador do Flamengo ainda será definido pela diretoria rubro-negra e será anunciado pelo site oficial do clube – diz o texto oficial rubro-negro.

O favorito continua sendo Vanderlei Luxemburgo. O clube tenta anunciar o novo contratado até a noite desta segunda-feira.

Logo depois de sair da reunião na sala da presidência, Silas procurou ser político, agradecendo ao clube pela oportunidade.

– Foi uma conversa muito tranquila. O Flamengo é um clube em que, não acontecendo os resultados, cria-se uma instabilidade. E o treinador sabe que é parte do pacote esse tipo de coisa. Com a saída do Zico, isso se agravou. Tenho que agradecer ao Zico, aos jogadores, a toda a diretoria. Não vou dar justificativa por isso ou por aquilo. O Flamengo é grande, foi uma boa experiência. É isso o que eu tenho de dizer nesse momento – disse o técnico, que venceu apenas um jogo no comando do clube, contra o Prudente, por 2 a 1. Além disso, foram seis empates e três derrotas.

Enquanto o técnico Silas estava reunido com a diretoria,  sua comissão técnica comandava um treino físico no Ninho do Urubu. A atividade foi fechada para a imprensa. O volante Correa chegou atrasado ao CT em Vargem Grande.

outubro 5, 2010 Posted by | Flamengo | , | Deixe um comentário