Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Dirigente do Flamengo é acusado de pedofilia

Está sendo conduzida pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) uma investigação de pedofilia que envolve um funcionário de alto escalão do Flamengo, cujo nome não foi revelado. Uma testemunha disse ter visto o acusado oferecer R$ 100 a um menino de cerca de 10 anos para acariciar o órgão genital da criança. O caso teria ocorrido em um restaurante próximo à Gávea, sede do clube.

“O X é uma pessoa muito influente no clube. Todo mundo sabe, não é de hoje, que ele é pedófilo, só que ninguém nunca teve coragem de denunciar. Para algumas crianças, ele dá dinheiro; para outros, oferece vaga nas escolinhas de futebol e até ingressos para jogos ou permissão para entrar em campo com o time. Eu já falei com todas as pessoas no clube, no dia que vi a cena. Fui à Justiça e confirmo a história a hora que for, na frente de quem for”, disse a testemunha.

O delegado titular da DCAV, Luiz Henrique Marques, informou que um diretor do Rubro-Negro foi intimado a depor na próxima quarta-feira (24).

“Estamos chamando essa suposta testemunha para prestar declarações. A criança ainda não foi identificada, mas estamos trabalhando nisso. É uma denúncia grave, que está sendo tratada em sigilo”, afirmou o delegado.

A presidente do Rubro Negro, Patrícia Amorim, afastou de forma preventiva o alto funcionário do clube acusado de pedofilia, no início da noite de sábado (20). Patrícia tomou essa decisão após se reunir com os membros do departamento jurídico do Flamengo, que avaliaram essa atitude como a mais correta no momento. O funcionário deverá ser afastado até o fim das investigações. Se inocentado, deverá retomar as atividades. Se for considerado culpado, será demitido do clube.

Confira a íntegra da nota oficial divulgada pelo Flamengo

Diante dos fatos veiculados na mídia e da instauração de uma investigação policial com vistas a apurar o suposto envolvimento de dirigente do clube em fatos relacionados à pedofilia, o Clube de Regatas do Flamengo vem tecer os seguintes esclarecimentos:

1 – A pessoa supostamente envolvida não é dirigente, tampouco diretor da entidade, mas seu funcionário;

2 – Se eventualmente sucedeu o fato relatado, o mesmo se deu fora das dependências do clube;

3 – A diretoria do Flamengo tem todo o interesse na apuração cabal dos fatos e já determinou, preventivamente, o afastamento do funcionário, entendendo, entretanto, deva ele ser destinatário de tratamento digno e consentâneo com o Princípio constitucional da presunção de inocência.

4 – Está sendo nomeada comissão composta de pessoas de reputação ilibada para, em conjunto com o Vice-Presidente jurídico do Clube, recomendar a Presidente quanto aos procedimentos a serem adotados. Eis os integrantes da comissão:

Siro Darlan – Desembargador e ex Juiz de menores

Marcelo Antero – Desembargador do Trabalho

José Saba – Juiz do TrabalhoCarlos Eduardo Machado, advogado criminal

Theophilo Miguel – Juiz Federal

julho 10, 2010 - Posted by | Flamengo |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s