Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Vasco, com um a menos, derrota Vila Nova em Goiás

Equipe carioca vence e pula para a quinta posição na Série B

Fagner comemora o primeiro gol do Vasco no Serra Dourada. Cruzmaltino venceu por 2 a 0 (Crédito: Carlos Costa)

Fagner comemora o primeiro gol do Vasco no Serra Dourada. Cruzmaltino venceu por 2 a 0

LANCEPRESS!

Se vinha faltando sorte ao Vasco nas últimas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro (seis jogos sem vencer), a vitória sobre a Ponte Preta (3 a 0), no ultimo sábado, parece ter afastado o momento ruim da equipe. Nesta terça-feira, a equipe cruzmaltina foi a Goiânia (GO) e, mesmo com um a menos desde o início do primeiro tempo, derrotou o Vila Nova-GO por 2 a 0.

Com o resultado, o Gigante da Colina pulou do oitavo para o quinto lugar na tabela de classificação, com 20 pontos, os mesmos da Ponte Preta (na terceira colocação) e do Atlético-GO (na quarta posição), que o superam nos critérios de desempate. Já o time goiano permanece com 12 pontos, agora em 15° lugar.

O Vila Nova iniciou a partida posicionando-se ofensivamente e logo aos seis minutos ficou com um a mais: o atacante do Vasco Robinho se embolou com o lateral-direito adversário Osmar e, ao trocarem empurrões no chão, o atleta vascaíno recebeu o vermelho. O jogo seguiu duro, com entradas ríspidas especialmente do volante Cocito.

No entanto, mesmo com um a menos, o Cruzmaltino bloqueou o meio-de-campo e pouco foi ameaçado. E, aos poucos, o lateral-direito Fagner se soltou e se tornou a principal peça ofensiva do time. Aos 28 minutos, ele cobrou falta pela esquerda do ataque diretamente para o gol e contou com a falha do goleiro Juninho para abrir o placar.

No segundo tempo, o Vila Nova apostou na entrada de mais um ataque e pressionou um pouco mais. Aos oito minutos, Vanderlei cabeceou na grande área e obrigou o goleiro Fernando Prass a grande defesa. A equipe goiana seguiu pressionando e, ao desperdiçar chance incrível, sofreu o segundo gol.

Aos 22 minutos, Leandrinho cabeceou na pequena área e o Camisa 1 cruzmaltino fez nova grande defesa. No rebote, sozinho, Vanderlei consegiu acertar a cabeçada no travessão. Na sequência do lance, aos 23 minutos, Paulo Sérgio apareceu pela direita e encontrou Elton livre na área, que tocou de cabeça no contrapé de Juninho, definindo o confronto.

Os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira. O Vila Nova vai a Florianópolis (SC) e, às 21h, enfrenta o Figueirense. Já o Vasco, no mesmo horário, recebe em São Januário o ABC-RN.

FICHA TÉCNICA:
VILA NOVA 0 X 2 VASCO

Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data/hora: 14/7/2009 – 21h
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (FIFA-SP)
Auxiliares: Hilton Francisco de Melo (SP) e Everson Luis Luquesi Soares (SP)
Renda/público: R$ 260.315,00 /15.941 pagantes
Cartões amarelos: Thiago Carvalho, Cocito, Otacílio, Leonardo e Pachola (VIL); Titi (VAS)
Cartão vermelho: Robinho, 6’/1ºT (VAS)

GOLS: Fagner, 28’/2°T (0-1); Elton, 23/2°T (0-2)

VILA NOVA: Juninho, Osmar, Thiago Carvalho, Leonardo e Ralph (Dida, 22’/2°T); Cocito (Vanderlei, intervalo), Rafinha, Otacílio e Pachola; Rogério (Leandrinho, 13’/2°T) e Willian. Técnico: Vagner Benazzi.

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Magno, 28’/2°T), Vilson, Titi e Ernani; Amaral, Nilton, Souza (Paulo Sérgio, 19’/2°T) e Alex Teixeira (Enrico, 19’/2°T); Robinho e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

.

julho 14, 2009 Posted by | Vasco da Gama, Vila Nova | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco assina contrato com patrocinador e apresenta uniformes da nova fornecedora

Em noite de Gala em São Januário, com a presença de quase 500 torcedores, clube finalmente firma o acordo com a estatal Eletrobrás

Ampliar Foto Agência/Photocâmera Agência/Photocâmera

O presidente Roberto Dinamite apresenta a nova camisa principal do Vasco, já com o patrocinador

Após a boa vitória sobre a Ponte Preta, no último sábado, quando o time quebrou um jejum de oito partidas sem triunfo, o Vasco viveu nesta terça-feira novamente um dia de festa em São Januário. Em cerimônia que começou às 17h30m, com uma hora de atraso, e terminou quase às 19h, o clube enfim assinou contrato de patrocínio com a Eletrobrás, além de apresentar os novos uniformes, agora sob a responsabilidade da Penalty, já com a marca da empresa estampada nas camisas.

O evento foi conduzido pelos presidentes do clube da Colina, da nova patrocinadora e da fonecedora de material esportivo: Roberto Dinamite, José Muniz Lopes e Roberto Estefano, respectivamente. Em seguida, o meia Carlos Alberto, o goleiro Thiago e o lateral-esquerdo Ramon entraram em campo com as novas camisas, acenaram e chutaram bola para os aproximadamente 500 torcedores que compareceram ao estádio – o zagueiro Fernando chegou mais tarde, “à paisana”, quando os três companheiros já deixavam o gramado. Segundo o clube, não passou de uma coincidênica.

Dinamite afirmou que o clube deu mais um passo rumo a um futuro de glórias e conquistas, ressaltando que o acerto com a empresa estatal faz parte do processo para recolocar o Vasco entre os grandes do futebol nacional.

– Este é um momento ímpar e histórico para o Vasco. A parceria com a Eletrobras tem um lado muito mais importante do que o financeiro. Ela mostra a grandeza do nosso clube. Temos sonhos altos e vamos fazer a nossa parte. Todos queremos ver o clube forte dentro de fora do campo, e eu não quero olhar para trás, apenas para frente. Estamos unidos e vamos conseguir realizar o desejo da torcida e da diretoria, que é levar o Vasco ao lugar de onde ele nunca deveria ter saído.

Contrato de dois anos com foco no futebol cruzmaltino

Para estampar a sua marca na camisa vascaína, a Eletrobrás desembolsará R$ 14 milhões por ano, sendo que deste valor R$ 12,5 milhões será destinados ao futebol, e o restante, a esportes olímpicos e responsabilidade social. O contrato, que tem duração de dois anos e pode ser renovado pelo mesmo período, foi anunciado há 216 dias, mas o clube não podia assiná-lo enquanto não tivesse a certidão negativa de débito com o Governo Federal. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o presidente da República, Lula, ajudaram a agilizar o processo.

Uniforme apresenta mudanças discretas, e estreia será na sexta-feira

A nova camisa tem poucas e sutis mudanças. As estrelas que ficavam acima da Cruz de Malta agora ficam no meio do uniforme, mesma posição da marca do patrocinador, que também aparece nas costas, acima do número. A estreia será já na próxima sexta-feira, contra o ABC, às 21h, em São Januário, pela 12ª rodada da Série B.

julho 14, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , | Deixe um comentário