Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Grêmio recebe o Atlético-GO no Olímpico

Tricolor gaúcho está apenas uma posição acima da degola

O Grêmio volta ao Olímpico, nesta quarta-feira, às 19h30, todo animado para o jogo contra o Atlético-GO. Motivo: o empate com o Botafogo no Engenhão, depois de estar perdendo por 2 a 0.

Aquele resultado, além de comprovar a fase de inconformismo dos jogadores, manteve a equipe na 16ª posição, isto é, fora da zona de rebaixamento. E apontou para um tendência de recuperação – de empates fora de casa e vitórias dentro.

Nas últimas três rodadas, o Grêmio empatou com o Atlético-PR e o Botafogo como visitante, intercalando esses resultados com um 1 a 0 sobre o Guarani como mandante.

– Se vencermos os goianos, vamos ganhar moral para encarar o Corinthians no Pacaembu, talvez até para conseguir a primeira vitória fora de casa – projetou o capitão Fábio Rochemback.

Esse é um trauma a superar. Afinal, o Tricolor não vence longe do Olímpico em Brasileiros desde o ano passado. Dia 14 se completará um ano da vitória sobre o Náutico nos Aflitos.

Torcida é que não deve faltar. Na semana passada, com um ingresso valendo para dois gremistas, 30 mil foram ao Olímpico incentivar o time contra o Bugre. Dessa vez, a promoção é de simples redução do preço à metade. Há muito otimismo. A própria ausência do melhor jogador do Atlético-GO, Elias, para muitos é sinal de que a sorte está mudando para o lado do Tricolor.

O Grêmio vai com força máxima. Todos os lesionados se recuperaram: o zagueiro Vilson, de uma pancada no joelho direito; o volante Fábio Rochemback, de torção no tornozelo esquerdo; o meia Douglas, de dores pubianas; e Fábio Santos, que foi poupado contra o Botafogo, ocupará de novo a lateral-esquerda.

Criticado por ter iniciado com o lateral-esquerdo reserva Gilson no meio-campo contra o Botafogo, Renato saudou a recuperação de seus titulares.

– Por mim, mantenho a mesma escalação sempre – afirmou.

Boas lembranças para o Atlético-GO:

Já o Atlético-GO tem boas lembranças da casa do adversário desta quarta-feira . Em 2008, o Dragão eliminou os gaúchos da Copa do Brasil nos pênaltis, com grande atuação do goleiro Márcio. Tão experiente quanto Márcio, o volante Ramalho ainda não fazia parte do elenco e agora destaca o clima favorável que o time atravessa nos últimos jogos.

– O clima aqui sempre foi bom, desde que cheguei. Com a chegada do René, a auto-estima melhorou bastante, alguns jogadores voltaram a desempenhar um bom futebol, como o Elias, e isso é bom. A gente cresce dentro de campo e tem obtido os resultados, e espero que continue assim – afirmou o volante.

A delegação está em Porto Alegre desde segunda-feira e fez um treinamento na tarde desta terça-feira na capital gaúcha. O técnico René Simões tem vários problemas para montar o time rubro-negro. São quatro desfalques importantes: o zagueiro Welton Felipe e o atacante Marcão ainda estão no departamento médico, enquanto os meias William e Elias, artilheiro do Brasileirão ao lado de Bruno Cesar com 9 gols, estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

A boa notícia é a provável volta de Róbston, que se recuperou de lesão muscular e foi relacionado para a partida. Outras surpresas da relação foram o lateral direito Dida e o atacante Carlinhos Bala, que pode até começar a partida. Na zaga, Jairo deve fazer dupla com Daniel Marques, e no meio, Anaílson deve ser a opção utilizada.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIOX ATLÉTICO-GO

Local: Olímpico, em Porto Alegre (MG)
Data e hora: 8 de setembro, às 19h30 (horário de Braasília)
Árbitro: José de Caldas Souza (DF)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock(SC) e Cesar Augusto de Oliveira (DF)

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Fábio Rochembach, Adilson, Souza e Douglas; Jonas e Borges. Técnico: Renato Gaúcho.

ATLÉTICO-GO: Márcio, Victor Ferraz, Daniel Marques, Jairo e Thiago Feltri; Ramalho, Pituca, Róbston (Agenor), Diguinho e Anaílson; Juninho. Técnico: René Simões

setembro 8, 2010 Posted by | Grêmio | , | Deixe um comentário

Cruzeiro e Inter buscam se aproximar da ponta

Partida pode colocar Raposa ou Colorado entre os quatro primeiros

Cruzeiro e Internacional iniciam o returno com a missão de se aproximarem de vez nos líderes e provarem que são verdadeiros candidatos ao título. O duelo será nesta quarta-feira, às 19h30, no Parque do Sabiá, em Uberlândia.

A Raposa joga para conquistar a terceira vitória seguida, feito inédito no atual Campeonato Brasileiro. O time de Cuca vem de triunfo diante do Flamengo, por 1 a 0 em Uberlândia, e por 3 a 2 de virada contra o Palmeiras em São Paulo.

O zagueiro Gil dá o tom que o Cruzeiro deve seguir no returno rumo à briga pelo título:

– O Cruzeiro é um time grande conhecido no mundo todo. No returno vamos tentar buscar o título, e temos que encarar cada rodada como uma decisão. Todo mundo tem que se doar ao máximo pra gente conseguir esse objetivo. Temos que entrar em campo como se cada jogo fosse o último de nossas vidas. Esse é o nosso ganha pão e temos que pensar na nossa família para fazer o melhor.

Cuca não poderá contar com Fabrício, Caçapa e Robert, no departamento médico. Edcarlos está suspenso. Desta forma, ele deve abandonar o esquema 3-5-2 para voltar ao 4-4-2, com Roger, que brilhou na rodada passada, entre os titulares.

O zagueiro Indio cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo e o atacante Alecsandro ainda se recupera de lesão muscular. Mas o titular que mais faz falta ao Inter é D’Alessandro, o regente do time. Convocado pela seleção argentina, ele já desfalcou a equipe em duas partidas – no 0 a 0 com o Vitória, em Salvador, e no 2 a 0 sobre o Prudente, no Beira-Rio. Embora habilidoso, Giuliano, o substituto, não mostrou aptidão para articular jogadas com o talento de D’Ale.

Apesar de tudo, o time de Celso Roth vem em ascensão desde que voltou a usar a máxima força possível. Isso aconteceu nos últimos quatro jogos, quando subiu do 7º para o 4º lugar e reforçou a chance de título.

Nesses jogos, o destaque foi para o sistema defensivo, que não permitiu um gol sequer. O Inter tem apenas a sexta defesa menos vazada, com 19, é verdade. Mas a maior parte desses gols aconteceu durante a Libertadores, quando encarou jogos do Brasileiro com formação mista ou reserva

– O segredo é o entrosamento e a cobrança. Os companheiros se conhecem bem, um já sabe o que o outro vai fazer, seja qual for a jogada. E tem a palavra do Celso, exigindo concentração máxima em todas as jogadas, mas também dando confiança para defender e apoiar. Espero que essas virtudes se mantenham num jogo tão difícil com esse, contra o Cruzeiro – explicou o lateral-direito Nei.

Sorondo, que substituiu o suspenso Bolívar contra o Vitória, dessa vez entrará na vaga de Indio, pelo lado esquerdo. O uruguaio não sente diferença entre atuar por um ou outro lado.

Para Celso Roth, o mérito da segurança defensiva é da equipe

– Peço para o meu time avançar e marcar já na saída de bola do adversário. Isso facilita para os zagueiros – enfatizou.

Mas, num campo com dimensões máximas, como o do Parque do Sabiá, e contra um Cruzeiro de jogadores velozes, é provável que Roth mude a estratégia, concentrando-se mais atrás para fechar espaços e tentando explorar os contragolpes.

No ataque, enquanto espera a recuperação de Alecsandro e as condições físicas ideais de Ilan, ex-West Ham, Roth mantém a dupla Rafael Sobis/Leandro Damião. O segundo tem se destacado mais. Marcou três gols nos últimos cinco jogos. Sobis fez o seu primeiro no campeonato domingo, contra o Prudente, quando Roth tirou-o da armação pelo lado esquerdo e o colocou como atacante centralizado.

– Com ou sem gol, o importante é que estou recuperando o ritmo de jogo – analisou Sobis, que pouco atuou no primeiro semestre, pelo Al Jazira.


FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO X INTERNACIONAL

Local: Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG)
Data e hora: 8 de setembro, às 19h30 (horário de Braasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Marrubson Melo Freitas (DF)

CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Gil, Léo e Diego Renan; Henrique, Marquinhos Paraná, Roger e Montillo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista. Técnico: Cuca.

INTERNACIONAL: Renan; Nei, Bolívar, Sorondo e Kleber; Wilson Mathias, Guiñazú, Tinga e Giuliano; Leandro Damião e Rafael Sobis. Técnico: Celso Roth.

setembro 8, 2010 Posted by | Cruzeiro, Internacional | , | Deixe um comentário

Palmeiras e Vitória buscam reabilitação

Após derrotas traumáticas, Alviverde e Rubronegro buscam recuperação no Campeonato Brasileiro

Após ser goleado por 4 a 1 para o Atlético-GO, o sinal vermelho acendeu de vez no Barradão. O time, que não vence há quatro partidas, recebe o Palmeiras, na quarta-feira, às 22h, no Barradão, também traumatizado pela derrota para o Cruzeiro em casa. Ambas equipes estão pressionadas por um resultado positivo.

Estacionado nos 22 pontos, o Rubro-Negro está apenas duas posições acima dos quatro que compõem a zona da degola do Brasileirão.

Para o jogo, o técnico Toninho Cecílio conta com retornos importantes. O lateral Eduardo, que cumpriu suspensão no jogo em Goiânia, retorna à lateral direita da equipe. Para tentar diminuir a falta de criatividade no meio, Cecílio escalará o apoiador Ramon, que se recuperou de problema no quadril. A dependência do veterano meia pode ser medida pelos números: foram apenas três gols nos últimos quatro jogos.

O trabalho de Toninho Cecílio começa a ser contestado pelos torcedores do Leão, no entanto, o profissional, ao menos aparentemente, conta com o respaldo da direção do clube.

– Cecílio continua treinador do Vitória e confiamos nele – disse Alexi Portela, presidente do clube, em entrevista ao jornal ‘A Tarde’.

O Palmeiras também busca sua recuperação. Após sofrer um revés em casa contra o Cruzeiro, depois de estar vencendo por 2 a 0, o Verdão quer usar o jogo contra o Vitória para voltar com tudo na disputa pelo título do Brasileirão.

Quem também busca sua redenção é Deola. O goleiro entrou na última partida após Marcos se machucar e tomou os três gols da virada da Raposa. Agora, com Marcos fora da partida, Deola terá uma chance de se recuperar.

– Nada melhor do que o próximo jogo. O bom é isso, ter um curto espaço de tempo pra reverter uma situação. Em um jogo perder e logo poder ter a alegria de novo. Será dificil, sabemos da qualidade deles em casa. A nossa superação terá de ser como nos jogos passados para voltar a sorrir – afirmou.

Marcos Assunção também falou sobre o duelo no Barradão e roconhece as dificuldade de enfrentar a equipe do Vitória, vice-campeã da Copa do Brasil, sua em casa. Mesmo assim, acredita que o Verdão deve enfrentar a equipe baiana de igual para igual.

– É sempre muito difícil atuar no Barradão, pois o Vitória sabe como se comportar quando atua em casa. Mas a gente precisa jogar igual eles, ter uma postura forte e entrar em campo com muita força e determinação. Nosso time tem qualidade e atletas que podem resolver a qualquer momento. Temos de entrar em campo pensando nisso – disse, confiante.

Além de não contar com Marcos, que será poupado devido ao corte sofrido no joelho na partida contra a Raposa, o técnico Luiz Felipe Scolari também terá que lidar com a ausência de Lincoln, que ainda se recupera de lesão na coxa.

Com uma vitória na partida desta quarta-feira, o Verdão pode ganhar confiança e dar um salto na tabela, voltando à briga por uma vaga no G4.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA X PALMEIRAS

Estádio: Barradão, Salvador (BA)
Data/hora: 8/9/2010 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassol P. Cortez (Fifa-RJ)
Auxiliares: Marcelo Braz Mariano (RJ) e Lilian da Silva F. Bruno (RJ)

VITÓRIA: Viáfara; Ricardo Conceição, Anderson Martins, Wallace e Egduardo; Vanderson, Bida, Ramon e Elkeson; Soares e Júnior. Técnico: Toninho Cecílio.

PALMEIRAS: Deola; Maurício Ramos, Danilo e Fabrício; Márcio Araújo, Edinho, Pierre, Marcos Assunção e Rivaldo; Valdivia e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

setembro 8, 2010 Posted by | Palmeiras, Vitória | , | Deixe um comentário

Com Ronaldo, Corinthians quer mudar sorte fora de casa

Timão enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada

Jogando em seus domínios, o Corinthians foi avassalador no Campeonato Brasileiro. Foram dez jogos em casa e dez vitórias. Nesta quarta-feira, o Timão tenta melhorar seu aproveitamento jogando fora de casa, contra o Atlético-PR. A partida na Arena da Baixada será valida para a 20ª rodada do Brasileirão.

A novidade na equipe do treinador Adilson Batista será o retorno de Ronaldo. Após ter ficado 112 dias sem atuar e voltar contra o Vitória, o Fenômeno foi poupado na última rodada, na vitória sobre o Goiás. Quem dará a vaga para o camisa 9 será Iarley, que foi eleito o craque da rodada pelo LANCE!.

– Ele (Ronaldo) trabalhou bem esses dias. A intenção é ir dando condição de jogo para que ele possa melhorar a cada jogo. Ele inicia, mesmo sabendo que Iarley foi bem, que está sendo bastante útil para nós, tem me ajudado bastante – justificou Adilson Batista.

Após fechar o primeiro turno do Brasileirão com 100% de aproveitamento jogando em casa – fato inédito na era dos pontos corridos – o Corinthians espera melhorar seu desempenho fora do Pacaembu. Até o momento, o Timão venceu apenas uma partida fora de casa (contra o Grêmio, no Olímpico).

– Nossa intenção é essa. Sem loucura, sem desespero. Temos de melhorar, e isso é possível. Vamos tentar vencer esse jogo lá – afirmou o treinador corintiano.

O desfalque na equipe titular do Timão será Chicão. Com um estiramento no ligamento colateral do joelho direito, o camisa 3 segue fora. Já o capitão William retorna, após duas partidas fora. O atacante Dentinho voltou a sentir e desfalca o Corinthians novamente.

De olho na vaga da Libertadores, Atlético-PR recebe o embalado Corinthians

Sem perder há cinco jogos, Furacão vai ter manter a boa fase e se aproximar cada vez mais da vaga para o torneio continental

Vivendo sua melhor fase no Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense vai buscar ficar ainda mais perto da área de classificação da Copa Libertadores nesta quarta-feira, quando recebe o Corinthians, vice-líder da Série A e que vem embalado na competição nacional.

Neste duelo entre as duas equipes que ocupam a parte de cima da tabela, o Furacão vai tentar manter o bom desempenho que tem atuando dentro de casa, onde perdeu apenas uma vez no Brasileirão deste ano. Já o Timão, vai em busca da vitória para ficar cada vez mais perto do líder Fluminense.

– Uma equipe do porte do Atlético, tem que estar sempre do meio da tabela para frente. Toda grande equipe no começo do campeonato quer fugir o mais rápido da Zona de rebaixamento, seja Flamengo ou Corinthians. Todos os atletas pensam nisso. No momento que a campanha vai se solidificando, começa a pensar alto, como o Atlético está pensando agora. Então para mim não é surpresa o nosso desempenho – disse o técnico Carpegiani.

E para desafiar o vice-líder da Série A, o treinador do Furacão deverá promover apenas uma mudança na equipe em relação a vitória obtida diante do Avaí, no último domingo fora de casa. Paulo Baier, poupado daquele compromisso, teve a sua volta confirmada. Com isso, Guerrón voltará a ficar como opção no banco.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR X CORINTHIANS

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data/hora: 08/9/2010, às 22h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adailton Jose De Jesus Silva (BA)

ATLÉTICO-PR: Neto, Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Deivid, Chico, Paulo Baier e Branquinho; Maikon Leite e Nieto Técnico: Paulo César Carpegiani.

CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, William, Leandro Castán e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César; Jorge Henrique e Ronaldo. Técnico: Adílson Batista.

setembro 8, 2010 Posted by | Atlético-PR, Corinthians | , , | Deixe um comentário

São Paulo e Fla duelam para afastar perigo

Clubes tentam se distanciar da zona de rebaixamento

Lutando para ficar distante da temida zona de rebaixamento, São Paulo e Flamengo duelam nesta quarta-feira, às 22h, no Morumbi, na primeira rodada do returno do Brasileirão. No jogo de comemoração de 20 anos de carreira do goleiro Rogério Ceni, a torcida tricolor quer fazer a festa com o ídolo e manter a ascensão no campeonato, já que a equipe, após ficar à beira do Z4, vem de duas vitórias. O Rubro-Negro, em 14º na tabela, tenta afastar a crise e fazer seu setor ofensivo funcionar, na segunda partida da dupla D2 – Diogo e Deivid. O confronto terá transmissão em tempo real do LANCENET!

O técnico da equipe paulista, Sérgio Baresi, tem problemas para escalar o seu ataque. Dos seis jogadores de frente que possui, quatro estão sem condições de jogo. Ricardo Oliveira (tendinite no joelho esquerdo), Fernandinho (lesão no músculo do joelho direito), Dagoberto (suspenso) e Lucas Gaúcho (com a Seleção sub-19) estão fora. Sobram Fernandão e Marlos, que devem formar a dupla de ataque, com o apoio de Marcelinho na meia ofensiva.

Na defesa, Xandão retorna de suspensão e atua ao lado de Miranda. O novo reforço Ilsinho tem condições legais de estrear, mas por não estar bem fisicamente, sua participação no jogo é pouco provável. Assim, Jean continua improvisado na lateral.

– Saímos da zona perigosa e nos encontramos no meio da tabela. Fica a expectativa se vamos conseguir manter o ritmo e chegar à Libertadores. Em caso de vitoria contra o Flamengo em casa, a confiança aumenta bem mais – analisou o homenageado capitão Rogério Ceni.

No Flamengo, a aposta é na dupla D2. Após uma estreia razoável contra o Santos, Deivid acredita que fará uma boa partida contra o Tricolor. A expectativa do Rubro-Negro é melhorar o setor ofensivo, já que possui o pior ataque da competição, com apenas 14 gols em 19 jogos.

– Contra o Santos, enfrentei um pouco de dificuldade com ritmo de jogo e entrosamento. Esses problemas irão diminuir muito com a sequência de partidas e tenho certeza de que, diante do São Paulo, vou poder ajudar muito mais o time – disse Deivid.

Os volantes Willians e Toró, que sentiam dores musculares, foram liberados para a partida. No entanto, o técnico Silas não definiu se usará a mesma formação da última rodada, com Toró compondo o sistema defensivo, ou se usará três zagueiros de ofício (David, Jean e Ronaldo Angelim). Leandro Amaral e Val Baiano voltaram a ficar fora até do banco de reservas.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X FLAMENGO

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 8/9/2010 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior/MG
Auxiliares: Marcio Eustaquio Sousa/MG (FIFA) e Kleber Lucio Gil/SC

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Xandão, Miranda e Junior Cesar; Rodrigo Souto, Richarlyson, Cleber Santana e Marcelinho; Marlos e Fernandão. Técnico: Sérgio Baresi.

FLAMENGO: Marcelo Lomba, Léo Moura, David (Jean), Ronaldo Angelim e Juan; Toró (Jean), Correa, Willians e Renato; Diogo e Deivid.

setembro 8, 2010 Posted by | Flamengo, São Paulo | , | Deixe um comentário

Para recuperar o bom futebol, Flu encara o Ceará no Engenhão

Tricolor não vence no Campeonato Brasileiro há três jogos

Há três jogos sem vencer e com a liderança ameaçada: este é o ambiente para a partida do Fluminense diante do Ceará, no Engenhão, às 19h30.

Para este confronto o Tricolor terá que superar além do rival, o número de desfalques. São quatro no total: Diguinho, Diogo, Emerson e Fred. A dúvida de Muricy é o ataque. Rodriguinho e Marquinho são os cotados para iniciar a partida. Caso o atacante seja o escolhido, a equipe irá no esquema 4-4-4. Se for Marquinho, o time jogará no 4-5-1, com Conca mais a frente.

Para Washington, que está confirmado no confronto, o Tricolor não vive um momento ruim e vê com normalidade a sequência de partidas sem vencer.

– Não vejo que estamos em um momento ruim. Se o líder não está em um momento bom imagine o resto. O campeonato é muito difícil e vamos em uma batida legal ate o fim da competição. Vamos chamar a responsabilidade e buscar o jogo. Todos querem ajudar e é certo que os mais experientes puxem essa força – afirmou.

TAREFA COMPLICADA

A tarefa do Ceará nesta quarta-feira não é nada fácil. Para conquistar sua primeira vitória em cinco jogos, o Vovô precisa derrotar ninguém menos que o líder Fluminense, em um duelo que reúne as duas melhores defesas do Brasileirão.

A seu favor, o Vovô tem o fechamento do Maracanã, que vinha sendo permanentemente lotado pela torcida Pó de Arroz, e a derrota do Tricolor Carioca diante do Guarani no último domingo, que pôs fim a uma invencibilidade de 15 jogos e mostrou que o líder não é imbatível. Na verdade, nos últimos nove pontos disputados pelo Flu, o time conquistou apenas dois, e o Ceará espera poder contribuir para a “má fase” do adversário.

Para isso, o técnico Mário Sérgio já pode voltar a escalar o zagueiro Anderson e o volante Michel, que não jogaram contra o Vasco por cumprirem suspensão pelo terceiro cartão amarelo, e devem ser titulares no Engenhão. Para o treinador, os maus resultados recentes do Ceará são fruto da falta de tempo para treinar e conhecer os jogadores do time que assumiu em meados de agosto.

– Confesso que não achei o equilíbrio do time. Ainda não tive tempo. Até 10 de outubro não terei a semana para trabalhar – disse Mário Sérgio, referindo-se à maratona de jogos do Brasileirão, que somente no início do mês que vem terá intervalo de uma semana entre as rodadas.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE X CEARÁ

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 08/09/2010 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Auxiliares: Ednílson Corona (SP) e Luís Alberto Kallenberger (SC)

FLUMINENSE: Fernando Henrique; Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Julio Cesar; Valencia, Fernando Bob, Deco e Conca; Rodriguinho (Marquinho) e Washington. Técnico: Muricy Ramalho.

CEARÁ: Michel Alves, Anderson, Fabrício e Diego Sacoman; Oziel, Heleno, Michel, João Marcos, Camilo (Kempes) e Ernandes; Magno Alves. Técnico: Mário Sérgio

setembro 8, 2010 Posted by | Ceará, Fluminense | , , | Deixe um comentário

Relacionado por Sérgio Baresi, Ilsinho poderá reestrear pelo Tricolor nesta 4ª

Já no seu peso ideal, lateral-direito tem boas chances de entrar no segundo tempo da partida contra o Flamengo, que será realizada no Morumbi

Apresentado no último sábado, o lateral-direito Ilsinho foi relacionado pelo técnico Sérgio Baresi para a partida desta quarta-feira, contra o Flamengo, no estádio do Morumbi. Ele ficará no banco de reservas e, dependendo das circunstâncias da partida, poderá fazer sua reestreia no segundo tempo.

Apesar da grande expectativa que cerca a volta de Ilsinho, já que o Tricolor tem um problema crônico na lateral, o treinador pediu paciência pelo fato de o atleta ainda não estar no mesmo ritmo de jogo dos companheiros.

– Ele está relacionado. Precisamos ter um pouco de paciência, afinal ele não está na forma física desejável, mas vai alcançar esse estágio. Para utilizá-lo amanhã, vai depender do andamento da partida. O importante é a dedicação dele nos treinos. O Ilsinho vai alcançar a melhor forma rápido – afirmou.

Além de Ilsinho, outra novidade na lista dos relacionados é o zagueiro Xandão, que cumpriu suspensão na vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-MG, no úlrimo domingo. Ele, inclusive, recuperou sua posição no time titular.

Confira abaixo a lista dos relacionados por Baresi:

Goleiros: Rogério Ceni e Bosco
Laterais: Ilsinho, Junior Cesar e Diogo
Zagueiros: Miranda, Xandão, Samuel e Renato Silva
Meio-campistas: Jean, Rodrigo Souto, Richarlyson, Cleber Santana, Jorge Wagner, Carlinhos Paraíba, Marlos, Marcelinho, Zé Vitor, Sergio Mota
Atacantes:
Fernandão

setembro 8, 2010 Posted by | São Paulo | , | Deixe um comentário

Após novo treino fechado, Baresi tem dúvida no meio para jogo contra o Fla

Sem ter Casemiro e Dagoberto, suspensos, treinador improvisará Marlos no ataque. No meio-campo, Jorge Wagner e Carlinhos Paraíba são as opções

Um treino fechado de 1h30m realizado no CT da Barra Funda na tarde desta terça-feira encerrou os preparativos do São Paulo para a partida desta quarta-feira, contra o Flamengo, pela primeira rodada do returno do Campeonato Brasileiro. O duelo será realizado no estádio do Morumbi e terá início às 22h.

O treinador não poderá contar com o volante Casemiro e com o atacante Dagoberto, ambos suspensos. No treino realizado sob chuva, duas formações foram testadas. Independente da escalação que será utilizada, a dúvida é uma só: Jorge Wagner ou Carlinhos Paraíba.

A primeira formação teve como base o segundo tempo da partida contra o Atlético-MG, quando o time reagiu, conseguiu a virada e venceu o rival mineiro por 3 a 2. Nela, o 4-4-2 teria Richarlyson na lateral-esquerda e Cleber Santana no meio-campo. Na segunda parte do treino, Junior Cesar voltou ao seu lugar e Richarlyson reassumiu seu vaga como volante, na vaga de Cleber Santana. A tendência é que a primeira alternativa seja a utilizada, já que seria mais apropriada para encarar os laterais do time carioca, Leonardo Moura e Juan, que apoiam muito o ataque.

Independente do time, o técnico Sérgio Baresi não esconde o otimismo para a partida. As duas vitórias consecutivas fizeram o São Paulo vislumbrar um futuro melhor no Campeonato Brasileiro. Se antes o time se preocupava com a zona de rebaixamento, agora alcançar o grupo da Libertadores tornou-se um sonho possível.

– Eu sempre disse que a vitória traria a confiança de volta. E isso aconteceu. O time está mais solto, a alegria faz tudo ficar mais fácil. Mas temos de continuar pensando na vitória. O grupo da Libertadores é um alvo possível desde que possamos manter o nosso ritmo – ressaltou o treinador.

O provável São Paulo terá: Rogério Ceni; Jean, Xandão, Miranda e Richarlyson (Junior Cesar); Rodrigo Souto, Cleber Santana (Richarlyson), Jorge Wagner (Carlinhos Paraíba) e Marcelinho; Marlos e Fernandão.

setembro 8, 2010 Posted by | São Paulo | , | Deixe um comentário

Departamento médico adota cautela sobre a volta de Ramon ao time

Alexandre Campello diz que preocupação é de que o jogador retorne antes do tempo e corra o risco de sofrer uma nova lesão

Fora do time há dois meses, desde a partida contra o Coritiba, pelo Torneio de Florianópolis, o lateral-esquerdo Ramon está recuperado de uma lesão na coxa esquerda. Agora, ele está entregue à preparação física e deve iniciar o trabalho com bola nos próximos dias. O departamento médico do Vasco, no entanto, tem uma cautela especial com o caso.

De acordo com Alexandre Campello, é preciso muito cuidado para não precipitar o retorno do lateral e causar uma nova lesão. Ele disse que o principal motivo da preocupação é o longo período de inatividade do atleta. Ainda não há uma data prevista para Ramon jogar, mas existe a possibilidade que ele possa ser relacionado a partir da próxima semana.

– Temos um cuidado especial com ele. Veio de um período de paralisação no Inter, depois voltou para o Vasco e teve a lesão. Ele requer um período como se fosse uma pré temporada, senão pode ter outra lesão. É importante ele passar por esse recondicionamento físico. Equilíbrio dele já está perto do ideal. Fazer com que ele tenha a mesma condição dos outros. O problema que ele teve agora não foi no mesmo músculo da lesão anterior – disse o médico.

Campello comentou também sobre a situação de outro canhoto, o meia Felipe, que machucou a coxa direita na partida contra o Cruzeiro. O médico disse que ele está se recuperando bem e deve voltar em breve aos treinos normais, mas, assim como Ramon, não tem data fixada para retornar ao time.

– Felipe está evoluindo bem. Tem uma dor leve na coxa ainda. Está fazendo um trabalho de fortalecimento, e a tendência agora é intensificar o tratamento. Em pouco tempo estará no campo para treinar novamente.

O departamento médico ainda tem outros atletas, como Caíque, Ernani, Magno e Bruno Paulo. O Lateral Max e o atacante Rafael Coelho já estão entregues à preparação física.

setembro 8, 2010 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Com a cabeça no lugar, Madson agora tenta voltar a ser titular

Jogador passou por momentos conturbados fora de campo e acabou perdendo espaço

O meia Madson, do Santos, garante que se emendou e agora busca recuperar um lugar no time titular. Mostra como credenciais suas participações nos jogos contra o Goiás, sábado retrasado, e contra o Flamengo, no último domingo. Nas duas partidas, ele entrou no segundo tempo e melhorou o time.

Madson passou por momentos complicados. Baladas, atrasos e o episódio da twitcam, em que ele e outros jogadores fizeram uma transmissão ao vivo, via internet, de um dos quartos do hotel onde estavam hospedados, em Presidente Prudente. Acabaram discutindo com torcedores. A vida conturbada acabou influenciou em seu desempenho nos treinos e jogos.

– Foram alguns meses turbulentos. As coisas começaram a não acontecer dentro de campo. Paguei pelo que fiz e agora é hora de mudar para terminar o ano bem – afirmou o jogador.

O meia foi titular pela última vez no confronto contra o Grêmio Prudente, dia 1º de agosto, quando o técnico Dorival Júnior optou por escalar um time alternativo (os principais jogadores foram poupados para a final da Copa do Brasil).

– Cheguei ao Santos arrebentando, mas depois tive esses problemas. Agora, estou tentando voltar a ser o Madson que todos conhecem.

setembro 8, 2010 Posted by | Santos | , | Deixe um comentário

Pronto para substituir Marcos, Deola brinca: ‘É só mais uma cicatriz’

Camisa 22 garante que ídolo voltará logo e diz que não há como escolher a hora para entrar, pois é preciso estar atento sempre

A forte chuva que caiu pela manhã na capital paulista atrapalhou em parte os planos do Palmeiras. O time iniciou um trabalho sem a presença da imprensa às 9h30m, e os jogadores chegaram a entrar no campo da Academia de Futebol para aquecer e fazer um rachão, mas logo fugiram da água e não puderam realizar o trabalho tático.

A correria também se justificava por causa da viagem para Salvador na hora do almoço. O time encara o Vitória nesta quarta-feira, às 22h, no Barradão, precisando se recuperar da derrota sofrida de virada para o Cruzeiro, pelo Brasileiro. Deola, substituto de Marcos, está pronto para o desafio de ocupar a vaga do ídolo, que sofreu uma pancada no joelho esquerdo, mas trabalha para voltar contra o Vasco, no fim de semana.

– O Marcos está tranquilo. Já passou por tantas, não gosta de machucar, e ir para o departamento médico é muito ruim e depressivo. Mas ele sabe que a contusão de agora não é nada que afete a longo prazo, é momentâneo. Não vai ser essa minúscula lesão que vai atrapalhar o emocional. É só mais uma cicatriz – ressaltou Deola.

O camisa 22 também está preparado para assumir a vaga de Marcos nesta partida, mesmo tendo sofrido os três gols diante do Cruzeiro, logo depois que o titular se machucou e deixou o campo, no início do segundo tempo. Deola conta com a ajuda do time para não ser surpreendido e conseguir manter o gol do ídolo intacto nesta quarta.

– Quando você está determinado a buscar um lugar ao sol, não tem que esperar o momento. Quando pintar a brecha tem que estar atento. Se a equipe estiver bem, ajuda muito na boa fase do goleiro, mas se estiver mal o goleiro tem que estar bem e ajudando de qualquer jeito. Não dá para escolher a hora. E, de qualquer forma, o Palmeiras não está tão ruim assim. É preocupante quando o resultado não vem, mas confio que vamos ter uma disparada no final – acrescentou o confiante goleiro.

Deola espera que a chuva que caiu nesta manhã ajude a levar as derrotas para longe do Verdão.

– Foi bom chover porque estava ruim demais para respirar. É importante cair uma chuvinha para dar aquela lavada na alma.

setembro 8, 2010 Posted by | Palmeiras | , | Deixe um comentário

Roth confirma que Inter apresentará variações táticas

Treinador colorado combate a marcação dos adversários

Assim que chegou ao Inter, Celso Roth escolheu o sistema tático 4-2-3-1, e com ele conquistou o título da Taça Libertadores 2010. Pelo Brasileirão, contra o Grêmio Prudente, a equipe apresentou uma variação para o 4-4-2, com o reposicionamento de Rafael Sobis.

Segundo Celso Roth, esta é a tendência para os próximos jogos do Inter: criar variações táticas para driblar a marcação dos adversários.

– O esquema que estamos usando vem sendo repetido pelas outras equipes, os adversários nos olham, e nos marcam. Precisamos ter alternativas para estes jogos. Foi isso o que fizemos com o Rafael Sobis. Nós o colocamos como centroavante enfiado, ao lado do Damião, e isto causou problemas ao adversário. Com o Taison seria mais difícil fazer isso. Pelas características dos jogadores, são estas as vantagens e desvantagens. Com o Taison tínhamos a velocidade e precisávamos de campo. Com o Rafael temos essa participação na área, e ele marcou um gol de referência na área – explica Roth.

Às 19h30m de quarta-feira, em Uberlândia (MG), o Inter enfrenta o Cruzeiro, na abertura do segundo turno do Brasileirão. Após comandar um treinamento na tarde desta terça-feira, Roth aproveitou para elogiar o próximo adversário:

– O Cruzeiro sempre foi um time assim, que toca a bola, com jogadores de qualidade. É um time equilibrado, vem fazendo três ou quatro Brasileiros muito bons. Temos de ter cuidado.

setembro 8, 2010 Posted by | Internacional | | Deixe um comentário

O estilo Renato: morde e assopra ao mesmo tempo

Treinador usa experiência como jogador no trato diário com o elenco: ‘Não adianta eles quererem me enganar’

Nem só rosnadas, nem só carinhos. Renato Gaúcho tenta conquistar o elenco do Grêmio fazendo uma espécie de mescla de características. Ele diz que cobra forte os boleiros, mas que também os trata com delicadeza. No contato diário, o treinador lembra dos tempos de atleta e usa sua experiência em vestiário para manter a casa em ordem.

É uma questão de malandragem. Na prática, Renato conhece o discurso dos jogadores, tem intimidade até com as desculpas que eles inventam quando cometem alguma infração. E ele duvida que possa ser enganado por seus comandados.

– Eu olho para o jogador e digo que não tem trairagem comigo. Não tem sacanagem. Não adianta quererem me enganar, porque eu fiz isso há 20 anos. Não vai me enganar. Vai querer mentir, mas não vai conseguir. Não faço nada de anormal. Mas me enganar, não vão. Se tiver que tomar uma atitude mais radical, vou tomar. Mas não vai ser preciso, porque vou ganhar o jogador na conversa. Eu sei o que o jogador gosta de escutar. Mas se tiver uma ovelha negra ou uma laranja podre, pode procurar outro clube, pode ir embora. No meu diálogo, eu tiro tudo deles.

Renato tenta ficar no meio-termo entre o estilo paizão e o disciplinador. Ele procura levar o elenco na conversa.

– Tem que morder a assoprar ao mesmo tempo. Não adianta ser só uma coisa ou outra. É fundamental o cara conhecer o vestiário. Se me colocarem de gerente de banco, eu quebro o banco em dois dias. Não sei nada sobre isso – afirmou o treinador.

Ídolo histórico do Grêmio, Renato usa seu prestígio para conquistar o elenco. Ele deixa a hierarquia clara ao lembrar a importância que tem para o clube.

– Falei para eles que não estão falando com Zezinho ou Manoelzinho. Eles sabem o que eu represento para esse clube. Não vão medir forças comigo.

Renato disse que, nos tempos de jogador, tentou e até conseguiu enganar treinadores. Mas fez uma ressalva: na hora de a bola rolar, ele resolvia.

– De vez em quando, eu enganava. Eu era esperto. Mas eles me aliviavam. Se o cara fizer alguma coisa e me disser “deixa que eu resolvo”, eu o deixo em casa dormindo. Eu falava isso para meus treinadores: “Deixa que eu resolvo”.

setembro 8, 2010 Posted by | Grêmio | | Deixe um comentário

Prestes a estrear em nova casa, Washington pede apoio do torcedor

Atacante, que não atuou contra o Botafogo, diz que não recebeu boas informações sobre o Engenhão, mas conta com incentivo das arquibancas

A arena é nova, mas os responsáveis por empurrar o Tricolor em mais uma batalha pelo Brasileirão devem continuar sendo os mesmos. Ao menos, este é o desejo dos jogadores. Prestes a jogar pela primeira vez como mandante no Engenhão, o Fluminense está preocupado com a receptividade do torcedor ao novo lar e faz questão de convocá-los para comparecer em bom número na partida desta quarta-feira, às 19h30m (de Brasília), contra o Ceará, pela 20ª rodada.

Na única vez que atuou no estádio na competição, o Tricolor empatou com o Botafogo por 1 a 1, dia 25 de julho. No Maracanã – fechado para obras -, porém, o retrospecto recente não era dos melhores: três empates consecutivos. Sendo assim, Washington quer vida nova e conta com a companhia dos tricolores para estrear com pé direito naquele que deverá ser o palco da equipe, no mínimo, até o fim do ano.

– Com a torcida incentivando, mesmo com dificuldades as chances de vitória serão grandes. Eles são fundamentais. E é nesse momento que é importante estar junto.

Ausente no clássico contra o Glorioso, pois ainda defendia o São Paulo, o Coração Valente não recebeu boas informações do gramado do Engenhão. Preocupado com esta situação, ele lembrou que o piso irregular só facilita para os visitantes, que costumam se defender no Rio de Janeiro.

Não joguei lá esse ano ainda, mas pelo que comentam o gramado não está bom. No Maracanã é muito melhor. Mas precisamos nos habituar ao novo estádio. Fica a torcida para que eles melhorem o gramado. Se continuar ruim, só facilita para quem vem se defender.

Ainda líder do campeonato, com 38 pontos, o Flu não vence há três rodadas. Nada preocupante na opinião de Washington, que culpa a falta de sorte pelos tropeços e pede diálogo para resolver os problemas que têm acontecido após a equipe largar na frente nos jogos.

– Não nos acomodamos, basta ver os jogos. É só um momento difícil. Bola que era pra entrar, não está entrando. Outras passam no meio da barreira e viram gols. Os times estão bem preparados contra o Fluminense. Precisamos manter o ritmo após abrir o placar. Às vezes, estamos recuando demais. Temos que conversar e acertar isso.

Nas últimas duas partidas, contra Palmeiras e Guarani, o Tricolor saiu na frente e permitiu a reação do adversário. Contra o Verdão, sofreu o empate no último minuto, enquanto o Bugre conquistou a virada.

setembro 8, 2010 Posted by | Fluminense | , | Deixe um comentário

Silas promete dar nova chance a Val Baiano no Flamengo

Atacante fica fora da relação para a partida contra o São Paulo. Treinador exige mais vontade dos reservas

Pela segunda partida consecutiva, Val Baiano ficou fora da relação do técnico Silas. Desta vez, por causa de um problema médico. O atacante reclamou de fortes dores na região peitoral e não viajou para São Paulo com a delegação do Flamengo.

Na entrevista coletiva, o treinador afirmou que pretende relacioná-lo no jogo contra o Vitória, sábado, em Volta Redonda. O atacante ainda não balançou as redes em oito jogos no Rubro-Negro.

– Fico feliz por saber que o Silas conta comigo. A bola vai entrar na hora certa. Vou estar à disposição contra o Vitória e, mesmo se estiver no banco, quero ajudar o Flamengo – disse Val Baiano.

A lista de viagem tem 21 atletas. Além de Val, o atacante Leandro Amaral também ficou fora. Ele faz trabalho à parte de recondicionamento físico. Os três atacantes disponíveis serão Diogo, Deivid e Diogo Maurício.

Silas pediu mais empenho aos jogadores que ficarem no banco de reservas.

– Eles têm que entrar e decidir os jogos. Senão, vou começar a trocar e dar chance aqueles que não estão no banco – declarou.

O Flamengo enfrenta o São Paulo nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Morumbi. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos.

Confira os relacionados:
Goleiros: Marcelo Lomba e Vinícius
Laterais: Léo Moura, Juan e Galhardo
Zagueiro: David Braz, Jean, Welinton e Ronaldo Angelim
Volantes: Toró, Correa, Willians, Maldonado e Fernando
Meias: Renato, Petkovic, Kleberson e Vinícius Pacheco
Atacantes: Diogo, Deivid e Diego Maurício

setembro 8, 2010 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

Com desfalques, Cruzeiro chega a Uberlândia, onde enfrenta o Inter

Sem poder contar com Edcarlos e Caçapa, Cuca deve voltar ao esquema 4-4-2

O técnico Cuca relacionou os 20 jogadores que seguiram viagem para Uberlândia, onde o Cruzeiro enfrenta o Internacional, nesta quarta, às 19h30m (de Brasília), no Parque do Sabiá.

O time não contará com o zagueiro Cláudio Caçapa, o volante Fabrício e o atacante Robert, que se recuperam de lesões.

Caçapa e Robert estão com torção no tornozelo esquerdo e Fabrício tem um incômodo na coxa direita. Os três já haviam ficado fora do jogo contra o Palmeiras. Outro desfalque é o zagueiro Edcarlos, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão.

Se mantiver o esquema 3-5-2, o técnico Cuca tem o zagueiro Wellington como opção para formar o trio com Gil e Léo. Caso a opção seja pelo 4-4-2 do segundo tempo contra o Palmeiras, os volantes Everton e Fabinho e o meia Roger são as opções para duas vagas no setor que já conta com os volantes Henrique e Marquinhos Paraná.

A delegação desembarcou em Uberlândia nesta tarde. A equipe treina no Parque do Sabiá a partir das 19h, com portões abertos.

setembro 8, 2010 Posted by | Cruzeiro | , , | Deixe um comentário

Adilson cobra, e Bruno César admite que precisa melhorar na marcação

Artilheiro do Brasileirão ganha função defensiva para ajudar o Corinthians a retomar mais rapidamente a bola e admite que pode evoluir na função

Fazer gols não é o suficiente para Adilson Batista no Corinthians. Bruno César, artilheiro do Campeonato Brasileiro com nove gols, sabe bem disso. Apesar do ótimo aproveitamento ofensivo, o meio-campista vem sendo cobrado pelo treinador para aprimorar a recomposição do setor defensivo e ajudar na marcação.

– Ele é um jogador versátil, tem bom chute, tem boa bola parada e um aspecto físico muito bom. É evidente que estou cobrando a recomposição, mais atenção. É preciso saber o lado certo para uma ter uma penetração na área, criando espaços para outros jogadores. Ele é um jogador interessante – afirmou o comandante.

Mesmo escalando o Timão com três volantes (Ralf, Elias e Jucilei), Adilson Batista cobra que os homens de frente também participem da marcação pela forma como o Alvinegro atua. O técnico faz quase diariamente um trabalho em campo reduzido de saída e toques rápidos.

Bruno César, aliás, admite que precisa evoluir neste quesito, mas acredita que esteja melhorando gradativamente. Mesmo sendo o artilheiro do torneio, ele não abre mão de contribuir para que a equipe siga em alta.

– Sobre a questão da recomposição, eu sei disso. Está sendo trabalhada. Acho que contra Vitória e Goiás já fui bem melhor. Estou tranquilo. O pessoal está me dando tranqüilidade e apoio para fazer. Quem vai ganhar é o Corinthians. Se for melhor para o grupo, vou me esforçar – completou.

setembro 8, 2010 Posted by | Corinthians | , | Deixe um comentário

Ronaldo, Elias e William retornam nesta quarta contra o Atlético-PR

O Fenômeno retorna ao time nesta quarta-feira, em Curitiba, depois de ser poupado para melhorar a forma física

O Corinthians terá o reforço de sua principal estrela na partida contra o Atlético-PR, nesta quarta-feira, às 22h, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Poupado diante do Goiás para aprimorar a forma física, o Fenômeno está escalado pelo técnico Adilson Batista. O treinador não confirma os titulares, mas dá a entender que deve sacar Iarley, grande destaque da equipe na rodada anterior.

– Ele (Ronaldo) trabalhou bem esses dias e a intenção é dar condição de jogo para que ele possa ir melhorando. Ele inicia o jogo, mesmo sabendo que o Iarley fez grande partida, os gols e tem crescido. Tenho gostado, ele vem chamando o jogo, mas vou iniciar com o Ronaldo na frente. Eu não confirmei nada. Eu disse que um joga e elogiei o outro – desconversou o comandante.

Adilson Batista preferiu não projetar em quais condições Ronaldo estará em campo. O treinador quer aguardar o desenvolvimento do jogo para analisar se o craque continua durante os 90 minutos ou se será substituído antes. Diante do Vitória, ele deixou o campo aos 17 minutos da etapa complementar.

– Tudo é o jogo. É vidente que dentro do jogo acontecem “n” situações. Você tem que se adaptar. Aquilo que faz no dia a dia você tenta fazer na prática. Com calma, vamos vendo se ele fica um pouco ou sai no intervalo – acrescentou.

Além de Ronaldo, o Timão terá como novidade o retorno do zagueiro e capitão William, recuperado de uma lesão na coxa esquerda. Ele entra no lugar de Paulo André, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e forma a dupla com Leandro Castán. Thiago Heleno, com uma indisposição, permanece fora. Dentinho, com um desconforto na coxa esquerda, sequer foi relacionado. Já o volante Elias retorna de suspensão e entra na vaga de Paulinho.

O Corinthians começa a partida com: Julio Cesar, Alessandro, Leandro Castán, William e Roberto Carlos; Ralf, Elias, Jucilei e Bruno César; Jorge Henrique e Ronaldo.

setembro 8, 2010 Posted by | Corinthians | , | Deixe um comentário

Lateral do Botafogo prevê Santos desfalcado ainda mais forte

Marcelo Cordeiro aponta defesa consistente e Pacaembu como vantagens do Peixe no confronto desta quinta-feira

O Santos que encantou o Brasil no primeiro semestre de 2010 tinha Neymar, Paulo Henrique Ganso, Robinho e André. Mas o Santos que vai enfrentar o Botafogo nesta quinta-feira, no Pacaembu, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, conta apenas com o primeiro dos Meninos da Vila. Este fato, entretanto, não é visto como vantagem pelo grupo do Alvinegro carioca.

– Chegou o Keirrison e estarão em campo Madson e Alan Patrick, por exemplo. Além disso, o Santos de hoje tem uma defesa mais consistente. Nossa dificuldade será ainda maior em relação ao jogo do primeiro turno, já que estaremos em São Paulo – disse o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro, referindo-se ao empate em 3 a 3 no Engenhão, pela primeira rodada.

O jogador lembrou ainda que aquele empate e os 2 a 2 com o Grêmio, no último sábado, criaram no Botafogo a obrigação de um resultado positivo no Pacaembu. Afinal, trata-se de um concorrente direto nas primeiras posições da tabela. E assim, não há outra alternativa, a não ser atacar.

– O Botafogo não pode perder lá. Precisamos marcar muito e não deixar o Santos jogar. Mas se deixarmos o adversário jogar, ele vem para cima da gente – frisou Marcelo Cordeiro.

setembro 8, 2010 Posted by | Botafogo | | Deixe um comentário

Luxemburgo comanda treinamento específico para a defesa e o ataque

Em atividade na Cidade do Galo, novidade é o retorno de Rafael Cruz

O lateral-direito Rafael Cruz foi a grande novidade do treinamento do Atlético-MG, na manhã desta terça-feira, na Cidade do Galo. O jogador estava entregue ao departamento médico desde a última semana por conta de uma pancada no tornozelo.

Rafael Cruz deixou a partida contra o Goiás ainda no primeiro tempo. Ele se machucou em uma dividida com o meia Bernardo, no lance do pênalti para a equipe esmeraldina.

O técnico Vanderlei Luxemburgo comandou treino de finalizações para os atacantes e de defesa para os zagueiros. Além de Obina, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Daniel Carvalho, que foi liberado para os treinos na última sexta-feira, participou normalmente. A maioria dos titulares realizaram trabalhos físicos na caixa de areia.

Luxemburgo deverá comandar um coletivo ainda nesta terça para começar a definir a equipe que enfrentará o Vasco, quinta-feira, às 21h (de Brasília), em São Januário. Sem Diego Tardelli, que se recupera de estiramento muscular, o ataque do Galo poderá ser formado por Neto Berola e Daniel Carvalho.

setembro 8, 2010 Posted by | Atlético-MG | | Deixe um comentário

Kalil: ‘Não faz mal os jogadores tomarem um cacete na madrugada’

Presidente do Atlético-MG referenda possível conduta violenta da torcida

Parece que a fraca campanha do Atlético-MG no Campeonato Brasileiro tem deixado o presidente do clube de cabeça quente. Ontem, em entrevista a uma rádio paulista, Alexandre Kalil falou pela primeira vez sobre o disque-denúncia que uma torcida organizada do Galo disponibilizou para fiscalizar a presença dos jogadores na noite de Belo Horizonte.

O mandatário alvinegro se mostrou cansado das derrotas do grupo atleticano e apoiou a ação dos torcedores.

– Quem paga o salário do jogador é a torcida. De uma forma ou de outra. Ou dos ingressos, ou do pay-per-view. Então, eles são pagos pela torcida, pela paixão do atleticano. Na situação que o Atlético-MG está, eles têm o meu apoio.

Kalil soltou o verbo e até referendou uma possível postura violenta por parte da torcida alvinegra.

– Se quiserem virar a mesa, chamar a polícia, fazer o que for. Quando o time é líder, está ganhando, tudo bem. Nesse momento, a atitude da torcida do Atlético-MG está correta. Eles têm meu apoio, têm o apoio da presidência. Achei ótimo. Acho que os jogadores têm que se cuidar sim. O Atlético-MG não é brinquedo. E se eles tomarem um cacete na madrugada não vai fazer mal nenhum.

setembro 8, 2010 Posted by | Atlético-MG | | Deixe um comentário