Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Ramires é negociado com o Benfica

Volante foi convocado nesta quinta-feira para a seleção brasileira

Ampliar Foto Divulgação/Site Oficial do Cruzeiro Divulgação/Site Oficial do Cruzeiro

Convocado para a seleção brasileira, Ramires está oficialmente vendido ao Benfica

Ramires é negociado com o Benfica. A diretoria do Cruzeiro e os representantes do atleta concluíram nesta quinta-feira a venda de 100% dos direitos econômicos do volante ao clube português por 7,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 21 milhões). O clube mineiro também acertou com o Joinville, detentor de 30% do jogador, o repasse de 1,5 milhão de euros (R$ 4,2 milhões), e firmará com o clube catarinense uma parceria para a cessão de jogadores. As informações são do site oficial do clube celeste.

Os valores foram fechados na noite de terça-feira. O que impedia o anúncio da venda era o acerto dos salários de Ramires com o clube português, em negociação concluída apenas na noite de quarta-feira. Ele assinou contrato de cinco anos com o Benfica.

Nos últimos dias, o Cruzeiro foi procurado diversos clubes que fizeram sondagens, entre eles um ex-jogador e empresário português, Dionísio Castro, que representa o CSKA Moscou. Zico, técnico do clube russo, chegou a entrar em contato com os dirigentes celestes, mas, após cinco dias de espera, a proposta oficial não chegou à Toca da Raposa.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 21, 2009 Posted by | Cruzeiro | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Copa do Brasil: Corinthians e Coritiba decidem vaga nas finais em casa

Semifinais começam no Rio de Janeiro e em Porto Alegre no dia 27 de maio. Confrontos de volta serão em 3 de junho em São Paulo e Curitiba

Corinthians e Coritiba vão decidir as semifinais da Copa do Brasil em seus domínios, no dia 3 de junho. Vasco e Internacional, respectivamente, fazem as primeiras partidas em casa no dia 27 de maio. Em sorteio na tarde desta quinta-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, ficaram determinados os mandos de campo das partidas que indicarão as duas equipes que avançarão para a decisão.

JOGOS DE IDA – 27 de maio
Vasco x Corinthians, no Rio de Janeiro
Internacional x Coritiba, em Porto Alegre
JOGOS DE VOLTA – 3 de junho
Corinthians x Vasco, em São Paulo
Coritiba x Internacional, em Curitiba

A tendência é que o confronto entre Vasco e Timão seja no Maracanã, já que o estádio de São Januário tem capacidade oficial para apenas 18 mil pessoas. A carga mínima de ingressos exigida pela CBF para os duelos semifinais é de 20 mil torcedores.

Também já estão marcadas as datas das finais: 17 de junho e 1 de julho.


Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 21, 2009 Posted by | Corinthians, Coritiba, Internacional, Vasco da Gama | , , , , , , , | Deixe um comentário

Timão faz reunião para ter Zé Roberto

Andrés conversa nesta terça com procurador do jogador

Zé Roberto, mais um reforço de peso no Timão? (Foto: Agência Reuters)

Zé Roberto, mais um reforço de peso no Timão? (Foto: Agência Reuters)

Nesta quinta, um encontro entre Andrés Sanchez e Juan Figer deve ser o pontapé inicial para a contratação do meia Zé Roberto, do Bayern de Munique, da Alemanha.

O presidente do Corinthians, que demonstrou surpresa com as recentes declarações do jogador, quer ouvir de seu empresário quais as condições financeiras que podem trazê-lo de volta para o Brasil.

Aos 34 anos, Zé Roberto está animado para defender o Corinthians em 2010, ano do centenário do clube. Em entrevista ao LANCE!, o jogador admitiu que recebeu proposta do Timão e afirmou que o projeto para o ano do centenário é sensacional. O Corinthians negou em nota oficial que tenha mandado o ex-zagueiro Aldair, hoje empresário, negociar com o jogador.

Andrés, porém, disse ter ficado honrado com as palavras do jogador e, claro, decidiu contratá-lo.

Zé Roberto está otimista:

– Se formar um time assim (com Ronaldo, ele, Edu e outros reforços), dá para ganhar o Brasileiro e a Libertadores. Dá para formar um Barcelona na América do Sul. A possibilidade existe, não posso descartar, até porque trata-se de um grande clube. Passou por uma fase difícil, mas depois que o presidente assumiu trouxe confiança. Foi campeão paulista, tem uma base, jogadores de qualidade, então a possibilidade existe.

Na época em que deixou o Brasil para voltar à Europa, Zé Roberto alegou que precisava buscar mais segurança para seus familiares no país.

O Timão deve ter a concorrência do Santos, que prometeu lutar pelo jogador. O meia passou pela Vila Belmiro entre 2006 e 2007, com êxito.

O presidente Marcelo Teixeira já admite fazer loucuras para repatriá-lo – veja mais na página 22.

– Falar no Santos me faz lembrar dos dez meses maravilhosos que passei lá. Mas eles vivem um momento diferente daquele de 2007, quando disputaram a Libertadores – diz Zé.


Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 21, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , | Deixe um comentário

Flamengo confirma contratação de Arthuro

Centroavante foi revelado pelo Criciúma em 2000 e depois foi para a Europa

Arthuro estava no futebol russo (Crédito: Divulgação)

Arthuro estava no futebol russo

O Flamengo contratou mais um atacante para o elenco. Arthuro, que estava no futebol russo, chega na Gávea com contrato de três meses, com possibilidade de renovar por mais quatro. Ele não joga desde o final do ano passado.

Desconhecido no Brasil, Arthuro, de 26 anos, estava no Terek Gozny, décimo colocado no campeonato russo, e passou por clubes como Middlesbrough (ING) e Alavés (ESP). A contratação só ocorreu após os dirigentes e Cuca saberem mais sobre o centroavante de 1,89m.

– Ele é um jogador que nunca atuou no Brasil, mas que temos as melhores referências. Jogou com o Wellintgon Paulista pelo Alavés e recentemente o próprio Wellington deu boas referências para mim e para o Cuca – explicou o vice de futebol do Flamengo, Kléber Leite.

Sobre o interesse em Morais, que está no Corinthians, Kléber Leite confirmou que é um nome que está sendo estudado:

– Por enquanto são só pesquisas e sondagens. Nada mais do que isso.

maio 21, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , | 1 Comentário

Dunga convoca Seleção e Nilmar é chamado

Ronaldo é preterido pelo atacante do Internacional

Dunga convocou a Seleção para a Copa das Confederações (Crédito: Ricardo Cassiano)

Dunga convocou a Seleção para a Copa das Confederações

LANCEPRESS!

O treinador Dunga convocou nesta quinta-feira a Seleção Brasileira para os jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo e para a Copa das Confederações, que acontece entre 14 e 28 de junho.

A grande surpresa da lista é o atacante Nilmar, que vem fazendo ótimas atuações pelo Internacional. Neste ano ele já marcou 15 gols, entre eles um gol antológico contra o Corinthians no Pacaembu.

Ronaldo não foi convocado. Muitos especialistas pediam a presença do atacante na lista de Dunga, mas o jogador do Corinthians não participará desta Copa das Confederações.

Pelas Eliminatórias, o Brasil viaja para enfrentar o Uruguai no dia 6 de junho e recebe o Paraguai no dia 10, no Recife.

Veja a lista de convocados:

Goleiros
Júlio Cesar (Internazionale)
Victor (Grêmio)
Gomes (Tottenham)

Laterais
Daniel Alves (Barcelona)
André Santos (Corinthians)
Maicon (Internazionale)
Kléber (Internacional)

Zagueiros
Juan (Roma)
Lúcio (Bayern)
Luisão (Banfica)
Alex (Chelsea)

Meio-campistas
Anderson (Manchester United)
Josué (Wolfsburg)
Gilberto Silva (Panathinaikos)
Elano (Manchester City)
Júlio Baptista (Roma)
Felipe Melo (Fiorentina)
Kaká (Milan)
Ramires (Cruzeiro)

Atacantes
Robinho (Manchester City)
Alexandre Pato (Milan)
Luís Fabiano (Sevilla)
Nilmar (Internacional)

maio 21, 2009 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | 1 Comentário

Andrezinho, ex-Fla, coloca Inter na semifinal com golaço de falta no fim

Meia vai a campo no segundo tempo e garante vitória por 2 a 1. Adversário na próxima fase da Copa do Brasil é o CoritibaUm gigante segue de pé, firme e forte, vendo o título cada vez mais próximo. O outro cai, mesmo que lutando, e fica novamente aquém do que exige sua história. O Inter bateu o Flamengo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, e garantiu vaga nas semifinais da Copa do Brasil. O gol da vitória e da classificação colorada justamente de um ex-flamenguista. Andrezinho, com cobrança de falta impecável, assegurou a vitória aos 44 do segundo tempo.

O adversário vermelho na próxima fase é o Coritiba, que passou pela Ponte Preta. A outra semifinal coloca CorinthiansVasco frente a frente. Os duelos começam já na semana que vem, e os mandos serão decididos pela CBF nesta quinta-feira.

A desclassificação complica ainda mais o Flamengo em um momento que já era de instabilidade, com as falhas sistemáticas do ataque, as reclamações de Juan e a insatisfação de figuras importantes do clube com a contratação do sérvio Petkovic. O Inter, pelo contrário, respalda ainda mais o ótimo momento. São 17 vitórias seguidas no Beira-Rio em 2009.

Passado o jogão do Beira-Rio, colorados e flamenguistas voltam a pensar no Campeonato Brasileiro. O Inter, líder da disputa, encara o Goiás no sábado, no Serra Dourada, possivelmente com time misto. O Flamengo visita o Santo André

Juan dá gol de presente para o Inter

Não se erra um recuo de bola em decisão. Muito menos contra um time como o Inter. Pior ainda na direção de Nilmar, talvez o jogador mais rápido do futebol brasileiro. Pois foi exatamente o que aconteceu aos 42 minutos de um primeiro tempo que não dava pinta de ter gol. Juan tinha a bola dominada. Ao recuar, errou feio. Nilmar, feito um velocista de 100 metros rasos, partiu em disparada pela ponta esquerda de ataque. Chegou muito antes da zaga carioca. Aí foi só espiar para dentro da área e perceber Taison ali, louco para receber, doido para marcar. Bruno ainda tentou abafar, mas não conseguiu. O chute de Taison entrou mansinho, no canto direito do goleiro. O Beira-Rio explodiu: 1 a 0.

Foi um raro erro defensivo em uma etapa de muito mais virtudes das zagas do que dos ataques. Os jogadores de frente, tanto os do Inter quanto os do Flamengo, sofreram com a marcação. O jogo ficou entre as duas intermediárias, em uma disputa ferrenha no meio. Guiñazu foi em todas as bolas, as possíveis e as impossíveis. Em alguns momentos, até exagerou na força. Sandro foi menos efetivo do que nos últimos jogos, talvez pela ausência de Magrão. D’Alessandro passou o tempo todo procurando o encaixe com o ataque, mas sempre faltou um detalhe, um centímetro, um segundo para colocar o colega na cara do gol. e no domingo.

O Flamengo partiu para o ataque de forma envolvente, contando com passes curtos e rápidos entre jogadores como Kleberson, Ibson, Leo Moura e Juan . A zaga colorada, bem postada, impediu que a bola chegasse até Obina. Mesmo assim, os visitantes assustaram. Aos 37 minutos, Kleberson tabelou com Ibson e ficou de frente para o gol de Lauro. O chute saiu por muito pouco. Antes, Ibson já havia arrancado os cabelos de tanta incredulidade ao ver belo chute raspar o ângulo colorado. Quase.

O time gaúcho apostou na velocidade: ou lançamentos para Nilmar, ou triangulações rápidas o suficiente para bater a zaga. Mas não deu certo. O trio defensivo dos rubro-negros marcou forte e evitou que o Inter conseguisse encaixotá-lo. A melhor chance vermelha foi uma falta sofrida e batida por D’Alessandro. Bruno pegou bem.

Tudo indicava que o primeiro tempo ficaria zerado. E aí Juan errou o recuo. E Nilmar partiu em disparada. E Taison fez o gol. E o Beira-Rio explodiu – um pouco de alegria, um pouco de alívio para os gaúchos.

Nervos à flor da pela


O segundo tempo, não poderia ser diferente, foi de alta tensão. Se fizesse um gol, o Flamengo ficaria perto de classificação. Se marcasse mais um, o Inter acabaria com o jogo. O desenho foi o único possível: cariocas partindo com tudo para o ataque, gaúchos preparando o veneno do contragolpe. Foi assim que surgiram as oportunidades.

Ibson, com quatro minutos, recebeu de Juan e mandou o chute. A bola passou perto. Taison, aos oito, disparou em linha reta na direção da área. E aí chutou, também com perigo. Rosinei, um minuto depois, dominou pela direita e bateu cruzado. Bruno mandou a escanteio. O jogo ficou frenético.

Cuca fez o possível para evitar a derrota. E uma das tentativas foi certeira. A entrada de Emerson no lugar de Zé Roberto. Aos 29 minutos, quando o Inter dava sinais de que conseguiria controlar o Flamengo, Kleberson fez boa jogada pela direita e mandou para o Sheik, que completou para o gol de pé direito.

A vaga parecia ser rubro-negra. Só parecia. O Inter seguiu lutando, com a torcida inflamada, e chegou à vitória com Andrezinho. Ibson fez falta em Alecsandro na entrada da área. O meia pediu para bater e acertou uma cobrança no canto esquerdo. Um golaço do tamanho do jogo, do tamanho da festa, do tamanho de dois clubes que fizeram um grande duelo.

Ficha técnica:

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

INTERNACIONAL 2 x 1 FLAMENGO
Lauro, Danilo Silva (Alecsandro), Índio, Álvaro e Kleber; Sandro, Rosinei (Glaydson), Guiñazu e D’Alessandro; Taison e Nilmar. Bruno, Willians, Aírton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Toró (Éverton Silva), Ibson, Kleberson e Juan; Zé Roberto (Emerson) (Welinton) e Obina.
Técnico: Tite. Técnico: Cuca.
Gols: Taison, aos 42 minutos do primeiro tempo; Emerson, aos 29 minutos, Andrezinho, aos 43 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Sandro, Rosinei, Guiñazu (Internacional); Aírton, Toró, Willians, Bruno (Flamengo).
Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Data: 20/05/2009. Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa SP). Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa SP) e Vicente Romano Neto (SP).

maio 21, 2009 Posted by | Flamengo, Internacional | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Primeira etapa é fatal e Timão vence o Flu

Corinthians abre 2 a 0, Tricolor chega a empatar, mas placar classifica paulistas

Jogadores do Corinthians comemoram um dos gols (Crédito: Gilvan de Souza)

Jogadores do Corinthians comemoram um dos gols

O jogo começou parecendo que ia ser liquidado pelo Corinthians, mas acabou com pura emoção e um gostinho amargo para o torcedor tricolor. O Timão fez 2 a 0, o Fluminense correu atrás e empatou, mas no fim, a equipe do Parque São Jorge acabou se classificando para as semifinais da Copa do Brasil e enfrentará o Vasco.

PRIMEIRO TEMPO

O Corinthians chegou a fazer o jogo “perder a graça” tamanha a eficiência no início do jogo. Mesmo com um Maracanã lotado e a torcida tricolor empurrando bastante, logo aos seis minutos, Jorge Henrique fez bela arrancada, Eduardo Ratinho fez falta desnecessária e Chicão a bateu com maestria: 1 a 0 e silêncio no Maior do Mundo.

Com um baque tão grande e com a missão ainda mais díficil (era necessário fazer três gols), o Fluminense sentiu o golpe. O meio-de-campo tinha um verdadeiro buraco, a zaga batia cabeça e Fred ficava isolado na frente. O Timão, que não tinha nada a ver com isso, se aproveitou para ampliar a vantagem. Após a defesa tricolor bobear mais uma vez, Jorge Henrique saiu livre e apenas deu um belo toque sobre Fernando Henrique.

Ainda no primeiro tempo, Fred marcou um gol, mas estava impedido. De resto, o que se viu foi um Dentinho solto, um Douglas comandando o meio-de-campo e um Jorge Henrique ensaboado. O resultado parcial acabou justíssimo.

SEGUNDO TEMPO

Como não poderia deixar de ser, o Fluminense voltou com outra postura no segundo tempo. É bem verdade que as modificações de Parreira fizeram efeito. Eduardo Ratinho deu lugar a Dieguinho e Maicon cedeu sua vaga a Alan. Com isso o Tricolor ficou mais bem postado e organizado. Já o Corinthians adotou uma postura defensiva.

Meio sonolento, o Timão começou a ceder espaços e o Fluminense passou a se aproveitar. Empurrado pela torcida, o Tricolor chegou ao gol com Alan, que aproveitou o rebote. Cinco minuto depois, Thiago Neves recebeu livre e empatou, para explosão da massa no Maracanã.

Atônito, o Corinthians se defendia como podia. Felipe, por exemplo, fez uma milagrosa defesa em cabeçada de Fred, à queima roupa. Entretanto, na base da raça, o Timão passou a arrumar seus erros defensivos, contendo assim, o ímpeto tricolor. Na experiência de Ronaldo, amarrando o jogo na frente, o Timão conseguiu segurar o jogo e garantir a classificação.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 2 X 2 CORINTHIANS

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 20/05/2009 – 21h50

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-RS) e Marcelo Bertanha Barison (SP)
Público/Renda: 64.533 pagantes, 68.158 presentes / R$ 1.299.382,00
Cartões amarelos: Maicon, Fred, Wellington Monteiro, Thiago Neves (FLU); André Santos, Elias, Morais (COR)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gols: Chicão, 6’/1ºT (0-1); Jorge Henrique, 16’/1ºT (0-2); Alan, 18’/2ºT (1-2); Thiago Neves, 23’/2ºT (2-2)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Eduardo Ratinho (Dieguinho, intervalo), Luiz Alberto, Edcarlos e Mariano; Wellington Monteiro, Marquinho (Tartá, 29’/2ºT), Conca e Thiago Neves; Maicon (Alan, intervalo) e Fred. Técnico: Carlos Alberto Parreira.

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Jorge Henrique (Morais, 25’/2ºT) Ronaldo e Dentinho (Boquita, 22’/2ºT). Técnico: Mano Menezes.


Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 21, 2009 Posted by | Corinthians, Fluminense | , , , , , , , , , | 2 Comentários

Vasco não dá chance ao Vitória e se confirma na semifinal

Fernando Prass falha, mas Cruzmaltino empata no Barradão

Atacante Elton comemora o seu gol, que empatou o jogo no Barradão

Atacante Elton comemora o seu gol, que empatou o jogo no Barradão

LANCEPRESS!

O Vasco, como se esperava, não precisou fazer muito esforço em Salvador (BA) para confirmar sua classificação diante do Vitória às semifinais da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, no Barradão, as equipes empataram em 1 a 1.

O Cruzmaltino venceu o confronto de ida, em São Januário, por 4 a 0 e, desta forma, até com derrota para o Rubro-negro baiano por 3 a 0 ou por quatro gols de diferença, desde que marcasse, avançaria.

A tática adota pelo Vitória foi partir para o ataque no primeiro tempo, com quatro atacantes e abriu o placar logo no primeiro minuto, em chute de fora da área de Neto Baiano, que contou com grande colaboração de Fernando Prass.

Porém, quando parecia que o Leão assustaria poderia buscar o impossível, Ramon, aos quatro minutos, cruzou rasteiro pela esquerda e Elton, na pequena área, escorou para a rede.

O Vitória ainda ameaçou aos 16 minutos e aos 37 minutos, porém o goleiro Fernando Prass se redimiu fazendo duas boas defesas. E, aos 41 minutos, Neto Baiano facilitou para o Vasco: cuspiu em Ramon e foi expulso.

Para o segundo tempo, poderia-se esperar um Rubro-negro desesperado em busca do ataque, mas o que se viu foi uma equipe acomodada com a classificação e o Cruzmaltino, confortável, também não fez muito esforço.

O Vasco ainda foi mais presente no ataque do que o Vitória, o que não chegou a representar grandes chances de gol criadas. Restou às duas partes esperar, sem qualquer interesse maior, o fim do confronto.

Assi, o Cruzmaltino, pelo segundo ano seguido e pela sétima vez está na semifinal da Copa do Brasil, enfrenta o Corinthians, que eliminou o Fluminense. A princípio, os jogos acontecem no dia 27 de maio e 3 de junho – os mandos ainda serão sorteados.

As duas equipes voltam a campo neste fim de semana pelo Campeonato Brasileiro. Pela terceira rodada da Série A, o Vitória enfrenta, no sábado, às 18h30, o Cruzeiro, em Minas Gerais. No mesmo dia, mas às 16h10, o Vasco recebe, pela terceira rodada da Série B, em São Januário, o Atlético-GO.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 1 X 1 VASCO

Estádio: Manoel Barradas (Barradão), Salvador (BA)
Data/hora: 20/5/2009 – 21h50
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Cristian Passos Sorence (GO)
Renda/público: R$ 116.030,00 / 7.143 pagantes e 9.711 presentes
Cartões amarelos: Neto Baiano, Bosco e Viáfara (VIT); Carlos Alberto, Enrico, Vilson e Elton (VAS)
Cartões vermelhos: Neto Baiano, 41’/1ºT (VIT)

GOLS: Neto Baiano, 1’/1ºT (1-0); Elton, 4’/1ºT (1-1)

VITÓRIA: Viáfara, Bosco, Wallace, Victor Ramos e Uelliton; Vanderson e Ramon (Carlos Alberto, intervalo); André Luís (Willian, 29’/2°T), Adriano, Washington (Nadson, 12’/2°T) e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima, Enrico (Bruno Gallo, 14’/2°T) e Carlos Alberto (Rodrigo Pimpão, intervalo); Elton (Alan Kardec, 30’/2ºT). Técnico: Dorival Júnior.

maio 21, 2009 Posted by | Vasco da Gama, Vitória | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário