Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com péssima atuação, Vasco só empata na Colina

Nem gol contra de goleiro rival (dado oficialmente a Vilson) ajuda o time

Vasco não mostra força em casa e tropeça no Icasa (CE). Vilson 'ganhou' o gol vascaíno do árbitro Wagner Reway (MT)

Vasco não mostra força em casa e tropeça no Icasa (CE). Vilson ‘ganhou’ o gol vascaíno do árbitro Wagner Reway (MT) (Crédito: Cléber Mendes)

LANCEPRESS!

Vasco e Icasa (CE) fizeram um péssimo jogo na noite desta quinta-feira, em São Januário, no confronto de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Ambos se esforçaram para se mostrar mais atabalhoado que o oponente em campo e o resultado foi o empate por 1 a 1.

O carro da Polícia Militar que acompanhava a delegação do Verdão do Cariri até o estádio ficou sem gasolina no caminho e retardou a chegada do elenco, que teve apenas cerca de cinco minutos para se aquecer já dentro do gramado.

Com este resultado, o Gigante da Colina joga por uma vitória por qualquer placar ou por um empate por dois ou mais gols. Já o adversário, em casa, também se classifica com qualquer vitória ou com uma igualdade sem gols. A repetição do 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Do primeiro tempo, apenas dois acontecimentos dignos de nota, ambos pitorescos: um decisivo e o outro exemplar. O primeiro: aos sete minutos, Ramon cobrou escanteio e Rodrigo Pimpão, livre na segunda trave, bateu cruzado para o meio. A bola bateu em Vilson e em Esquerdinha antes de ser empurrada para a rede por um carrinho atabalhoado do goleiro Ari.

Como se não fosse pouco, o nítido gol contra do goleiro do Icasa foi dado pelo placar eletrônico de São Januário para Pimpão, enquanto o árbitro Wagner Reway (MT), no intervalo, perguntou a profissionais de televisão como havia sido o lance e afirmando que só revelaria na súmula para quem daria o gol, apesar de a tendência ser para Vilson – o que se confirmou depois da partida.

Em vantagem no placar, o Vasco tornou-se uma equipe preguiçosa e desarrumada, que esporadicamente tentava o ataque sem ímpeto algum, enquanto o oponente não esboça qualquer reação. Aos 46 minutos, em cobrança de falta “ensaiada”, Panda e Esquerdinha correm para a bola e passam sem chutar. Panda voltou para cobrar no meio do gol, sem perigo.

O técnico vascaíno Dorival Júnior reclamou bastante da atuação do time, mas a bronca parece não ter surtido efeito. O máximo que seus comandados conseguiram foram alguns escanteios e duas oportunidades perdidas por Rodrigo Pimpão, em uma delas obrigando o goleiro Ari a uma boa defesa.

Porém, o Verdão do Cariri foi encontrando espaços e, após um pênalti não marcado de Ramon em Gilberto aos 16 minutos e uma boa defesa de Tiago aos 24 minutos em chute de esquerdinha, Leozinho avançou em velocidade pela direita do ataque, entrou na área e rolou para Marciano, livre, empatar o confronto.

Na bronca, os torcedores vaiaram principalmente os meias Alex Teixeira e Léo Lima, que entrou no lugar do companheiro.

Vasco e Icasa voltam a se enfrentrar no dia 6 de maio, no duelo de volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil. O confronto acontece no Estádio Mauro Sampaio, o Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE). Antes, no dia 2 de maio, o Gigante da Colina realiza amistoso contra o Santa Cruz, em Recife (PE).

FICHA TÉCNICA:
VASCO 1 X 1 ICASA (CE)

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/4/2009 – 19h30
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Lincoln Ribeiro Taques (MT) e Paulo Cesar Silva Faria (MT)
Renda/público: R$ 72.175,00 / 4.866 pagantes e 5.691 presentes
Cartões amarelos: Ramon e Mateus (VAS); Esquerdinha, Marcus Vinicius, Luiz Carlos, Joãozinho e Thiago (ICA)

GOLS: Vilson, 7’/1ºT (1-0); Marciano, 31’/2°T (1-1)

VASCO: Tiago, Paulo Sérgio, Vilson, Titi (Gian, 24’/1°T) e Ramon; Amaral, Mateus, Enrico e Alex Teixeira (Léo Lima, 11’/2°T); Rodrigo Pimpão e Elton (Alan Kardec, 17’/2°T). Técnico: Dorival Júnior.

ICASA (CE): Ari, Alan, Thiago e Luiz Carlos; Marcus Vinicius (Gilberto, intervalo), Guto, Panda, Esquerdinha (Dodô, 46’/2°T) e Joãozinho; Leozinho e Moré (Marciano, 231/2°T). Técnico: Flávio Araújo.


abril 30, 2009 - Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s