Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Goiás toma conta do Couto Pereira e joga o Coritiba para a lanterna

Esmeraldino faz 3 a 1 e sobe na tabela. Coxa amarga jejum

Iarley comemora o segundo gol do Goiás

Como se estivesse em casa, o Goiás derrotou o Coritiba neste sábado, por 3 a 1, em Curitiba, pela quarta rodada do Brasileirão, e subiu na tabela. O time de Hélio dos Anjos surpreendeu o Coxa no Couto Pereira e chegou a cinco pontos. Se o duelo contra o Esmeraldino era considerado um bom teste para pegar o Inter, na semana que vem, o cenário não é bom. O time do Alto da Glória foi para a lanterna do Nacional com apenas um ponto em quatro partidas.

O Coxa volta a jogar pelo Brasileirão no próximo sábado, contra o Corinthians, em São Paulo. Antes, porém, faz o segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil com o Internacional, nesta quarta. Como perdeu a partida de ida por 3 a 1, no Beira-Rio, terá de vencer por 2 a 0 para ficar com a vaga. O Esmeraldino vai ter uma semana para se preparar para pegar o Barueri, no domingo, em Goiânia.

Goiás se sente em casa

A intenção do Coritiba era pressionar o Goiás desde o início do jogo para tentar conseguir a primeira vitória no Brasileirão. Não deu certo. No primeiro ataque dos visitantes, Iarley recebeu na área, foi puxado por Carlinhos Paraíba e Felipe ao mesmo tempo, e a arbitragem marcou pênalti. Felipe precisou cobrar duas vezes para abrir o placar. Na primeira, bateu no canto direito de Vanderlei, mas o goleiro defendeu. O auxiliar Hilton Moutinho Rodrigues considerou a defesa irregular por acreditar que o camisa 1 se adiantou. Bola novamente na cal, o atacante repetiu o lado e desta vez não vacilou: 1 a 0.

Em desvantagem, não restava outra opção ao time do Alto da Glória a não ser atacar. Muito dependente de Marcelinho Paraíba, a equipe de René Simões até que tentou pressionar, mas apresentou total desorganização ofensiva. Bem montado por Hélio dos Anjos, o Goiás tratou de aproveitar.

Aos 24, Felipe fez bela jogada pela ponta esquerda, tentou achar Iarley na área, mas a bola passou pelo atacante. Cinco minutos depois, Marcelinho Paraíba cobrou escanteio e por muito pouco não surpreendeu o goleiro Harlei, que tirou a bola com um tapa. No contra-ataque, Iarley apareceu mais uma vez com perigo. Após cruzamento de Júlio César, ele recebeu na área e, mesmo sob marcação de Pereira, dominou bonito e marcou o segundo.

A situação ficaria pior para o Coxa, aos 38. Em cobrança de falta ensaiada, Iarley rolou para Felipe, e o atacante fez o segundo dele no jogo. Quarto gol no Brasileirão, e a artilharia do campeonato. Ainda havia tempo para tentar o quarto. Aos 41, Felipe Menezes recebeu pela esquerda, tentou encobrir Vanderlei com um toque de categoria, só que a bola saiu pela linha de fundo. Fim de primeiro tempo, e muitas vaias no Couto Pereira.

Goiás cadencia, e Coxa se esforça

O Coritiba voltou com Ariel no lugar de Pedro Ken, mas o que fez a diferença foi a postura do time. Aos cinco, Marcelinho Paraíba recebeu passe com liberdade na esquerda, tirou Fábio Bahia com um lindo drible entre as pernas e soltou uma bomba, com raiva, no canto direito de Harlei: 3 a 1. O jogador também chegou ao quarto gol na competição e é artilheiro.

Se o goleirão do Goiás não conseguiu defender, Vanderlei evitou o quarto do Esmeraldino. Após cobrança de lateral no campo de ataque, a defesa paranaense parou, Iarley ficou livre na área para chutar, mas esbarrou no goleiro. Marcelinho Paraíba decidiu chamar a responsabilidade para si. Aos 11, ele avançou até a entrada da área, bateu forte com o pé esquerdo e assustou Harlei.

Apesar da desvantagem no placar, o Coxa ficou com um jogador a mais em campo. Aos 22, Rafael Tolói fez falta dura em Ariel, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O jogador do Coritiba também foi punido por reclamação. Sete minutos depois, Renatinho soltou uma bomba de muito longe e acertou a trave. Não era dia do time da casa.

O jogo também foi marcado por um festival de cartões. Foram treze amarelos e um vermelho. Vermelha também é a cor da luz que está acesa no Alto da Glória. Em quatro jogos, apenas um pontinho foi conquistado. É a segunda derrota no Couto Pereira. A primeira foi para o Santo André, por 4 a 2, na segunda rodada. Do outro lado, comemoração pela primeira vitória no Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

Local: Couto Pereira (PR)
Data/Horário: 30/05 – 18h30
Árbitro: Pablo dos Santos ALves (RJ)
Renda/Público: R$ 106.180 – 8.642 pagantes
Cartões amarelos: Carlinhos Paraíba, Felipe, Marcio Gabriel, Ariel, Leandro Donizete, Pereira, Jaílton (Coritiba); Amaral, Tolói, Iarley, Fábio Bahia, Harlei (Goiás)
Cartão Vermelho: Rafael Tolói(Goiás)

Coritiba: Vanderlei, Cleiton (Leandro Donizete/30’/1ºT), Pereira, Felipe; Marcio Gabriel, Jailton, Pedro Ken (Ariel/Intervalo), Carlinhos Paraíba, Vicente (Renatinho/18’2ºT); Bruno Batata, Marcelinho Paraíba. Técnico: René Simões

Goiás: Harlei, Ernando, Rafael Tolói, leandro Eusébio; Fábio Bahia, Amaral (Everton/ Intervalo), Ramalho, Felipe Menezes (João Paulo/24’/2ºT), Júlio César; Iarley (Zé Carlos/4′ 2ºT), Felipe. Técnico: Hélio dos Anjos

maio 31, 2009 - Posted by | Coritiba, Goiás | , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s