Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Futebol é alegria! Novo Brasil ataca forte e vence os Estados Unidos

No primeiro amistoso da era Mano Menezes, Seleção Brasileira fez 2 a 0, em Nova Jersey. Neymar e Alexandre Pato marcaram os gols do triunfo

Velocidade, dribles, pedaladas, alegria… Os ingredientes que faltavam à Seleção Brasileira estão de volta. Pelo menos no primeiro amistoso da era Mano Menezes foi assim. Bem organizado defensivamente e ofensivo como nos bons tempos, o Brasil não teve trabalho para fazer 2 a 0 nos Estados Unidos nesta terça-feira.

O estádio New Meadowlands, em Nova Jersey, lotado de fãs da Seleção Brasileira teve espaço até mesmo para gritos de olé. Não poderia ser diferente com Paulo Henrique Ganso, Neymar e Robinho em campo. O trio que brilhou no Santos no primeiro semestre ainda estava reforçado por Alexandre Pato.

Foram dele e de Neymar, cotados para formarem a dupla em 2014, os primeiros gols do Brasil na era Mano. O santista, por sinal, se junta a outros craques brasileiros que marcaram em sua estreia com a camisa amarela, como Pelé, Zagallo, Jairzinho, Zico e Rivaldo. Apenas para citar os mais importantes deles.

A série de amistosos visando a Copa do Mundo de 2014 no Brasil tem mais dois capítulos em setembro. A CBF ainda não divulgou os adversários, mas nos dias 3 ou 4 e 7 ou 8, o time de Mano Menezes fará mais duas partidas. Se as atuações forem iguais à dessa noite, o torcedor terá muito que comemorar.

Os primeiros minutos da Seleção Brasileira de Mano Menezes foram de susto. Aos dois, Donovan recebeu bom passe de Buddle, driblou David Luiz e saiu na cara do gol. André Santos, porém, chegou para cortar. Em seguida, Daniel Alves errou dois passes seguidos e tomou uma leve bronca do treinador.

Aqueles mais pessimistas até poderiam achar que o Brasil estava nervoso. Mas não deu tempo de a desconfiança ganhar espaço. Com cara de futebol brasileiro, a Seleção foi para cima dos Estados Unidos. Esses, sim, ficaram assustados. Toques rápidos e objetividade marcaram o primeiro tempo verde e amarelo.

Com Ganso comandando o meio de campo, o Brasil ganhou muita qualidade para construir jogadas. Até porque Neymar e Robinho se posicionaram muito bem pelas pontas e ganharam o apoio dos laterais Daniel Alves e André Santos. Tanto que foi em uma jogada de linha de fundo que saiu o primeiro gol da Seleção Brasileira (veja o vídeo acima).

Aos 28 minutos, Robinho deu belo passe para André Santos. O lateral apareceu bem na linha de fundo e cruzou na medida para Neymar abrir o placar de cabeça. Na comemoração, o atacante do Santos ajoelhou no gramado, apontou para o céu e ganhou um caloroso abraço coletivo dos outros companheiros.

Entregue ao futebol ofensivo do “novo Brasil”, os Estados Unidos não levavam perigor. Do outro lado, Howard cansou de ver os atacantes brasileiros em boa condição. E aos 45, ele evitou o segundo gol. Ganso tocou para Ramires, que colocou Pato na cara do gol. O atacante driblou o goleiro e rolou para a rede (assista abaixo).

Bolas na trave e olé
A seleção norte-americana voltou para o segundo tempo com três alterações. Já o Brasil de Mano Menezes optou por retornar com a mesma formação. E também com a mesma postura. Logo no primeiro minuto, Robinho fez ótima jogada pela esquerda e colocou Pato na cara do gol. Mas o atacante perdeu chance incrível.

Solto em campo, o Brasil quase marcou o terceiro aos sete minutos. Daniel Alves avançou e cruzou para o meio da área. Pato fez o corta luz e Neymar bateu em cima da zaga. No rebote, Robinho bateu de primeira, deslocando o goleiro e os zagueiros, mas a bola bateu caprichosamente na trave.

Aproveitando alguns erros de passe do Brasil, os Estados Unidos conseguiram mais espaços. Chegaram até a marcar aos 11 minutos, mas Bradley estava impedido quando cabeceou para o fundo do gol. Rapidamente, porém, o time verde e amarelo retomou o comando do jogo e viu a torcida gritar “olé”.

Aos 28 minutos, uma nota triste. Ederson, que havia acabado de entrar no lugar de Neymar, se machucou em seu primeiro lance. Após receber a bola na direita, ele tentou um drible e sentiu lesão muscular. Ao forçar o cruzamento caiu no chão e não teve condições de continuar. Foi substituído por Carlos Eduardo.

A etapa final do amistoso não foi tão empolgante como a primeira, mas ao menos o Brasil acertou duas bolas na trave, com Robinho e Paulo Henrique Ganso. E a torcida, empolgada, calou os norte-americanos com “olé” e gritos de “Brasil, Brasil, Brasil”. Poderiam, no entanto, ter gritado mais gols, não fosse o festival de gols perdidos pelo time de Mano no final.

ESTADOS UNIDOS 0X2 BRASIL
Howard (Guzan); Spector, Bocanegra (Goodson), Bradley e Gonzalez; Donovan (Findley), Bedoya (Gomez), Bornstein e Buddle (Altidore); Edu e Benny Feihaber (Kljestan). Victor; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Ramires (Hernanes) e Ganso (Jucilei); Robinho (Diego Tardelli), Neymar (Ederson) (Carlos Eduardo) e Alexandre Pato (André).
Técnico: Bob Bradley. Técnico: Mano Menezes.
Gols: Neymar, aos 28, e Alexandre Pato, aos 45 minutos do primeiro tempo;
Cartões amarelos: David Luiz (BRA)
Público: 77.223 pagantes.
Data: 10/08/2010. Estádio: New Meadowlands, em Nova Jersey, Estados Unidos. Árbitro: Silviu Petrescu (CAN). Auxiliares: Joe Fletcher (CAN) e Daniel Belleau (CAN).

agosto 10, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

‘Tailgate’ agita o pré-jogo de Brasil e Estados Unidos em Nova Jersey

Tradição norte-americana de fazer churrasco no estacionamento do estádio toma conta dos arredores do New Meadowlands. Partida será às 21h11m

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA O JOGO AO VIVO

Os jornais não deram muito espaço, é verdade, mas a torcida está bastante empolgada com o amistoso de daqui a pouco entre Estados Unidos e Brasil, no estádio New Meadowlands, em Nova Jersey. A prova disso é a festa que está sendo feita no estacionamento por norte-americanos e brasileiros.

“Tailgate” é o nome dessa tradição. Os torcedores abrem os porta-malas dos carros, colocam o som alto, esticam suas bandeiras e preparam uma bela refeição. A preferência da maioria é por churrasco, mas há aqueles que levam também saladas, maioneses, pratos típicos de países sul-americanos, entre outros.

A prática de futebol também é comum no estacionamento. Brasileiros e norte-americanos brincavam de bola por vários cantos do local, criando um ambiente bem legal no pré-jogo. Somente por um momento é que houve um princípio de confusão entre torcedores mais exaltados, visivelmente alcoolizados.

Porém, a “turma do deixa disso” conseguiu contornar e continuar festejando. No local há pessoas de diferentes nacionalidades, além de brasileiros e norte-americanos. Há também um festival de bandeiras e camisas de clubes brasileiros, como Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Atlético-MG, Grêmio e Cruzeiro.

A movimentação ao redor do estádio segue grande e a previsão é que mais de 70 mil pessoas estejam presentes para ver a estreia do técnico Mano Menezes na Seleção Brasileira. Os portões do New Meadowlands foram abertos 19h30m.

agosto 10, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Com aproveitamento de ponta, PC Gusmão recoloca o Vasco na briga

Treinador é o único profissional invicto da Série A. Somando trabalhos no clube carioca e no Ceará, ele teria 29 pontos na competição nacional

Desde a retomada do Campeonato Brasileiro após a pausa para a Copa do Mundo, dois temas têm chamado a atenção do trabalho realizado por Paulo César Gusmão no comando do Vasco. Em seis partidas no Gigante da Colina, o treinador obteve três vitórias e três empates, aproveitamento de 66,6%, abaixo apenas de Fluminense e Internacional, que já alcançaram 14 e 13 pontos, respectivamente, após a retomada da competição nacional. Além disso, somando o seu trabalho no clube carioca e no Ceará, que comandou até a sétima rodada, ele é o único profissional invicto da Série A.

No comando do Vovô, PC Gusmão surpreendeu equipes mais tradicionais ao longo das primeiras sete rodadas. Antes de sair rumo ao Vasco, o Ceará tinha a segunda melhor campanha da competição nacional. Foram cinco vitórias e dois empates. Apenas o Corinthians tinha um desempenho superior ao do time do Nordeste. Em sete jogos, a equipe marcou sete gols e sofreu apenas um. Já sob o comando de Estevam Soares, os cearenses somaram apenas quatro pontos em seis partidas.

Antes do início da Copa do Mundo, Paulo César Gusmão deixou o Castelão e aceitou o desafio de tirar o Vasco da zona de rebaixamento. O convite foi feito logo após a saída de Celso Roth, que preferiu a proposta do Internacional, hoje finalista da Libertadores. E o início do trabalho do treinador não foi fácil. Após duas semanas de treinos em Magaratiba, região da Costa Verde, o comandante foi obrigado a montar uma equipe repleta de garotos, já que não poderia contar com os reforços contratados de clubes do exterior – o lateral-direito Irrazábal, os apoiadores Felipe, Zé Roberto e Carlos Alberto e o atacante Eder Luís.

Para dar confiança ao trabalho, o treinador ainda conseguiu conquistar o torneio de Florianópolis, realizado durante a pausa para a Copa do Mundo da África do Sul. O time venceu Avaí e Figueirense e foi derrotado pelo Grêmio.

Na retomada do Brasileiro, o empate por 0 a 0 com o Goiás, no Serra Dourada, iniciou a trajetória oficial do treinador no Vasco. Em seguida, triunfo sobre o Atlético-PR por 3 a 1, em São Januário, e mais uma igualdade fora de casa, desta vez diante do Grêmio, no Olímpico. Ainda com a garotada, o Gigante da Colina bateu o Atlético-GO por 2 a 0, no Rio de Janeiro.

A partir daí, PC pôde respirar aliviado. Além dos garotos, que haviam conquistado a sua confiança, o treinador já poderia escalar os medalhões. No clássico diante do Flamengo, empate por 0 a 0 e atuação razoável dos reforços. No último domingo, diante do Vitória, triunfo por 1 a 0, com gol de Zé Roberto, e diferença de apenas quatro pontos do G-4. Hoje, o Gigante da Colina ocupa a 11ª colocação, com 17 pontos.

O GLOBOESPORTE.COM fez um levantamento dos jogos realizados após a Copa do Mundo dos 20 clubes que disputam a Série A, e o Vasco seria o terceiro colocado, com 12 pontos. Fluminense e Internacional seriam os líderes. O Tricolor, com 14, e o Colorado, com 13.

Apesar da boa campanha sob o comando do Vasco, o treinador não tira os pés no chão. Para ele, o que foi feito anteriormente no Ceará não pode ser levado em conta. Se PC Gusmão estivesse na mesma equipe desde o início do Brasileirão, ele estaria com 29 pontos e só perderia a liderança para o Fluminese por conta do número de vitórias (nove contra oito).

– Fico feliz, mas a minha situação é o Vasco e nós precisamos de resultados. É bom para o profissional, a seqüência é longa, mas a minha vida está no Vasco agora. Continuo com os pés no chão porque a nossa colocação ainda não é a que sonhamos. Não adianta falar que o PC seria o líder, que o PC tem tantos pontos. Hoje, o Vasco tem 17 – analisou o treinador, que marcou 12 pontos quando comandava o Ceará.

O BRASILEIRÃO APÓS A PAUSA PARA A COPA DO MUNDO
POSIÇÃO CLUBE PONTOS VITÓRIAS GOLS PRÓ GOLS CONTRA SALDO DE GOLS
Fluminense 14 4 9 4 5
Internacional 13 4 8 2 6
Vasco 12 3 7 2 5
Avaí 11 3 12 9 3
Cruzeiro 11 3 6 3 3
Corinthians 11 3 7 5 2
Botafogo 9 2 10 6 4
Flamengo 8 2 3 3 0
Atlético-PR 7 2 7 9 -2
10º Prudente 7 1 5 4 1
11º Palmeiras 7 1 8 9 -1
12º Santos 6 2 4 6 -2
13º Guarani 6 1 8 9 -1
14º Vitórias 6 1 7 9 -2
15º São Paulo 5 1 7 9 -2
16º Atlético-GO 5 1 6 8 -2
17º Atlético-MG 4 1 4 9 -5
18º Ceará 4 0 3 5 -2
19º Grêmio 4 0 5 8 -3
20º Goiás 3 0 4 10 -6

agosto 10, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Eder Luís e Jonathan são testados no ataque para substituir Carlos Alberto

PC testa os dois jogadores e até coloca o capitão no meio-campo para observar o desempenho dos atletas no treino diante do Duque de Caxias

O técnico Paulo César Gusmão já começa a pensar na equipe que vai entrar em campo contra o Prudente, no próximo domingo, no interior de São Paulo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem poder contar com Carlos Alberto, suspenso, o treinador observou as atuações de Eder Luís e Jonathan no jogo-treino diante do Duque de Caxias, nesta terça-feira, em São Januário. E o garoto foi quem teve o melhor desempenho.

Jonathan, de apenas 19 anos, foi o responsável pela criação do lance do primeiro gol. O jogador passou por um defensor e foi derrubado pelo goleiro do Duque de Caxias. Na cobrança, Carlos Alberto balançou a rede para o Gigante da Colina. Eder Luís teve uma atuação discreta. Léo Gago marcou o segundo na vitória por 2 a 0.

A expectativa é que o treinador vascaíno comece a montar a equipe apenas na quinta-feira, quando deverá comandar o primeiro coletivo. A tendência é que o Vasco entre em campo com a seguinte formação: Fernando Prass, Fágner, Dedé, Fernando e Max; Nilton, Rafael Carioca, Rômulo e Felipe; Zé Roberto e Eder Luís (Jonathan).

O Vasco ocupa a 11ª colocação na tabela do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos.

agosto 10, 2010 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Surpreso com missão de ser interino, Baresi chega com tendência ofensiva

Treinador da base tricolor diz que convite foi uma ótima surpresa, cita exemplos de técnicos que cresceram e aprendeu muito com Vadão

Na última segunda-feira, Sérgio Baresi estava em Cotia, sede da base do São Paulo, treinando a equipe sub-20. Nesta terça, já foi apresentado como técnico interino da equipe principal, com o objetivo de fazer o time ter bons resultados até que a diretoria acerte com um nome de grande porte. Diante de uma legião de câmeras e repórteres, o novo comandante confessou que nem pensou em recusar o convite, falou sobre exemplos de técnicos que cresceram, citou Vadão como influência no seu modo de armar o time e assegurou que tem carta branca para mexer nas peças. Confira os principais trechos da entrevista de Baresi.

Pego de surpresa

“Sim, para mim é uma oportunidade de trabalho e projeção. Nem pensei se tinha escolha ou não. Estava dando treino ontem (segunda) em Cotia, me chamaram e vim conversar com o presidente, que oficializou a minha nova função. A direção deixou bem claro que sou o técnico interino, com resultados bons ou ruins, e encaro dessa forma. Disse aos atletas que passando daquele portão do CT vou dar meu máximo e espero o mesmo deles. Foi uma ótima surpresa”.

Muricy e Andrade como exemplos de técnicos que cresceram

“Agora é pensar exclusivamente no trabalho. O São Paulo sempre formou profissionais. O Muricy é um exemplo de técnico que cresceu, e o próprio Andrade, no Flamengo, é outro. Eu me espelho nesses grandes profissionais para ter confiança nesse início de processo. Eu ser interino está no subconsciente de todos, mas vou trabalhar como um técnico de uma grande equipe e já coloquei isso para o grupo. Não estou trabalhando para ser efetivado, e sim para dar melhor pelo São Paulo. Se chegar outro treinador volto para a base, sem problemas”.

Influência de Vadão e time ofensivo

“O Vadão foi um técnico que me marcou pelo sistema tático adotado quando eu era atleta. Gostava muito da transição entre ataque e defesa que ele fazia há 10, 15 anos atrás. Absorvi isso. A princípio não há ainda um sistema tático definido, vou trabalhar essa semana nisso, mas historicamente o São Paulo sempre foi agressivo, buscou o gol a todo o momento e em cima do aspecto profissional vamos tentar armar o time da mesma forma”.

Carta branca para mexer no time

“O presidente deixou claro que o comando técnico está nas minhas mãos. Isso foi abordado também na minha conversa com os jogadores. Deixei claro que vão jogar os melhores dentro da minha filosofia de trabalho”.

Efetivação de mais atletas da base a partir de agora

“A questão é simples e complexa ao mesmo tempo. Simples se você achar que o atleta tem condições de jogar e complexa se olhar o lado psicológico. Temos jogadores muito jovens, é preciso calma. A integração da base já estava sendo feita com o Ricardo Gomes, ele já tinha pedido peças, e vamos fazer tudo no momento certo, sempre com cautela”.

agosto 10, 2010 Posted by | São Paulo | , | Deixe um comentário

Sport confirma a contratação de Marcelinho Paraíba

Presidente do Leão consegue liberação junto ao São Paulo

O Sport confirmou, na noite desta terça-feira, a contratação de Marcelinho Paraíba. O presidente do Leão, Sílvio Guimarães, conseguiu a liberação do atleta junto ao São Paulo, e o atacante defenderá o clube pernambucano na Série B do Campeonato Brasileiro, segundo informa o site oficial rubro-negro.

A chegada de Marcelinho Paraíba ao Recife depende apenas da confirmação do horário do voo. A intenção é apresentá-lo já nesta quarta-feira.

agosto 10, 2010 Posted by | São Paulo, Sport | | Deixe um comentário

Inspirado em Cech, Casillas e Julio, goleiro santista sonha com seleção

Aos 20 anos, Rafael assumiu a camisa 1 do Peixe às vésperas da decisão da Copa do Brasil e deu conta. Agora, espera convencer Mano Menezes

O goleiro perfeito tem de ter a qualidade nas saídas de bola do tcheco Petr Cech, do Chelsea, a técnica do espanhol Casillas, do Real Madrid, e o reflexo do brasileiro Julio César, do Internazionale de Milão. Essa é a análise de Rafael, garoto que assumiu a camisa 1 do Santos após a Copa do Mundo e encarou a responsabilidade de defender o gol alvinegro nas finais da Copa do Brasil.
Os três goleiros são as influências do santista, que gosta de assistir aos jogos de campeonatos europeus para analisar os ídolos.

– Casillas é muito técnico e rápido. O Cech sai muito bem do gol e o Julio Césaar faz defesas maravilhosas, além de ser o goleiro da Seleção Brasileira. Todo goleiro que busca alguma coisa tem de se espelhar no companheiro que está na Seleção – afirma. Julio, porém, não foi lembrado pelo técnico Mano Menezes, novo comandante da equipe canarinho. Após o fracasso brasileiro na Copa da África do Sul, Vítor, do Grêmio, virou o novo titular do gol brasileiro.

Aos 20 anos, Rafael é mais um dos meninos revelados pelo Santos neste ano, embora tenha sido o último a aparecer. Enquanto Neymar, Ganso e André começaram a brilhar já durante o Paulistão, Rafael só ganhou chance após a parada para a Copa do Mundo. No início do ano, Rafael era goleiro do time que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Ganhou a confiança do técnico Dorival Júnior durante os treinos e, principalmente, após pegar pênalti na partida contra o Grêmio Barueri, domingo retrasado, pelo Brasileirão.

– Eu trabalhei muito para isso. Acho que nada aconteceu por acaso – diz.

Empolgado com a boa fase, o jogador sonha com Seleção Brasileira. Quer aproveitar a renovação implementada por Mano Menezes para ser lembrado. Tem idade para disputar os Jogos Olímpicos, por exemplo. O time olímpico é formado por jogadores abaixo de 23 anos.

– Tenho 20, idade olímpica. Sou titular de uma equipe enorme, com grande visibilidade. Mas não quero forçar nada. O recado que eu posso mandar (para Mano Menezes) é dentro de campo, me empenhando e jogando bem.

agosto 10, 2010 Posted by | Santos | , , | Deixe um comentário

Ainda sem Valdivia, Felipão relaciona 19 atletas para jogo com Vitória

Atacante Max é a novidade da lista para confrontos da Copa Sul-Americana, que não tem Léo, zagueiro com propostas de outros clubes

Ainda sem poder contar com o meia Valdivia, o técnico Luiz Felipe Scolari divulgou os 19 relacionados para a partida desta quarta-feira, às 21h50m, contra o Vitória, pela estreia da Copa Sul-Americana. Enquanto o meia recupera a forma física para voltar a jogar – a previsão é de que esteja em campo no dia 29, contra o Atlético-MG, no Mineirão, pelo Brasileiro – , o treinador inscreveu o atacante palmeirense Max, que treinava separado do restante do elenco na Academia de Futebol. O chileno só deve ser inscrito na competição, caso o time avance nas disputas para a segunda fase.

O Palmeiras viaja no início da tarde desta terça-feira para Salvador. O time segue para a Bahia desfalcado de outros três atletas importantes. Marcos segue se recuperando de dores no joelho esquerdo, enquanto Kleber cumpre suspensão por ter sido expulso contra o São Paulo, quando ainda atuava pelo Cruzeiro, na segunda partida das quartas de final da Libertadores deste ano. Já o meia Lincoln faz tratamento contra dores no músculo adutor da coxa direita.

O time seguiu para a estreia no torneio sem o zagueiro Léo que, segundo a assessoria de imprensa do clube, tem duas propostas de outros clubes. O defensor fez seus partidas pelo Alviverde no Brasileiro, mas foi expulso em dois jogos – contra Avaí e Ceará, ambos fora de casa. A expectativa é de que a situação do atleta seja resolvida até o fim desta semana.

Confira os 19 atletas relacionados:

Goleiros: Deola e Bruno
Zagueiros:
Danilo, Maurício Ramos, Fabrício e Leandro Amaro
Volantes: Pierre, Edinho, Márcio Araújo e Marcos Assunção
Laterais: Vitor e Armero
Meias: Patrik, Rivaldo e Tinga
Atacantes:
Ewerthon, Luan, Tadeu e Max

agosto 10, 2010 Posted by | Palmeiras | , | Deixe um comentário

Giuliano, o predestinado, se vê parecido com Tinga

Jogador é o favorito para disputar final na vaga deixada pelo titular, expulso contra o São Paulo

Fernando Carvalho, o vice-presidente de futebol do Inter, sentenciou, quando o time gaúcho iniciava as negociações para ter Tinga de volta: “Ele é da função do Giuliano”. Pois lá foi o clube, contratou Tinga e conseguiu colocá-lo no jogo contra o São Paulo, pelas semifinais da Libertadores da América. O Colorado avançou à decisão, mas sem o meio-campista, expulso no Morumbi. E o substituto dele deve ser justamente Giuliano.

O garoto se sente pronto para ir a campo no primeiro duelo da final contra o Chivas, nesta quarta-feira, no estádio Omnilife, em Guadalajara. Ele concorda que tem semelhanças com Tinga.

– Ele é um jogador muito inteligente, que tem essa função tática, que comanda a equipe, mas com características diferentes. Me encaixo bem nesse padrão, nessa função que ele faz. Espero estar bem fisicamente e tecnicamente. Se eu for o escolhido, estarei bem preparado para substituí-lo – disse Giuliano.

São dias especiais para o garoto de 20 anos. Mesmo sem ser titular absoluto do Inter, ele soma quatro gols na Libertadores, alguns deles decisivos – como contra Estudiantes, na classificação às semifinais, e no primeiro encontro com o São Paulo. Agora, espera ser novamente talismã, pretende ser outra vez predestinado.

– Deus tem me abençoado nas horas decisivas. Sempre tenho ajudado a equipe. Espero que, se eu jogar, possa ser útil novamente.

Celso Roth indicou a presença de Giuliano no treinamento de domingo, em São Paulo, mas ele não está confirmado. Wilson Matias e Andrezinho são os concorrentes.

agosto 10, 2010 Posted by | Internacional | , , | Deixe um comentário

Duda Kroeff confirma a contratação ‘histórica’ de Renato Gaúcho

Presidente do Grêmio anuncia oficialmente novo técnico, exalta importância de sua volta, mas destaca que importante é time sair da atual situação

Oficialmente, o Grêmio já tem o substituto de Silas, demitido após a derrota para o Fluminense, domingo, no Estádio Olímpico. Em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, o presidente Duda Kroeff confirmou que Renato Gaúcho é o novo comandante do grupo tricolor.

– Me causa uma alegria muito grande ser o presidente do Grêmio nesse momento. O que interessa é o que o Renato vai fazer para tirar o Grêmio dessa situação, mas o Renato é um ídolo e eu realmente fico muito feliz por esse momento histórico – disse o presidente.

“Momento histórico” para Kroeff e também para Renato. De acordo com o presidente gremista, o técnico agradeceu após o acerto.

– O que ele disse para mim foi um muito obrigado por realizar meu sonho – revelou.

O dirigente acredita que Renato Gaúcho é o nome certo para reerguer o Grêmio no Brasileirão. O time é o antepenúltimo colocado da competição, com 12 pontos. Duda Kroeff também pediu apoio da torcida neste momento de transição.

– É o momento do gremista de verdade. O Grêmio é muito grande, a torcida é muito apaixonada, mas na hora ruim a pressão acaba empurrando para baixo. Então temos que tomar todos os cuidados, temos que reagir, e o Renato é o cara para isso. A torcida nesse momento é importantíssima – afirmou.

Mesmo chegando ao clube no dia do jogo contra o Goiás, Renato faz questão de ficar no banco de reservas na quinta-feira, às 19h30m. Como empatou em 1 a 1 fora de casa, o Tricolor pode se avançar na Copa Sul-Americana até com um 0 a 0.

No ano passado, quando Celso Roth deixou o comando do time, Renato Gaúcho também teve seu nome especulado para treinar o Tricolor. Os dirigentes entenderam que ele não era o mais indicado para aquele momento;

– Na saída do Celso, o Renato foi cogitado. Fui a favor, mas o (Luiz Onofre) Meira e o (André) Krieger acharam que não era o momento e achamos que teria que vir o Autuori. Eu acho que o Renato acrescenta uma liderança diferente. E nesse momento é necessário. O Silas era mais brando, de mais conversa. O Renato vai dialogar também, mas ele é mais forte. E ao mesmo tempo ele é amigo e carismático, ele tem um jeito que me agrada muito – declarou Kroeff.

O Grêmio ainda deve dinheiro para o novo treinador desde os tempos em que ele atuava dentro das quatro linhas. Mas isto não será problema, garante Duda Kroeff:

– A dívida vem sendo paga desde que eu assumi, ele tem recebido, está perto do fim, mas não tem nada a ver. Ele mesmo fez questão de não colocar isso no seu contrato com o Grêmio.

agosto 10, 2010 Posted by | Grêmio | | Deixe um comentário

Entre risadas e boas-vindas, Deco corre em seu primeiro treino no Flu

Em dia de poucos torcedores nas Laranjeiras, jogador cumprimenta elenco tricolor e faz apenas trabalho físico

No dia seguinte à apresentação de Deco como jogador do Fluminense, o primeiro contato do novo reforço com o torcedor foi rápido e restrito. Nesta terça-feira, o meia debutou no gramado das Laranjeiras, realizou testes físicos, mas apenas os sócios do clube puderam acompanhar.

– Chegamos cedo para ver o Deco, mas um funcionário está no portão da arquibancada e não nos deixa assistir ao treino – reclamou Fernando ao lado da namorada Marcele, ambos viajantes de Manaus.

Deco chegou ao clube trinta minutos antes do horário do treinamento, marcado para as 15h30. Foi para o vestiário e pouco depois reapareceu no campo já com o uniforme de treino número 20, dezena que estampa também a sua camisa de jogo.

Enquanto aguardava o chamado do técnico Muricy Ramalho para um bate-papo de 15 minutos com os jogadores, Deco demonstrou estar bem entrosado com os novos companheiros. Entre piadas e conversas descontraídas, distribuiu sorrisos e, um a um, cumprimentou o elenco tricolor.

– É incrível a coincidência do futebol. Jogamos juntos no Barcelona, no Chelsea e agora no Fluminense. O legal é que sempre fomos campeões e espero que se repita aqui. A recepção foi a melhor possível. O Deco é um cara consagrado, mas acima de tudo humilde e sabe que é preciso vencer aqui também – comentou o meia Belletti.

– Foi tranquilo o primeiro encontro. O Muricy, a comissão e o grupo deram boas vindas para que ele possa trabalhar e ser vitorioso conosco – disse o zagueiro André Luís.

Em seguida, o meia se destacou do grupo. Enquanto os demais companheiros realizavam trabalhos físicos, o luso-brasileiro fez testes com o fisiologista Maurício Negri. Com um aparelho para medir a frequência cardíaca, Deco deu voltas em torno do campo e, durante os intervalos, teve colhidas amostras de sangue para exames mais detalhados da sua condição física.

– Mantém esse ritmo que está excelente, Deco – incentivava Negri, dando indícios do bom preparo do atleta de 32 anos, que, antes de assinar seu contrato com o líder do Brasileirão, vinha realizando treinamentos físicos em uma academia.

agosto 10, 2010 Posted by | Fluminense | , | Deixe um comentário

Rogério quer Leandro Amaral e Renato desde o início contra o Ceará

Técnico confia em aumento de rendimento com estreia dos novos reforços: ‘Se são três jogos sem gols, alguma atitude tem de ser tomada’

Os péssimos números do sistema ofensivo do Flamengo estão incomodando não só o torcedor, mas o próprio Rogério Lourenço. Para modificar este panorama negativo, o treinador está tomando uma série de medidas emergenciais. Entre elas, o trabalho realizado por Val Baiano nesta terça-feira e a confirmação de que são de 99% as chances de Leandro Amaral e Renato começarem o jogo contra o Ceará, sábado, no Maracanã.

Apesar de o atacante ter sido poupado do jogo-treino contra o Bangu por conta de dores lombares, Rogério disse que ele não preocupa para o jogo. Ao contrário, ele confia na qualidade de Leandro Amaral e de Renato para mudarem a situação ofensiva rubro-negra. Afinal, o time marcou apenas 12 gols nos 13 jogos do Brasileiro, sendo que passou em branco nos últimos três compromissos (Vasco, Internacional e Corinthians).

– É uma média muito baixa para o Flamengo. Estamos procurando encontrar uma solução de alguma forma. O setor ofensivo não vem funcionando e tenho de buscar, dentro das alternativas, essa solução. Realmente é uma situação que incomoda a todos. Se são três jogos sem gol alguma atitude tem de ser tomada. São de 99% as chances deles (Renato e Leandro Amaral) estarem na partida sábado. De que forma, ainda vamos ver se é melhor eles sairem jogando ou serem usados durante a partida. Mas sou otimista e penso neles desde o início. Com Renato e Leandro, nossa equipe vai ficar mais qualificada – explicou o treinador.

O técnico lamentou que Leandro Amaral não tenha participado do jogo-treino contra o Bangu, na tarde desta terça-feira, na Gávea. Mas gostou da movimentação de Renato e explicou o motivo de ter usado Val Baiano na atividade menos de 48 horas após o jogo contra o Corinthians, no último domingo. O atacante foi o único titular que participou deste trabalho, enquanto todos os outros só fizeram um treino físico regenerativo.

– Val Baiano vem tendo uma movimentação abaixo do que ele pode render. Conversei com Toninho (Oliveira, preparador físico) porque o Val teve um período grande de treino. Agora precisa de jogo. Dentro da nossa conversa, seria mais interessante fazer 50 minutos de jogo para que ele possa se movimentar. Val não foi artilheiro por acaso no ano passado e só jogou duas partidas até agora. É preciso paciência para ele poder entrar em forma – disse Rogério Lourenço.

O treinador confirmou que Correa, que cumpriu suspensão contra o Corinthians, volta ao time contra o Ceará. Com isso, a escalação dos sonhos de Rogério para esse jogo passa a ser: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Correa, Willians, Renato e Petkovic; Leandro Amaral e Val Baiano. Mas para essa armação ser confirmada, Renato Abreu precisa ser regularizado na CBF.

agosto 10, 2010 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

Diretoria do Cruzeiro confia na liberação do argentino Montillo

Meia deve estrear contra o São Paulo, no próximo domingo, no Morumbi

O diretor de futebol do Cruzeiro, Dimas Fonseca, deu esperanças ao torcedor celeste quanto ao aproveitamento do meia Walter Montillo, maior contratação da temporada, já na próxima partida do Campeonato Brasileiro, neste domingo, às 16h (de Brasília), contra o São Paulo, no Morumbi. Segundo o dirigente, o documento liberatório do jogador, enviado pelo Universidad de Chile, ex-clube de Montillo, chegará nesta quarta-feira.

– Receberemos amanhã essa liberação e já entraremos com a documentação junto à Federação Mineira de Futebol para ele ganhar condições o mais rápido possível.

Outra boa notícia para os cruzeirenses é que Montillo não precisará sair do país para pedir autorização de alguma embaixada brasileira para trabalhar no Brasil. Como é argentino e estava atuando em países do Mercosul, o atleta já deu entrada na Polícia Federal para a aquisição da carteira de identidade para estrangeiro. Com o documento, ele garantirá o direito de exercer a profissão no país.

Treino

Montillo foi a grande novidade no treino da tarde. O meia participou do coletivo contra a equipe juvenil, na Toca da Raposa II. Na atividade, o time foi formado por jogadores que não atuaram contra o Grêmio Prudente ou que jogaram apenas um tempo.

O meia Roger foi outra surpresa do treinamento. Ele formou dupla de meias ao lado do argentino e mostrou estar recuperado do estiramento na coxa direita.

agosto 10, 2010 Posted by | Cruzeiro | | Deixe um comentário

Thiago Heleno faz exames e espera liberação para se apresentar ao Timão

Jogador aguarda registro em clube de investidores para ser repassado ao Corinthians. Contrato dele com o Alvinegro paulista será de três temporadas

A diretoria do Corinthians vai anunciar oficialmente ainda nesta semana a contratação do zagueiro Thiago Heleno, do Cruzeiro. O jogador, de apenas 21 anos, realizou exames médicos nesta terça-feira, em São Paulo, e aguarda apenas a regularização de seus documentos para ser apresentado no Parque São Jorge.

Para que isso aconteça, o fundo de investidores que comprou os direitos dele da Raposa precisa inscrevê-lo em um outro clube. Em seguida, ele será repassado ao Corinthians por empréstimo de três anos. Caso seja negociado neste período, o clube terá direito a uma porcentagem do valor.

Como a parte burocrática deve necessitar de alguns dias para ser cumprida, o Timão não acredita que conseguirá apresentá-lo tão rapidamente. No início do ano, o mesmo problema atrasou em algumas semanas a chegada do lateral-direito Moacir, outro adquirido por empresários e repassado ao Alvinegro.

Thiago Heleno chega ao Corinthians como uma aposta para o futuro. Isso porque os titulares Chicão e William estão com o futuro incerto. O primeiro tem contrato até o fim do ano e ainda não chegou a um acordo para renovar. Já o segundo deve encerrar a carreira após o Brasileirão. As outras opções são os reservas Leandro Castán, Paulo André, Renato e André Vinícius.

A diretoria do Corinthians tenta agora encontrar um atacante, a pedido do treinador. Gilmar, ex-Náutico, chegou a ser anunciado, mas problemas detectados nos exames cardiológicos cancelaram a transação.

agosto 10, 2010 Posted by | Corinthians | | Deixe um comentário

Com mutirão dos gols, Botafogo tem o melhor ataque do Brasileirão

Dos 23 gols marcados pela equipe no campeonato, nove foram de atacantes. Zagueiros e meio-campistas também colaboram

O símbolo do Botafogo é a estrela solitária, mas no grupo comandado por Joel Santana o brilho está dividido. Melhor ataque do Campeonato Brasileiro com 23 gols, o Alvinegro chama a atenção pela distribuição da artilharia. Nove jogadores balançaram as redes em 13 partidas, três deles atacantes. O goleador até então é o atacante Herrera, que fez cinco.

O ataque tem contado com o suporte defensivo para conquistar vitórias. O vice-artilheiro do time é o zagueiro Antônio Carlos, que marcou quatro vezes. Outro defensor que já deu uma forcinha lá na frente é Danny Morais, autor de um gol. Os demais jogam do meio para frente. O volante Somália fez dois gols, os meias Renato Cajá e Lucio Flavio, três, Maicosuel, um, e o atacante Edno também um.

– Acho que o mais importante é o time. Para conseguirmos uma coisa importante, não será dependendo de dois ou três jogadores. Aqui cada um tem um espaço importante. Do Jefferson, que é o camisa 1, ao Renan, o segundo goleiro. Todos estão para ajudar, cumprir uma parte importante da equipe – comentou o atacante Herrera.

Contra o Atlético-MG, sábado passado, o argentino fez o último gol da vitória por 3 a 0. Era o fim de um jejum pessoal. Ele não marcava desde o dia 2 de junho, na derrota por 3 a 2 sobre o Atlético-PR, na sexta rodada. O segredo, segundo ele, é se manter tranquilo e concentrado.

– Sempre tenho motivação. Fiquei quatro ou cinco jogos sem conseguir marcar, mas qualquer jogador passa por essa situação. Estou tranquilo com o meu trabalho. Tenho que trabalhar como sempre, tenho a ajuda do grupo, e o gol vai ser consequência disso – frisou.

O volante Marcelo Mattos, que estreou na equipe contra o Vitória, há duas rodadas, aponta a solidariedade como ponto forte do grupo.

– Um time não pode ter só um jogador com a responsabilidade de fazer os gols. Os atacantes ajudam a defesa, marcam a saída de bola, e nós que somos da marcação também procuramos ajudar na frente. Está sendo dividido e é bom para o Botafogo. É sintoma de que o time está chegando no gol adversário e é importante que chegue com mais jogadores dentro da área – destacou.

Neste sábado, o Glorioso volta a campo contra o Atlético-GO, em Goiânia, pela 14ª rodada. Os cariocas estão em oitavo na tabela, com 18 pontos, enquanto os goianos ocupam a penúltima posição.

agosto 10, 2010 Posted by | Botafogo | , | Deixe um comentário

Vanderlei Luxemburgo relaciona 21 jogadores para a viagem a Ipatinga

Técnico não terá a presença de Diego Tardelli e de Zé Luís na delegação

O técnico Vanderlei Luxemburgo anunciou a lista de jogadores que viajam a Ipatinga, onde a equipe enfrentará o Grêmio Prudente, pela Copa Sul-Americana. Da relação de 21 atletas listados por Luxemburgo, as principais ausências são o atacante Diego Tardelli, que está nos Estados Unidos com a Seleção Brasileira, e o volante Zé Luís, que sente dores no joelho direito.

O time do último coletivo foi escalado no esquema 3-5-2, com Diego Souza formando o ataque com Ricardo Bueno. Neto Berola e Obina também têm chances de começar jogando, com Diego Souza no meio. Assim um zagueiro, muito provavelmente Lima, deixaria o time. O técnico do Galo só deverá anunciar o time titular momentos antes da partida.

Veja a lista dos 21 jogadores relacionados

Goleiros: Aranha, Fábio Costa e Renan Ribeiro
Laterais: Diego Macedo, Fernandinho, Leandro e Rafael Cruz
Zagueiros: Lima, Jairo Campos e Werley
Volantes: Fabiano, Rafael Jataí e Serginho,
Meias: Diego Souza, Jackson, João Pedro e Ricardinho
Atacantes: Jheimy, Neto Berola, Obina e Ricardo Bueno

agosto 10, 2010 Posted by | Atlético-MG | | Deixe um comentário