Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Santo André vence Atlético-PR e se aproxima do G4

A equipe do ABC consegue segunda vitória seguida no Brasileirão

LANCEPRESS!

O Santo André derrotou o Atlético-PR por 1 a 0 nesta quarta-feira, no estádio Bruno José Daniel, no ABC paulista. A equipe da casa foi melhor durante a partida e o gol foi marcado pelo zagueiro Vinícius Orlando no começo do segundo tempo.

O Ramalhão, que até então só havia vencido uma partida dentro de casa, chegou aos 17 pontos e está cada vez mais perto do G4. Foi a primeira vez no campeonato que a equipe conseguiu duas vitórias consecutivas. Já o Furacão continua apenas um ponto acima da zona de rebaixamento.

O frio que fazia na cidade de Santo André contagiou os jogadores. A partida começou sem emoções, com as duas equipes errando muitos passes. O primeiro lance de perigo só foi acontecer aos 21 minutos de jogo. E quem chegou foi o Furacão. Wésley fez boa jogada esquerda e bateu, o goleiro Neneca caiu para fazer a defesa. Na sequência, a resposta do Santo André veio com Marcelinho Carioca. Ele bateu falta que passou próxima ao ângulo direito de Vinícius.

Aos 31, A zaga do Santo André saiu jogando errado, a bola chegou a Wésley que se livrou do zagueiro Vinícius Orlando e chutou para boa defesa de Neneca. Dois minutos depois foi a vez de Rafael Moura desperdiçar uma cabeçada. O time da casa chegou três vezes com Antônio Flávio, mas o atacante não foi feliz nas finalizações.

Aos 43, aconteceu a melhor chance da primeira etapa, e foi para o time da casa. Marcelinho inverteu o jogo para Antônio Flávio, o atacante tocou para Élvis que carimbou a trave.

O Santo André começou o segundo tempo a todo vapor. Com menos de 1 minuto, a equipe do ABC teve três chances claras de abrir o placar. Uma com Élvis e duas com Nunes, mas o goleiro Vinícius e o zagueiro Rafael Santos evitaram. Aos 5, não teve jeito. Marcelinho cobrou escanteio e o zagueiro Vinícius Orlando usou a cabeça para marcar.

Os visitantes tiveram grande oportunidade com Chico, mas o volante, sozinho, cabeceou para fora. Mas o Ramalhão não se assustou, nem se encolheu após o gol. Tanto que aos 36, Marcelinho bateu falta, Vinícius não segurou e a zaga afastou em cima da linha.

No fim do jogo o Santo André administrou o resultado e o Furacão não conseguiu pressionar.

No sábado, o Santo André enfrenta o Palmeiras fora de casa, às 18h30. O próximo compromisso do Atlético-PR é o clássico contra o Coritiba, domingo, às 16h, na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA:
SANTO ANDRÉ 1 X  0 ATLÉTICO-PR

Estádio: Bruno José Daniel, Santo André (SP)
Data/hora: 15/07/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Célio Amorim (SC)
Auxiliares: Kléber Lúcio Gil (SC) e Lilian da Silva Fernandes (RJ)
Renda/público:
Cartões amarelos: Wésley, Nei (CAP)
GOLS: Vinícius Orlando, 5’/2ºT (1-0)

SANTO ANDRÉ: Neneca; Cicinho, Vinicius Orlando, Marcel e Gustavo Nery; Fernando, Ricardo Conceição, Elvis (Dionisio, 31’/2ºT) e Marcelinho Carioca; Antônio Flávio (Rodrigo Fabbri, 42’/2ºT) e Nunes. Técnico: Sérgio Guedes

ATLÉTICO-PR: Vinícius, Nei, Rafael Santos, Rhodolfo e Márcio Azevedo; Chico, Valencia, Paulo Baier (Patrick, 18’/2ºT) e Marcinho; Wésley (Alex Sandro, 35’/2ºT) e Rafael Moura (Eduardo, 41’/2ºT). Técnico: Waldemar Lemos.

julho 15, 2009 Posted by | Atlético-PR, Santo André | , , , , | Deixe um comentário

Coritiba vence o Grêmio de virada no Couto Pereira

Equipe alviverde aproveita vantagem numérica no segundo tempo para evitar nova derrota

Marcelinho Paraíba marcou um golaço na vitória em cima do Grêmio (Crédito: Felipe Gabriel)

Marcelinho Paraíba marcou um golaço na vitória em cima do Grêmio

LANCEPRESS!

O Grêmio foi do sonho ao pesadelo na derrota por 2 a 1 para o Coritiba, nesta quarta-feira, no Couto Pereira. Depois de sair na frente no placar, viu o empate sair nos acréscimos do primeiro tempo e perdeu Thiego no início da segunda etapa. Com um a menos, não evitou a virada, que saiu dos pés de Ariel.

Mesmo com time titular e atuando em casa, o Coritiba não conseguiu se impor no primeiro tempo. Deixando muitos espaços para o Grêmio criar as jogadas, já que não apertava na marcação, o time alviverde viu Jonas abrir o placar com apenas nove minutos. O atacante driblou o zagueiro e soltou uma bomba. O goleiro Vanderlei não conseguiu evitar o gol.

A equipe do técnico René Simões errou muitos passes no ataque e no meio-de-campo e apresentava problemas de posicionamento e na cobertura. Mesmo assim, Marcelinho Paraíba, o mais lúcido em campo, consegiu um lance perigoso pela direita. Livrou-se de três marcadores antes de, sem ângulo, arriscar o chute para ótima defesa de Victor.

Abusando dos contra-ataques, já que tinha liberdade para isso, o Grêmio seguiu arriscando, mas não chegou ao segundo gol, que estava muito próximo, pois optou pela individualidade ao invés de jogar coletivamente.

O Coritiba só conseguiu se compactar na metade do primeiro tempo. Continuava errando muitos passes e precisou contar com o talento de seu melhor jogador para empatar. Marcelinho Paraíba, de perna esquerda, arriscou da entrada da área e acertou um lindo chute no canto direito do goleiro Victor. Uma pintura antes do intervalo.

A torcida do Grêmio, que já gritava “olé” já no primeiro tempo, começou a segunda etapa preocupada. Isso porque Thiego foi expulso aos dois minutos ao dar um pontapé em Douglas Silva na bandeirinha de escanteio do lado direito do ataque do Grêmio. Jogada incompreensível e na cara do assistente.

E os motivos de preocupação para os gremistas só aumentaram, pois o Coritiba marcou seu segundo gol. Pela direita, Marcos Aurélio tocou para o meio e achou Ariel. O argentino, de primeira, colocou a bola no canto esquerdo de Victor para a virada alviverde.

Autuori percebeu que sua equipe começaria a dar muito espaço para a chegada do Coxa e tirou Alex Mineiro. O atacante saiu vaiado para a entrada de Makelelê. Apesar de ter uma peça a menos, o Grêmio conseguiu empurrar o Coxa para seu campo defensivo. Mas Autuori errou ao trocar Jonas por Perea, quando precisava de um homem de criação para mudar a partida.

Sem conseguir manter a bola no ataque, o Coritiba criou poucas oportunidades para ampliar a vantagem. Os erros de passe do primeiro tempo continuaram e a equipe alviverde não ameaçou muito o goleiro Victor. Para evitar nova derrota, o time da casa prendeu a bola na defesa.

Carlinhos Paraíba até teve ótima chace de ampliar para o Coritiba. Mas o chute de muito longe parou nas mãos de Victor, que fez excelente defesa. Sem mudanças no placar, foram os torcedores do Coxa que terminaram gritando “olé” no estádio paranaense.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA 2 X 1 GRÊMIO

Local: Couto Pereira, Curitiba (PR)
Data/Hora: 15/07/09 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Assistentes: Ricardo de Almeida (RJ) e Claudio José de Oliveira Soares (RJ)
Cartões amarelos: Leandro Donizete, Carlinhos Paraíba, Rodrigo Pontes (CTB); Léo, Maylson, Fábio Santos, Victor (GRE)
Cartões vermelhos: Thiego (GRE)
GOLS: Jonas (9’/1T), Marcelinho Paraíba (46’/1T), Ariel (10’/2T)

CORITIBA: Vanderlei, Rodrigo Heffner (Rodrigo Pontes, 39’/2T), Cleiton, Démerson e Douglas Silva; Leandro Donizete, Pedro Ken, Carlinhos Paraíba, Marcelinho Paraíba; Marcos Aurélio (Bruno Batata, 24’/2T) e Ariel. Técnico: René Simões.

GRÊMIO: Victor, Thiego, Leo, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Maylson (Joílson, 23’/2T) e Tcheco; Jonas (Perea, 28’/2T) e Alex Mineiro (Makelelê, 10’/2T). Técnico: Paulo Autuori.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Coritiba, Grêmio | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Santos e Barueri empatam em jogo dramático

Peixe empata aos 44 minutos com gol de Neymar e respira.

Bruno Arraes

O Santos renasceu na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. Pelo menos, na partida contra o Barueri. Depois de estar perdendo por 3 a 1, o time mostrou brio e conseguiu um empate, que se não resolve os problemas da equipe, alivia, um pouco, a pressão. O gol da igualdade aconteceu aos 44 minutos do segundo tempo, marcado por Neymar, depois de muitos protestos dos torcedores. Após o jogo, o jovem atacante provocou, comendo pipocas atiradas pela torcida.

Na última segunda-feira, após a goleada sofrida para o Vitória por 6 a 2 no último domingo, a diretoria do Santos demitiu o técnico Vágner Mancini. Ainda sem contratar um novo treinador, o Presidente Marcelo Teixeira apostou no interino Serginho Chulapa para dar um ânimo para a combalida equipe do Peixe.

O Peixe começou bem, tentando pressionar a equipe do Barueri. Porém, aos 12 minutos, o lateral direito Wágner Diniz falhou feio e a bola sobrou para Val Baiano. O camisa 9 do Barueri, que já teve passagem apagada pelo Santos, não desperdiçou e abriu o placar para o Abelha na Vila.

Após o primeiro gol, o Barueri passou a administrar a pequena vantagem e explorar o lado direito da zaga santista. E foi por esta faixa do campo que o Barueri chegou ao segundo gol. O lateral Márcio Careca, do Abelha, e Wagner Diniz tentou antecipar. Porém, o lateral errou o bote e a bola sobrou para Fernandinho livre. O atacante levou a bola, entrou na área e chutou forte, sem chances para o goleiro Douglas.

Aos 26 minutos, o Santos ensaiou uma reação no jogo. O baixinho Madson cobrou falta na entrada da área, sofrida por Rodrigo Souto, e com um belo chute acertou o ângulo do goleiro Renê, que nada pôde fazer. E em seguida, aos 28 minutos, o atacante Roni desperdiçou a chance de empatar o jogo, chutando fraco, nas mãos de Renê.

A esperada reação, porém, não veio, e aos 29 minutos veio o balde de água fria. Fernandinho novamente ganhou de Wágner Diniz e ao chegar na linha de fundo, cruzou. O centroavante Val Baiano se antecipou à Fabão e escorou, marcando o terceiro gol do Barueri.

Aos 30 minutos, ao perceber que o Abelha passeava pelo lado direito de seu time, Serginho Chulapa tirou Wágner Diniz de campo e colocou, o antes criticado, Luizinho.

Durante o intervalo, a torcida santista fez alguns protestos, arremessando no campo novamente ovos e pipocas.

O Santos voltou melhor para o segundo tempo porém nem com a entrada de Róbson e Neymar aos 12 e 18, respectivamente, fizeram com que o Peixe acertasse o gol do Barueri. Rodrigo Souto e Róbson acertaram a trave uma vez cada.

Aos 34 minutos apareceu a melhor chance de gol para o Peixe. O árbitro Guilherme Cereta marcou jogo perigoso a fvor do Santos, dentro da área do Barueri. Na cobrança, Madson chutou e o goleiro Renê rebateu. A bola sobrou para Robson que sozinho, cabeceou para o gol e descontou o placar.

Quando o jogo parecia perdido para o Santos o substituto de Wagner Diniz, Luizinho, cruzou da direita na cabeça de Neymar. O Jovem atacante acertou o canto direito do goleiro Renê e empatou para o Santos de forma dramática. Um empate com gosto de vitória para o Peixe.


Na próxima rodada o Santos terá o clássico contra o São Paulo, no Morumbi. Enquanto o Barueri recebe o Náutico na Arena Barueri.


FICHA TÉCNICA:

SANTOS 3 X 3 BARUERI

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 15/07/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Cereta de Lima (SP)
Auxiliares: Nilson de Souza Monção (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Renda/público: R$ 50.535,00 / 3.524 pagantes
Cartões amarelos: Fabão, Léo, Luizinho, Fabão, Domingos, Rodrigo Souto(SAN); Ralf, Xandão, Leandro Castán, Éder, Márcio careca(BAR)
Cartões vermelhos: Ralf, 01’/2ºT (BAR)
GOLS: Val Baiano, 13’/1ºT (0-1);Fernandinho, 17’/1ºT (0-2); Madson, 26’/1ºT (1-2);
Val Baiano, 29’/2ºT (1-3); Róbson, 36’/2ºT (2-3); Neymar, 44’/2ºT (3-3)

SANTOS: Douglas, Wagner Diniz (Luzinho, 30’/1ºT), Domingos, Fabão(Neymar, 16’/2ºT) e Léo
; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson e Paulo Henrique; Roni (Robson, 12’/2ºT)e Kléber Pereira. Técnico: Serginho Chulapa.

BARUERI: Renê, Xandão, André Luiz e Leandro Castán; Marcos Pimentel(Éder, Intervalo), Ralf, Éverton (Sicrano, 12’/1ºT), Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho e Val Baiano (João Vítor, 12’/2ºT). Técnico: Beltrano.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Grêmio Prudente, Santos | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Goiás perde no Serra Dourada para o Avaí

Resultado embola de vez a zona de rebaixamento

Mesmo jogando no Serra Dourada, o Goiás não conseguiu passar pelo Avaí (Crédito: Carlos Costa)

Mesmo jogando no Serra Dourada, o Goiás não conseguiu passar pelo Avaí

LANCEPRESS!

Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro 2009, o Avaí venceu o Goiás por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio Serra Dourada. Com o resultado o Avaí chegou aos 10 pontos ganhos e embolou a zona de reabaixamento. Já o Goiás continua com 14 pontos e no meio da tabela.

PRIMEIRO TEMPO
O Esmeraldino começou tomando a iniciativa e logo no início teve um gol anulado com o jovem meio Felipe Menezes. A segunda oportunidade da partida também foi do Goiás. Dessa vez com o lateral-direito Douglas, que levou para a perna esquerda e bateu de fora da área pela linha de fundo.

O Avaí não conseguia levar perigo ao gol de Harlei e o Verdão teve mais um gol anulado, agora com o volante, Ramalho, que empurrou para a rede em posição irregular. O Alviverde tinha mais posse de bola mas era pouco objetivo, e quase levou o gol em duas oportunidades. Na primeira, Muriqui, foi lançado e ficou na cara de Harlei, mas o goleiro saiu bem nos pés do atacante.

Na segunda, o mesmo Muriqui bateu colocado para uma linda defesa do goleiro goiano. Já no fim do primeiro tempo, o Avaí se animou e começou a se lançar mais a frente. O Goiás tentava sair rápido nos contra-ataques, e quase chega ao gol com o artilheiro Felipe. O atacante dominou na área mas demorou para bater e o goleiro Eduardo Martini manteve o 0 a 0 no placar.

SEGUNDO TEMPO
Assim como no fim da primeira etapa, o Avaí começou partindo para cima do Goiás e abriu o placar logo aos três minutos de jogo com Muriqui. O atacante foi lançado e tocou para o fundo da rede na saída do goleiro Harlei. Pouco tempo após o gol, o Avaí quase marca o segundo em cabeçada de William, que Harlei defendeu.

O Esmeraldino tentava o empate com o atacante Felipe e com o ala-esquerdo Julio Cesar, mas parava no goleiro Eduardo Martini. Irritado com o desempenho da equipe, o técnico Hélio dos Anjos sacou o volante Amaral e o lateral Douglas e colocou mais dois atacantes: Anderson Gomes e Jael.

Mas não adiantou, mesmo com quatro atacantes em campo o Goiás ainda levou o segundo gol. Aos 44 minutos, o atacante Roberto precisou de tentar duas vezes para superar o goleiro Harlei. E ficou nisso. 2 a 0 Avaí.

FICHA TÉCNICA:
GOIÁS 0 X 2 AVAÍ

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO).
Data: 15/07/2009, às 19h30.
Árbitro: Heber Roberto Lobes (PR).
Auxiliares: José Amilton Pontarolo (PR) e José Javel Silveira (RS).
Renda/público: R$ 26.790,00 / 3.609.
Cartões amarelos: Bruno Meneghel (GOI); Valmir Lucas (GOI); Marquinhos (AVA); Anderson Gomes (GOI).
Gols: Muriqui (0-1, 3’/2ºT); Roberto (0-2, 44’/2ºT).

GOIÁS: Harlei; Ernando, Valmir Lucas e Leandro Euzébio; Douglas (Jael, 35’/2ºT), Amaral (Anderson Gomes, 29’/2ºT), Ramalho, Felipe Menezes (Rafinha, 10’/2ºT) e Julio Cesar; Bruno Meneghel e Felipe.
Técnico: Hélio dos Anjos.

AVAÍ: Eduardo Martini, Michel (Luis Ricardo, intervalo), Rafael, Augusto e Eltinho; Ferdinando, Marcos Vinícius, Léo Gago e

Marquinhos; Muriqui (Roberto, 34’/2ºT) e William (Caio, 24’/2ºT).
Técnico: Silas.

julho 15, 2009 Posted by | Avaí, Goiás | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cruzeiro recebe Estudiantes em busca do tri

Mineirão estará lotado para a grande decisão da Libertadores

Primeiro jogo, na Argentina, terminou empatado (Crédito: MARIANNA ESTEVES)

Primeiro jogo, na Argentina, terminou empatado

LANCEPRESS!

Embalado pelo Mineirão lotado, o Cruzeiro entra em campo nesta quarta, às 21h50, diante do Estudiantes, tentando conquistar a América pela terceira vez. A expectativa é de um público de 64.800 torcedores para empurrar a Raposa na decisão contra a equipe argentina. Após o clássico diante do Atlético-MG, o técnico Adilson Batista tem a opção de escalar força quase máxima para a grande final da Copa Libertadores. O treinador teve a volta de jogadores importantes do departamento médico.

Um dos principais trunfos da Raposa para conquistar a Copa Libertadores será o atacante Kléber. O Gladiador foi um dos destaques na campanha até a final e quer realizar o sonho de conquistar a competição continental pela primeira vez. Na estreia pelo Cruzeiro, o atacante marcou dois gols diante Estudiantes e quer repetir o feito na noite desta quarta.

– Tudo começou ali. Agora está aí o Estudiantes de novo, de repente pode terminar tudo com o Estudiantes – afirmou o atacante.

A partida será especial também para o volante Ramires. Vendido ao Benfica, de Portugal, o jogador fará sua última partida com a camisa do Cruzeiro. Apesar do clima de despedida, ele garante que não quer pensar no assunto e focar somente no título da Copa Libertadores.

– Estou mais ansioso pelo jogo, pela final. Claro que fico com o coração apertado pelo fato de ser o último jogo, mas eu acho que tenho que concentrar para fazer um bom jogo junto com os companheiros e buscar o título da Libertadores – afirmou.

Do lado argentino, todas as esperanças ficam voltadas para o meia Verón. O armador se recuperou de uma lesão muscular e melhorou seu condicionamento físico em relação à partida da última semana. O técnico Alejandro Sabella deve repetir a equipe que empatou por 0 a 0 no jogo de ida, em La Plata.

O zagueiro Schiavi quer tirar proveito do oba-oba, segundo ele criado em Minas Gerais, para tentar vencer mais uma Libertadores. O jogador já havia levantado o troféu da competição com o Boca Juniors.

– Contaram que eles chegaram ao Brasil e já se sentiram campeões. Se isso aconteceu, ótimo. Melhor para nós se o Cruzeiro está confiante. Tomara que festejem bastante. O Estudiantes tem bem claro o que fazer e vamos demonstrar que queremos ganhar a Copa – disse.

FICHA TÉCNICA:
CRUZEIRO X ESTUDIANTES (ARG)

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 15/7/2009 – 21h50
Árbitro: Carlos Chandía (CHI)
Auxiliares: Patrício Basualto (CHI) e Francisco Mondría (CHI)

CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Leonardo Silva, Anderson e Gerson Magrão; Marquinhos Paraná, Henrique, Ramires, Wagner; Kléber e Wellington Paulista.
Técnico: Adilson Batista

ESTUDIANTES: Andújar; Christian Cellay, Schiavi, Desábato e Ré; Braña, Pérez, Verón e Benítez; Fernández e Boselli.
Técnico: Alejandro Sabella

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Cruzeiro, Futebol Sulamericano | , , | Deixe um comentário

Coritiba tenta se afastar da degola contra o Grêmio

Time já realizou boas partidas em casa neste brasileirão

LANCEPRESS!

Precisando da vitória para se afastar da zona do rebaixamento, o Coritiba recebe o Grêmio nessa quarta-feira, às 19h30, no Couto Pereira, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, querendo repetir as últimas atuações em casa.

As duas melhores partidas da equipe no Brasileirão até aqui foram justamente as duas últimas diante da sua torcida: 5 a 0 sobre o Flamengo e 2 a 0 sobre o São Paulo.

E se prendendo justamente ao fato de, em casa, a quipe ter feito bons jogos, o zagueiro Cleiton espera que o Coxa se recupere da derrota por 3 a 1 para o Barueri. Porém, ele alertou que nessa competição não se pode ficar focado em resultados que já passaram.

– A gente sai de uma pedreira e pega outra. Tem que esquecer vitória, derrota. Agora é pensar no Grêmio, ver os pontos fortes e fracos deles. Espero que diante do nosso torcedor possamos dar a volta por cima – afirmou o defensor.

Para a partida, o técnico René Simões não poderá contar com o lateral-direito Márcio Gabriel e com o volante Jaílton, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Outra mudança é a saída do zagueiro Felipe, criticado devido às últimas atuações, para a entrada de Démerson.

O Grêmio viajou para Curitiba alegre e confiante. Não era para menos, já que dois dias antes produzira sua melhor atuação no ano ao aplicar 3 a 0 no Corinthians. Mais: com aquela vitória, saltou do décimo para o sexto lugar na tabela do Brasileiro.

— O time encaixou, ganhou sincronia de movimentos. Foi a nossa verdadeira arrancada no campeonato. Vamos brigar pelo título – afirmou o capitão do time, o meia Tcheco, com a autoridade de quem saiu com os prêmios de melhor em campo contra o Timão.

Para enfrentar o Coritiba no Couto Pereira, o Tricolor esperava contar com os três ausentes do domingo – o zagueiro Réver, com dores musculares, e os atacantes argentinos Maxi López, gripado, e Herrera, que cumpriu suspensão. Mas em vez disso terá quatro desfalques. É que, além de Souza estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Réver e Maxi López não se recuperaram e Herrera piorou de uma lesão no joelho direito. Este virou dúvida até para o Gre-Nal do próximo domingo, no Olímpico.

Mesmo assim, o técnico Paulo Autuori mostra confiança. Afinal, foi com três reservas no time – Rafael Marques, Jonas e Alex Mineiro – que o Tricolor jogou aquela enormidade contra o Corinthians.

O substituto de Souza será Maylson, que se destaca na marcação, mas não tem a movimentação e a técnica do titular.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA X GRÊMIO

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data/Hora: 15/07/09 – 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)

Assistentes: Ricardo de Almeida (RJ) e Claudio José de Oliveira Soares (RJ)

CORITIBA: Vanderlei, Cleiton, Rodrigo Pontes e Démerson; Rodrigo Heffner, Leandro Donizete, Pedro Ken, Marcelinho Paraíba e Douglas Silva; Marcos Aurélio e Ariel. Técnico: René Simões.

GRÊMIO: Victor: Thiego, Leo, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Maylson e Tcheco; Jonas e Alex Mineiro. Técnico: Paulo Autuori.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Coritiba, Grêmio | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em crise, o Santos encara o Barueri na Vila

Agência / Estado

Sob o comando do auxiliar Chulapa, Peixe tenta aplacar a crise. Já o Barueri quer se aproveitar do mau momento do rival

LANCEPRESS!

O Santos entrará em campo pressionado nesta quarta-feira contra o Barueri, às 21 horas, na Vila Belmiro. A falta de resultados causou protestos da torcida e a recente demissão do treinador Vagner Mancini. O auxiliar Serginho Chulapa é quem comandará a equipe e tentará aplacar a crise na Baixada.

– Não tem necessidade de mudar muita coisa. O momento é horrível. Amanhã é jogo que precisamos dar resposta ao torcedor. Não tenho muito o que mexer, e sim falar. É tomar atitude e colocar o Santos no trilho novamente – afirmou Chulapa.

Embora o técnico interino não confirme a escalação, é sabido que Chulapa gosta de comandar equipes com dois atacantes. No treino desta terça-feira, aliás, ele conversou muito com o atacante Roni, que deve pintar entre os titulares.

O único desfalque do Peixe, além do goleiro Fabio Costa, que segue se recuperando de lesão, é o meia Molina. O colombiano recebeu o terceiro amarelo na partida contra o Vitória, no último domingo, e está fora do duelo.

Por outro lado, o Barueri tenta se aproveitar da má fase do rival. Na quinta colocação, com 17 pontos, o elenco do Barueri sabe que os ânimos santistas não estarão nada tranquilos na Vila Belmiro.

– A primeira coisa que vamos encontrar por lá é clima de guerra, de hostilidade total porque eles precisam da reabilitação – prevê o treinador Estevam Soares, que terá todos os jogadores à disposição.

O atacante Val Baiano, que já jogou pelo Santos, afirma saber o que se passa nos bastidores, e que aí está a chance do Barueri. Segundo o camisa 9, é fundamental segurar o ataque santista no início da partida.

– Já trabalhei lá e sei como é a pressão. Se não sofrermos gol até os 20 ou 30 minutos do primeiro tempo, o torcedor vai começar a jogar do nosso lado, ainda mais depois da semana tumultuada que eles tiveram por lá – aposta Val Baiano.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X BARUERI

Estádio: Vila Belmiro
Data/hora: 15/7/2009 – 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Guilherme Cereta de Lima (SP)
Auxiliares: Nilson de Souza Monção (SP) e Anderson de Moraes José Coelho (SP)

SANTOS: Douglas; Wagner Diniz, Fabão, Domingos, Léo; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Paulo Henrique Lima, Madson; Roni e Kléber Pereira. Técnico: Serginho Chulapa

BARUERI: Renê, Xandão, André Luiz e Leandro Castan; Marcos Pimentel, Ralf, Everton, Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho e Val Baiano. Técnico: Estevam Soares

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Grêmio Prudente, Santos | , , , , , , , | Deixe um comentário

Flamengo e Palmeiras duelam no Rio pela estabilidade

Cariocas não perdem há quatro partidas; Verdão busca se firmar

LANCEPRESS!

Flamengo e Palmeiras fazem nesta quarta-feira, no Maracanã. às 21h50, um confronto de dois clubes que andam bem no Campeonato Brasileiro, mas que ainda precisam confirmar o que realmente almejam na competição. Quem vencer este duelo dará um grande passo para que esta afirmação aconteça.

O Rubro-Negro ainda não ganhou a total confiança de sua torcida e tem como trunfo uma série de três partidas em casa (Palmeiras, Botafogo e Barueri) para embalar de vez no Brasileiro. Além disso, o clube carioca está há quatro jogos sem perder.

Na sétima posição, o time de Cuca terá novamente o desfalque de Aírton, que vem atuando como zagueiro e ainda cumpre suspensão pelo pisão que deu no atacante Ariel, do Coritiba. Toró, recuperando-se de problema na coxa esquerda, também está fora do jogo.

Por outro lado, Cuca terá os retornos de Kleberson e Emerson, que cumpriram suspensão contra o São Paulo. Sentindo dores no joelho direito, o lateral-esquerdo Juan não tem presença garantida no confronto. O apoiador Everton deve ser deslocado para a posição de Juan.

Se o Flamengo pisa no gramado do Maracanã com a intenção de encostar no G4 do Brasileirão, o Palmeiras entra em campo em busca da segunda vitória longe do Palestra Itália para se firmar de vez na briga pela liderança do campeonato. À espera da efetivação do interino Jorginho, o Verdão é o clube da Série A há mais tempo invicto na temporada – 10 jogos (quatro vitórias e seis empates).

Com dois desfalques certos no time titular, Willians e Obina, que receberam o terceiro cartão amarelo diante do Náutico, Jorginho deve promover as entradas de Ortigoza no ataque e de Deyvid Sacconi no meio-de-campo, adiantando Diego Souza para formar a linha de frente com o paraguaio, que renovou contrato por mais três meses com o Alviverde e está apto para a partida.

O volante Souza, que sofreu um entorse no tornozelo direito contra o Timbu, no último sábado, está praticamente descartado pelo técnico para a noite desta quarta-feira. Como Jumar também recebeu terceiro cartão amarelo, Edmílson deve substituí-lo, iniciando, assim, um jogo pela primeira vez desde abril, quando fraturou o cotovelo e passou por intervenção cirúrgica.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO X PALMEIRAS

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 15/7/2009 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuadem (Fifa-RS)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Altemir Hausmann (RS)

FLAMENGO: Bruno, Welinton, Fabrício e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Willians, Kleberson, Zé Roberto e Everton; Emerson e Adriano. Técnico: Cuca.

PALMEIRAS: Marcos, Maurício Ramos, Edmílson e Danilo; Wendel, Pierre, Cleiton Xavier, Deyvid Sacconi e Armero; Diego Souza e Ortigoza. Técnico: Jorginho.

julho 15, 2009 Posted by | Flamengo, Palmeiras | , , , , , , | Deixe um comentário

Inter e Flu duelam tentando espantar crise

Colorado quer esquecer vices recentes e Tricolor tenta fugir da degola

Internacional e Fluminense se enfrentam no Beira-Rio

Internacional e Fluminense se enfrentam no Beira-Rio

LANCEPRESS!

Clássico que, outrora, decidiu uma Copa do Brasil, Internacional x Fluminense, nesta quarta-feira, às 21h50, no Beira-Rio, será caracterizado pela tentativa de fugir da crise. O Colorado vive uma situação inusitada: é vice-líder do Brasileirão mas amarga a impaciência da torcida por dos títulos perdidos recentementes. Já o Tricolor está em um momento pior: amarga a zona de rebaixamento e demitiu o técnico Parreira no início da semana.

No Inter, Tite não sabe mais o que fazer. Seu time tomou três gols da LDU, na final da Recopa, e no último domingo, apesar das modificações feitas na defesa, tomou mais três do Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Dessa vez, para enfrentar o Fluminense, há mudanças forçadas e uma, provável, de fundo técnico. Três titulares – D’Alessandro, Bolívar e Kleber – e um reserva importante – Giuliano – cumprem suspensão. No ataque, Taison pode dar lugar a Alecsandro desde o início.

– Vamos retomar as vitórias em Porto Alegre. É hora de recomeçar – disse Tite.

No Fluminense, o clima ainda é pesado após a demissão do técnico Parreira. Ex-auxiliar do tetracampeão mundial, Vinícius Eutrópio ganhou um voto de confiança da diretoria e será, pelo menos por enquanto, o treinador da equipe.

Ciente de que terá muito trabalho, afinal, o time vem de uma derrota em casa para o Santo André e está na zona de rebaixamento, Eutrópio promoveu alteração na equipe. O recém-contratado lateral-direito Ruy passa a atuar como meia-direita, ao lado de Conca. Fabinho, outrora titular, deverá ficar no banco.

– Não gosto do esquema 3-5-2, prefiro o time jogando no 4-4-2, faz mais o meu estilo. Com o Ruy no meio, o time fica mais articulado. Ele já jogou assim no América-MG. Ele vai ajudar com o que tem de melhor – declarou Vinícius Eutrópio.


APRESENTAÇÃO:

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL X FLUMINENSE

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 15/7/2009 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (PR)

INTERNACIONAL: Lauro; Danilo, Indio, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Glaydson, Guiñazú, Magrão e Andrezinho; Taison (Alecsandro) e Nilmar. Técnico: Tite.

FLUMINENSE: Ricardo Berna, Mariano, Cássio, Luiz Alberto e João Paulo; Wellington Monteiro, Diguinho, Ruy e Conca; Leandro Amaral e Fred. Técnico: Vinicius Eutrópio.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Fluminense, Internacional | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Chicão retorna aos treinos após virose gripal

Depois de desfalcar a equipe na derrota para o Grêmio, zagueiro deve enfrentar o Sport, na quinta

LANCEPRESS!

Desfalque no jogo contra o Grêmio, no último domingo, por conta de uma virose gripal, o camisa 3 retornou aos treinamentos e tem grandes chances de voltar para a equipe na próxima quinta, no duelo contra o Sport, no Pacaembu. A dupla de zaga deve ser formada por Chicão e Diego, se William não tiver condições de jogo.

Nesta terça, os jogadores realizaram trabalhos físicos no mini-ginásio e no Centro de Preparação e Reabilitação Osmar de Oliveira (Ceproo) do Parque São Jorge. Apenas Jorge Henrique, liberado para resolver problemas particulares, e William, que se trata de uma lesão no calcâneo do pé direito em uma clínica particular de São Paulo, não participaram do treino.

Para o jogo contra o Sport, o técnico Mano Menezes não poderá contar com o lateral-direito Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Jean, expulso contra o Grêmio, o volante Elias, suspenso por um jogo pelo STJD por conta da expulsão na final da Copa do Brasil, e os garotos Boquita, Renato e Bruno Bertucci, convocados pela Seleção Brasileira Sub-20 para participar do torneio da Venezuela, dos dias 19 a 28 de julho, que serve como preparação para o Mundial do Egito, que acontece de 24 de setembro a 12 de outubro.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Verón ganha camisa do Atlético-MG

Argentino recebe presente de torcedores na chegada a Belo Horizonte

Reprodução/Olé

O meia Verón ganhou uma camisa do Atlético-MG de presente na chegada do Estudiantes a Belo Horizonte, na noite de segunda-feira. A foto do jogador segurando a camisa do Galo foi publicada pelo jornal argentino ‘Olé’  na edição desta terça-feira. Na quarta, Estudiantes e Cruzeiro se enfrentam às 21h50m na decisão da Libertadores.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 15, 2009 Posted by | Atlético-MG | , , , | Deixe um comentário

Tabela Campeonato Brasileiro Série B 2009

Classificação Atualizada

Posição

Time

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

1


Guarani

Guarani

27

11

8

3

0

16

7

9

2


Portuguesa

Portuguesa

21

11

6

3

2

15

11

4

3


Ponte Preta

Ponte Preta

20

11

6

2

3

19

10

9

4


Atlético-GO

Atlético-GO

20

11

6

2

3

23

16

7

5


Vasco

Vasco

20

11

5

5

1

13

4

9

6


Brasiliense

Brasiliense

19

11

6

1

4

16

10

6

7


América-RN

América-RN

18

11

6

0

5

15

15

0

8


Figueirense

Figueirense

17

11

5

2

4

17

13

4

9


Ceará

Ceará

16

11

4

4

3

14

12

2

10


Bragantino

Bragantino

15

11

4

3

4

15

14

1

11


Ipatinga

Ipatinga

15

11

4

3

4

15

14

1

12


Fortaleza

Fortaleza

14

11

4

2

5

19

19

0

13


Duque De Caxias

Duque De Caxias

14

11

3

5

3

14

12

2

14


Bahia

Bahia

13

11

3

4

4

11

12

-1

15


Vila Nova

Vila Nova

12

11

3

3

5

8

14

-6

16


Juventude

Juventude

11

11

3

2

6

12

17

-5

17


Paraná

Paraná

11

11

3

2

6

10

18

-8

18


São Caetano

São Caetano

9

11

2

3

6

10

13

-3

19


ABC

ABC

7

11

2

1

8

5

22

-17

20


Campinense

Campinense

6

11

2

0

9

11

25

-14

Data Hora Jogos Local Status Serviços
17/07 21:00
Vasco Vasco x ABC ABC
São Januário Aguardando Início Sem Serviços
17/07 21:00
Ceará Ceará x Portuguesa Portuguesa
Castelão Aguardando Início Sem Serviços
17/07 21:00
Figueirense Figueirense x Vila Nova Vila Nova
Orlando Scarpelli Aguardando Início Sem Serviços
17/07 21:00
Ipatinga Ipatinga x Brasiliense Brasiliense
Ipatingão Aguardando Início Sem Serviços
18/07 16:10
Guarani Guarani x Paraná Paraná
Brinco De Ouro Aguardando Início Sem Serviços
18/07 16:10
Bragantino Bragantino x Ponte Preta Ponte Preta
Marcelo Stéfani Aguardando Início Sem Serviços
18/07 16:10
Atlético-GO Atlético-GO x Fortaleza Fortaleza
Serra Dourada Aguardando Início Sem Serviços
18/07 16:10
Campinense Campinense x Bahia Bahia
Amigão Aguardando Início Sem Serviços
18/07 16:10
São Caetano São Caetano x Duque De Caxias Duque De Caxias
Anacleto Campanella Aguardando Início Sem Serviços
18/07 21:00
América-RN América-RN x Juventude Juventude
Machadão Aguardando Início Sem Serviços

julho 15, 2009 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Avaí, Bahia, Ceará, CRB, Criciuma, Figueirense, Fortaleza, Juventude, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, São Caetano, Vasco da Gama, Vila Nova | , | Deixe um comentário