Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Desafio nos Andes: Grêmio encara Universidad para avançar na Libertadores

Empate coloca o clube brasileiro nas oitavas-de-final e vitória garante título do Grupo 7. Deve ser o último jogo sem o novo técnico

Ampliar Foto Reprodução/Site Oficial do Grêmio Reprodução/Site Oficial do Grêmio

Capitão Tcheco comanda a tropa gremista

Passa por Santiago do Chile, vizinha da Cordilheira dos Andes, cidade com pinta de Europa e terra de bons vinhos, uma das missões mais decisivas do Grêmio no projeto de libertar a América pela terceira vez. Às 22h (de Brasília), o time tricolor vai a campo contra o Universidad de Chile, no Estádio Nacional. Objetivo: garantir pelo menos um ponto para assegurar matematicamente a classificação às oitavas-de-final da Libertadores e ter na palma das mãos a chance de terminar a primeira fase com a melhor campanha do Grupo 7. O título da chave estará assegurado com uma vitória nos Andes.

La U, como é chamado o clube chileno, foi o único oponente que passou incólume pelo Grêmio. E em pleno Olímpico. No primeiro jogo das duas equipes, os gaúchos bateram o recorde mundial de gols perdidos e tiveram que amargar empate por 0 a 0. Nos três duelos seguintes, o Tricolor bateu o Boyacá Chicó e o Aurora (duas vezes). Com isso, chegou a dez pontos, na liderança da chave, três à frente do Universidad.

Caso perca no Chile, o Grêmio irá para a última rodada empatado em pontos com os andinos, mas atrás nos critérios. Como é provável que os brasileiros batam o Boyacá no Olímpico e é quase inconcebível um tropeço de La U diante do Aurora, mesmo na Bolívia, o primeiro lugar seria decidido no saldo de gols. É justamente por isso que o Tricolor precisa pelo menos de um empate em Santiago. Se conseguir, será campeão do grupo com uma vitória simples sobre o Boyacá na rodada decisiva. Os lideres de cada chave ganham a vantagem de decidir em casa nas oitavas.

O GLOBOESPORTE.COM está ao lado do Grêmio no Chile e acompanha todos os detalhes da partida em Tempo Real. O SporTV mostra ao vivo para todo o Brasil. A RBS TV transmite para o Rio Grande do Sul.

Confira a tabela da Taça Libertadores

Em busca de um técnico

Pode ser o último jogo do Grêmio sem técnico. A equipe será novamente comandada por Marcelo Rospide, auxiliar nos tempos de Celso Roth, que agora orienta o time interinamente. É possível que a diretoria comunique, logo depois da partida, o acerto com Paulo Autuori, campeão do mundo pelo São Paulo. O treinador tenta convencer os donos do Al-Rayyan, do Qatar, a liberá-lo antes de maio, quando termina o contrato.

Enquanto o novo chefe não vem, o jeito é deixar tudo nas mãos de Rospide, que já comandou a turma tricolor na vitória de 3 a 0 sobre o Aurora, semana passada, no Olímpico. Para o duelo em Santiago, o treinador tem duas ausência na formação considerada titular. O ala Ruy e o atacante Alex Mineiro, lesionados, seguem fora. Os substitutos são, respectivamente, Makelele e o argentino Maxi López. Jonas, após cumprir suspensão, volta ao time para acompanhar La Barbie no ataque.

Jogo mais difícil

Ampliar Foto Alexandre Alliatti/GLOBOESPORTE.COM Alexandre Alliatti/GLOBOESPORTE.COM

Maxi López espera dificuldades nesta quarta

O Grêmio não tem dúvidas de que o jogo contra o Universidad em Santiago será o mais difícil da primeira fase da Libertadores. A qualidade do adversário, considerado superior a Boyacá e Aurora, e o clima de decisão da partida deixam o clube gaúcho alerta.

– Acredito que será nosso jogo mais difícil. O Universidad é uma equipe forte, com jogadores em nível de seleção chilena. O treinador também é bastante rodado. Pelo que demonstrou até aqui, é um time que pode nos oferecer maior dificuldade, sim – afirmou Rospide.

O Universidad vive uma semana movimentada. Não bastasse o duelo decisivo com o Grêmio, o time chileno tem no domingo o clássico com o Colo-Colo. O técnico Sergio Markarián chegou a dizer que perder para o rival de Santiago seria mais doloroso do que ser derrotado pelo Grêmio. Mesmo assim, La U vai com o melhor time possível para o duelo desta quarta-feira. O meia Walter Montillo, lesionado, está fora.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
UNIVERSIDAD DE CHILE GRÊMIO
Pinto, Olarra, González e Rojas; Díaz , Iturra, Estrada, Contreras, Hernández y cuevas; Olivera. Victor, Léo, Réver e Rafael Marques; Makelele, Adílson, Tcheco, Souza e Fábio Santos; Jonas e Maxi López.
Técnico: Sergio Markarián. Técnico: Marcelo Rospide.
Estádio: Estádio Nacional, em Santiago (Chile). Data: 15/04/2008. Horário: 21h50m (de Brasília). Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai). Auxiliares: Emigdio Ruiz (Paraguai) e Milcíades Saldívar (Paraguai).
Transmissão: O SporTV mostra ao vivo para todo o Brasil. A RBS TV transmite para o Rio Grande do Sul.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h50m (de Brasília).

window.google_render_ad();

Links Patrocinados

abril 14, 2009 - Posted by | Grêmio | , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s