Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Cuca não aceita palestrar para árbitros e chama presidente do TJD de mentiroso

Treinador do Flamengo diz que se pena alternativa não for mudada, ele não ficará no banco na final contra o Botafogo

Ampliar Foto Fernando Maia/Globo Fernando Maia/Globo

Cuca pode voltar a ter problemas com o Tribunal

A presença de Cuca no banco de reservas na final da Taça Rio contra o Botafogo, domingo, no Maracanã, ainda é incerta. Neste sábado, após o último treino do Flamengo na Gávea, o técnico diz que não aceita dar três palestras para árbitros como determinou o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ), Antônio Vanderler de Lima, para liberar o treinador dos 15 dias restantes da pena. Além das palestras, Cuca vai precisar pagar 100 cestas básicas para instituições de caridade. Algo que o treinador diz não ter problema.

Cuca entrou em contato com o advogado do clube Michel Assef Filho para cuidar do caso. Se precisar dar as três palestras como determinou o Tribunal, o treinador já decidiu que não vai ficar no banco de reservas no domingo contra o Botafogo e cumprir o resto da pena.

– A lei diz claramente que passados 50% da punição, ela pode virar ações sociais. Agora me fazer dar palestra para árbitro é um absurdo. Gostaria de saber se houve outro treinador dando palestra para árbitros. Vou falar o que para os árbitros? Não sei dar palestra – disse Cuca deixando claro que não aceita a decisão.

– Já comuniquei o doutor Michel. Se falar que tenho que dar palestra, prefiro não ir para o banco. Não tenho que falar tática de futebol para árbitro. Isso é errado. Se tiver que ficar fora 30 dias é a minha pena e eu cumpro. Tudo bem. Agora não vem me pedir para dar palestra para árbitro. Eu não vou. Isso também é demais – continuou o treinador.

Treinador chama presidente do Tribunal de mentiroso

Cuca também não poupou críticas ao presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ), Antônio Vanderler de Lima.

– O doutor Vanderler foi quem prometeu que me daria o efeito suspensivo no dia seguinte. E eu não minto. Mas fui lá e cumpri os 15 dias. Mentiu – disse.

Por causa da declaração, Cuca pode voltar a ter problemas com o Tribunal. O presidente do Flamengo, Marcio Braga, foi suspenso por 1.440 dias por ter criticado o Tribunal. Em março, o dirigente foi julgado em três artigos e pegou pena máxima em todos, totalizando quase quatro anos. O indiciamento no TJD-RJ ocorreu depois que Marcio Braga classificou como “brutalidade” a perda de pontos do Vasco no tapetão durante a Taça Guanabara.

Além disso, o treinador corre o risco de ser novamente suspenso pelo Tribunal. Cuca apareceu no vestiário do Flamengo durante a partida contra o Fluminense, o que teoricamente não poderia ter acontecido por estar suspenso. Ele foi denunciado pelo TJD.


abril 18, 2009 - Posted by | Botafogo, Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s