Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Corinthians conquista o tri da Copa do Brasil

Timão fica no 2 a 2 com o Internacional e garante vaga na Libertadores em 2010, ano do seu centenário

Corintianos comemoram no Beira-Rio (Crédito: Ricardo Rímoli)

Corintianos comemoram no Beira-Rio

O que era para ser um inferno vermelho para o Corinthians, o Gigante da Beira-Rio se tornou um paraíso para o Timão, que empatou em 2 a 2 com Internacional, conquistou o tricampeonato da Copa do Brasil (95-02-09) e garantiu vaga na Copa Libertadores da América de 2010, ano de seu centenário.

Se Porto Alegre foi palco do rebaixamento do Alvinegro de Parque São Jorge em 2007, foi na capital gaúcha que Ronaldo, Elias & Cia começaram a traçar os planos para os cem anos do time paulista. Do lado colorado, fica o sentimento de frustração por ter conseguido até então apenas o título estadual.

Além de conquistar o tri do clube no torneio nacional, Mano Menezes escreveu mais uma linha na História do Timão – levantou a terceira taça consecutiva no comando da equipe de Parque São Jorge. O técnico havia conquistado a Série B do Campeonato Brasileiro em 2008 e o Paulistão de forma invicta no primeiro semestre deste ano.

Já Ronaldo colocou na sua sala de troféus o primeiro de grande repercussão no Brasil. Ou seja, desde que voltou de sua terceira grave contusão na carreira, papou tudo – Paulista e Copa do Brasil.

Como era de se esperar, o Colorado iniciou a partida fazendo pressão a partir de seu campo de ataque. Com forte marcação de ambos os lados, o juiz Ricardo Marques Ribeiro aplicou dois cartões amarelos em menos de cinco minutos – um para André Santos e outro para Índio.

Apesar de belas trocas de passes, os gaúchos não conseguiam furar a barreira corintiana formada por William e Chicão, que não perdem atuando juntos desde a final da Copa do Brasil de 2008. Quando conseguiraram furar o bloqueio, Taison e Nilmar pararam nas mãos de Felipe.

Aos 12 minutos de jogo, D’Alessandro lançou Taison, mas o arqueiro antecipou o lance. A resposta dos comandados de Mano Menezes viria três minutos depois, com gol de Jorge Henrique, mas o assisestente invalidou corretamente a jogada, já que o camisa 23 estava em impedimento quando recebeu passe de Elias.

Porém, o atacante alvinegro fez Lauro buscar a bola no fundo da rede mais uma vez. Aos 19 minutos, André Santos cruzou na cabeça do pequenino Jorge Henrique que, com 1,69 cm de altura, antecipou o zagueiro Danny Morais, que tem 1,88 cm e foi escolhido por Tite para o lugar de Álvaro, titular no embate de ida.

Passados oito minutos, André Santos ampliou a vantagem para cima do Internacional que, por superstição, entrou em campo com o uniforme branco, com qual foi campeão do mundo em 2006. André Santos, Jorge Henrique e Ronaldo fizeram uma triangulação fenomenal, e o lateral-esquerdo saiu livre dentro da área para encher o pé e colocar as mãos corintianas de vez na taça da Copa do Brasil. Antes do intervalo, Nilmar obrigou Felipe a fazer grande defesa depois de belo passe de letra de Taison, que terminou a competição como artilheiro, com sete gols.

Na volta dos vestiários, Tite colocou Alecsandro no lugar de Glaydson, que fora escalado no lugar de Sandro, machucado. De tanto insistir e pelo recuo mais do que natural do Corinthians, o Inter conseguiu marcar duas vezes.

A primeira aos 25 minutos, quando D’Alessandro tentou passe, a bola desviou em Jorge Henrique e sobrou para Alecsandro tocar na saída de Felipe. A segunda aos 29, de cabeça, após cruzamento. Empatada a partida, Cristian caiu no gramado e os atletas colorados foram para cima do corintiano tirar satisfação, o que causou cartão vermelho para D’Alessandro.

Depois da confusão, Andrezinho colocou bola na área, em cobrança de falta, e Magrão desviou para o goleiro alvinegro espalmar para escanteio.

O Timão segurou o empate, sagrou-se tricampeão da Copa do Brasil e mantém 2009 literalmente fenomenal.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 2 X 2 CORINTHIANS

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 1/7/2009 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa – MG)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifca- PR) e Alessandro Matos (Fifa – BA)
Renda e público: R$754.460,00 / 50.286 pagantes
Cartões amarelos: Índio, Bolívar D’Alessandro, Taison, Nilmar (INT); André Santos, Jean, Diego, Elias, Douglas (COR)
Cartões vermelhos: D’Alessandro (30’/2ºT); Elias (37’/2ºT)
Gols:Jorge Henrique, 19’/1ºT (0-1); André Santos, 27’/1ºT (0-2); Alecsandro, 25’/2ºT (1-2); Alecsandro, 29’/2ºT (2-2).

INTERNACIONAL: Lauro; Bolivar (Danilo Silva 42’/2ºT), Índio, Danny Morais, Kléber; Guiñazú, Magrão, Glaydson (Alecsandro/Intervalo), D’Alessandro, Taison (Andrezinho 20’/2ºT) e Nilmar. Técnico: Tite.

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William, André Santos (Diego 33’/2ºT); Elias, Cristian (Boquita 35’/2ºT), Douglas, Jorge Henrique, Dentinho (Jean 38’/2ºT), Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 2, 2009 - Posted by | Corinthians, Internacional | , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s