Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Copa 2010 | Grupo E | Holanda x Dinamarca – AO VIVO

Clique na imagem e Assista AO VIVO

Robben está fora, mas holandeses contarão com outros nomes importantes

No primeiro duelo entre europeus na Copa do Mundo da África do Sul, todos os olhos se voltarão para ver como irá se apresentar a Holanda, uma das favoritas da competição, contra a Dinamarca, às 8h30 (de Brasília), em Johannesburgo. Para tristeza dos torcedores dos dois países, os principais jogadores de cada equipe estarão fora da partida que abre o Grupo E, que também conta com Camarões e Japão. Robben e Bendtner não se recuperaram a tempo de lesões.

Uma das equipes que apresentou o melhor futebol nos amistosos de preparação para a Copa (chegou a vencer por 6 a 1 a Hungria), a Holanda entra em mais um mundial como uma das seleções que podem aprontar e surpreender. Desta vez, a Laranja Mecânica espera deixar de ser apenas uma promessa e se tornar uma realidade.

Para isso, os holandeses contam com uma geração talentosa e que, para muitos torcedores, é considerada uma das melhores depois da Laranja Mecânica de 74. Van Persie (Arsenal), Sneijder (Inter de Milão), Van der Vaart (Real Madrid) são alguns dos nomes que trazem esperança à Holanda ao lado da principal estrela do time, Robben. Como o atacante do Bayern de Munique ainda se recupera de lesão muscular na perna esquerda e não joga, a responsabilidade ficará dividida entre os outros craques.

– É claro que temos jogadores que podem fazer a diferença, mas não somos dependentes deles. Meu sentimento sobre esse time é muito bom. Estamos muito bem juntos – afirmou o capitão Van Bronckhorst, que completa 100 jogos pela seleção nesta estreia e quer a vitória de presente.

Pelo lado da Dinamarca, os objetivos são menores. A expectativa é conseguir passar para as oitavas de final e repetir boas campanhas de times dinamarqueses que encantaram: a Dinamáquina de 86, a melhor seleção do país, e de 98, que conseguiu o melhor resultado até agora em Copas, um oitavo lugar.

A geração atual não é tão promissora como a de outros anos, mas conta com jogadores que têm jogado em grandes clubes europeus. O problema é que alguns deles sofrem com problemas de lesão. É o caso do principal jogador, Bendtner. O atacante do Arsenal não joga desde maio devido a um problema na virilha e está vetado. O apoiador Jensen, do Werder Bremen (ALE) também está fora. E o artilheiro Tomasson, do Feynoord (HOL), sofreu um problema no joelho direito na sexta e é dúvida.

– Tivemos vários jogadores com problemas de lesão. A Holanda é favorita, tem ótimos jogadores, de nível internacional. Mas estamos pronto para enfrentá-los – disse o técnico dinamarquês Morten Olsen.

FICHA TÉCNICA:
HOLANDA X DINAMARCA

Local: Estádio Soccer City, Johannesburgo (AFS)
Data/hora: 14/6/2010 – 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Stephane Lannoy (Fifa/FRA)
Auxiliares: Eric Dansault (Fifa/FRA) e Ugo Laurent (Fifa/FRA)

HOLANDA: Stekelenburg; Van der Wiel, Mathijsen, Heitinga e Van Bronckhosrt; Van Bommel, De Jong, Sneijder; Kuyt, Van de Vaart e Van Persie. Técnico: Bert Van Marwijk.

DINAMARCA: Sorensen; Kvist, Kjaer, Agger e Jacobsen; Christian Poulsen, Jakob Poulsen, Eriksen, Rommedahl e Gronkjaer; Tomasson (Larsen). Técnico: Morten Olsen.

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , , | Deixe um comentário

Japão encara Camarões com nipo-brasileiro

Seleção da “Terra do Sol Nascente” conta mais uma vez com brasileiro naturalizado para disputar a Copa

O Japão é conhecido internacionalmente por ser fiel às suas tradições. A seleção nipônica aposta mais uma vez em seu ingrediente especial para derrotar Camarões, nesta segunda-feira, em sua estreia na Copa do Mundo, às 11h, em Bloemfontein: a presença de um brasileiro naturalizado japonês. A honra em 2010 será de Marcos Túlio Tanaka.

Jorge Yonashiro foi o primeiro atleta de origem tupiniquim a sentir o gostinho de defender a equipe. Ele representou o Japão durante as eliminatórias para a Copa do Mundo do México, em 1986, pouco antes de se aposentar.

A primeira vez que nipo-brasileiro colocou as mãos na massa em se tratando de Mundiais foi com Wagner Lopes. Depois de passar por um duro processo de naturalização, ele teve a honra de participar da Copa na França, em 1998.

– É um sonho de criança que se realiza. É claro que foi uma situação diferente, já que você sonha em estar lá, ouvindo o hino do Brasil. Mas é uma honra ser aceito para representar um país com mais de mil anos de história – revelou o ex-jogador.

Em 2002, o Japão, sede da Copa do Mundo, decidiu repetir a receita. Alex Santos foi a pitada de Brasil na seleção oriental, que conseguiu chegar às oitavas-de-final naquela edição. Quatro anos depois, no Mundial da Alemanha, sob o comando de Zico, lá estava Alex novamente.

Brasileiros: o ingrediente secreto para a confiança japonesa

Como a história mostra, o Japão gosta de recorrer à especiaria brasileira. A convocação de atletas naturalisados seria então por causa de uma possível falta de sal dos japoneses? Para Wagner Lopes, não é bem isso. que azeda o caldo nipônico.

– Existe uma ingenuidade muito grande. Mas acredito que o principal problema seja a falta de confiança. Os brasileiros trazem a comunicação. Eles têm a vontade de vencer a qualquer custo e uma maneira mais apurada de enxergar o futebol – declarou Lopes.

Para o Mundial na África do Sul, o Japão terá novamente a presença de um brasileiro. Marcos Túlio Tanaka será o chef da cozinha da seleção japonesa, armada pelo técnico Takeshi Okada, adepto da receita da equipe de Dunga: o contra-ataque.

– Será um time aguerrido, que vai jogar fechadinho. O treinador Okada monta times assim, bem compactos atrás, para depois sair rápido. O Marcos é um jogador determinado, aguerrido. será um xerifão e fará uma ótima Copa – opinou Wagner Lopes.

Leão, antes domesticado, está de volta à selva

Já Camarões deposita suas esperanças de uma boa estreia amanhã contra o Japão, e de uma atuação convicente no Mundial, nos pés de Samuel Eto´o. A boa notícia é que ele voltará, na Copa, à posição em que é mais letal: a de centro-avante.

Mesmo sendo artilheiro da equipe nas Eliminatórias Africanas, com nove gols em 11 jogos, o jogador da Internazionale de Milão é visto com desconfiança, justamente por ter atuado na última temporada fora da posição onde reinou por quatro anos no Barcelona (ESP): no centro do ataque catalão. As críticas vieram até mesmo do maior ídolo futebolístico do país: Roger Milla.

– Samuel Eto’o? Por enquanto, ele trouxe um monte de Barcelona e Inter de Milão, mas nunca para a equipe de Camarões … – cutucou o ex-jogador.

A comparação entre os números de Eto’o no Barça, e depois na Inter, comprovam como um dos Leões Indomáveis foi amansado. Em seu último ano na Catalunha, ele marcou 36 gols, em 52 jogos. Na temporada seguinte, já em Milão, Eto’o balançou as redes 16 vezes, em 47 partidas.

Para piorar, o retrospecto contra o Japão não é dos melhores. Nos três encontros entre as seleções, a equipe japonesa levou a melhor duas vezes, e os camaroneses nunca balançaram as redes nipônicas.

FICHA TÉCNICA
JAPÃO X CAMARÕES

Data/hora: 14/06/2010, às 11h, (Horário em Brasília)
Local: Estádio Free State, em Bloemfontein (AFS)
Árbitro: Olegario Benquerenca (POR)
Assistentes: José Cardinal (POR) e Bertino Miranda (POR)

JAPÃO: Narazaki; Uchida, Nakazawa, Tanaka e Abe; Matsui, Nagamoto, Nakamura e Konno; Okazaki e Tamada; Técnico: Takeshi Okada.

CAMARÕES: Hamidou; Song, Assou-Ekotto, Nkoulou e Njitap; Enoh, Ngemo, Emana e Makoun; Webó e Eto’o. Técnico: Paul Le Guen.

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

Robinho e Luis Fabiano brigam pela artilharia da seleção na Era Dunga

Com os dois gols na Tanzânia, Rei das Pedaladas cola no Fabuloso e inicia a Copa do Mundo disputando o posto de maior goleador da seleção

Os jogadores da seleção brasileira têm dado mostras quase que diárias em suas declarações de que não existe individualidade no grupo que vai iniciar a Copa do Mundo, na próxima terça-feira, contra a Coreia do Norte, em Joanesburgo. Porém, dois jogadores chegam à partida de estreia empatados na artilharia do Brasil na Era Dunga: Luis Fabiano e Robinho. Com 19 gols cada um, os dois vão travar uma batalha particular pelo posto de maior goleador da equipe.

Robinho estava a três gols de igualar a marca de Luis Fabiano antes dos dois amistosos de preparação para o Mundial, contra o Zimbábue e a Tanzânia. E o Rei das Pedaladas, que disputou 49 jogos com Dunga, não decepcionou. Nos dois confrontos, ele balançou a rede em três oportunidades. O Fabuloso, porém, passou em branco. Mesmo assim, o camisa 9 da seleção brasileira não desanima.

– Realmente estou passando por um jejum, mas para quem tem fome de gols, isso não vai atrapalhar em nada. Nos dois últimos jogos, o objetivo era outro. Fazer gol é bom para ter uma confiança, mas eu queria ver como eu me sentiria após a minha lesão. Não é a primeira e nem a última vez que eu fico sem fazer gols. Quando o primeiro sair, eu vou fazer vários – disse o Fabuloso, que já participou de 26 jogos sob o comando de Dunga.

Luis Fabiano está há cinco jogos sem marcar um gol pela seleção. A última vez em que balançou a rede foi no dia 5 de setembro de 2009, na vitória da seleção sobre a Argentina, em Rosario, por 3 a 1. Naquela ocasião, ele comemorou em duas oportunidades.

Mas Robinho também viveu a falta de gols na equipe comandada por Dunga. Ele ficou cinco jogos sem marcar em 2009 e só voltou a balançar a rede em 2010, no primeiro amistoso do ano, contra a Irlanda, em Londres. A seleção brasileira venceu por 2 a 0.

A partir do gol contra os irlandeses, o Rei das Pedaladas desandou a balançar a rede dos adversários. Nos dois jogos seguintes, ele marcou três vezes nos amistosos diante do Zimbábue e da Tanzânia. Agora, resta saber se a dupla estará afiada para levar a seleção brasileiro ao hexacampeonato mundial.

OS GOLS DE ROBINHO E LUIS FABIANO NA ERA DUNGA
ROBINHO LUIS FABIANO
JOGO GOLS JOGO GOLS
Brasil 4 x 0 Kuwait 1 Brasil 2 x 1 Uruguai 2
Brasil 3 x 0 Chile 3 Brasil 3 x 2 Canadá 1
Brasil 1 x 0 Equador 1 Brasil 3 x 0 Chile 2
Brasil 6 x 1 Chile 2 Brasil 6 x 2 Portugal 3
Brasil 1 x 0 Irlanda 1 Brasil 3 x 0 Peru 2
Brasil 3 x 2 Canadá 1 Brasil 4 x 0 Uruguai 1
Brasil 3 x 0 Chile 1 Brasil 4 x 3 Egito 1
Brasil 4 x 0 Venezuela 2 Brasil 3 x 0 Itália 2
Brasil 2 x 0 Itália 1 Brasil 3 x 2 EUA 2
Brasil 2 x 1 Paraguai 1 Brasil 1 x 0 Estônia 1
Brasil 3 x 0 EUA 1 Brasil 3 x 1 Argentina 2
Brasil 2 x 0 Irlanda 1
Brasil 3 x 0 Zimbábue 1
Brasil 5 x 1 Tanzânia 2

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Estevam Soares é o novo treinador do Ceará

Clube fecha com novo comandante pouco depois de perder PC Gusmão

A diretoria do Ceará confirmou no início da noite deste domingo (13), antes da partida contra o Treze, a contratação do técnico Estevam Soares. O treinador chega para substituir PC Gusmão, que deixou o clube neste domingo, rumo ao Vasco.

– Conversamos e chegamos a um acordo de forma rápida. Estou acompanhando o Brasileiro, campeonato no qual a equipe vem muito bem e a expectativa é a melhor possível. Sei da responsabilidade e estou pronto para fazer um bom trabalho – disse o treinador, via assessoria de imprensa.

Aos 56 anos, Estevam Soares é natural de Cafelândia (SP) e foi zagueiro quando atuava nas quatro linhas. É técnico desde 1993, quando iniciou a carreira comandando o Primavera-SP. Seu último clube foi o Botafogo, que o demitiu no início do ano para a entrada de Joel Santana.

Ficha técnica:

Nome: Estevam Eduardo Lemos Soares
Data de nascimento: 10/06/1956
Naturalidade: Cafêlândia/SP

Times que treinou:

Primavera de Indaiatuba -SP, Inter de Limeira-SP, ABC-AL, CSA-AL, Guarani, Ponte Preta, Náutico,
Matonense-SP, Olympic Beirut Footbal (Líbano), CRB-AL, Gama, Palmeiras, São Caetano, Coritiba, Grêmio Barueri, Al-Ittihad Saudi Footbal Club (Arábia Saudita), Portuguesa, Guaratinguetá e
Botafogo

Títulos como treinador:

1993- Campeão Paulista da 3. divisão pelo Primavera de Indaiatuba
1997- Campeão Alagoano pelo CSA de Alagoas
1998- Campeão Paulista de Aspirantes pelo Guarani
2000- Campeão Paulista do Interior pela Ponte Preta
2002- Campeão Libanês pelo Olympic de Beirut.

junho 13, 2010 Posted by | Ceará | | Deixe um comentário

Alemanha atropela a Austrália e brasileiro Cacau faz um gol

Brasileiro Cacau entra no segundo tempo e decreta o passeio

A Alemanha venceu, convenceu e provou que está no grupo das favoritas ao título da Copa do Mundo. Neste domingo, os europeus derrotaram a Austrália por 4 a 0, em Durbai, no Moses Mabhida, Durban.

É bom ficar de olho na Alemanha porque entre os gigantes que já desfilaram em gramados sul-africanos, o time de Joachim Löw apresentou o melhor futebol. Antes de apresentar suas melhores armas, no entanto, os alemãs levaram um susto. Garcia aproveitou cabeçada de Neill e chutou em cima de Neur na pequena área.

Recomposta, a Alemanha não demorou para tomar conta do jogo. Aos oito, dois minutos depois de Klose perder ótima chances, Podolski completou jogada pela direita e chutou com força para marcar o primeiro tento da partida.

Assista aos Gols

Confira a tabela

A Austrália não ameaçou reação, portanto, a seleção alemã continuou passeando na defesa adversária. E numa incursão ao ataque, Klose ganhou do goleiro e, de cabeça, ampliou.

Com uma variedade de jogadas e colocando a Austrália na roda, a Alemanha poderia ter feito até seis na primeira etapa. Entre as jogadas, destaque para abertura na direita com Müller e bola na área.

Nada mudou no segundo tempo. Cahill foi expulso e sepultou as poucas chances de reação da Australia. Melhor para Alemanha, que continuou dando show e mostrando seu futebol envolvente. Com o jogo nas mãos, Müller e o brasileiro Cacau ainda marcariam mais dois para completar a festa.


FICHA TÉCNICA:

ALEMANHA 4 X 0 AUSTRÁLIA

Estádio: Moses Mabhida, Durban (AFS)
Data/hora: 13/6/2010 – 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Marco Rodriguez (ARG)
Auxiliares: Camargo Callado (MEX), Morin Mendez (MEX)
Cartão Amarelo: Özil (ALE); Moore, Neil, Valeri (AUS)
Cartão Vermelho: Cahill, 10’/2ºT (AUS)
Gols: Podolski, 8’/1ºT (1-0), Klose, 26’/1ºT (2-0); Müller, 22’/2ºT (3-0); Cacau, 25’/2ºT (4-0)


ALEMANHA: Neuer; Lahm, Mertesacker, A. Friedrich e Badstuber; Khedira, Schweinsteiger, Müller , Özil (Mario Gomez,29’/2ºT) e Podolski (Marin, 36’/2ºT); Klose (Cacau, 23’/2ºT). Técnico: Joachim Löw

AUSTRÁLIA: Schwarzer; Wilkshire, C. Moore, Neill e Chipperfield; Grella (Holman, Intervalo), Culina, Emerton (Jedinak, 29’/2ºT) e Valeri, Garcia (Rukavistka, 18’/2ºT) e Cahill. Técnico: Pim Verbeek.

Fonte: LanceNet

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Após novela, Felipão acerta com o Palmeiras por dois anos e meio

Treinador retorna ao clube do Palestra Itália para assumir como técnico depois de quase dez anos longe do clube

A novela entre Palmeiras e Luiz Felipe Scolaria acabou, e com final feliz para a torcida alviverde. Depois de quase um mês analisando a proposta do time paulistano, o técnico aceitou o convite da diretoria para voltar a comandar o time, após dez anos longe do Palestra Itália. A informação foi confirmada na tarde deste domingo, por meio de uma nota oficial, divulgada pela assessoria de imprensa de Felipão.

O acerto ocorreu depois que Gilberto Cipullo, vice de futebol do Palmeiras, conversou pessoalmente com o treinador, em Portugal. O dirigente esteve em Lisboa para aparar as últimas arestas do contrato com o técnico e tomar ciência de que Scolari resolveu a questão familiar que o impediu de aceitar o convite antes – a esposa dele queria acompanhar o ingresso do filho na faculdade, na Europa. A assinatura do termo, porém, só deve ser feita no dia 15 de julho, depois que Felipão atuar como comentarista da Copa do Mundo em um canal sul-africano.

– Nós estamos realizando um sonho antigo e trazendo aquele que consideramos um dos maiores comandantes que o clube já teve. O Luiz Felipe Scolari teve uma passagem marcante pelo Palmeiras e conquistou títulos inéditos. Mais do que isso, criou uma identificação e uma relação de amor com todo o clube. É um prazer tê-lo de volta – disse Cipullo ao site oficial do Palmeiras

Assim, Felipão deve acompanhar a partida entre Palmeiras e Santos, marcada para 15 de julho, no Pacaembu, dos camarotes. Scolari retorna ao Brasil depois de sete anos longe do país. O treinador passou cinco anos em Portugal, onde foi vice-campeão da Eurocopa, em 2004, e quarto colocado na Copa da Alemanha, em 2006. Depois, o pentacampeão com a seleção brasileira passou por Chelsea (Inglaterra) e Bunyuodkor (Uzbequistão), onde conquistou a Liga Uzbeque com 27 vitórias e 3 empates. No Palmeiras, Felipão trabalhou de 1997 a 2000 e conquistou a Copa do Brasil 1998, a Copa Mercosul (1998) e a Taça Libertadores (1999).

– É uma alegria enorme retornar para um clube que eu tenho raízes e onde conquistei não apenas títulos, mas o carinho e o respeito de dirigentes, funcionários e torcedores. Nunca escondi minha admiração pelo Palmeiras e estou emocionado por voltar. Sempre deixei muito claro que a prioridade era voltar para o Palmeiras, e a torcida pode ter certeza que vamos ser felizes novamente – comentou o treinador ao site do clube.

Felipão será o terceiro técnico do Palmeiras em seis meses. Em fevereiro passado, Muricy Ramalho foi demitido do comando da equipe, após os resultados ruins no Brasileiro de 2009 e no Campeonato Paulista. Antônio Carlos Zago, contratado para substituir o tricampeão brasileiro, durou somente três meses à frente do time. Com Scolari, a diretoria espera encerrar o período de demissões de treinadores.

junho 13, 2010 Posted by | Palmeiras | , | Deixe um comentário

PC Gusmão fecha com o Vasco

Goleiro reserva do time nos anos 80, técnico dirige o clube pela segunda vez na carreira

O Vasco não perdeu tempo e, um dia após o pedido de demissão de Celso Roth, fechou com um novo técnico. PC Gusmão  foi anunciado oficialmente no início da tarde deste domingo, depois de resolver sua situação com o Ceará. O time  nordestino exigia pagamento de multa pela rescisão do contrato.

A pressa do Vasco em encontrar um novo comandante se deve à preparação do time. Nesta segunda, a equipe viaja para Mangaratiba, onde fará uma intertemporada de treinos.

PC é o quarto técnico do Vasco no ano. Vagner Mancini assumiu em janeiro, mas foi demitido após resultados ruins no Campeonato Carioca. Em seu lugar, assumiu Gaúcho, que também teve vida curta e foi substituído por Celso Roth, que pediu demissão neste sábado para acertar com o Inter.

Esta será a segunda passagem de PC pelo Vasco como técnico. O ex-goleiro, reserva do clube no fim dos anos 80, teve a primeira chance como comandante na Colina quando treinou a equipe interinamente em 2001. No Rio, o técnico também teve passagens por Flamengo e Fluminense. Fora da cidade, PC Gusmão foi campeão mineiro pelo Cruzeiro, em 2004 e 2006.

No Campeonato Brasileiro, PC fazia campanha irretocável no Vovô, ocupando a vice-liderança da competição, com 17 pontos conquistados.

junho 13, 2010 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Copa 2010 | Grupo D | Alemanha x Austália – AO VIVO

Clique na imagem e Assista AO VIVO

Manter a história impulsiona a Alemanha, sempre forte, sempre perigosa, sempre ameaçadora. Reescrever a história empolga a Austrália, essa zebra em forma de canguru, esse time que parece disposto a crescer, que parece apto a repetir a façanha de 2006, interrompida por um erro de arbitragem. Chegou a hora. Às 15h30m (horário de Brasília), alemães e australianos começam a definir seu futuro na Copa do Mundo de 2010. O jogo é em Durban, no estádio Moses Mabhida, perto

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Gana vence Sérvia e garante primeira vitória africana na Copa do Mundo

Gyan, de pênalti, faz o gol em Pretória na abertura do grupo D do torneio

O jogo era de estreia, mas já tinha a dramaticidade de um ‘confronto direto’ por vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Com a sempre favorita Alemanha na mesma chave, Gana e Sérvia sabiam que a vitória neste domingo seria de fundamental importância para dar um passo rumo à próxima fase na África do Sul. E quem levou a melhor foi a seleção africana, que venceu por 1 a 0 no estádio Loftus Versfeld, em Pretória. Gyan, cobrando pênalti aos 38 minutos do segundo tempo, marcou o gol na partida de abertura do grupo D.

Os ganeses eram maioria no estádio e viviam a expectativa da primeira vitória africana no Mundial, que até então nunca havia sido disputado no continente. Os torcedores de Gana viram a equipe ser mais criativa ao longo do jogo, mas só explodiram de alegria quando o confronto já se encaminhava para o fim.

Após o apito final, uma cena emocionante. Os jogadores ganeses deram uma volta no estádio com a bandeira do país. O atleta mais festejado foi o goleiro Kingson, que completava 32 anos. De presente, levou um banho de água ainda em campo.

O jogo era de estreia, mas já tinha a dramaticidade de um ‘confronto direto’ por vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. Com a sempre favorita Alemanha na mesma chave, Gana e Sérvia sabiam que a vitória neste domingo seria de fundamental importância para dar um passo rumo à próxima fase na África do Sul. E quem levou a melhor foi a seleção africana, que venceu por 1 a 0 no estádio Loftus Versfeld, em Pretória. Gyan, cobrando pênalti aos 38 minutos do segundo tempo, marcou o gol na partida de abertura do grupo D.

Os ganeses eram maioria no estádio e viviam a expectativa da primeira vitória africana no Mundial, que até então nunca havia sido disputado no continente. Os torcedores de Gana viram a equipe ser mais criativa ao longo do jogo, mas só explodiram de alegria quando o confronto já se encaminhava para o fim.

Após o apito final, uma cena emocionante. Os jogadores ganeses deram uma volta no estádio com a bandeira do país. O atleta mais festejado foi o goleiro Kingson, que completava 32 anos. De presente, levou um banho de água ainda em campo.

Pela primeira vez na história, a seleção europeia disputou uma partida de Mundial como nação totalmente independente. Antes, jogou nove edições aliada à extinta Iugoslávia e uma ao lado de Montenegro, em 2006.

O duelo marcou ainda um encontro inusitado. O treinador Milovan Rajevac, que dirige Gana desde 2008, é sérvio de nascimento e teve de encarar seu país de origem.

Outro fato curioso aconteceu fora das quatro linhas. O placar eletrônico do estádio mostrou um cartaz levado por brasileiros com a frase, escrita em inglês: ‘Sérvia, o Brasil que saber onde está Petkovic’. O meia, que defende o Flamengo, está com 37 anos e viveu grande fase em 2009, mas não foi convocado pelo técnico Radomir Antic.

A Sérvia volta a campo na próxima sexta-feira para encarar a Alemanha, às 8h30m (de Brasília), em Porto Elizabeth. No dia seguinte, às 11h, Gana enfrenta a Austrália em Rustemburgo.

Primeiro tempo equilibrado

O jogo começou animado. A Sérvia finalizou pela primeira vez logo aos 12 segundos, quando Pantelic viu o goleiro Kingson adiantado e arriscou de longe, para fora. A resposta de Gana veio em seguida, com Annan também chutando pela linha de fundo.

Aos três minutos, Gyan cobrou falta com perigo e o goleiro Stojkovic só acompanhou a bola passar por cima da meta. Melhor em campo, apesar os passes errados, o time africano voltou a incomodar aos 14. Asamoah bateu cruzado, da entrada da área, e Zigic cortou.

Usando como principal arma a jogada aérea, apesar da alta estatura da zaga adversária, Gana ameaçou de novo aos 19. Asamoah alçou na área e Mensah tocou de cabeça para fora. Boatemi, aos 23, também cruzou com perigo e Gyan não abriu o placar por pouco.

A Sérvia melhorou na segunda metade da etapa e voltou a atacar aos 26 minutos. Em uma jogada ensaiada, Pantelic apareceu livre pelo lado direito da área, mas não conseguiu dominar a bola e perdeu boa chance. Aos 28, Kolarov cobrou falta com estilo, à esquerda Kingson. Pantelic, em novo ataque sérvio, também errou o alvo, acertando o lado de fora da rede aos 31.

Principal jogador sérvio, Stankovic só apareceu aos 38 minutos. Ele arriscou de fora da área e Kingson, todo enrolado, fez a defesa em dois tempos e deu um susto nos africanos. No último bom lance antes do intervalo, Aywe, filho do ídolo ganês Abedi Pelé, cruzou na área e Tagoe chegou atrasado para finalizar.

Expulsão e gol de pênalti em segundo tempo movimentado

No segundo tempo, o primeiro ataque perigoso foi da Sérvia. Após jogada ensaiada aos quatro minutos, Jovanovic ficou com a bola pelo lado na área, mas chutou de forma bisonha. Novamente apostando em lances aéreos, Gana levou perigo aos oito, quando Ayew apareceu atrás de Vidic e tocou de cabeça para fora.

Mais solto em campo, Ayew avançou pela intermediária e chutou à esquerda do gol de Stojkovic, aos 11. Três minutos depois, Gyan levou a melhor pelo alto e tocou de cabeça, mas a bola acertou a trave. O gol de Gana estava amadurecendo.

A situação da Sérvia se complicou aos 29, quando Likovic foi expulso após acumular o segundo cartão amarelo na partida. Subotic entrou no lugar de Jovanovic para recompor a zaga europeia e segurar a pressão africana.

Entretanto, a equipe sérvia criou boas oportunidades na sequência. Krasic recebeu na área e bateu com estilo aos 33, obrigando Kingson a fazer uma linda defesa. Aos 36, Ivanovic desceu em velocidade e chutou por cima do gol.

Aos 37 minutos, aconteceu o lance crucial. Após cruamento na área, Kuzmanovic colou a mão na bola e o árbitro argentino Hector Baldassi não teve dúvida: pênalti para Gana. Gyan cobrou com categoria, deslocou Stojkovic e abriu o placar do jogo aos 38.

Com um a menos, a Sérvia não teve forças para reagir. Nos minutos finais, Gyan ainda acertou a trave, mas estava impedido. Aí restou a Gana segurar o resultado e garantir a festa dos africanos em Pretória.


SéRvia x Gana
Stojkovic, Ivanovic, Vidic, Lukovic e Kolarov; Milijas (Kuzmanovic), Stankovic, Krasic e Jovanovic (Subotic); Pantelic e Zigic (Lazovic). Kingson, Pantsil, Vorsah, Sarpei e Mensah; Annan, Boatenge (Addy) e Ayew; Tagoe, Gyan (Abeye) e Asamoah (Appiah).
Técnico: Radomir Antic Técnico: Milovan Rajevac
Gol: Gyan, aos 38 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Zigic, Lukovic, Kuzmanovic (SER); Vorsah, Tagoe (GAN). Cartão vermelho: Lukovic (SER)
Estádio: Loftus Versfeld Stadium, em Pretória. Data: 13/06/2010. Árbitro: Hector Baldassi (ARG). Assistentes: Ricardo Casas (ARG) e Hernan Maidana (ARG)

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

URGENTE – Adílson Batista é o novo técnico do Flamengo

De acordo com informações do jornalista Jorge Nunes, da Rádio Tupi, O técnico Adílson Batista chega amanhã ao Rio, para assinar com o Flamengo.

Adílson Batista será o 3° técnico do Flamengo na temporada.

Fonte: FUTWEB.net (transcrição Rádio Tupi)

junho 13, 2010 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

URGENTE – PC Gusmão é o novo técnico do Vasco

De acordo com informações do jornalista André Marques pelo twitter, PC Gusmão é o novo técnico do Vasco.


Fonte: CRVG NOTICIAS

junho 13, 2010 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Copa 2010 | Grupo D | Sérvia x Gana – AO VIVO

Clique na imagem e Assista AO VIVO

Em uma chave com a sempre favorita Alemanha, Sérvia e Gana estreiam na Copa do Mundo, neste domingo, às 11h (16h na África do Sul), no Loftus Versfeld Stadium, em Pretória, fazendo, teoricamente, um duelo direto na briga pela segunda vaga do Grupo D. Apesar do rótulo de azarões, os times chegam ao Mundial com bom rendimentos nas últimas competições.

O duelo será histórico para os europeus. A Sérvia disputará a Copa pela primeira vez sem a presença de jogadores de outros países. Foram nove edições aliada à extinta Iugoslávia e uma ao lado de Montenegro. Mesmo com tantos rompimentos, a equipe se classificou para o torneio ao mandar a atual vice-campeã França para a repescagem.

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Com novo frango, Eslovênia bate Argélia

Com novo frango, Eslovênia bate Argélia (Reuters)

Ao que tudo indica, a participação de Argélia e Eslovênia nesta Copa do Mundo, deve durar apenas três jogos. Em uma partida muito ruim, os eslovenos venceram os argelinos por 1 a 0, mas não convenceram e devem ser presa fácil para ingleses e norte-americanos.

Com a vitória, os eslovenos chegam aos três pontos e a liderança do Grupo C. De quebra, a Eslovênia ainda vence seu primeiro jogo na história dos Mundiais. Sua única participação havia sido em 2002, quando os eslovenos perderam todos os jogos.

PRIMEIRO TEMPO DE BAIXO NÍVEL:

Na primeira etapa as duas seleções mostraram porque são consideradas zebras neste Mundial. Com poucas chances de gol, a partida em Polokwane não empolgou os torcedores presentes, que não deixavam de tocar suas vuvuzelas durante os 45 minutos iniciais.

O jogo iniciou-se com a Argélia mantendo maior posse de bola. Porém a qualidade técnica dos eslovenos, nitidamente mostra-se superior ao argelinos, que erravam muitos passes. A Eslovênia aproveitou os erros da passes dos rivais para avançar com a bola dominada e levar perigo ao gol de Chaouchi.

Apesar de tentar chegar ao ataque, as duas seleções não ofereceram perigo e encerraram o primeiro tempo sem balançar as redes.

ARGELINO DOMINA BOLA COM A MÃO É EXPULSO E GOLEIRO FALHA

Sabendo da necessidade da vitória, as duas seleções voltaram para a segunda etapa mais ligadas em campo, mas com seguidos erros de passes e pouca inspiração. Aos 14, a primeira chance da partida. Kirm recebeu na direita e bateu forte, mas Chaouchi fez boa defesa.

Aos 27, Ghezzal que estava em campo há apenas 15 minutos, matou a bola com a mão e recebeu o segundo cartão amarelo e acabou sendo expulso. Sete minutos depois, a Eslovênia marcou. Koren dominou na entrada da área e bateu cruzado. O goleiro Cahouchi acabou aceitando. Um frangaço!

Na sequência, a Eslovênia tentou chegar ao segundo gol, mas não obteve sucesso. Os eslovenos começam a sonhar, mas se apresentar o mesmo futebol contra Estados Unidos e Inglaterra, a missão não será fácil.

Estádio: Peter Mokaba, Polokwane (AFS)
Data/hora: 13/6/2010 – 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Batres (GUA)
Auxiliares: Leonel Leal (CRC) e Carlos Pastrana (HON)
Cartões amarelos: Ghezzal (ARG); Radosavljevic, Komac (ESL)
Cartões vermelhos: Ghezzal, 27’/2ºT (ARG)
GOLS: Koren, 34’/2ºT (0-1);

ARGÉLIA: Chaouchi; Yahia, Halliche e Bougherra; Belhadj, Yebda, Lacen, Kadir (Guedioura, 35’/2ºT) e Ziani; Djebbour (Ghezzal, 12’/2ºT) e Matmour (Saifi, 34’/2ºT). Técnico: Rabah Saadane

ESLOVÊNIA: Samir Handanovic; Brecko, Suler, Bostjan Cesar e Jokic; Radosavljevic (Komac, 41’/2ºT), Koren, Kirm e Birsa (Pecnik, 38’/2ºT); Dedic (Lujbijankic, 7’/2ºT) e Novakovic. Técnico: Matjaz Kek

Fonte: LanceNet

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

Copa 2010 | Grupo C | Argélia x Eslovênia – AO VIVO

Equipes se enfrentam pelo Grupo C na manhã deste domingo, em Polokwane

Clique na imagem e Assista AO VIVO

junho 13, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário