Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

COMPRE AQUI – Lançamento FLA / OLK

COMPRE AQUI – Lançamento FLA / OLK

julho 1, 2009 Posted by | Flamengo | , , , | Deixe um comentário

Com novo fornecedor, Flamengo apresenta roupas oficiais na Gávea

Adriano puxa a fila dos jogadores na apresentação dos uniformes. Clube receberá R$ 21 milhões por ano

Em tarde de modelo, Adriano, que vestirá a camisa 9, puxou a fila para a apresentação dos novos uniformes do Flamengo, no início da tarde desta quarta-feira, na Gávea. O lançamento celebra o início da parceria de quase seis anos com a Olympikus. A empresa substitui a Nike e pagará R$ 21 milhões – entre material esportivo e dinheiro – por temporada.

Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Jogadores do futebol e do basquete do Flamengo apresentam o novo manto rubro-negro

O uniforme número 1 tem as listas rubro-negras um pouco mais grossas em relação ao atual. Há um detalhe vermelho na gola. Por sua vez, a camisa branca volta às listras horizontais no meio da camisa, semelhante ao modelo que era utilizado na década de 90. O patrocínio frontal da camisa nos primeiros três meses será Olympikus Tube.

– Queria agraceder a Vulcabras (dona da marca Olympikus) por ter essa visão. Estamos inaugurando hoje (quarta) uma nova era. Vamos ter os produtos mais vendidos do país – disse o presidente do clube, Delair Dumbrosck.

Ampliar Foto Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM Eduardo Peixoto/GLOBOESPORTE.COM

Adriano desfila com a nova camisa do Fla

Foram reveladas as novas camisas do time de basquete e dos goleiros. Também foi mostrada uma linha de produtos para os torcedores. Camisas, cachecol, boné. Uma linha casual, totalizando mais de 45 produtos.

Atraso

O acordo com a Olympikus estava fechado desde o fim do primeiro semestre de 2008. Entretanto, uma ação desastrada do departamento de marketing do Flamengo atrasou a oficialização da parceria.

Alegando descumprimento de cláusulas contratuais, o clube rompeu unilateralmente o contrato e passou a usar um uniforme com três interrogações no lugar do fornecedor de material esportivo. Durou pouco. A Justiça determinou que a Nike voltasse a vestir o clube até o fim do contrato, dia 30 de junho de 2009.

julho 1, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inter e Timão decidem vaga na Libertadores

Decisão da Copa do Brasil garante o primeiro brasileiro na competição de 2010

LANCEPRESS!

O Internacional recorre a todas as armas para turbinar seu time em busca do “milagre” diante do Corinthians, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, na finalíssima da Copa do Brasil. Foram treinos secretos, apelos à torcida para lotar o Beira-Rio (o público esperado é de 50 mil) e até a elaboração de um DVD com supostos erros de arbitragem favorecendo o Timão, Mas o verdadeiro reforço é a volta de Nilmar, que defendeu a Seleção Brasileira na Copa das Confederações, na África do Sul.

Com seu veloz e talentoso centroavante, o Colorado se considera capaz de no mínimo devolver a derrota por 2 a 0 no primeiro confronto, no Pacaembu, para levar a decisão para os pênaltis. Ou então vencer por três ou mais gols de diferença para levar a taça diretamente. Com seu camisa 9, o Inter fechou maio com vitória. Sem ele, a equipe atravessou um junho tenebroso, com seis jogos em que perdeu ou empatou (só voltou a vencer no último domingo, um 3 a 0 no Coritiba com três gols de Bolaños, que, contudo, não tem condições legais para a Copa do Brasil).

Além de Nilmar, o técnico Tite poderá contar com outro que serviu à Seleção, o lateral-esquerdo Kleber. E, em relação à equipe do jogo no Pacaembu, com mais dois titulares da maior importância: o armador D’Alessandro e o lateral-direito Bolívar. O argentino cadencia o jogo; Bolívar, zagueiro de origem, dá mais segurança à defesa de um time que está proibido de tomar gol.

Já a opção pelo zagueiro Danny Morais no lugar de Álvaro é técnica. Mais veloz, e superior no jogo pelo alto, Danny, que completou 24 anos nesta segunda-feira, ganhou a posição após a derrota de 4 a 0 para o Flamengo, no Maracanã.

O desfalque é o volante Sandro, com lesão muscular na coxa esquerda – uma perda considerável, pela bola alta defensiva e a saída de jogo com qualidade. Tite já escolheu o substituto, mas dá a entender que ainda não se decidiu por um dos dois candidatos. São eles o volante Glaydson e o meia Andrezinho.

No Corinthians, o grande reforço para a partida também regressa da África do Sul. O lateral-esquerdo André Santos ganhou a posição de Kléber, adversário desta final, durante a Copa das Confederações e retorna ao Brasil com o título e com propostas do futebol Europeu. Porém André só quer pensar na Copa do Brasil por enquanto.

– Agora estou só concentrado na final da Copa do Brasil. Só depois vamos ver se tem proposta ou não. Claro que a Europa faz parte dos meus planos. Mas primeiro preciso ganhar este título para o Corinthians – afirmou o lateral.

O resultado de 2 a 0 na primeira partida, garante uma boa vantagem para a equipe de Mano Menezes no jogo no Beria-Rio e o capitão William garante que seu time aprendeu a lição sobre manter vantagens, com a dura experiência da final da Copa do Brasil de 2008.

– Temos o aprendizado do ano passado. Sabemos que a vantagem de 2 a 0 é melhor do que a de 3 a 1, pelo regulamento, mas não nos dá o título. Em 2008, deixamos a desejar no segundo jogo, por isso fomos derrotados. Temos de jogar de igual para igual com o Inter no Beira-Rio. Dificilmente, uma equipe vence um mata-mata jogando bem só um jogo. Temos de repetir a alta qualidade que tivemos no Pacaembu – afirmou o capitão.

Mano Menezes terá força máxima de seu time à sua disposição. A formação do time que foi campeão paulista invicto estará completa com a volta de André Santos. E nos momentos decisivos, a esperança de brilhar, é mais uma vez de Ronaldo. O Fenômeno foi fator preponderante nas decisões que disputou com a camisa nove alvinegra e promete mais um título para a Fiel torcida.

– Estou bem, preparado, sem nenhum tipo de incômodo, de dor, nada. Acho que vai ser uma grande final, estou bem fisicamente. A gente ainda não conseguiu superar aquele 20% final para chegar à 100%. Mas estou em ótimas condições. Vai ser uma grandíssima final – garantiu o Fenômeno.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL X CORINTHIANS

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 01/07/2009 – 21:50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Auxiliares: Alessandro Alvaro de Matos (FIFA-BA) e Roberto Braatz (FIFA-PR)

INTERNACIONAL: Lauro; Bolívar, Indio, Danny Morais e Kleber; Glaydson (Andrezinho), Magrão, Guiñazú e D’Alessandro; Taison e Nilmar. Técnico: Tite.

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 1, 2009 Posted by | Corinthians, Internacional | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco empata o quinto jogo seguido na Série B

Gigante da Colina para no Bragantino e estaciona na tabela

Vasco fica novamente no empate na Série B. Desta vez, 0 a 0 em casa com o Bragantino (Crédito: Gilvan de Souza)

Vasco fica novamente no empate na Série B. Desta vez, 0 a 0 em casa com o Bragantino

LANCEPRESS!

Vasco e Bragantino, para a equipe carioca, estava cercada de nuances negativas, como o fim do contrato do meia Carlos Alberto, o interesse do Palmeiras no técnico Dorival Júnior e os cinco jogos sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Nada melhor do que uma vitória em uma partida neste contexto para se recuperar na competição, não?

Contudo, pela nona rodada da competição, neste terça-feira, em São Januário, o Gigante da Colina repetiu o filme das últimas rodadas: 0 a 0 com o time paulista. São seis jogos sem vencer na competição – uma derrota e cinco empates, quatro vezes sem gol -, oito na temporada. O Cruzmaltino permenece em sexto, com 14 pontos, enquanto o oponente foi a 11, no 12º lugar.

O primeiro tempo, aliás, começou pessimamente para o Vasco: com um minuto, Ramon deixou o jogo lesionado. No minuto seguinte, Bill recebeu livre na pequena área. Foi quando as coisas pareceram mudar: o atacante do Bragantino conseguiu perder o gol…

… Mas não significou a entrada do Cruzmaltino no confronto. Sem força no meio-de-campo, a equipe chegava esporadicamente em lampejos de Carlos Alberto e Robinho. O time de Bragança Paulista, por sua vez, somente ameaçava quando o adversário errava na saída de bola.

A etapa final começou com o mesmo cenário da inicial: o Vasco no ataque, mas sem força ofensiva para movimentar o placar e o Bragantino torcendo por uma oportunidade nos erros do oponente. Com um minuto, Carlos Alberto isolou por cima do gol na pequena área. No minuto seguinte, Titi na área, que pôs a mão na bola e Carlos Eugênio Simon mandou seguir.

O retrato da falta de objetividade do Gigante da Colina em conseguir encerrar a série de cinco jogos sem vencer ocorreu aos cinco minutos. Léo Lima conduziu a bola pela intermediária, prendeu a jogada e, ao tentar o passe, enrolou-se com a bola e caiu sozinho no gramado.

Porém, com a entrada de Philippe Coutinho justamente no lugar de Léo Lima, a equipe de São Januário ganhou novo ânimo. Robinho reapareceu na partida, mas as três boas finalizações conseguidas pararam nas mãos de Gilvan. Aos 39 minutos, Alan Kardec cabeceou e ele fez grande defesa – a bola ainda parou na trave. No minuto seguinte, Amaral salvou na pequena área.

Vasco e Bragantino só voltam a campo em 11 dias. O primeiro recebe, no dia 11 de julho, às 16h10, em São Januário, a Ponte Preta; já o segundo, no mesmo dia e no mesmo horário, pega, também em casa, o Vila Nova-GO.

FICHA TÉCNICA:
VASCO 0 X 0 BRAGANTINO

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/6/2009 – 21h
Árbitro: Carlos Eugenio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (Fifa-ES) e Jose Javel Silveira (RS)
Renda/público: R$ 82.679,00 / 5.895 presentes
Cartões amarelos: Amaral, Paulo Sérgio e Alan Kardec (VAS); Kadu, Marcelo Godri, Juninho e Diego Macedo (BRA)
Cartão vermelho: Amaral, 42’/2°T (VAS)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Titi e Ramon (Rafael Morisco, 4’/2°T); Amaral, Nilton (Alan Kardec, intervalo), Léo Lima (Philipe Coutinho, 13’/2°T) e Alex Teixeira; Carlos Alberto e Robinho. Técnico: Dorival Júnior.

BRAGANTINO: Gilvan, Carlinhos, Kadu e Marcelo Godri; Tiago Almeida (Sandro Costa, 47’/2/T), Jair, Juninho (Paulinho, 46’/2°T), Rodrigo Costas e Diego Macedo; Leo Jaime e Bill. Técnico: Marcelo Veiga.

julho 1, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , | Deixe um comentário