Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Homem de confiança de Muricy, Marquinho diz se sentir titular do Flu

Presente em 22 dos 26 jogos do time no Brasileirão, apoiador está prestes a completar 100 partidas pelo clube e quer entrar para a história com títulos

No Fluminense desde o início de 2009, Marquinho raramente foi titular. Nada, no entanto, que diminua a importância de sua passagem com a camisa tricolor. Visto como 12º jogador por quase todos os treinadores que estiveram no clube neste período, o apoiador é o terceiro atleta que mais vezes defendeu o clube no elenco atual – atrás apenas de Conca e Fernando Henrique – e, com 98 jogos, já está na contagem regressiva para atingir a marca centenária.

Com a concorrência galáctica de Conca e Deco, Marquinho sabe das dificuldades para conquistar efetivamente uma vaga entre os 11 que iniciam as partidas. O apoiador, por sua vez, se mostra tranquilo sobre seu valor para o Tricolor e disse que, mesmo que inicie os jogos no banco, se considera um titular.

– Me sinto um jogador integrado ao time titular. Sempre que é preciso mudar um pouco o jogo ou ganhar tempo, o Muricy me coloca. Sou a primeira opção, e isso é legal. Conquistei a confiança dele com trabalho, nos jogos e ajudando a equipe a vencer.

E a confiança não vem somente do treinador. As boas exibições nas últimas rodadas transformaram Marquinho em uma espécie de xodó do torcedor, ao ponto de ser ovacionado pelas arquibancadas do Raulino de Oliveira ao ser chamado por Muricy para entrar na partida contra o Avaí.

– Esse carinho eu ainda não tinha sentido. No outro jogo já tinha ouvido o torcedor gritar e agora foi mais nítido. Fico muito feliz e é algo que me motiva ainda mais. É legal ver que a torcida está do nosso lado. É o que nos dá força para se superar.

A reação da torcida foi recompensada dentro de campo. Foi do pé esquerdo do apoiador que saiu o cruzamento que resultou no gol salvador de Conca. Do mesmo pé esquerdo saiu o chute certeiro que evitou o rebaixamento do Tricolor no Brasileirão de 2009, no empate por 1 a 1 com o Coritiba, fora de casa, na última rodada. Entrar para história do clube somente por isso, porém, não satisfaz Marquinho, que sonha alto.

– Minha intenção é entrar na história, não passar em branco. Quero deixar meu nome marcado como o jogador que ajudou o clube a ficar na primeira divisão e no ano seguinte a ser campeão. Não são muitos que conseguem escrever este tipo de história e vou tentar alcançar esse marco, aproveitar a oportunidade.

Presente em 22 dos 26 jogos do Flu no Brasileirão, o apoiador está prestes a completar 100 jogos com a camisa tricolor. Caso continue sendo utilizado com frequência, a marca será alcançada contra o Santos, daqui a duas rodadas, e Marquinho não esconde a ansiedade.

– Fui na casa do Conca e vi a camisa dele dos 100 jogos. Daqui a pouco serei eu. Fico feliz com isso. Vai ser importante para minha vida.

No Brasileirão deste ano, Marquinho já fez três gols e deu duas assistências. Com 51 pontos, o Flu é o primeiro colocado, seguido pelo Corinthians, que tem 48 e um jogo a menos.

setembro 30, 2010 - Posted by | Fluminense | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s