Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Vila e Barradão, duas armas e tanto para Santos e Vitória na final

Paulistas e baianos venceram todas em suas casas – a maioria por goleada. Na decisão da Copa do Brasil, estádios podem fazer a diferença

Os dois times que fazem a final da Copa do Brasil são terríveis dentro de seus estádios. Santos e Vitória chegaram à decisão de forma parecida: fazendo jogos razoáveis longe de casa e arrasando os adversários na Vila Belmiro e no Barradão, respectivamente. O primeiro jogo, em território alvinegro, é nesta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília). O desafio para o Leão é tentar acabar com essa escrita diante de milhares de santistas.

Na Vila, o Peixe é soberano. Em quatro jogos, os comandados de Dorival Júnior obtiveram quatro vitórias, marcaram 24 gols – impressionante média de seis por partida – e sofreram apenas três. A campanha começou com uma vitória por 10 a 0 sobre o Naviraiense-MS. Seguiu com outra goleada: 8 a 1 sobre o Guarani. E teve mais dois resultados de 3 a 1, contra Atlético-MG e Grêmio.

Os artilheiros santistas nesses duelos são Neymar, que marcou oito vezes, e André, autor de cinco gols. Contra o Vitória, porém, o técnico Dorival Júnior prefere adotar a cautela.

– São dois times que têm um ótimo aproveitamento dentro de casa. Jogar lá no Barradão é sempre muito complicado e aqui na Vila o Santos tem conseguido se impor.

Dentro de campo, os santistas sabem da importância de um bom placar no jogo de ida. Só assim o time terá maior tranquilidade para decidir o título no Barradão, em 4 de agosto.

– Temos de fazer valer o fator campo para fazer um bom resultado aqui, pois lá vai ser bastante complicado – afirmou Robinho.

No Barradão, só dá Leão

A precaução de Dorival Júnior não é à toa. Mesmo que o Santos consiga um bom resultado na Vila Belmiro, o título não estará garantido. Isso porque, no Barradão, o Rubro-Negro baiano mostra desempenho invejável. O time fez um jogo a mais em casa, pois o Santos eliminou uma partida de volta no duelo contra o Remo, pela segunda fase. Nessas cinco partidas, a equipe treinada por Ricardo Silva não sofreu um gol sequer e ainda marcou 19.

– Temos feito bons jogos em casa. O desafio agora é ir bem na Vila Belmiro para levarmos um resultado interessante para Salvador. Por isso, temos de jogar e não apenas assistir ao Santos – pediu Ricardo Silva.

Quatro das cinco vitórias em casa foram por goleada: 4 a 0 sobre Corinthians-AL, Goiás e Atlético-GO e 5 a 0 contra o Náutico. O goleador da equipe nesses jogos é o atacante Júnior, com cinco gols. Longe do Barradão, porém, a performance cai muito. O time venceu uma, empatou outra e perdeu três. Por isso, a ordem na equipe é ter atenção máxima para não deixar os Meninos da Vila à vontade.

– Sabemos da força deles, mas nós também somos fortes. Respeito muito os atacantes deles, só que são seres humanos como nós – disse o goleiro Lee, que substitui o suspenso Viáfara.

A média de público das duas equipes mostra que seus estádios são verdadeiros caldeirões. Em Santos, o Peixe recebeu, na média, 11.902 pagantes por jogo. Bom número, levando-se em consideração que a Vila tem capacidade para 15.800 pessoas.

No Barradão, o Vitória demorou para atrair sua torcida, mas ela compareceu em massa principalmente na semifinal. Em média, o clube recebeu 16.121 torcedores por duelo. A casa dos rubro-negros tem 35.000 lugares.

Confira abaixo todos os jogos e públicos pagantes dos finalistas em seus respectivos domínios.

Na Vila Belmiro:

10/03 – Santos 10 x 0 Naviraiense – 11.336
14/04 – Santos 8 x 1 Guarani – 8.131
05/05 – Santos 3 x 1 Atlético-MG – 14.245
19/05 – Santos 3 x 1 Grêmio – 13.896

No Barradão:

10/03 – Vitória 4 x 0 Corinthians-AL – 13.917
31/03 – Vitória 5 x 0 Náutico – 12.071
15/04 – Vitória 4 x 0 Goiás – 8.846
19/05 – Vitória 4 x 0 Atlético-GO – 32.891

julho 27, 2010 Posted by | Santos, Vitória | , | Deixe um comentário

Sem posição definida, Felipe diz que ‘vai dar o melhor para ajudar o Vasco’

Jogador afirma que vai conversar com PC Gusmão para saber onde vai atuar no clássico contra o Fla. Meio-campo ou ataque são as opções

Felipe ainda não sabe em qual posição vai atuar com o técnico Paulo César Gusmão no Vasco. Ao longo de sua carreira, ele já jogou como lateral-esquerdo, volante, apoiador e atacante. Nos últimos anos, defendendo o Al Sadd, do Qatar, o reforço cruzmaltino sempre foi escalado de forma ofensiva. No clássico de domingo, às 18h30m (de Brasília), contra o Flamengo, no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o posicionamento será definido por PC.

O jogador ainda não conversou com o treinador para saber qual será a sua posição diante do arquirrival. Para ele, a sua forma de jogar vai depender em qual setor do campo ele irá atuar.

– Tudo depende da posição em que eu for jogar. A cada posição você muda um pouco o estilo. Quando você joga no ataque, você joga descansado para receber a bola e partir para cima. No meio, você precisa ser uma sombra como volante e ajudar na marcação. Vou conversar com o PC para definir o meu posicionamento em campo – afirmou o jogador, admitindo que vai sentir um pouco a falta de ritmo de jogo no confronto deste domingo.

O jogador vascaíno afirmou que os torcedores do Vasco não vão esperar uma atuação mais ou menos. Segundo Felipe, desde que iniciou a carreira, todos esperam dribles e bons desempenhos.

– As pessoas estão acostumando comigo driblando, dando passes. Se eu jogar na média, o pessoal vai dizer que eu joguei mal. Eu não jogo para mim, jogo para a equipe. Vou conversar com o PC para ver o melhor posicionamento e tentar fazer uma bela apresentação – disse.

Ao ser questionado sobre a sua passagem por Flamengo e Fluminense, Felipe afirmou que procura dar o melhor para a equipe que está defendendo. Em 2004, a Gávea era a sua casa.

– Por onde eu passei, eu procurei fazer o melhor para a minha equipe. Naquela época, eu procurei fazer o melhor pelo Flamengo. Agora, eu vou procurar fazer o melhor para ajudar o Vasco.

julho 27, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

São Paulo desembarca em Porto Alegre cercado de mistérios

Diretoria não revela onde a delegação ficará hospedada na capital gaúcha

Depois de 1h15m de voo, o elenco do São Paulo desembarcou em Porto Alegre, palco da partida desta quarta-feira, contra o Internacional, pela semifinal da Taça Libertadores da América. Com a presença de poucos torcedores no saguão do Aeroporto Salgado Filho, os jogadores pegaram um ônibus e seguiram para o hotel onde a delegação ficará hospedada. Por questões de segurança, o local não foi divulgado. A escalação da equipe também ainda não foi revelada pelo técnico Ricardo Gomes, que precisa de um resultado positivo para afastar a pressão sofrida.

julho 27, 2010 Posted by | São Paulo | | Deixe um comentário

Guiñazu ganha nova chance para superar lágrimas de 2006

Naquele ano, argentino foi eliminado da Libertadores da América no Beira-Rio, ao perder pelo Libertad, do Paraguai

Um motivo em especial transformou em sufoco a tarefa colorada de vencer o Libertad, do Paraguai, nas semifinais da Libertadores da América de 2006: a presença de um carequinha meio maluco, que corria o tempo todo, dava carrinho em quem aparecesse pela frente, parecia se multiplicar com a camisa alvinegra do oponente. Era um certo Pablo Horacio Guiñazu, que agora ganha a segunda chance: eliminado há quatro anos justamente no Beira-Rio, justamente nas semifinais, ele pode ficar mais perto do título continental, desta vez vestindo vermelho.

Guiñazu foi contratado pelo Inter por causa do futebol apresentado em 2006. Ele era o centro do Libertad, o atleta que fazia o time paraguaio jogar. Após empate por 0 a 0 em Assunção, o Colorado venceu por 2 a 0 no Beira-Rio, mas passou sufoco. Aquela eliminação doeu em Guiñazu.

– Pensei muito naquele dia. Lembro que falei para minha família que poderia acontecer de não chegar nunca mais a uma semifinal. É tão difícil… Naquele dia, saí chorando mesmo. Tinha perdido uma chance impressionante para minha carreira. Pensei muito nisso. Mas é muita alegria ter chegado agora. Estou deste lado, com essa camiseta, e espero chegar à final, porque seria muito lindo para mim, para minha família – disse o argentino.

Nesta quarta-feira, Guiñazu volta a ir a campo em uma semifinal de Libertadores. O adversário é o São Paulo, e o gringo não aguenta de tanta ansiedade.

– Isso cria uma expectativa, uma ansiedade que não acaba nunca. Mas começa a entrar um frio na barriga de emoção, de alegria. Pessoalmente, achei que nunca mais teria a chance. Estou em um grupo, concentrado, e isso já me traz felicidade. Vamos jogar uma guerra, com alegria, e deixar tudo dentro de campo – afirmou o camisa 5.

O Inter recebe o São Paulo às 21h50m. O segundo jogo é na semana que vem, no Morumbi. Um dos brasileiros pegará Universidad de Chile ou Chivas, do México, na final.

julho 27, 2010 Posted by | Internacional | | Deixe um comentário

Roth não confirma time e coloca dúvida entre Renan e Abbondanzieri

Wilson Matias e Giuliano disputam vaga de Tinga no meio para o primeiro jogo das semifinais da Libertadores

Está indefinido o time do Inter para o jogo contra o São Paulo, nesta quarta-feira, no Beira-Rio. A tendência ainda é de que Giuliano seja o substituto de Tinga, lesionado, mas o nome de Wilson Matias ganha força. Depois de formar uma lista de concentrados com 19 jogadores, o técnico Celso Roth resolveu convocar também Glaydson, mais um volante. A explicação pode estar na decisão de colocar Matias como titular e precisar de um jogador da função para o banco.

Mas são apenas possibilidades. O treino desta terça-feira foi realizado com portões fechados. Questionado sobre a dúvida entre Giuliano e Matias, Roth chegou a citar um terceiro nome, Andrezinho, mas apenas para despistar.

– Ou o André… Acho que temos boas alternativas. Com Wilson, temos poder de marcação maior e a bola aérea, que não deixa de ser importante. Com Giuliano, é a movimentação e a qualidade técnica. São situações impotantes que encaminhamos no treino. O mais importante é fazer a melhor escolha. Treinamos, e temos opções para ver qual delas vai surtir o efeito esperado – disse o treinador.

Celso Roth ainda deixou mais uma dúvida no ar, entre Pato Abbondanzieri e Renan. Mas é provável que o argentino seja o goleiro titular.

– Tenho dito, dentro dessa situação, que a tendência é a sequência de jogos. E continuo dizendo que a tendência é essa, mas sempre tem a situação técnica – comentou ele.

O Inter deve receber o São Paulo, às 21h50m, com o seguinte time: Abbondanzieri, Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Sandro, Guiñazu, Giuliano, D’Alessandro e Taison; Alecsandro.

julho 27, 2010 Posted by | Internacional | | Deixe um comentário

Flamengo monta operação e acerta a contratação de Gilberto Silva

Além de Kleberson, clube vai ceder percentual de Camacho e Jorbison ao Panathinaikos. Em troca, acerta com Cleyton e quita dívida por David

O Flamengo acertou a contratação de Gilberto Silva, pentacampeão mundial em 2002 pela Seleção Brasileira, que disputou também as Copas de 2006 e 2010. Nesta segunda-feira, os dirigentes rubro-negros finalizaram a operação que não envolve apenas a troca do volante por outro penta mundial, o meia Kleberson. O acordo com o Panathinaikos também prevê a aquisição do apoiador Cleyton, a quitação da dívida por David e a liberação de um percentual de Camacho e Jorbison.

Na verdade, o Flamengo montou uma complexa operação com o clube grego em que nenhuma quantia deve ser discutida. A primeira parte é a simples troca envolvendo Kleberson por Gilberto Silva. Este último deve assinar por dois anos com o Rubro-Negro. O volante de 33 anos já aceitou as bases salariais e deve conceder entrevista coletiva nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, onde ainda passa férias com a família. Ainda não foi divulgado quando ele será apresentado na Gávea.

Além da contratação de Gilberto Silva, também existe outra operação em questão. Consiste justamente em uma troca mais complexa, que envolve quatro nomes: Cleyton, David, Camacho e Jorbison. Como o Flamengo ainda deve cerca de R$ 800 mil pela aquisição dos 60% dos direitos econômicos do zagueiro, esse assunto acabou sendo incluído no acordo. A dívida deve ser zerada com o repasse, por parte da diretoria rubro-negra, de um percentual entre 20% e 50% dos direitos de Camacho e Jorbison. Os dois, inicialmente, ainda continuariam na Gávea.

Por fim, esta última operação também inclui a contratação de Cleyton, de 27 anos. O apoiador jogou toda a sua carreira no futebol grego e, por isso, é pouco conhecido no Brasil. Fora dos planos do Panathinaikos, ele chega sem custos, com contrato de um ano e com o Flamengo adquirindo 50% dos seus direitos.

– O Flamengo não vai gastar um centavo – disse Michel Levy, vice de finanças, ao GLOBOESPORTE.COM.

A primeira conseqüência desse acordo entre Flamengo e Panathinaikos pode ser a regularização de David na CBF. A diretoria rubro-negra acredita que, com o desfecho positivo de toda a operação, o zagueiro já possa ser regularizado ainda esta semana e esteja disponível para o clássico contra o Vasco, domingo, no Maracanã.

julho 27, 2010 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

Flamengo deve acertar com Leandro Amaral

Runco dá aval, e Zico deverá dar chance a atacante de 32 anos

Faltava a liberação do departamento médico, que deve dar o sinal verde. Diante disso, Zico confirmou que o Flamengo deverá dar uma oportunidade ao veterano atacante Leandro Amaral, de 32 anos. Com sérios problemas no setor desde as saídas de Adriano e Vagner Love, o Flamengo continua em busca de um homem-gol.

– Agora vamos acertar. Está tudo indo muito bem e ele ainda vai fazer dois coletivos esta semana no CFZ, mas o percentual de um acerto é alto. Já existia essa tendência e faltava o Runco nos dar essa segurança. É um acordo importante para a autoestima do jogador e estamos dando essa oportunidade. Ainda é cedo para falar de detalhes – disse Zico.

A tendência é que o contrato com Leandro Amaral seja de risco. Submetido a uma artroscopia no joelho direito em 2009, cuja previsão inicial dos médicos era de retorno em cerca de um mês, o atacante tenta voltar ao futebol. Mas por conta de uma infecção causada por um fungo (Candida Albicans), o tratamento durou seis meses (sendo dez dias de internação e seis semanas com um cateter para receber fortes antibióticos).

O caso do atacante sensibilizou Zico, que resolveu ajudá-lo. Por isso, o dirigente autorizou que uma equipe com profissionais rubro-negros passasse a acompanhar os treinos de Leandro Amaral no CFZ. Até o momento, as informações que chegaram ao diretor executivo foram boas.

julho 27, 2010 Posted by | Flamengo | , | Deixe um comentário

Cuca lamenta ausência de Fábio na Seleção Brasileira de Mano Menezes

Técnico do Cruzeiro considera o goleiro celeste o melhor do Brasil

A ausência do goleiro Fábio na lista de convocados do técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, fez o técnico do Cruzeiro lamentar. Para Cuca, o camisa 1 da Raposa merecia uma chance.

– Talvez o Mano não tenha tido tempo hábil para avaliar certas situações. O Fábio hoje é o melhor goleiro que está jogando no Brasil. Eu já o achava o melhor antes de vir para cá. Mas não me cabe discutir isso. Apenas lamentar que o Fábio não tenha ido. É um jogador que tem uma condição ímpar de integrar a Seleção Brasileira – afirmou Cuca.

Sobre o restante da lista, Cuca gostou dos nomes.

– Eu avalio a convocação com uma certa naturalidade. Foi coerente pelo clamor que se fazia em cima de uma renovação.

Fábio é a segurança no gol do Cruzeiro. Até agora, no Brasileirão, em 11 partidas, o time mineiro levou 11 gols, média de um por jogo.

julho 27, 2010 Posted by | Cruzeiro | | Deixe um comentário

Palmeiras x Corinthians: ingressos à venda no Parque S. Jorge partir desta quarta

Clássico, válido pela 12ª rodada do Brasileirão, será neste domingo

Os ingressos para Palmeiras x Corinthians, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, começarão a ser vendidos nesta quarta-feira, a partir das 13h, nas bilheterias do Parque São Jorge.  Após a quarta-feira, o horário de vendas será das 10h às 18h. O eterno clássico paulista terá início às 16 horas, no Pacaembu, e será válido pela 12ª rodada da competição nacional.

A partir de quinta, outros quatro postos estarão à disposição dos torcedores palmeirenses e corintianos, que terão entradas diferenciadas. No palco do espetáculo, os bilhetes serão comercializados somente no dia do embate, das 9h às 12h.

Confira os preços dos ingressos por setor:

Para torcida do Palmeiras

Arquibancadas Verde e Amarela – R$ 40,00 (R$ 20,00 meia-entrada)
Arquibancada Laranja (setor especial) – R$ 40,00 (R$ 20,00 meia-entrada)
Cadeira Laranja – R$ 80,00 (R$ 40,00 meia-entrada)
Cadeira Descoberta – R$ 100,00 (R$ 50,00 meia-entrada)
Cadeira Coberta Azul – R$ 150,00 (R$ 75,00 meia-entrada)

Para a torcida do Corinthians

Tobogã – R$ 40,00 (R$ 20,00 meia-entrada)
Arquibancada Visitante Lilás – R$ 40,00 (R$ 20,00 meia-entrada)

Postos credenciados

Roxos e Doentes West Plaza – Avenida Antártica, 380 – 2º Piso – Bloco A – Água Branca (das 10h às 17h)
Roxos e Doentes Shopping Light – Rua Coronel Xavier de Toledo, 23 – Lojas 26/27 – Centro (das 10h às 17h)
Roxos e Doentes Ibirapuera – Av. Miruna, 10 – Indianópolis (das 10h às 17h)
R.A. Sport Center, Shopping Santana – Av. Voluntários da Pátria, 2.182 – Loja 14 – Santana
(das 10h às 17h)

obs. Neste postos, serão vendidos ingressos para todos os setores, menos cadeiras cobertas e descobertas. As vendas acontecem de quinta a sábado.

julho 27, 2010 Posted by | Corinthians, Palmeiras | , | Deixe um comentário

Em alta no Timão, Jucilei quase foi para o Cruzeiro por pedido de Adilson

Antes de ser contratado pelo Corinthians, jogador chegou a negociar com a Raposa, mas acordo esbarrou nos valores pedidos por seu antigo clube

Único jogador do Corinthians convocado por Mano Menezes para a Seleção Brasileira, Jucilei, por muito pouco, não foi parar em outro clube. Por coincidência, o destino do “Monstro” poderia ter sido o Cruzeiro, na época dirigido por Adilson Batista, atual treinador do Timão. Em sua apresentação oficial, o comandante elogiou e falou do desejo de contratar o volante no passado.

– Já tinham me indicado o Jucilei. Eu o indiquei para o Cruzeiro, só que os valores não foram acertados. Não foi possível. Mas sabia do potencial do atleta. Fiquei feliz pela convocação. Nós vamos trabalhar para que outros também consigam alcançar esse objetivo – contou.

Jucilei chegou ao Corinthians pouco antes do início do Campeonato Brasileiro do ano passado. Na ocasião, o Flamengo também já havia demonstrado interesse nele pelo bom desempenho no Paranaense. Como o jogador estava no Corinthians-PR, filial da equipe paulista, o negócio acabou fechado com o presidente Andrés Sanches.

O volante, aliás, foi a estrela desta terça-feira ao lado de Adilson Batista. O jogador recebeu os cumprimentos dos companheiros e concedeu entrevista coletiva por conta da convocação. Nela, elogiou o novo comandante.

– O Adilson fez um excelente trabalho no Cruzeiro. É um ótimo treinador. Acho que ele vai nos ajudar muito no Corinthians – completou.

julho 27, 2010 Posted by | Corinthians | , | Deixe um comentário

Maicosuel está regularizado e pode reestrear contra o Vitória

Segundo Dudu Fontes, preparador físico, meia está em boas condições

O meia Maicosuel pode, enfim, reestrear pelo Botafogo no próximo fim de semana, contra o Vitória. O Mago teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nesta terça-feira e está regularizado para jogar pelo Alvinegro. Joel Santana irá testar o jogador nos treinos da equipe nesta semana. A tendência é que o meia atue no lugar de Somália, que está suspenso. Assim, o time teria maior poder ofensivo.

Treinando com o grupo alvinegro há um mês, o jogador está em boas condições físicas. A única preocupação é com a falta de ritmo que o Mago pode sentir.

– O Maicosuel está liberado para jogar. O problema é que ele ficou muito tempo sem disputar uma partida oficial e deve sentir um pouco isso. Não tem como precisar quanto tempo ele ficará em campo. Depende do ritmo do jogo e de como ele for se sentindo – explicou o preparador físico, Dudu Fontes.

Maicosuel, que se destacou pela equipe no primeiro semestre de 2009, antes de seguir para o futebol alemão, foi apresentado à torcida com festa no jogo contra o Fluminense, no Engenhão. No próximo domingo, o meia deve ser titular contra o Vitória, no Barradão, às 16h (horário de Brasília), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

julho 27, 2010 Posted by | Botafogo | | Deixe um comentário

Venda de ingressos para Atlético-MG e Cruzeiro começa nesta quarta-feira

Torcida do Atlético-MG terá exclusividade na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Nesta quarta-feira, começará a venda antecipada de ingressos para o clássico de domingo, entre Atlético-MG e Cruzeiro. Por um acordo entre os dois clubes, visando maior segurança no estádio, somente os torcedores atleticanos poderão comparecer à Arena do Jacaré. Foram colocados à disposição 13.647 ingressos.

A venda seguirá até o dia do jogo, em Belo Horizonte e em Sete Lagoas. A cadeira comum custará R$ 25, e a especial, R$ 100. Estudantes, crianças e idosos pagarão meia-entrada. O Atlético-MG confirmou que, por causa da redução do valor do ingresso, não haverá transporte especial para Sete Lagoas.

Nesta sexta-feira, a Arena do Jacaré ainda passará por uma nova vistoria. A possibilidade de aumentar a carga de ingressos será analisada. Atlético-MG e Cruzeiro jogarão neste domingo, às 18h30m (de Brasília).

Locais e horários

Quarta-feira (28/7)

Sete Lagoas – 11h às 20h

Belo Horizonte
11h às 20h – Sede de Lourdes
11h às 17h – Labareda e Loja do Galo Barreiro
11h às 17h – Loja do Galo Betim

Quinta-feira (29/7)

Sete Lagoas – 11h às 20h

Belo Horizonte
11h às 20h – Sede de Lourdes
9h às 17h – Labareda e Loja do Galo Barreiro
9h às 17h – Loja do Galo Betim

Sexta-feira (30/7)

Sete Lagoas – 11h às 20h

Belo Horizonte
11h às 20h – Sede de Lourdes
9h às 17h – Labareda e Loja do Galo Barreiro
9h às 17h – Loja do Galo Betim

Sábado (31/7)

Sete Lagoas – 9h às 17h

Belo Horizonte
9h às 17h – Sede de Lourdes e Labareda
9h às 12h – Loja do Galo Barreiro
9h às 12h – Loja do Galo Betim

Domingo (1/8)

Sete Lagoas – 9h às 15h

15h às 19h45m – Bilheteria A da Arena do Jacaré
16h30m às 19h15m – Bilheteria C da Arena do Jacaré
16h30m às 19h45m – Bilheteria B da Arena do Jacaré

Belo Horizonte – 9h às 13h – Sede de Lourdes e Labareda

julho 27, 2010 Posted by | Atlético-MG, Cruzeiro | | Deixe um comentário

Adilson é apresentado e fala em dar sequência ao trabalho de Mano

Calmo, treinador elogia trabalho do antigo comandante e promete não fazer grandes transformações para tentar manter o Timão no caminho do título

O Corinthians está agora sob o comando de Adilson Batista. Zagueiro campeão do mundo pelo clube em 2000, o técnico chega ao Parque São Jorge com a missão de substituir à altura o idolatrado Mano Menezes, manter o Timão na briga pelo quinto título brasileiro e tentar realizar o sonho de conquistar a Taça Libertadores.

Nesta manhã de terça-feira, no Parque São Jorge, o treinador teve o primeiro contato com elenco e imprensa. Bastante calmo, diferente do que normalmente aparenta durante os jogos, o treinador falou do planejamento e da intenção de não fazer grandes mudanças no Timão. A estreia dele será domingo, no clássico contra o arqurrival Palmeiras, às 16h, no Pacaembu.

O retorno
“É uma satisfação voltar ao Corinthians, clube pelo qual tenho respeito. Sei da grandeza, dos objetivos e tenho consciência. Espero ter discernimento e tranquilidade para desenvolver o trabaho. Estou bem consciente e tranquilo para dar sequência ao grande trabalho do Mano. Eu voltei e vi um clube melhor. Fico contente com isso. É bom para a instituição e para os profissionais terem essa tranquilidade, esse espaço ali dentro (de campo) é o reflexo”.

Mano Menezes
“Fiquei contente no domingo com a manifestação da torcida. Sei do carinho dela e dos atletas pelo Mano. Sei também o bom ambiente que eles tinham aqui dentro. Espero conservar isso. Nós respeitamos e entendemos a maneira dele de trabalhar”.

O acordo
“Eu conversei com o Mário (Gobbi Filho, diretor de futebol) desde sábado. Por volta das 14h, recebi uma ligação. Precisava conversar com a comissão e alguns profissionais. Às 22h30m, voltei a ligar para o Mário e concordei. Cheguei na segunda-feira, conversamos, visitamos o CT. Ainda preciso conversar com outros profissionais”.

Ação trabalhista contra o Corinthians
“Não foi possível fazer um acerto porque o Andrés foi para a Seleção. Mas isso (ação) não impediu nada. Vamos conversar, isso vai ser resolvido. Fui contratado em função daquilo que venho fazendo como treinador. Está tranquilo”.

Esquema tático
“O Mano trabalhou uma linha de quatro, com três (no meio) e três (no ataque), ou linha de quatro com dois, um e três. Mas existe suspensão, lesão e o adversário. Eu tenho em mente uma formação. Dentro de um jogo acontecem “N” situações, e você tem que se adaptar. Mas não vai fugir muito do que vocês vinham acompanhando. Eu tenho conhecimento, consciência e observei o time. Enfrentamos várias vezes o Corinthians”.

Cruzeiro
“Eu só tenho a agradecer ao Cruzeiro e à retaguarda que tive. Quero agradecer publicamente a todos os jogadores. Dava gosto de ver jogar futebol. Se estou aqui, é em função do trabalho que fiz lá. Quero agradecer também à torcida pelo carinho. Achei que era o momento de deixar o clube. Cada um tem sua maneira de pensar e trabalhar. Espero dar sequência”.

Trabalho com a base
“Foi o que falei para o Mário e para o Andrés. Dei o exemplo do Cruzeiro. Quando venderam o Fábio Júnior, estava o Muller ao lado. Quando venderam o Evanílson, estava o Valdo ao lado. Essas coisas são importantes. Não dá para lançar cinco ou seis de uma vez. Vi aqui Ewerthon, Gil, Edu, Fernando Baiano e Kleber, mas tinha uma turma mais velha dando esse suporte. É assim que funciona e é assim que pretendo fazer”.

julho 27, 2010 Posted by | Corinthians | | Deixe um comentário

Lanús libera, e Jadson Viera se apresenta ao Vasco até sexta-feira

Zagueiro, de 28 anos, é emprestado pelos argentinos por uma temporada. Chegada de zagueiro peruano à equipe facilita negociação com os cariocas

A diretoria do Vasco vai apresentar de forma oficial o zagueiro Jadson Viera até sexta-feira. O Lanús anunciou a liberação do jogador, que ficará em São Januário por uma temporada. De acordo com o site oficial do clube argentino, o defensor, de 28 anos, vai viajar para o Rio de Janeiro nos próximos dias para assinar com o Gigante da Colina.

A liberação de Viera pelo Lanús ocorreu por conta da chegada do zagueiro peruano John Galliquio. Como só pode inscrever quatro estrangeiros para o Campeonato Argentino, o clube portenho se viu obrigado a liberar o defensor para o Vasco. Como já fez os exames médicos e foi aprovado, o novo reforço chega ao Rio de Janeiro apenas para assinar o acordo com os cariocas.

– Era um pensamento antigo, mas por pertencer a um clube que sempre é difícil de negociação, que é o Lanús, deixamos essa contratação em compasso de espera. Já vínhamos pensando há algum tempo nele – explicou José Mandarino, vice-presidente de futebol do Vasco.

Jadson Viera se destacou no Danubio, do Uruguai, antes de se transferir para o Lanús. Nascido em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, o zagueiro nunca atuou no futebol brasileiro

julho 27, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Felipe revela saudade do Maracanã e avisa: ‘Gosto de grandes jogos’

Apoiador não entra no estádio desde 2005, quando defendeu o Fluminense. Média de público baixa no Qatar incomodava o camisa 6 vascaíno

De volta ao Vasco após oito anos longe da Colina, o apoiador Felipe vai reestrear com a camisa do Gigante da Colina no próximo domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Animado com a possibilidade de retornar ao Gigante da Colina, o camisa 6 admitiu que vai faltar ritmo de jogo, mas chamou a responsabilidade e afirmou que os grandes jogadores gostam de participar dos grandes clássicos.

– É o jogo que todo jogador gosta de jogar, onde todo mundo vai assistir, onde a mídia bota atenção nesse jogo. São nessas partidas que você vê os grandes jogadores. O ritmo de jogo vai faltar, mas a vontade de vencer vai superar isso tudo – afirmou Felipe.

O apoiador afirmou que nunca fugiu dos grandes desafios. Para Felipe, o clássico diante do Flamengo é um bom momento para recomeçar a trajetória na Colina.

– Sempre gostei de jogar grandes jogos. Com um pouco mais de experiência, não é diferente essa atitude que eu tenho. Vou procurar fazer tudo em prol do Vasco – disse o apoiador.

Felipe afirmou que estava sentindo falta de atuar no Maracanã. Longe do estádio desde 2005, quando deixou o Fluminense, o apoiador revelou que nos tempos em que atuou no Qatar precisava conviver com a baixa média de público nos estádios.

– São cinco anos longe do Maracanã, claro que eu senti falta. Só vi o estádio pela televisão. No domingo, eu espero ver o Maracanã lotado com a nossa torcida. Cinco mil pessoas no Qatar em um estádio só se forem os brasileiros. Lá você precisa criar a sua motivação. Jogar de estádio vazio não é bom para ninguém. O estádio cheio me motiva muito – afirmou.

julho 27, 2010 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

No retorno, Ricardo Oliveira celebra nova oportunidade na Libertadores

Atacante não disputou último jogo da final em 2006, contra o Inter, pois o Bétis não o liberou. Agora atleta tem o Colorado pela frente novamente

Exatamente um dia antes do primeiro jogo da semifinal da Libertadores contra o Internacional, que será nesta quarta-feira,às 21h50m, em Porto Alegre, o São Paulo apresentou um importante reforço para a reta final da competição: Ricardo Oliveira, que em 2006 fez parte da campanha do vice-campeonato tricolor no torneio, mas não disputou a segunda partida da final, curiosamente contra o Colorado, por ter o contrato encerrado antes. O atacante retorna ao clube por empréstimo até dezembro, com opção de renovar, e já chega se colocando à disposição do técnico Ricardo Gomes para o duelo desta quarta. Além de prometer ajudar dentro e fora de campo, mesmo sem estar 100% (volta de uma cirurgia no joelho esquerdo), o jogador vive a expectativa de atuar pelo menos alguns minutos nesta partida, já que Gomes admitiu essa possibilidade. Confira os principais trechos da entrevista coletiva do reforço.

Chance de jogar pelo menos 30 minutos nesta quarta

“Se o treinador disse que existe essa chance é porque viu a forma como me comportei durante a semana com os companheiros nos treinos. Evoluí muito no trabalho com bola e em simulações de lances de jogo. Estou à disposição para ajudar o time, jogando ou não. Vou incentivar o grupo, que é muito forte. Não existe dor, existe apenas uma necessidade do lado físico para aprimorar a forma. Fiz coletivo, treinei com bola e estou à disposição.”.

Tristeza por não ter jogado a decisão de 2006 (o Bétis não aceitou prorrogar o contrato)

“Fiquei muito chateado na época porque era a chance de tentar conquistar um título da Libertadores e não me deixaram jogar. Mas não ficou mágoa. Hoje tenho a oportunidade de jogar a semifinal, e logo contra o Internacional, adversário da decisão de 2006. Eu tinha uma grande ilusão de conseguir o título”.

Volta após cirurgia no joelho, assim como em 2006, quando enfrentou o Inter, mas pelo Brasileiro

“Em 2006, a minha volta aos gramados foi exatamente no Sul contra o Internacional. Joguei 15 minutos naquela esperança de poder ir para a Copa do Mundo. Acabei ficando fora. Mas estou super feliz por estar de volta. Agora tenho outra oportunidade de voltar a jogar após cinco meses parado e novamente contra o Inter. Em duas finais de Libertadores eu bati na trave. Ter um vice-campeonato foi importante, mas não marca, porque o que marca é ser campeão. Agora tenho uma terceira chance de, com os meus companheiros e com o apoio da diretoria e da torcida, conseguir esse tão esperado título pelo lado pessoal e para a torcida do São Paulo”.

Capacidade de superar desentrosamento

“A forma que o time joga não tem segredo. Já fiz três treinamentos em situações reais de jogo com o grupo. Mas a forma de jogar do time eu sei perfeitamente, não vai ter problema nenhum se eu precisar entrar em campo”.

julho 27, 2010 Posted by | São Paulo | , | Deixe um comentário

Robinho não tem muito conselho aos novatos da Seleção: ‘É só jogar bola’

Rei das Pedaladas afirma que Ganso, Neymar e André não deverão encontrar dificuldades para se adaptar à camisa amarela

Veterano de Seleção Brasileira, o atacante Robinho, do Santos, vai ser o anfitrião dos outros três santistas convocados pelo novo técnico da equipe canarinho, Mano Menezes, na última segunda-feira. O meia Paulo Henrique Ganso e os atacantes Neymar e André foram chamados pela primeira vez, mas não deverão contar com os conselhos de Robinho. Para o Rei das Pedaladas, ele nem tem o que falar para os companheiros.

– Não tem segredo: é chegar lá e jogar a bola que eles sabem – afirmou o jogador nesta terça-feira, após treino aberto à torcida na Vila Belmiro.

Para Robinho, a convocação do “Quarteto Santástico”, como Ganso definiu, deixa a equipe alvinegra mais confiante para a decisão da Copa do Brasil. O primeiro jogo contra o Vitória será nesta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), na Vila Belmiro. A partida de volta será dia 4 de agosto, no Barradão, em Salvador.

– Time fica mais animado, encorpado. O nosso momento é excelente. Estamos na final de uma competição importante e eu espero que o time vá para cima para conquistar a vitória em casa.

julho 27, 2010 Posted by | Santos | | Deixe um comentário

Belluzzo afirma que mais reforços devem ser contratados pelo Verdão

Atletas jovens e não tão badalados estão na mira do clube alviverde; volante Rivaldo, do Avaí, é um deles

Com um time muito criticado no começo do Brasileirão, o Palmeiras foi às compras para o segundo semestre e se reforçou com as chegadas do técnico Luiz Felipe Scolari, os atacantes Kléber e Tadeu, o volante Tinga e mais recentemente o meia Valdivia. No entanto, engana-se quem pensa que o time do Palestra Itália vai parar por aí. O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo confirmou que mais reforços pedidos por Felipão podem chegar.

– Tem outras coisas que a gente sabe que podem surgir. O Felipão é muito claro com relação às posições e estamos tentando atender o que ele pede. Devem chegar mais dois ou três jogadores – disse o mandatário.

O clube mira um zagueiro, um meia, um atacante e, se possível, um lateral-esquerdo. Para a zaga, Fabrício, do Flamengo, estaria na mira. Já no meio de campo, Belluzzo admitiu que Rivaldo, do Avaí, interessa.

– É um jogador que o Felipão gostou. Estamos tentando contratar com a ajuda da Traffic e eu diria que está mais quente do que frio. Mas vamos ver tudo com calma – disse o presidente.

Independente de quem chegar, o certo é que não terão o perfil de contratação badalada, como alguns reforços recém-chegados, mas sim atletas jovens e não tão conhecidos.

Atletas do XV de Piracicaba estão sendo avaliados
Dois jogadores do XV de Piracicaba se juntaram ao elenco profissional do Verdão nesta terça-feira: o meia-atacante Júlio César e o atacante Bruno Oliveira, ambos de 20 anos. A dupla será avaliada pelo técnico Luiz Felipe Scolari durante os próximos 15 dias.

– O interesse surgiu quando enfrentamos o XV de Piracicaba durante a parada da Copa do Mundo (vitória de 3×1, no estádio Barão de Serra Negra) e também através de análises de outros jogos. Eles ficarão em teste e serão avaliados pela comissão técnica – concluiu Belluzzo.

julho 27, 2010 Posted by | Palmeiras | | Deixe um comentário

General Bolívar vira capitão e quer tirar gosto amargo do Mundial

Campeão da América em 2006, zagueiro não foi ao Japão na vitória sobre o Barcelona. Ele tem nova chance agora

Bolívar, o general dos colorados, agora virou capitão. Com a braçadeira incorporada ao uniforme, o zagueiro comanda o time colorado na luta pelo bi da Libertadores. O primeiro título ele já conquistou. Era titular em 2006. Mas, mesmo assim, o jogador percebe uma lacuna em seu currículo. Negociado com o Monaco, da França, logo depois da competição continental naquele ano, Bolívar não teve a oportunidade de ir ao Japão. Ao contrário de colegas como Índio e Fabiano Eller, ele não é campeão do mundo.

A vida pode dar uma segunda chance a Bolívar. Nesta quarta-feira, ele vai a campo no Beira-Rio para o primeiro jogo das semifinais da Libertadores, contra o São Paulo. É visível a proximidade de nova chance de título mundial para os clubes brasileiros. Do outro lado, o Universidad de Chile duela com o Chivas, do México, que não pode representar a Conmebol na disputa intercontinental. Se os mexicanos forem à final, o adversário deles já estará no Mundial.

É por isso que Bolívar sonha. Ele vê a realização diante de seus olhos.

– Foi uma conquista que sinto muito de não ter participado. São questões da vida, questões profissionais. Era um objetivo jogar na Europa. Fiquei com aquele gostinho de quero mais. Agora, promete muito – disse Bolívar.

Ao dizer que “promete muito”, Bolívar sintetiza a confiança do elenco em novo título. Já ser campeão, garante ele, não diminui a vontade de nova conquista.

– Temos o objetivo do título. São quatro partidas para esse grupo poder novamente entrar na história. Quem não estava aqui em 2006 quer o título agora. Quem teve o prazer de conquistar em 2006, quer repetir. Sabemos que precisamos fazer de tudo, porque tem uma grande equipe do outro lado – comentou Bolívar.

O zagueiro ganhou a braçadeira depois da chegada de Celso Roth. Antes, o capitão era Guiñazu, mais pela identificação com a torcida do que por influência no elenco. Dentro do vestiário, o maior líder sempre foi Bolívar.

julho 27, 2010 Posted by | Internacional | | Deixe um comentário

Ferdinando: ‘Já vencemos lá e temos condições de vencer de novo’

Volante lembra da vitória tricolor no Gre-Nal do Beira-Rio, no Gauchão

O volante Ferdinando está otimista e com esperanças de uma nova vitória do Grêmio sobre o Inter no Beira-Rio, repetindo o feito dos tricolores no primeiro jogo da final do Gauchão deste ano, quando o placar foi de 2 a 0 . Naquela partida, ele começou como titular, mas teve de sair, machucado. Agora, o volante tem uma nova chance para começar um clássico, já que Rochemback ainda é dúvida, com dores musculares na coxa.

– A vitória, ainda mais em um Gre-Nal, é muito importante para nossa arrancada. Temos de trabalhar em cima disso, porque nossa situação não é boa, e a gente apresentou um bom futebol nesse último jogo. A evolução é muito boa. Já vencemos lá e temos condições de vencer de novo – declarou o meia.

No empate por 2 a 2 contra o Cruzeiro, no último domingo, Ferdinando substituiu Rochemback ainda no primeiro tempo. O titular se recupera das dores e mantém as chances de disputar o clássico. Caso não tenha condições, o suplente garante que aguenta jogar os 90 minutos. Na manhã desta terça, no final do treino, ele conversou como fisioterapeuta Henrique Valente, mas avisou que não tem nenhum problema.

– Um Gre-Nal é um jogo bom de jogar. Eu me machuquei em um Gre-Nal e estou voltando em um Gre-Nal. Estou preparado e pronto para ajudar a equipe a conseguir resultados – avisou.

O momento do rival, que está dividido com a disputa das semifinais da Libertadores e pode ir para o clássico com time misto, não é assunto comentado por Ferdinando.

– No momento estamos preocupados conosco, como vamos entrar em campo e como vamos trabalhar para conseguir a vitória – resumiu.

julho 27, 2010 Posted by | Grêmio | | Deixe um comentário

Washington deixa o São Paulo e está acertado para voltar ao Fluminense

Atacante perdeu espaço no clube do Morumbi com a chegada de Ricardo Oliveira e voltará para o clube onde viveu ótima fase em 2008

O atacante Washington não veste mais a camisa do São Paulo. Em negociação ocorrida nesta terça-feira, o atacante acertou a sua saída do Morumbi e vai assinar a rescisão de  contrato ainda nesta tarde. Com isso, nem segue com a delegação para Porto Alegre, onde nesta quarta o time enfrenta o Internacional, pela semifinal da Taça Libertadores da América. Washington está a caminho do Fluminense, clube pelo qual atuou em 2008, antes de se transferir para o São Paulo. Segundo o empresário Gilmar Rinaldi, o negócio deverá ser concluído ainda nesta terça-feira.

O Fluminense acertou verbalmente com o atacante um contrato de seis meses, renovável por mais um ano. A assinatura só será feita depois que o jogador realizar exames médicos, já que tem acompanhamento especial de um cardiologista por causa de um problema no coração. Os exames serão marcados para os próximos dias.

Washington chegou ao Morumbi em janeiro de 2009, visto como um dos principais reforços para a temporada. Vinha do Fluminense, time com o qual havia sido vice-campeão da Libertadores de 2008, inclusive marcando um gol decisivo sobre o São Paulo nas quartas de final.

Depois de uma temporada de altos e baixos, ele renovou com o Tricolor Paulista após se destacar na reta final do Brasileiro. No entanto, em 2010, foi novamente para o banco em algumas ocasiões e lá ficou após a chegada de Fernandão, para a disputa das quartas de final da Libertadores. Agora, com a apresentação de Ricardo Oliveira, o Coração Valente foi em busca de espaço no futebol carioca.

No Fluminense, ele terá a concorrência de dois jogadores de peso com as mesmas características: Fred – que ficará 20 dias parado por causa de um estiramento na panturrilha – e Emerson. Para o ataque, o técnico Muricy Ramalho ainda conta com Rodriguinho e Alan, além do garoto Wellington Silva (de 17 anos).

julho 27, 2010 Posted by | Fluminense, São Paulo | | Deixe um comentário

Troca de Gilberto Silva por Kleberson depende dos clubes, diz empresário

Zico havia afirmado no ‘Bem, Amigos!’ que negócio dependia dos atletas. Outros jogadores podem entrar na transação, já que Fla deve aos gregos

Em entrevista nessa segunda-feira à noite, no programa “Bem Amigos!”, Zico deixou aberta a possibilidade de ser concluída a troca de Kleberson por Gilberto Silva. Afirmou que a transação dependia, basicamente, dos jogadores. O empresário do volante de 33 anos, Denis Ricardo, confirmou o interesse de Gilberto em retornar ao futebol brasileiro e atuar no clube rubro-negro. Mas disse que o negócio, para ser fechado, não depende unicamente do desejo do atleta, que pertence ao Panathinaikos, da Grécia.

– Existe o interesse do Gilberto Silva, que ficou superfeliz. Estava do lado dele quando falou com o Zico, por telefone. O Flamengo é um clube que anima todo mundo. Ele é brasileiro, está há alguns anos fora e gostaria de voltar. Mas não é uma situação simples. Não depende do jogador, mas de um acerto entre os clubes – afirmou Denis.

Kleberson é a principal moeda de troca dessa transação entre Flamengo e Panathinaikos. Mas o clube grego mostrou interesse por outros dois jogadores do elenco rubro-negro, jovens e formados nas divisões de base do clube. Como o Flamengo ainda deve ao clube grego R$ 700 mil por 60% dos direitos do zagueiro David, pode até incluir mais algum jogador na negociação.

Os dirigentes do Panathinaikos, que estavam na Áustria, onde o elenco faz pré-temporada, retornaram a Atenas nesta terça-feira. Na sexta, embarcam para o Canadá. Antes disso, deverão manter negociações com o Flamengo para concluir – ou não – a negociação.

Zico parecia confiante,. mas com os pés no chão, no “Bem, Amigos!”, ao ser perguntado sobre o troca-troca.

– Um caso como esse depende muito dos atletas.  Conversei hoje (segunda-feira) com o Gilberto Silva, mostrou interesse, tem mais um ano de contrato lá… Agora, tem que saber a opinião do Kleberson – afirmou o diretor executivo rubro-negro.

Para o Flamengo, a chegada de Gilberto Silva – que pelas características atua praticamente como um terceiro zagueiro – poderia resolver dois problemas do atual elenco. A falta de um primeiro volante tem sido lamentada na Gávea desde a saída de Aírton para o Benfica; e a contratação de um zagueiro de qualidade também sempre foi comentada. Por isso, a entrada do experiente volante no time é vista como uma maneira de suprir as duas necessidades. Fora que, no futuro, a tendência é que acabe sendo deslocado para a posição.

julho 27, 2010 Posted by | Flamengo | , | Deixe um comentário

Cláudio Caçapa sente joelho direito e não treina na Toca da Raposa II

Zagueiro sentiu a lesão após a partida contra o Grêmio, no último domingo

O Cruzeiro iniciou a preparação para o clássico contra o Atlético-MG, marcado para este domingo, às 18h30m (de Brasília) na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. E como se não bastasse a preocupação com o adversário, o técnico Cuca ainda tem de conviver com uma série de desfalques. Desta vez, o problema é o zagueiro Cláudio Caçapa, que sentiu uma torção no joelho direito contra o Grêmio e está em tratamento na Toca da Raposa II.

Na manhã desta terça-feira, o jogador foi poupado dos treinamentos. Ele também não deverá ir a campo nas atividades previstas para a tarde e somente deverá voltar a trabalhar com bola nesta quarta-feira.

Mesmo com toda a apreensão, o jogador não deverá ser problema para a partida de domingo, já que o atleta ainda tem até o fim da semana para se recuperar. Em caso de veto, Cuca conta com os zagueiros Wellington, que retornou de empréstimo do Botafogo, e Edcarlos, recentemente contratado do Cruz Azul do México.

julho 27, 2010 Posted by | Cruzeiro | | Deixe um comentário

De pedreiro à seleção, Jucilei vive dia de estrela depois da 1ª convocação

Monstro, como foi chamado pelo técnico Mano Menezes no Timão, promete dar a vida para agarrar chance na seleção e não crê que a camisa pesará

Nem Ronaldo ou Roberto Carlos. As atenções estiveram voltadas para Jucilei no treinamento do Corinthians nesta manhã de terça-feira. Surpresa na primeira lista de Mano Menezes na seleção brasileira, o volante viveu uma manhã de galáctico ao comemorar a primeira convocação da carreira, mas sem esquecer os momentos difíceis antes de chegar ao Parque São Jorge. Mais que isso, mostrou personalidade e não acredita que sentirá o peso de vestir a camisa amarela.

Jucilei ou “Monstro”, como foi definido por Mano, foi recepcionado por todos os jogadores assim que pisou no clube. Ronaldo e Roberto Carlos, líderes e ídolos dos próprios atletas do Timão, fizeram questão de cumprimentá-lo.

– Todos brincaram bastante quando cheguei. O elenco me deu um abraço e falou que eu mereço. Fico muito feliz, meu trabalho está sendo reconhecido. É importante receber os parabéns de Ronaldo e Roberto, dois que já disputaram Copas. É muito gratificante – afirmou.

O volante de 22 anos, aliás, viveu fortes emoções nas últimas horas. No momento da convocação, fazia compras em São Paulo e não acreditou quando um amigo lhe avisou por telefone. Pouco depois, pôde comemorar com a família a primeira chance na seleção brasileira, deixando para trás um passado de dificuldades em São Gonçalo, Rio de Janeiro.

Jucilei perdeu a mãe aos 13 anos e praticamente não conviveu com o pai. Assim, acabou criado pelos avós. Ainda criança, trabalhou como servente de pedreiro. O salário de apenas R$ 450 servia para ajudar no sustento dos familiares.

– Tive uma infância difícil. Trabalhava como servente e ganhava R$ 15 por dia. Todo trabalho é digno. Eu não reclamava, levantava a cabeça e tinha um sonho, que está sendo realizado agora. Minha família está muito feliz, todo mundo chorando. Mas é um choro de alegria e não sofrimento. Isso me deixa muito feliz – acrescentou.

No Timão quase por acaso
O destino, aliás, parecia disposto a colaborar com Jucilei. Depois de atuar pelo Ulbra-RS, chegou ao J. Malucelli-PR (atual Corinthians Paranaense). Na ocasião, o auxiliar Sidnei Lobo viajou a Curitiba para observar o meia Pedro Ken, do Coritiba (agora no Cruzeiro), alvo do Timão na época. Entretanto, acabou convencido por um funcionário do Jotinha a vê-lo em ação em outro jogo. Observação feia, DVD em mãos e aprovação de Mano Menezes.

– As coisas foram acontecendo. Eu procuro sempre falar que é coisa de Deus. Eu não entendo. No começo de 2009, estava no J. Malucelli e agora pego seleção. Eu fico sem entender. Mas acredito no meu trabalho – ressaltou.

Apesar da euforia pelo chamado, Jucilei mira agora se firmar na seleção. Mais do que ter a confiança de Mano Menezes, o volante promete empenho total para ser lembrado em outras convocações.

– O Mano confia em mim, sabe do meu potencial. Vou chegar lá e meter a cara. É preciso ter personalidade. Se a camisa do Corinthians não pesou, da seleção também não vai pesar. Se ele me der oportunidade para jogar ou entrar, tenho que agarrar a oportunidade, dar a vida. É seleção e eu estou pronto – completou.

julho 27, 2010 Posted by | Corinthians | , | Deixe um comentário

Botafogo acerta renovação de Loco Abreu até o fim de 2012

Clube alvinegro põe fim às especulações sobre possível saída do atacante

“Mais tarde, vocês vão ter uma surpresa muito boa”, avisou Abreu, durante sua entrevista coletiva desta terça-feira. E a novidade não poderia ser melhor para a torcida alvinegra. O atacante está acertando a renovação de seu contrato até o fim de 2012 (o seu atual vínculo se estende até dezembro de 2011).

Com isso, o clube põe fim às especulações sobre o futuro do jogador. Na manhã desta terça-feira, o Trabzonspor, da Turquia, admitiu interesse no atacante. O clube turco cogitava mandar um representante ao Rio, o que não deve mais acontecer.

Durante a entrevista, Loco deixou claro que não pretendia deixar o Botafogo, mesmo sabendo que estava sendo assediado até por clubes da Europa.

– Tem gente que está ligando para o Botafogo, mas já falei com o Anderson (Barros, gerente de futebol) que quero ficar. Minha intenção é voltar para ajudar o time a brigar pelos primeiros lugares.

Loco Abreu segue um plano de preparação especifico para ele. Nesta semana, o jogador vai treinar todos os dias em dois períodos. Só no fim de semana, o atleta será reavaliado para saber se tem alguma condição de encarar o Vitória, em Salvador.

julho 27, 2010 Posted by | Botafogo | | Deixe um comentário