Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Vitória bate o Avaí e quebra jejum de mais de um mês no Barradão

Time rubro-negro faz 3 a 0 nos catarinenses e sobe na tabela do Brasileirão

A torcida do Vitória voltou a comemorar um triunfo em casa, após mais de um mês. Apesar das muitas oportunidades perdidas, o time rubro-negro venceu o Avaí por 3 a 0, no Barradão, na noite desta quinta-feira, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os baianos não saíam de campo com um resultado positivo, em Salvador, desde a 14ª rodada, quando bateram o Santos por 3 a 2, no dia 14 de agosto. Júnior – no primeiro tempo – Elkeson e Thiago Humberto – na etapa final – marcaram.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, a equipe do técnico Ricardo Silva chegou a 31 pontos, e ocupa a 10ª colocação. Os avaianos, que foram comandados pelo interino Edson Neguinho e completaram dez jogos sem vencer, somam 25, e são os últimos fora da zona de rebaixamento, em 16º.

No domingo, o Vitória recebe o Fluminense, no Barradão, às 16h (de Brasília), e o Avaí pega o Ceará, na Ressacada, às 18h30m.

Surpresa rubro-negra

Foi com uma surpresa logo no início que o Vitória deu as boas-vindas ao Avaí. Com apenas três minutos do primeiro tempo, Egídio invadiu a área pela esquerda e, num inesperado chute de direita, obrigou Renan a defesa desajeitada. A bola sobrou na pequena área para o atacante Júnior, que se atirou como pôde para fazer o desvio e abrir o placar. O camisa 1 da equipe catarinense voltou a ter trabalho, em novo lance pela esquerda, aos 10, quando dividiu com Júnior, na linha da grande área, e levou a melhor. No rebote, Henrique emendou para o gol, mas a zaga fez a cobertura.

Na tentativa de reagir, o Leão da Ilha tinha Jéferson como referência na frente. Por pouco o atacante não igualou, aos 22, em cabeçada que saiu rente à trave esquerda de Lee.

Com o capitão Marcinho Guerreiro sentindo dores no tornozelo direito, resultado de uma pancada, o interino Edson Neguinho se viu forçado a fazer a primeira alteração no Avaí ainda na etapa inicial – Batista substituiu o volante.

O lado direito da defesa avaiana estava dando oportunidades demais para os baianos. Aos 39, Júnior quase fez o segundo, após receber passe de Ramon, na intermediária. Mas, tentando encobrir Renan, o rubro-negro mandou pela linha de fundo. Aos 41, Henrique engrossou a lista de oportunidades desperdiçadas pelos donos da casa, em chute da entrada da área, que saiu por cima do travessão.

Baianos garantem fim de jejum

No primeiro tempo, os baianos foram displicentes em chances claras de gol. Mas nada comparável a o que fez Jéferson, do Avaí, aos 10 da segunda etapa. Depois da bola rolada com categoria por Rafael Costa, o atacante ficou de frente para o goleiro Lee e tentou um toque sutil no canto esquerdo, mas errou o alvo.

Depois do favor prestado pelo ataque, foi a vez da defesa catarinense fazer um agrado ao Leão. Na tentativa de afastar o cruzamento, aos 16, Gabriel deu a bola de presente para Elkeson, quase na marca do pênalti. O meia acertou uma bomba no ângulo esquerdo de Renan e ampliou. O camisa 8 ganhou moral com o gol. Aos 22, após passe de Júnior, ele tentou a jogada individual pela direita, e chutou cruzado. A bola saiu tirando tinta da trave direita de Renan.

Faltou sorte aos visitantes, aos 25, quando Jéferson ficou com a sobra, fora da área e, de canhota, carimbou a trave esquerda de Lee. Aos 32, Thiago Humberto, que havia entrado no lugar de Ramon, mostrou que o dia era dos anfitriões e, depois de receber passe pelo meio, ficou cara a cara com Renan e mandou para o fundo das redes. O meia acabou advertido por comemorar tirando a camisa.

Com a ampla vantagem no placar, por pouco os rubro-negros não ficaram com um a menos em campo. Após sofrer falta, o lateral-direito Eduardo precisou de atendimento e, como o time já havia feito três alterações, voltou ao jogo no sacrifício e viu, de dentro das quatro linhas, o fim do jejum no Barradão.

VITÓRIA 3 X 0 AVAÍ
Lee; Eduardo, Wallace, Thiago Martinelli e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Elkeson e Ramon (Thiago Humberto); Henrique (Bida) e Júnior (Schwenck). Renan; Marcos, Gabriel, Emerson e Eltinho (Pará); Marcinho Guerreiro (Batista), Rudnei, Diogo Orlando e Válber (Laércio); Rafael Costa e Jéferson.
Técnico: Ricardo Silva. Técnico: Edson Neguinho.
Gols: Júnior (Vitória), aos três minutos do primeiro tempo. Elkeson (Vitória), aos 12; Thiago Humberto (Vitória), aos 32 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Júnior, Eduardo e Thiago Humberto (Vitória); Válber e Marcos (Avaí).
Estádio: Barradão, em Salvador. Horário: 21h (de Brasília). Data:23/09/2010. Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES). Assistentes:Marcio Eustaquio Souza Santiago (MG) e Janette Mara Arcanjo (MG).

setembro 23, 2010 - Posted by | Avaí, Vitória |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s