Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Apesar de poucos gols, trio de ataque do Fla preocupa André Luís

Zagueiro tricolor alerta para movimentação de Deivid, Diogo e Diego Maurício. Defensor diz que todo cuidado é pouco contra o arquirrival

Mesmo com o ataque do Flamengo tendo marcado apenas um gol nos últimos 13 jogos, o Fluminense não deixa de estar com o sinal de alerta ligado para o confronto diante do rival, no próximo domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão. Com o gol de Diego Maurício na vitória rubro-negra por 2 a 1 sobre o Grêmio Prudente, na última quarta-feira, no interior de São Paulo, a equipe acabou com um jejum que durou 1.155 minutos. Mesmo com a escassez dos últimos tempos, o zagueiro André Luís pediu cuidado com os atacantes do time da Gávea.

– Temos que estar atentos, ligados durante toda a partida. Qualquer espaço que dermos, qualquer vacilo, pode ser fatal. Eles decidem o jogo em um lance. Temos que marcar em cima, não deixando espaço. Caso contrário, eles deitam e rolam – analisou o zagueiro.

André Luís aproveitou para rasgar elogios ao trio de ataque rubro-negro (Diego Maurício é reserva, mas tem entrado no segundo tempo). Segundo o zagueiro tricolor, a principal arma dos atletas rivais é a movimentação.

– Já joguei contra o Diogo e o Deivid. E eles ainda têm o Diego Maurício. Todos se movimentam bem e precisamos ter um cuidado especial – disse o jogador tricolor.

Para André Luís, o fato de o ataque do Flamengo ter passado por um longo jejum não pode servir de parâmetro para o clássico deste domingo.

– Temos que ficar mais atentos. O Flamengo não vem de uma fase boa, e vai querer vencer por enfrentar um adversário como o Fluminense. Eles vão querer matar a sede deles diante da nossa equipe – disse.

O técnico Muricy Ramalho ainda não definiu a equipe que vai encarar o Flamengo. A expectativa é que o treinador só divulgue o time titular momentos antes do confronto.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Flamengo, Fluminense | , | Deixe um comentário

Deco é poupado, e Diogo volta a treinar com o grupo nas Laranjeiras

Apoiador, porém, não será problema para o clássico deste domingo, contra o Fla. Volante já pode ser utilizado por Muricy, mas deve ficar como opção

O apoiador Deco foi poupado do treino desta sexta-feira, nas Laranjeiras. Com dores musculares, o jogador sequer apareceu no gramado para trabalhar com o grupo tricolor. Já o volante Diogo, recuperado de um problema na virilha esquerda, participou da atividade normalmente com o restante do elenco. Enquanto o primeiro não será problema para o clássico deste domingo, às 18h30m (horário de Brasília), contra o Flamengo, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro, o outro pode ser relacionado para ficar no banco de reservas.

Deco tem atuado normalmente nas últimas partidas do Fluminense. Porém, por conta da sequência de jogos do Tricolor no Brasileirão, o jogador ficou na sala de musculação para chegar mais inteiro ao clássico. Diogo, que está fora da equipe desde o empate por 1 a 1 com o Palmeiras, no dia 1º de setembro, pode reaparecer na equipe, mas dificilmente entre os titulares.

Os jogadores realizaram um dois-toques por cerca de uma hora. Por conta de uma forte gripe, o técnico Muricy Ramalho não conversou com os jornalistas após a atividade desta sexta-feira. O treinador ainda não deifiniu a equipe ou o esquema que utilizará na partida diante do Flamengo.

setembro 17, 2010 Posted by | Fluminense | , | Deixe um comentário

Edu Dracena: ‘O Santos é maior do que eu e Neymar’

Capitão já superou discussão e afirmou que desculpou atacante

LANCEPRESS!

Edu Dracena considera superado o problema que teve com Neymar na última quarta-feira. O zagueiro disse que não conversou diretamente com o atacante após os xingamentos que recebeu durante a partida contra o Atlético Goianiense, mas aceitou os pedidos de desculpas direcionados a todos os companheiros.

– Comigo foi resolvido ali, depois do jogo. Para mim são situações normais da partida, foi uma cobrança e às vezes você fala o que não deve. Ele é homem e eu também sou, o problema não pode durar mais do que 24 horas para não prejudicar a equipe – afirmou.

Para o capitão, o nervosismo demonstrado por Neymar dentro de campo não tem relação com a situação do clube. Antes de vencer o Atlético Goianiense em casa, o Santos havia perdido para o Botafogo e o Ceará. Agora o clube ocupa o sexto lugar no Brasileirão e está a sete pontos do líder Fluminense. Mesmo assim, Edu Dracena considera um bom momento para o Peixe.

– O Santos vive um bom momento no ano. Sofremos duas derrotas seguidas, mas vinhamos de cinco resultados positivos e nada justifica um mau comportamento. Temos saúde, fazemos o que gostamos e somos bem pagos para isso. De repente acontecem coisas extra-campo que influenciam dentro de campo – disse o jogador.

Apesar de toda a polêmica, Dracena não acha que a discussão envolvendo Neymar vai prejudicar o relacionamento entre os jogadores.

– Ele é um garoto sensacional e até o momento estamos acreditando e confiando nele. A vida segue e o Santos é muito maior do que eu, do que o Neymar e do que o presidente – afirmou o capitào.

setembro 17, 2010 Posted by | Santos | | Deixe um comentário

Dorival Júnior causa desconforto no São Paulo

Dirigente do Tricolor evita falar no nome do técnico do Santos

– O senhor ficaria feliz de ver o Dorival Júnior como técnico do São Paulo amanhã ou depois?

A pergunta acima foi feita pela reportagem do LANCENET! ao diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, tão logo os rumores de uma possível saída do técnico da Vila se iniciaram. A resposta demorou…

– Não vou entrar nessa. Gosto muito do Dorival, mas é uma questão muito interna, que precisamos debater exclusivamente. Não vou dizer nada em público. Ele está empregado e não está sendo cogitado. Não vou responder se eu ficaria feliz ou não com ele, pois nossa relação com o Santos é a melhor possível e não procuramos técnico empregado.

João Paulo ainda ficou constrangido outras vezes antes de responder qualquer pergunta sobre Dorival, que, por sua vez, tratou de desmentir as especulações sobre o interesse.

– Isso é uma falta de respeito com os profissionais que estão lá – disse, em entrevista à Rádio Cultura.

Fonte: lancenet

setembro 17, 2010 Posted by | Santos, São Paulo | | Deixe um comentário

No vestiário, Neymar desrespeitou Dorival e auxiliar

LANCENET! tem acesso ao destempero do atacante após o jogo. Teve até isotônico lançado contra Ivan Izzo

A polêmica criada por Neymar na quarta-feira, no jogo contra o Atlético-GO, na Vila Belmiro, se iniciou com ofensas aos companheiros dentro de campo e terminou com uma atitude desrespeitosa à comissão técnica de Dorival Júnior. OLANCENET! revela os acontecimentos provocados pela revelação santista.

Depois de proferir xingamentos dentro de campo ao saber que Marcel iria cobrar o pênalti, e não ele, o atacante ficou irritado e deixou o campo no fim do jogo sem dar entrevistas. Ao chegarem no vestiário, Dorival cobrou de Neymar respeito com o grupo.

– O que você está fazendo não é atitude de homem, mas de moleque. Sempre o protegi e você não pode me ofender – disse Dorival.

Fonte: lancenet

setembro 17, 2010 Posted by | Santos | , | Deixe um comentário

Em reunião ‘secreta’, Dorival pede punição de 15 dias a Neymar

Técnico do Santos reúne elenco e nem comanda treino. Em conversa dura e direta, ele solicitou o afastamento do seu principal jogador

O Santos deveria ter treinado na tarde desta sexta-feira, mas não treinou. Após uma leve atividade física no CT Rei Pelé, o técnico Dorival Júnior e seu elenco se reuniram por três horas no hotel localizado dentro do mesmo complexo. O assunto? Neymar. A postura do técnico foi dura e exigiu punição ao jogador, que xingou seu comandante na vitória santista sobre o Atlético-GO por 4 a 2 na quarta-feira passada. Dorival quer que seu atacante seja afastado por 15 dias pelo ato de insubordinação.

Dorival deu um ultimato porque continua inconformado com a situação. Achou que ficaria enfraquecido demais no cargo se o desrespeito de Neymar passasse em branco. Ele não concordou que somente uma multa fosse aplicada ao jogador e quer uma atitude mais drástica, evidenciada no pedido de afastamento

O técnico daria entrevista coletiva após a reunião, mas, segundo a assessoria de imprensa do clube, uma indisposição estomacal impediu que Dorival fosse ao encontro dos jornalistas. O papo foi adiado para a manhã de sábado. Nesta sexta, ele deveria ter comandado um treino tático, que antecede o jogo contra o Guarani, marcado para domingo às 16h no Brinco de Ouro.

Mas o problema não impediu do técnico se reunir com o diretor de futebol do Peixe, Pedro Luiz Nunes Conceição, e o gerente Paulo Jamelli. Sem falar com a imprensa, Dorival deixou o CT pouco antes das 20h.

Diretores do Santos acharam estranha a realização da reunião entre o treinador e os atletas em plena sexta-feira, mais de 24 horas depois da multa sobre o salário de Neymar. Um integrante  da diretoria confirmou o teor do encontro e afirmou que “está em tratativas pra contornar a situação”.

Enquanto isso, Neymar recebeu apoio de quatro torcedores de uma organizada que compareceram à atividade. Em dez minutos de conversa, o craque deu entrevista para o boletim do grupo e recebeu o convite para a festa de aniversário da torcida, no início de outubro. A manifestação foi de apoio ao atacante neste momento difícil.

Entenda o caso

Na quarta-feira, Neymar xingou Dorival Júnior durante o jogo entre Santos e Atlético-GO. Isso porque o técnico ordenou que Marcel cobrasse um pênalti sofrido por Neymar. Irritado, o atacante foi até o banco de reservas e discutiu com o comandante e também com o zagueiro Edu Dracena. Depois, saiu de campo sem dar entrevistas.

Nos vestiários, Neymar ainda discutiu de forma áspera com o auxiliar Ivan Izzo. Ao final do jogo, Dorival mostrou tristeza e disse que nunca tinha passado por isso na vida.

No dia seguinte, o atacante fez um pronunciamento dizendo-se arrependido do ato e pediu perdão aos companheiros de Santos. Mesmo assim, ele foi multado após uma reunião entre Dorival, a diretoria e o pai do garoto.

Fonte: globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Santos | , | Deixe um comentário

Choro de mãe faz Neymar colocar os pés no chão e prometer se emendar

De acordo com participantes da reunião que ocorreu na casa do atleta, reação de Nadine foi determinante para que o garoto caísse na real

Entre quarta e quinta-feira, o atacante Neymar, do Santos, viveu um turbilhão. Foi execrado por causa do seu grave ato de rebeldia contra a autoridade do técnico Dorival Júnior, na última quarta-feira, durante jogo contra o Atlético-GO, na Vila Belmiro. O camisa 11 discutiu asperamente e insultou o técnico. Desde seus companheiros de clube até o técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, todos reprovaram a atitude do prodígio. Mas foi o choro de sua mãe, Nadine, que fez o garoto acordar para a bobagem que havia feito.

A reunião que decidiu pela punição ao jogador, na última quinta-feira, foi realizada no apartamento da família Neymar, no bairro do Embaré, em Santos. Ele foi multado em 30% de seus salários. De acordo com um dos participantes do encontro, Nadine, acostumada a ver o filho sempre sorridente, disse que não conseguia reconhecê-lo naquele garoto que esbravejava em campo com o técnico e o capitão do time, Edu Dracena. O jogador até usou essa imagem em seu discurso de pedido de desculpas, num curto pronunciamento no CT Rei Pelé:

– O Neymar de verdade não é o Neymar de ontem. O Neymar de verdade é o da alegria, com sorriso na cara, alegre e feliz – disse.

As repercussões vieram de todos os lados. Jornais europeus e dos Estados Unidos destacaram a rebeldia do jogador. Muitos torcedores, que tinha em Neymar um xodó, se viraram contra ele. Primeiro na Vila Belmiro, logo após a partida, quando gritaram o nome de Dorival, mostrando de que lado estavam. Depois, nas ruas. Um comerciante de Santos pendurou em frente à sua padaria uma faixa repudiando a atitude do atleta.

Entre os jogadores santistas, a imagem de Neymar também ficou bastante arranhada. O atacante foi repreendido no vestiário, logo após o jogo contra o Atlético-GO, por alguns companheiros. Um dos auxiliares de Dorival Júnior, Ivan Izzo, deu uma sonora bronca no camisa 11, que ouviu tudo calado. O ar era de indiferença. Em seguida, Neymar  foi ao Twitter. Disse que estava tudo bem: “Tamo junto, professor”. Não estava. Dorival, magoado, disse depois que jamais havia sido tão desrespeitado. A estrela do Peixe só teve a real percepção do estrago no dia seguinte, com as repercussões negativas e a reação de sua mãe.

Peixe exige autonomia para cuidar do garoto

Na reunião no apartamento de Neymar, ficou decidido que o clube vai cuidar do gerenciamento da carreira e da imagem do jogador. Ele tem um estafe numeroso, mas o Peixe exige que seus profissionais sejam responsáveis pelas orientações sobre como o atacante deve se portar em entrevistas, eventos públicos e até no Twitter. Para a diretoria santista, o mau comportamento de Neymar prejudica a imagem do clube. Na próxima semana, um psicólogo começará a atuar na Vila Belmiro. Estará a serviço do departamento de futebol, mas terá um trabalho específico de orientação à jovem estrela .

Neymar não deu um motivo específico para o seu destempero, mas a diretoria acredita que o garoto tenha se deslumbrado com a fama rápida, o estrelato. O próprio pai do atleta concorda.

– Ele tem apenas 18 anos e está com um enorme peso sobre os ombros. É muita responsabilidade que estão colocando sobre um garoto. Claro que o Neymar errou, mas não podemos crucificá-lo – disse Neymar da Silva Santos.

Fonte: globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Santos | | Deixe um comentário

Joel confirma Somália, Herrera pode ficar no banco

Dúvida apenas em qual posição irá escalar o volante, se no meio ou pela esquerda

Após ser o destaque do rachão realizado na manhã desta sexta-feira em General Severiano, Somália foi confirmado entre os titulares do Botafogo pelo técnico Joel Santana para a partida deste sábado, contra o Cruzeiro, no Engenhão. Porém, o treinador ainda não sabe qual será a posição que irá decretar para o polivalente volante.

– O Somália vai voltar. Eu ainda não sei em qual posição ele vai jogar, mas que ele vai começar entre os titulares, ele vai – antecipou Joel.

O treinador também confirmou o retorno do atacante Herrera, mas ainda não sabe se o argentino começará a partida contra a Raposa.

– O Herrera não sei se vai começar jogando, eu tenho que ver isso ainda, com calma. Temos de ir devagar. Estamos com muitos problemas de lesão, por isso tenho de ter calma – completou.

Dos cinco desfalques do Botafogo na última rodada, na derrota para o Goiás, três permanecem entregues ao departamento médico do clube. Marcelo Mattos, Marcelo Cordeiro e Jobson, seguem em tratamento e não poderão enfrentar o Cruzeiro.

Fonte: lancenet

setembro 17, 2010 Posted by | Botafogo | , | Deixe um comentário

Joel confirma Somália, mas muda time para não ‘queimar a mão’

Treinador descarta repetir contra o Cruzeiro formação da derrota para o Goiás e insinua que Herrera deve começar no banco

É certo que Somália e Herrera voltam. Mas a escalação do Botafogo para o jogo contra o Cruzeiro não terá, necessariamente, a dupla que se recuperou de uma lesão muscular. O fato é que Joel Santana não vai repetir a formação utilizada de início na derrota por 4 a 1 para o Goiás, na última quarta-feira, quando optou por lançar três apoiadores: Lucio Flavio, Renato Cajá e Maicosuel.

– A gente queima a mão somente uma vez. Naquele jogo achei que poderia, mas não – limitou-se a dizer Joel.

O treinador confirmou que Somália será titular, mas deixou em aberto a possibilidade de relacionar Herrera para o banco de reservas, já que o argentino ainda recupera a melhor forma. Dessa forma, o volante possivelmente entrará na vaga de Lucio Flavio, que foi substituído no intervalo do jogo contra o Goiás. Há também a chance de atuar na lateral esquerda, pois Marcelo Cordeiro segue entregue ao departamento médico.

– Somália vai voltar, mas ainda preciso pensar onde vou colocá-lo. Já o Herrera não sei se começa, ou não – explicou.

O Botafogo deve enfrentar o Cruzeiro com a seguinte escalação: Jefferson, Antônio Carlos, Leandro Guerreiro e Fábio Ferreira; Alessandro, Fahel, Somália, Renato Cajá e Edno; Maicosuel e Loco Abreu.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Botafogo | Deixe um comentário

Novo ala, Edno sonha unir outro bom desempenho à vitória no sábado

Meia-atacante se diz disposto a seguir atuando improvisando no lugar de Marcelo Cordeiro e destaca força do Botafogo no Brasileiro

Em meio a uma atuação que considerou abaixo da crítica, Joel Santana viu com bons olhos a atuação de Edno na derrota por 4 a 1 para o Goiás, na última quarta-feira. Atuando na ala esquerda, substituindo Marcelo Cordeiro, machucado, o meia-atacante agradou e deve ser mantido improvisado na partida contra o Cruzeiro, neste sábado, no Engenhão. O jogador admite que atuar por ali não é a sua, mas lembra que neste momento, o que vale é ajudar.

– Minha função é no meio ou no ataque, mas o treinador pediu que eu atuasse como lateral e fiquei tranquilo. O importante é o espírito de grupo, mas espero neste sábado manter a boa performance e conquistar uma vitória.

Edno garantiu que a derrota por goleada foi rapidamente superada pelo Botafogo, que agora concentra-se num adversário direto. O jogador lembrou que, apesar do resultado extremamente negativo, o Alvinegro ainda ocupa as primeiras posições do Brasileirão.

– Estamos no G-4 e nossa missão maior é o título. Muitos não acreditam, mas nós, sim. Uma hora nós vamos perder ou empatar, mas o campeonato é equilibrado, e isso vai acontecer com todos. O que importa é que estamos com a cabeça boa para enfrentar o Cruzeiro.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Botafogo | , | Deixe um comentário

Renato se antecipa e diz que não será culpado por saída de Jael do Bahia

Treinador não confirma negociações com o jogador, mas avisa que clube baiano não se preveniu ao fazer o contrato do atacante

O atacante Jael defenderá o Bahia neste sábado, contra a Ponte Preta, em Campinas. E pode ser a última vez. O jogador interessa ao Grêmio e tem boas chances de ser anunciado no fim de semana como reforço do Tricolor de Porto Alegre. Renato Gaúcho, técnico do Grêmio e ex-comandante do Bahia, resolveu se antecipar às possíveis reclamações do clube de Salvador e disse que não terá culpa pela eventual saída do atleta.

– Sobre o Jael, não quero me meter nesse assunto. Tenho uma amizade muito grande com o Bahia. O erro no caso do Jael, se indiquei o jogador, não é meu. O erro é lá do Bahia. Tem uma cláusula que diz que qualquer time da Série A tira o Jael de graça. Se o Grêmio não trouxer o Jael, qualquer outro clube da Série A não paga nada por ele. Se estivessem prevenidos, não aconteceria. O erro não é meu. Se algum clube quiser, tire o Jael agora. O erro não é do Renato Gaúcho. É do pessoal do Bahia – disse o treinador.

Renato, porém, não confirma a negociação, a exemplo da diretoria do Grêmio. Ele teme que a negociação, ao se tornar pública, fique mais onerosa ao clube.

– Não entro em nomes. Daqui a pouco, o jogador pede um valor X, o Grêmio demonstra interesse e ele passa a valer 8X.

O Grêmio busca dois atacantes: um de lado, com velocidade, buscado há tempos, e outro de área, para a vaga deixada por Borges, lesionado.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Grêmio | | Deixe um comentário

Enclausurado, Renato começa a se incomodar com falta de privacidade

Técnico tem vida restrita em Porto Alegre. Assédio inibe momentos de lazer do maior ídolo do Grêmio

Falta a paz para ir a um restaurante, falta a tranquilidade para dar uma caminhada, falta o direito de tomar um chopp em um bar, jogar conversa fora, desestressar. Renato Gaúcho está enclausurado em Porto Alegre. É como se a vida dele tivesse via única: do hotel para o Olímpico, do Olímpico para o hotel. Maior ídolo do Grêmio, ele vê todas as oportunidades de lazer intimidadas pelo assédio que sofre. E começa a se incomodar com isso.

Nesta sexta-feira, ao entrar na sala de entrevistas do Olímpico para dar sua coletiva, Renato soltou uma bufada e brincou com os jornalistas:

– Como eu queria ter a vida de vocês…

Depois, Renato detalhou seu incômodo. Ele queria ter um pouco mais de privacidade.

– Não consigo respirar. É trabalho-hotel, hotel-trabalho. Não tenho paz em lugar nenhum. Sinto um pouco de falta da privacidade que perdi. Não é desânimo, mas não consigo fazer nem meu trabalho com tanto assédio. Sinto um pouco de falta de privacidade – disse o treinador.

Renato está sozinho em Porto Alegre. Não levou familiares à capital gaúcha. Ele está à procura de um apartamento para se livrar do alto valor que paga no quarto de hotel onde está hospedado.

– Não é que eu esteja triste. Não é isso. Mas todo mundo sente falta de sentar num barzinho, conversar com os amigos. Minha tranquilidade é quando entro no quarto e o telefone não toca. É por isso que gostaria de ter algumas horas da vida de vocês – comentou o treinador.

Renato tenta encontrar um lugar onde possa tomar um chopp com tranquilidade. E também um local para morar. Ele aceita sugestões.

– Tem um apartamento para me alugar? – perguntou ele a um jornalista antes de retornar ao vestiário gremista, de onde rumaria novamente para seu quarto de hotel.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Grêmio | , | Deixe um comentário

Grêmio tem dia de conversa e treinamento antes de pegar o Avaí

Jogadores e comissão técnica têm reunião em sala reservada e depois no campo. Time não tem surpresas

Foi uma sexta-feira de muita conversa no Olímpico. Os jogadores do Grêmio foram reunidos na sala de entrevistas do estádio. Ali, tiveram um papo de cerca de 30 minutos com o técnico Renato Gaúcho. Depois, o elenco rumou para o gramado suplementar, onde voltou a ouvir as palavras do treinador.

Renato também conversou em particular com Alberto Guerra, diretor de futebol do Grêmio, e Cícero Souza, diretor-executivo do clube. Eles buscam reforços para o Tricolor. Em seguida, o treinador orientou os atletas em um trabalho tático. O grupo foi dividido em três times.

Mais tarde, Renato reuniu uma turma menor, com apenas os 11 titulares, e deu novas orientações a eles. O time não tem surpresas para o jogo de domingo, às 18h30m, em Florianópolis, contra o Avaí. Estão confirmados os retornos dos zagueiros Vilson e Rafael Marques. André Lima é o substituto de Borges.

Escalação tricolor: Victor, Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Adílson, Fábio Rochemback, Souza e Douglas; Jonas e Borges.

Fonte;glboesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Grêmio | | Deixe um comentário

Colorado adia a apresentação do zagueiro Rodrigo

Ajustes e tradução da documentação causaram o atraso do anúncio oficial

A apresentação do zagueiro Rodrigo, que estava programada para esta sexta-feira, foi adiada pela diretoria do Internacional e não tem data definida. Os motivos do atraso são ajustes e tradução da documentação do ucraniano para o português, já que o ex-jogador de Grêmio e São Paulo defendia o Dínamo de Kiev.

O defensor será contratado por empréstimo até o final deste ano, com opção de renovar por mais uma temporada em janeiro. Como já fez mais de seis partidas pelo Brasileirão, não poderá atuar na competição pelo Inter. O jogador deverá compor o grupo para o Mundial.

setembro 17, 2010 Posted by | Internacional | | Deixe um comentário

Sem Sobis e Giuliano, Edu vira alternativa para Celso Roth

Jogador terá chance para conquistar espaço no ataque do Inter

Nenhum jogador colorado conseguiu se firmar na posição que era ocupada por Taison, vendido ao Metalist-UCR depois da conquista da Taça Libertadores. Rafael Sobis, que vinha sendo testado, sofreu lesão e foi substituído por Giuliano. Porém, o talismã colorado levou o terceiro cartão amarelo durante a vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo, nesta quinta no Morumbi, e terá de cumprir suspensão automática diante do Vasco, no jogo marcado para as 16h (horário de Brasília) deste domingo, no Beira-Rio. Assim, o atacante Edu aparece como alternativa no time.

Edu havia perdido espaço depois de atuações decepcionantes. Com Roth, o jogador reapareceu e começou a figurar entre os relacionados. Nesta quinta, ele entrou em campo no lugar do próprio Giuliano, no segundo tempo da partida com o São Paulo.

O jogador barrou Marquinhos e a promessa Eduardo Sasha dos relacionados para a partida no Morumbi. Agora, esta pode ser a grande chance para o reforço, que veio do Bétis no ano passado, se reafirmar no Colorado.

setembro 17, 2010 Posted by | Internacional | , | Deixe um comentário

Recuperado de lesão, Fábio se diz 100% e está de volta ao time celeste

Goleiro desfalcou a equipe contra o Guarani, com uma lesão no dedo mínimo

Fábio está de volta ao Cruzeiro. O goleiro foi poupado da partida contra o Guarani, na última rodada, na Arena do Jacaré, por estar sentindo uma contusão no dedo mínimo da mão esquerda. No entanto, treinou normalmente na manhã desta sexta-feira, na Toca da Raposa II, e enfrentará o Botafogo, neste sábado, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão. O goleiro disse estar pronto para o novo desafio.

– A evolução está muito boa, desde a partida com o Guarani. Antes do jogo, eu fiz um teste e tinha condições de jogar. Se fosse um jogo decisivo, uma final, uma situação que necessitasse um sacrifício. Mas naquele momento, nós optamos por segurar, tratar mais uns dois dias e entrar em campo para fazer o treinamento e atuar contra o Botafogo.

O goleiro comemorou a boa fase do time no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro é o terceiro colocado, com 40 pontos, apenas um atrás do líder Fluminense e do vice Corinthians. Para Fábio, o time tem encarado todas as partidas como decisões.

– Estamos encarando todos os jogos de uma forma decisiva, porque a gente tinha que conseguir os pontos necessários para alcançar os líderes do campeonato, e a gente foi colocando esses objetivos dentro de campo. Nós estamos colhendo estes frutos. Agora, contra o Botafogo, a gente tem a possibilidade de sonhar com a liderança, e acho que isso que é importante, entrar com a mesma concentração das outras partidas.

Nem o fato de o Cruzeiro nunca ter vencido no Engenhão tira o ânimo de Fábio. Para ele, é a chance de o time mineiro conseguir seu primeiro triunfo no estádio.

– Acho que são situações diferentes. Ocasiões que acontecem em determinadas partidas, onde às vezes você não consegue a vitória. Temos a oportunidade de jogar novamente no Engenhão e fazer história. Se Deus quiser, vamos jogar bem e conseguir os três pontos.

setembro 17, 2010 Posted by | Cruzeiro | , | Deixe um comentário

Cuca se lembra com carinho do Botafogo, mas quer vitória no sábado

Técnico da Raposa diz que clube carioca foi o melhor lugar onde já trabalhou

Cuca vive um verdadeiro estado de graça no Cruzeiro. O time é o terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, com 40 pontos, apenas um atrás de Fluminense e Corinthians, e tem a melhor campanha pós-Copa do Mundo. Porém, mesmo com o grande momento, o treinador cruzeirense se lembrou com carinho do Botafogo, adversário deste sábado, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão. Cuca comandou o time da estrela solitária entre 2006 e 2008 e teve grande identificação com o clube e a torcida.

– O Botafogo foi um lugar maravilhoso pra mim, muito bom. De todos até hoje que trabalhei foi o melhor, até porque foi onde eu fiquei mais tempo.

Cuca acha natural o carinho pelo ex-clube e disse que, quando deixar o Cruzeiro, terá sentimento semelhante.

– Quando eu sair daqui, eu não tenho dúvidas de que vou ser bem tratado, se não por todos, pela grande maioria, porque a gente faz assim quando trabalha, tenta tratar o ser humano da melhor forma possível. Sempre respeitando o trabalho do outro e dando o máximo em prol do time que a gente trabalha. Foi assim no Flamengo, no Fluminense, e no Botafogo mais ainda, porque foram três anos.

Agora como adversário, Cuca quebra a cabeça para conseguir a melhor formação para mandar a campo neste sábado. O treinador disse ainda ter algumas dúvidas.

– Ainda não tenho o time pronto. Tenho o grupo definido, os 20 que viajam. Eu tenho algumas dúvidas ainda em relação à equipe, dentro do próprio esquema. A gente leva essa dúvida para ir amadurecendo e conhecer também um pouco mais do adversário.

A difícil vitória por 4 a 2 sobre o Guarani, nessa quarta-feira, colaborou para deixar a formação do time que joga sábado ainda mais misteriosa.

– No jogo contra o Guarani, eu entendi que, pelo fato de o adversário jogar bem fechadinho, a gente ia ter que ter velocidade. De repente, se eu colocasse um atacante de referência, seria o encaixe que eles precisavam por jogar com três zagueiros. Os zagueiros saindo da área davam opção para o Montillo penetrar na área. Mas no próximo jogo, pode ser diferente, eu posso trabalhar só com um atacante, com o Roger e o Montillo chegando de trás e com o Farías e o Thiago. Não deixa de ser uma boa equipe também. Eu tenho opções boas, mas ainda não defini.

Cuca fez questão de dizer que o grupo de jogadores do Cruzeiro está focado na conquista do Campeonato Brasileiro, sem euforia ou oba-oba.

– Ninguém está eufórico aqui. O pessoal está muito centrado, com os pés no chão. Nós não mudamos nada do que vínhamos fazendo. Estamos fazendo as mesmas coisas, da mesma forma, com a mesma fé em Deus. Cada jogo é uma dificuldade enorme, cada um tem seu significado, sua responsabilidade. Você joga contra o Guarani e tem que ganhar. Agora, contra o Botafogo, é jogo de seis pontos, e nós profissionais temos que estar preparados para estas decisões. Nós representamos milhões de torcedores, não é só o nosso sentimento que está em jogo. São oito milhões de pessoas que estão conosco. Essa responsabilidade tem que ser bem comedida e centrada, para gente continuar bem.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Cruzeiro | , | Deixe um comentário

Luxemburgo nega atraso em salários, mas confirma intenção de Kalil

Treinador explica que convenceu o dirigente a não tomar tal atitude

Para por fim aos boatos de que o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, teria atrasado propositalmente os salários do jogadores, o técnico Vanderlei Luxemburgo explicou toda a situação. Ao contrário do que foi publicado, de que houve dez dias de atraso nos vencimentos dos atletas, segundo o treinador alvinegro, os salários foram pagos em dia, porém, houve a intenção de Kalil em postergar o pagamento por conta das más atuações dos jogadores.

– O presidente disse que iria atrasar o salário. Chegou em uma reunião que tivemos e falou ‘o Atlético está zerado, o Atlético está em dia, vou deixar de pagar vocês para ver se a resposta vem’, foi como se o pai quisesse cortar a mesada do filho, cobrando. O presidente chegou bravo, dizendo que o Atlético dá as melhores condições para os jogadores, corresponde, então disse que não ia pagar – explicou Luxemburgo.

Porém, o treinador esperou a melhor hora para demover o dirigente da ideia.

– Eu escutei aquilo, deixei passar três dias, para o presidente esfriar a cabeça, pois ele estava muito bravo, com razão e conversei com ele. Eu disse que o Atlético precisa continuar certo, os jogadores que são obrigados a dar a resposta em cima da estrutura que o Atlético tem, paga em dia, se não o certo passa a ser o errado – contou.

Assim, Luxemburgo explicou de fato quando Kalil efetuou o pagamento aos atletas.

– Ele paga no dia 1º, mas pagou desta vez no prazo útil, porque eu fiz ele entender que o que é certo não pode se tornar errado, se os jogadores ou o técnico não estão correspondendo, nós é que temos de ir embora e trazer outras pessoas que possam dar a resposta – concluiu.

setembro 17, 2010 Posted by | Atlético-MG | , | Deixe um comentário

Alexandre Kalil teria atrasado salário dos jogadores de forma intencional

Pagamento de setembro teria sido pago com atraso. Presidente desmente

Com o Atlético-MG – há várias rodadas – na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o presidente do clube, Alexandre Kalil, insatisfeito com a situação, teria atrasado propositalmente o salário de setembro dos jogadores por dez dias. O pagamento dos funcionários dos demais setores do clube teria sido pago normalmente.

Um funcionário do clube confirmou toda a situação. Porém, Alexandre Kalil negou o atraso no pagamento e disse que os salários de todos os ‘cerca de 500 funcionários’ do clube foram pagos em dia.

– Não tem nada disso. Isso é a coisa mais fácil de ver. É só perguntar aos jogadores e funcionários se a situação está normal, e é claro que está. Pode colocar um repórter lá e olhar isso. O salário foi pago no dia que deveria ser. Não tem isso de salário atrasado propositalmente, é balela. Temos é que vencer.

O Atlético-MG está em 17º lugar do Brasileirão. Nessa quinta-feira, os jogadores Ricardinho, Diego Tardelli, Obina e Réver anunciaram que o elenco ficará concentrado por 15 dias na Cidade do Galo. Nas palavras dos jogadores, a intenção é ‘ficar mais tempos juntos e tirar o time dessa situação’.

Fonte:globoesporte.com

setembro 17, 2010 Posted by | Atlético-MG | | Deixe um comentário