Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Sem seus dois craques, Vasco e Timão iniciam briga por uma vaga na final

Carlos Alberto, suspenso, e Ronaldo, machucado, estão fora do confronto. Jeferson entra no time carioca, e Mano mantém a dúvida no paulista

Ampliar Foto Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM

Jeferson e Douglas são duas armas de Vasco e Corinthians para a semifinal desta quarta

Estádio lotado com a torcida cruzmaltina, a presença de mais de oito mil corintianos no Rio de Janeiro e a ausência das duas principais estrelas de Vasco e Corinthians. Esses são os ingredientes do jogo desta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), no Maracanã, pelas semifinais da Copa do Brasil. Sem Carlos Alberto, suspenso, e Ronaldo, machucado, as duas equipes iniciam a disputa por uma vaga na decisão. A TV Globo e o SporTV exibem a partida ao vivo.

Ampliar Foto Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM

Vasco e Corinthians começam a decidir uma vaga na final da Copa do Brasil nesta quarta

Sem suas principais estrelas, as equipes apostam suas fichas em dois meias. Do lado paulista, Douglas é a esperança de criatividade do meio-campo para alimentar um ataque sem o Fenômeno e, provavelmente, com Souza. Na vaga de Carlos Alberto, Jeferson, recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, volta ao time para tentar municiar Rodrigo Pimpão e Elton, vice-artilheiro da competição, com cinco gols.

Com praticamente todos os ingressos vendidos, o Vasco vai decidir a sua sorte longe de casa, São Januário. Para a comissão técnica e jogadores, um motivo de lamentação. Para a diretoria cruzmaltina, uma chance de colocar alguns reais nos cofres combalidos do clube.

– Fui consultado pela parte técnica. A decisão já está tomada, e se Deus quiser vamos conseguir uma vitória no Maracanã – disse Dorival Júnior.

Sem o seu capitão, líder e principal referência do elenco, Dorival Júnior foi obrigado a forçar o retorno de Jeferson. Sem atuar desde o dia 11 de abril, na derrota por 4 a 0 para o Botafogo, pelas semifinais da Taça Rio, o camisa 10 vai ser a referência do time na noite desta quarta-feira, no Maracanã. O jogador conversou com o treinador e garantiu estar pronto para ser o substituto de Carlos Alberto.

– A vontade de voltar é imensa. Todo mundo fala da falta de ritmo de jogo, mas eu não coloco isso na cabeça. Só vou ter ritmo de jogo se voltar a jogar normalmente e começar as partidas. Independentemente de ser um jogo ou outro, você precisa jogar – analisou o meia cruzmaltino.

Desacostumado a atuar no Maracanã, já que manda os seus jogos em São Januário, o Vasco fez um treino de reconhecimento do campo do estádio para ajudar no desempenho dos jogadores. Para muitos, o fato de atuar no “Maior do Mundo” pode ser uma vantagem para o Corinthians.

– Poucos jogadores do nosso elenco atuaram muitas vezes no Maracanã. Não é como atuar em casa – afirmou Dorival.

O Corinthians não tem sua principal estrela. Ronaldo, com uma contratura na panturrilha direita, está fora. O Fenômeno será preservado também do clássico com o Santos, domingo, pelo Brasileirão, só para estar pronto para o duelo de volta contra os cariocas, dia 3, no Pacaembu.

Para o lugar do craque, Mano Menezes ainda faz mistério. A tendência, porém, é que Souza fique com a vaga. Uma outra solução seria a entrada de Boquita ou Morais no meio-campo. Assim, o jovem Dentinho passaria a atuar como referência no ataque. Quando questionado, o treinador se esquiva.

– O nome, só amanhã (quarta-feira). O Souza é quem tem as características mais parecidas, mas eu também posso usar o Dentinho centralizado e colocar mais um no meio. Temos de compensar a ausência do Ronaldo com mais mobilidade, velocidade e movimentação – despistou o treinador.

Com ou sem Ronaldo, o ótimo retrospecto contra os cariocas na Copa do Brasil anima. Até agora, na história da competição, foram seis encontros, com quatro vitórias do Corinthians e dois tropeços.

Passou por Vasco (semifinal de 1995), Americano (segunda fase de 2002), Botafogo (semifinal de 2008) e Fluminense (quartas de final de 2009). Os tropeços aconteceram para Flamengo (nas quartas de 1989) e Botafogo (oitavas de 2000).

FICHA TÉCNICA:

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Fernando Prass; Paulo Sérgio, Vílson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Jeferson; Rodrigo Pimpão e Elton. Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Dentinho, Jorge Henrique e Souza.
Técnico: Dorival Júnior. Técnico: Mano Menezes.
Estádio: Maracanã. Data: 27/05/2009. Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR). Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Altemir Hausmann (RS).
Transmissão: TV Globo e SporTV transmitem a partida ao vivo.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h45m (de Brasília).

maio 27, 2009 Posted by | Corinthians, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inter recebe o Coritiba pela Copa do Brasil

Diretoria Colorada espera cerca de 45 mil torcedores

LANCEPRESS!

Contra o Internacional, na sua segunda passagem, o “professor René” terá a oportunidade de, mais uma vez, fazer história no clube. Nos seus 99 anos de existência – o Coxa completará 100 anos no dia 12 de outubro – o Coritiba nunca chegou até a final. Em 1991 e 2001, o time do Alto da Glória acabou sendo eliminado na semifinal pelo Grêmio.

Apesar das dificuldades, o treinador garante que no futebol tudo é possível e que o Coritiba jogará com muita alma para chegar à final.

– O que seria da vida sem ambição ? Vamos acreditar. O Internacional não é uma equipe imbatível. Temos totais condições de fazer uma grande partida em Porto Alegre. Eles têm o melhor elenco do futebol brasileiro, são favoritos, mas isso não quer dizer que a partida está definida. Eu acredito e peço à torcida para acreditar também – afirmou o treinador.

Sem Marcelinho, mas com mistério

Para o primeiro duelo, o Coxa não terá o seu principal jogador. Marcelinho Paraíba recebeu o terceiro cartão amarelo contra a Ponte Preta, nas quartas-de-final, e terá que cumprir suspensão automática. Fazendo mistério, René ainda não decidiu o substituto. O zagueiro Cleiton e os meias-armadores Pedro Ken e Renatinho são as opções.

No Internacional, entusiasmo, é a palavra do momento. Animados com a campanha do time nas diversas competições, cerca de 45 mil torcedores irão ao Beira-Rio nesta quarta-feira, para incentivar o time contra o Coritiba. O que os jogadores pedem a eles, além de apoio, é paciência.

— O regulamento da Copa do Brasil é cruel. Temos de vencer sem tomar gols, para não sofrermos na volta, em Curitiba. É a melhor estratégia para chegarmos à final – diz o zagueiro Álvaro.

Para aumentar a tensão, o sistema defensivo colorado terá um desfalque importante: o volante Guiñazú, principal auxiliar dos zagueiros, cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar entra o meia Andrezinho.

Será a primeira vez que o Inter disputará a segunda partida como visitante. Nas quatro fases anteriores, o time decidiu no Beira-Rio, contra União-MT, Guarani-SP, Náutico e Flamengo. Nilmar e Kleber não disputarão o jogo de volta, no Couto Pereira, pois estarão na Seleção. Por isso, uma vitória é tão fundamental nesta quarta-feira.

FICHA TÉCNICA:

LOCAL: Beira-Rio
HORÁRIO:
ÁRBITROS: Sálvio Spinola Fagundes Filho-SP
AUXILIARES: Alessandro Alvaro Rocha de Matos-BA; Márcio Eustáquio S. Santiago-MG

Coritiba: Vanderlei; Felipe, Pereira e Cleiton (Pedro Ken); Marcio Gabriel, Rodrigo Mancha, Leandro Donizete, Carlinhos Paraíba e Vicente; Marcos Aurélio e Ariel.

INTERNACIONAL: Lauro; Bolívar, Indio, Álvaro e Kleber; Sandro, Magrão, Andrezinho e D’Alessandro; Nilmar e Taison . Técnico: Tite.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 27, 2009 Posted by | Coritiba, Internacional | , , , , , , , | Deixe um comentário