Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Em jogo de seis gols, Ramalhão e Peixe empatam no ABC paulista

Santos fica três vezes na frente do placar, mas Santo André corre atrás e consegue igualdade

Jogo bastante disputado em Santo André (Crédito: Ivan Storti/LANCEPRESS!)

Jogo bastante disputado em Santo André

Caio Carrieri

Na estreia do terceiro uniforme, todo preto, o Santos foi ao ABC paulista enfrentar o Santo André na noite desta quinta-feira. Pela quinta rodada do Brasileirão, o Peixe esteve em vantagem no placar por três vezes durante a partida, mas o Ramalhão correu atrás do resultado e conseguiu igualar o placar, mesmo com um jogador a menos durante mais da metade do seugndo tempo.

Com o resultado, o Alvinegro praiano mantém a invencibilidade no campeonato nacional.

Nos minutos iniciais, o Ramalhão fez valer o mando de campo e foi para cima do Peixe. Porém, aos sete minutos, Kléber Pereira esfriou a pressão inicial dos comandados de Sérgio Guedes. Rodrigo Souto tocou de canhota entre a zaga adversária, Gustavo Nery não acompanhou a linha de impedimento, e o camisa nove teve calma para fintar o goleiro Neneca e rolar para o fundo da rede.

Depois do baque, o Santo André diminuiu o ritmo e viu o Santos crescer na partida, com Paulo Henrique Ganso na articulação da equipe. Quando parecia que os alvinegros iriam dominar o jogo e tocar a bola, veio o empate. Elvis cruzou na segunda trave, Fábio Costa fez grande defesa após desvio de Marcel, mas, no rebote, Nunes empurrou para dentro do gol com a meta livre.

A partir daí, os mandantes perderam espaço no meio de campo. Com as ausências de Marcelinho Carioca, suspenso por expulsão no último jogo, e Pablo Escobar, que foi convocado para defender a Seleção da Bolívia nas Eliminatórias para a Copa de 2010, o Santo André não conseguia criar jogadas e insistia nos cruzamentos.

Com maior presença no ataque, Madson colocou o Santos em vantagem mais uma vez. Aos 24 minutos, o camisa dez aproveitou bate e rebate dentro da área.

Mais uma vez atrás do marcador, o time do ABC paulista foi para cima de Madson, Kléber Pereira e Cia. Aos 46, Fabiano Eller deu bobeira e Nunes, de cabeça, deixou a sua marca mais uma vez.

A primeira emoção na segunda etapa só aconteceu aos 20 minutos. Neymar, que acabara de entrar, foi derrubado na intermediária. Na cobrança da falta, Fabão soltou a bomba que estufou o barbante de Neneca, que nem teve tempo de pular para tentar fazer a defesa.

Mesmo com um a menos – Nunes expulso por reclamação aos 23 minutos -, o Santo André conseguiu novo empate. Em cobrança de pênalti, Elvis igualou os números do embate pela terceira vez na noite.

Kléber Pereira ainda acertou uma bola na trave nos acréscimos, mas o jogo terminou em 3 a 3.

FICHA TÉCNICA:
SANTO ANDRÉ 3 X 3 SANTOS

Estádio: Bruno José Daniel, Santo André (SP)
Data/hora: 4/6/2009 – 21h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: João Boulgalber Nobre Chaves e Marcelo Carvalho Van Gasse

Cartões amarelos: Cicinho, Ricardo Conceição (Santo André); Luizinho, Léo, Rodrigo Souto e Neymar (Santos)

Cartão vermelho: Nunes

Gols: Kléber Pereira (7’/1ºT), Nunes (14’/ 1ºT), Madson (24’/1ºT), Nunes (46’/1ºT); Fabão (20’/2ºT), Elvis (27’/2ºT)

SANTO ANDRÉ: Neneca, Cicinho, Cesinha, Marcel, Gustavo Nery (Arthur – 36’/1ºT), Fernando, Ricardo Conceição, Elvis (Dionísio – 40’/2ºT), Júnior Dutra (Ricardo Goulart – 13’/2ºT), Antônio Flávio e Nunes. Técnico: Sérgio Guedes.

SANTOS: Fábio Costa, Luizinho (Pará – 38’/2ºT) , Fabão, Fabiano Eller, Léo, Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson, Paulo Henrique (Roni – 38’/2ºT), Molina (Neymar- 17’/2ºT) e Kléber Pereira. Técnico: Vagner Mancini.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Peixe enfrenta o Ramalhão e tenta se manter embalado no Brasileiro

Alvinegro está invicto e tem o melhor ataque da competição. Já time do ABC vem de bom resultado em Minas

Molina continua como titular e deixa Neymar no banco de reservas do Santos

Invicto e dono do melhor ataque do Brasileirão, com 11 gols em quatro jogos, o Santos tenta manter o embalo contra o Santo André, nesta quinta-feira, às 21h (horário de Brasília), no estádio Bruno José Daniel, em Santo André. Mesmo jogando fora de casa, o Peixe confia em seu retrospecto como visitante até o momento: empatou com o Grêmio, no estádio Olímpico (1 a 1), e goleou o Fluminense, no Maracanã (4 a 1).

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real, com vídeos exclusivos. O Premiere, em sistema pay-per-view, transmite a partida ao vivo para todo o Brasil.

Já o Ramalhão tem um início de ano apenas regular. Em quatro jogos, venceu um, empatou dois e perdeu um. No entanto, o último resultado da equipe do ABC pode ser considerado bom. Mesmo atuando com um jogador a menos desde os sete minutos do segundo tempo (Marcelinho Carioca foi expulso), o time paulista empatou em 0 a 0 com o Atlético-MG, no Mineirão. O Santos está em terceiro lugar no Brasileirão, com oito pontos. Já o Santo André ocupa a décima posição, com cinco.

Mais uma vez com problemas

O técnico do Santo André, Sérgio Guedes, tem problemas para escalar a sua equipe. Marcelinho Carioca, expulso contra o Atlético-MG, cumpre suspensão automática. O meia Pablo Escobar, convocado para a seleção boliviana, também não enfrenta o Santos. Com isso, Guedes poderá optar por uma formação com três zagueiros.

Nesse caso, o volante Ricardo Goulart iria para o banco e Dininho entraria na zaga, formando trio com Marcel e Vinícius. Por causa dessas dúvidas, Guedes só confirmará o time momentos antes da partida.

Para dar liga

Pela primeira vez neste Brasileirão, o técnico Vagner Mancini terá a chance de repetir a escalação em dois jogos consecutivos. Sem problemas de lesão e sem suspensões, o treinador mandará a campo os mesmos jogadores que iniciaram o confronto contra o Corinthians, domingo passado, na Vila Belmiro, vencido pelo Peixe por 3 a 1. Neymar segue no banco. Molina é o titular. Apesar do embalo, Mancini sugere cautela com o Ramalhão.

– É um time que manteve a base da Série B, portanto bem entrosado, com um sistema de marcação forte. Não vai ser fácil, mas acredito que temos totais condições de conseguir um bom resultado lá – afirma o treinador alvinegro.

FICHA TÉCNICA:
SANTO ANDRÉ X SANTOS

Estádio: Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Data/hora: 3/6/2009 – 21h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: João Bougalber Nobre Chaves e Marcelo Van Gasse

SANTO ANDRÉ: Neneca; Cicinho, Cesinha (Vinicius), Dininho (Ricardo Goulart), Marcel e Gustavo Nery; Fernando, Ricardo Conceição, Bruno César (Junior Dutra), Antonio Flávio e Nunes. Técnico: Sérgio Guedes

SANTOS: Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Fabiano Eller e Léo; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson, Paulo Henrique e Molina; Kléber Pereira. Técnico: Vagner Mancini

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio recebe o Náutico no Olímpico

Com apenas quatro pontos, Tricolor tenta se recuperar em casa

LANCEPRESS!

Com apenas quatro pontos em doze disputados, o Grêmio encara o jogo contra o Náutico, nesta quinta-feira, no Olímpico, como a melhor oportunidade para deflagrar sua recuperação no Brasileiro.

O Tricolor vem de derrota de 1 a 0 para o Vitória, no Barradão. Antes disso, vencera o Botafogo em casa, por 2 a 0 – na estréia de Paulo Autuori. Entre essas duas partidas, um empate pela Libertadores – 1 a 1 com o Caracas, na Venezuela. As duas últimas atuações foram preocupantes.

A partir delas, os gremistas pediram que Autuori apressasse as mudanças, tanto de esquema tático quanto de jogadores. Mas o comandante pediu paciência.

— Não posso fazer isso numa reta final de Libertadores. Preciso dar segurança aos jogadores, principalmente aos do sistema defensivo, que vem se saindo tão bem – explicou. A única novidade será Marcelo Grohe no gol, no lugar do convocado Victor.

Assim, os zagueiros continuarão a ser três – Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy e Fábio Santos, a atuar como alas e não laterais; o meio, com um volante e dois armadores; e dois atacantes.

Tcheco, ausente domingo devido a desgaste físico, estará de volta ao meio-campo. Com isso, Túlio volta para o banco de reservas.

— O Tcheco é o jogador mais importante do Grêmio. Sem ele, o time custa a andar – disse Souza.

Alex Mineiro iniciou a partida contra o Vitória. Estava mal e foi substituído no intervalo por Jonas, o antigo titular. Mas este foi expulso. Então, Alex Mineiro recebe nova chance ao lado de Maxi López. Fora de casa, seu problema foi falta de movimentação – ele atua centralizado, muito perto do argentino. Mas, dentro do Olímpico, com o time dando sufoco desde o início, isso até pode ser uma vantagem, acredita Tcheco.

Com as linhas de trás se aproximando da dupla de atacantes, termina também o isolamento de Maxi López, do qual, aliás, o argentino reclamou, provocando um atrito com Souza. Autuori chamou os dois e deu mais razão a Souza do que ao argentino – a quem ele pediu que segure mais a bola na frente, esperando a aproximação.

Se o Náutico se fechar demais, o chefe não quer só bola alta sobre a área.

— Quero mais circulação de bola, e paciência na procura de brecha – recomendou.

No Náutico, o técnico Waldemar Lemos deverá manter a estrutura do time que empatou com o Fluminense, mas não terá o zagueiro Asprilla e o volante Derley, que estão suspensos. Para os seus lugares, Negretti deverá entrar na defesa, junto com Vágner e Gladstone, enquanto Júnior Carioca entrará na cabeça-de-área.

Sobre a possibilidade da escalação do atacante Anderson Lessa no time titular, Waldemar Lemos foi taxativo em afirmar que não mudará a dupla Kuki e Gilmar. Anderson Lessa vem se tornando importante ao time, foi autor de dois gols na vitória sobre o Atlético-PR por 3 a 2 e ainda sofreu um pênalti contra o Fluminense.

– Não posso ficar mudando sempre a escalação do time, a não ser, quando for de extrema necessidade. O ataque anda bem e no caso de Lessa, ele é a arma secreta para o segundo tempo – afirmou Waldemar Lemos.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO X NÁUTICO

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)

Data/hora: 04.06.09 – 21h (de Brasília)

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Cláudio Jose de Oliveira Soares (RJ)


GRÊMIO:Marcelo Grohe; Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adilson, Tcheco, Souza e Fábio Santos; Alex Mineiro e Maxi López.
Técnico: Paulo Autuori.

NÁUTICO: Eduardo, Gladstone, Vágner e Negretti; Sidny, Johnny, Júnior Carioca, Carlinhos Bala e Anderson Santana; Gilmar e Kuki.
Técnico: Waldemar Lemos.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Grêmio, Náutico | , , , , , , , | Deixe um comentário

CBF define mandos da final da Copa do Brasil

Internacional decidirá o título no Beira-Rio

LANCEPRESS!

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteou na tarde desta quinta-feira, em sua sede, no Rio de Janeiro, os mandos de campo da fase final da Copa do Brasil. O primeiro encontro entre Corinthians e Internacional será no Pacaembu. Assim, o Colorado decide o título no Beira-Rio.

As datas dos confrontos já foram confirmadas pela entidade máxima do futebol brasileiro. A primeira partida acontece no dia 17 de junho, enquanto o segundo duelo está marcado para o dia 1º de julho.

Confira como ficaram os jogos finais:

17/06 – Corinthians x Internacional – Pacaembu, São Paulo

01/07 – Internacional x Corinthians – Beira-Rio, Porto Alegre

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Corinthians, Internacional | , , , , , | Deixe um comentário

Evolução de Adriano anima comissão técnica

Motivado, Imperador está perto de alcançar o peso ideal

Adriano vai aos poucos chegando na forma ideal (Crédito: Julio Cesar Guimarães)

Adriano vai aos poucos chegando na forma ideal

LANCEPRESS!

Nem mesmo a ausência do treino matinal de terça-feira desanimou a comissão técnica do Flamengo. Tanto no campo da fisiologia como na preparação física, todos estão animados com a evolução que Adriano vem mostrando nos últimos dias.

Para o fisiologista Paulo Figueiredo, Adriano tem um porte físico excepcional e está muito motivado em buscar a melhor forma. Ele não falou em números, mas deixou claro que o Imperador está perto de alcançar os desejados 98 quilos, peso considerado por ele ideal.

– Tanto a questão do peso como a do percentual de gordura estão se desenvolvendo muito bem. Após o coletivo, ele treinou finalizações e ainda fez um trabalho de tração que foi muito válido – explicou.

O preparador físico Riva Carli disse que o auge do Imperador vai chegar com o passar dos jogos. Segundo ele, esse é o melhor treinamento.

– Junto ao condicionamento vem o ritmo de jogo. Além dos jogos, as semanas cheias também são importantes. Teremos algumas semanas até voltarem os jogos de quarta-feira que serão determinantes. Programamos sempre as terças com treino físico integral – afirmou.

junho 4, 2009 Posted by | Flamengo | , , , | Deixe um comentário

Corinthians x Flamengo pode ser na Palestina

Clubes devem se reunir na segunda para discutir sobre a possibilidade

Corinthians e Flamengo se enfrentam dia 28 de novembro (Crédito: Arte de Allex Ximenes)

Corinthians e Flamengo se enfrentam dia 28 de novembro

LANCEPRESS!

O Governo Federal estuda a possibilidade de levar o jogo entre Corinthians e Flamengo para ser disputado na Palestina, no Oriente Médio, segundo o jornal “Folha de S. Paulo”. A iniciativa é do Ministério das Relações exteriores, que pretende utilizar o futebol como uma forma de diplomacia com outros países. Os clubes pretendem se reunir na próxima segunda-feira para discutir o assunto.

A partida está marcada para o dia 28 de novembro, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Para que a iniciativa se concretize será necessário um acordo entre os clubes, a CBF e TV Globo, detentora do direito de transmissão de imagens da competição. O Governo arcaria com todos os custos.

O Flamengo gostou da possibilidade. Além de ganhar visibilidade em todo o mundo em função do clássico poder ser disputado em uma área de conflito, o Rubro-Negro vê com bons olhos poder participar de uma campanha pela paz.

– A reunião deve ser nesta segunda-feira, no Rio. O presidente licenciado Marcio Braga que está organizando. Vamos ver essa possibilidade, quando e como podemos fazer. O esporte tem que trabalhar pela paz, se pudermos servir como este elo será importante. Todo mundo tem de ter cidadania e uma instituição como o Flamengo tem a obrigação. Queremos colaborar. – afirmou o presidente em exercício do Flamengo Delair Dumbrosck.

Delair ainda lembrou outro clube que ajudou na luta pela paz. O Santos, em 1969, foi disputar um jogo no antigo Congo Belga, que já se chamou Zaire e hoje é conhecido como República Democrática do Congo. Naquela época o país vivia uma guerra entre as cidades Kinshasa e Brazaville. O conflito foi suspenso para que Pelé & Cia. pudessem jogar.

– O Santos, na Era Pelé, fazia isso e parou até guerra! – disse.

Além de Flamengo e Corinthians serem os clubes mais populares do Brasil, os dois contam com dois dos principais atacantes do país na atualidade: Ronaldo e Adriano. E nunca um jogo do Campeonato Brasileiro foi disputado fora do país.


Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Corinthians, Flamengo | , , , , | Deixe um comentário

FOTO: Palmeiras lança novas camisas

Verdão apresenta nova linha, e camisa 2 se inspira na bandeira da Itália

Julyana Travaglia/GLOBOESPORTE.COM

O Palmeiras lançou nesta quinta-feira seu novo uniforme para o restante da temporada. A camisa 2 (à esquerda) é branca, com gola careca, e tem como principal detalhe uma faixa vermelha, inspirada na bandeira da Itália. A número 1 (no centro) é verde-esmeralda, com gola polo, e na parte de trás tem um detalhe com a cruz de savóia, símbolo do primeiro escudo do Palestra. O distintivo foi inspirado no brasão da Casa de Savóia, dinastia de nobres que dominavam a região de Piemonte, na Itália.

junho 4, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco tem novo fornecedor de material esportivo: Lotto

Empresa italiana sai na frente de concorrentes e substitui a Champs

LANCEPRESS!

O Vasco já tem novo fornecedor de material esportivo. O clube acertou contrato com a Lotto. A diretoria havia se reunido na quarta-feira para avaliar as possibilidades. Segundo os próprios dirigentes. Além da Lotto, Puma, Penalty e Reebok disputavam para substituir a Champs.

Os detalhes do acerto entre Lotto e Vasco foram definidos na noite de quarta. O contrato será válido até 31 de dezembro de 2014.

– Tínhamos alguns concorrentes, mas nossas conversas com o Vasco foram sempre muito produtivas. Nos próximos dias, vamos agilizar a questão operacional. Em breve, os jogadores já estarão todos vestidos de Lotto – garantiu João Augusto Simone, diretor de operações da Lotto no Brasil.

Além do Vasco, a Lotto já é fornecedora de clubes como Atlético Mineiro, Coritiba, Goiás, Ponte Preta, Sport, entre outros.

Anteriormente, as informações davam conta de que a Penalty, por ser credora do clube, teria vantagem. Mas ao ser indagado quarta-feira, no Pacaembu, sobre quem seria o novo fornecedor do Vasco, Penalty ou Lotto, o presidente Roberto Dinamite já dava pistas: – Penalty ou Lotto? Seria Lotto ou Penalty, não? Devemos decidir isso até sexta-feira – disse o dirigente vascaíno.

junho 4, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , | Deixe um comentário

Internacional perde mas está classificado

Coritiba jogou melhor o jogo todo, mas vitória não foi suficiente

Jogo disputado no Couto Pereira

Jogo disputado no Couto Pereira

LANCEPRESS!

O Coritiba precisava de um milagre para alcançar a vaga na final da Copa do Brasil. E não cosneguiu. Jogando no Couto Pereira, o Inter ficou o tempo todo na defesa e conseguiu garantir o resultadao que lhe dava a vaga na final. O gol único de Ariel não foi suficiente para o Coxa.

Jogando em casa, com o apoio da torcida e precisando de dois gols, o Coritiba tentou tomar a iniciativa do jogo. Logo aos dois minutos, Marcelinho Paraíba arriscou de fora da área e Lauro fez boa defesa. Cinco minutos depois Carlinhos PAraíba também arriscou de fora, mas a bola saiu longe do gol. O Coritiba pressionava muito o Inter no ínicio de jogo, o time colorado não conseguia trocar passes para sair do sufoco.

Marcio Gabriel também levou perigo aos 13 minutos. O lateral bateu por cima do gol de Lauro. Dois minutos depois, Carlinhos Paraíba fez bonita tabela com Marcelinho Paraíba e chutou com força, mas Lauro fez uma linda defesa no cantinho. Foi a melhor oportunidade do Coxa.

Após 20 minutos de pressão, mas sem gols, o time do Coritiba começou a ficar mais nervoso em campo e a tentar afunilar muito as jogadas pelo meio. Com isso o Inter conseguia se defender bem, por outro lado, o Colorado não levava perigo a meta de Vanderley.

Nos últimos cinco minutos da primeira etapa o Coritiba voltou a levar perigo em jogadas pelas laterais, principalmente com Marcio Gabriel pela direita. Aos 43 o lateral recebeu ótimo passe de Marcelinho Paraíba e chutou por cima do gol. No lance seguinte, Marcio Gabriel fez boa jogada pela direita e conseguiu o cruzamento, mas Índio cortou para escanteio. Foi o último lance de perigo do primeiro tempo.


Ariel dá esperança, mas Coxa não consegue a classificação


O Coritiba voltou para a segunda etapa da forma como iniciou o jogo: Pressionando o Inter. Antes do segundo minuto de jogo conseguiu criar duas chances. Na primeira Marcio Gabriel finalizou na área mas a bola foi desviada para escanteio. Na cobrança Pereira quase marca de cabeça.

Aos cinco, Marcos Aurélio tenta o cruzamento e quase marca de cobertura, mas Lauro consegue a defesa. O Coritiba dominava amplamente a partida a esta altura, mas não conseguia transformar em gols. Quem quase marcou foi o Inter com Alecsandro de voleio, mas a bola foi para fora em uma rara chance colorada.

Aos 30 minutos, quando o Inter começava a crescer na partida o Coritiba chegou ao primeiro gol. Marcelinho Paraíba deu o passe e o argentino Ariel fez o giro na área e bateu no canto. 1 a 0. Aos 38 as coisas ficaram ainda mais complicada para o Inter quando Bolívar foi expulso por falta em Ariel.

Com um jogador a mais o Coritiba tentava pressionar, mas os jogadores estavam muito nervosos e não conseguiram marcar o gol que garantiria a classificação. Com o resultado o Internacional enfrentará o Corinthians, que eliminou o Vasco, na final da Copa do Brasil.


FICHA TÉCNICA

CORITBA X INTERNACIONAL

Estádio: Couto Pereira, Curitiba (PR)
Data/hora: 03/06/2009 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Ednilson Corona (SP) e Hilton Moutinho Rodrigues (RJ)

Gols: Ariel (COR)

CORITIBA: Vanderlei; Felipe, e Pereira; Marcio Gabriel, Leandro Donizete, Rodrigo Mancha, Marcelinho Paraíba e Carlinhos Paraíba (Renatinho); Marcos Aurélio e Ariel Nahuelpan. Técnico René Simões.

INTERNACIONAL: Lauro ; Bolívar , Indio , Álvaro e Marcelo Cordeiro; Sandro, Guiñazú, Magrão e D’Alessandro; Taison e Alecsandro. Técnico: Tite

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Coritiba, Internacional | , , | Deixe um comentário

Vasco Joga Melhor, mais o Corinthians avança à decisão da Copa do Brasil

Gigante da Colina é valente, cria mas não consegue marcar

Corinthians e Vasco ficaram no 0 a 0 e o Timão avança para a decisão da Copa do Brasil (Crédito: Reginaldo Castro)

Corinthians e Vasco ficaram no 0 a 0 e o Timão avança para a decisão da Copa do Brasil

O Corinthians jogou com o regulamento, segurou a pressão do valente time do Vasco e com o 0 a 0 obtido na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, em São Paulo (SP), classificou-se para a decisão da Copa do Brasil 2009, eliminando o Gigante da Colina da disputa.

O Timão, favorecido pelo gol marcado fora de casa no empate em 1 a 1 no Maracanã, semana passada, e agora busca o seu terceiro título na competição. A decisão da competição está marcada para os dias 17 de junho e 1° de julho.

Ao iniciar a partida com a vantagem (o 0 a 0 o classificava), o Corinthians, mesmo em casa, adotou postura cautelosa. Já o Vasco, mostrando personalidade, foi para o ataque. Neste cenário, mostraram-se as fragilidades das equipes: os mandantes recuperavam a bola, mas concluíam mal; os visitantes atacavam, contudo sem competência.

O Cruzmaltino explorou a velocidade de seu time e se expôs, enquanto o Timão não marcou bem pelos lados do campo. O duelo foi movimentado, porém sem grandes chances. Aos cinco minutos, Ronaldo concluiu no meio da área por cima do gol. E, aos 23 minutos, a melhor oportunidade: após escanteio, Elton cabeceou firme e Felipe espalmou.

A etapa final começou com o Vasco mantendo a postura ofensiva e o Corinthians mais recuado. Apesar da pressão, o Gigante da Colina não criava chances reais. Por sua vez, o Alvinegro Paulista se preocupava em segurar a igualdade sem gols e a vantagem, pouco chegando ao ataque.

O Gigante da Colina reclamou um pênalti em Elton (foi puxado na grande área por Chicão) e teve cabeçada perigosa de Nilton. No Timão, Dentinho, em dois chutes, levou perigo: primeiro, obrigou Fernando Prass a grande defesa. Depois, bateu rente à trave esquerda. Elton ainda tentou aos 30 minutos, dominou no peito, mas Felipe afastou. E o placar inicial manteve-se até o fim.

As duas equipes voltam a campo no fim de semana pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado às 21h. Pela Série A, o Corinthians recebe o Coritiba no Pacaembu. Já o Vasco, pela Série B, pega o São Caetano em São Januário. As duas partidas valem pela quinta rodada das competições.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 0 X 0 VASCO

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 3/6/2009 – 21h50
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)
Renda/público: R$ 1.749.103,00 / 35.181 pagantes e 35.946 presentes
Cartões amarelos: Chicão, Jorge Henrique e Boquita (COR); Carlos Alberto, Vilson e Gian (VAS)

CORINTHIANS: Felipe, Alessandro, Chicão, William e Diego; Cristian, Elias e Douglas(Wellington Saci, 38’/2°T); Jorge Henrique (Boquita, 19’/2°T), Ronaldo e Dentinho (Otacílio Neto, 28’/2°T). Técnico: Mano Menezes.

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima (Fernandinho, 28’/2°T) e Carlos Alberto (Enrico, 22’/2°T); Rodrigo Pimpão (Edgar, 11’/2°T) e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Corinthians, Vasco da Gama | , , , , , , , , , | Deixe um comentário