Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Lenny entra bem e Palmeiras volta a vencer no Paulista

Reserva de luxo do Verdão muda cara do jogo e ajuda o time na vitória por 3 a 0

Keirrison e companhia fazem a festa do Verdão na vitória deste sábado (Foto: Reginaldo Castro)Keirrison e companhia fazem a festa do Verdão na vitória deste sábado (Foto: Reginaldo Castro)

Tinha tudo para ser um jogo morto, sem muitas pretensões de ambos os lados. Mas, Lenny quis “estragar” a monotonia concretizou a vitória do Palmeiras por 3 a 0 no Palestra Itália, contra o Barueri. A vitória acaba com a sequência de três jogos sem vencer (dois empates pelo Paulistão e um pela Copa Libertadores) e devolve a vantagem na liderança do Estadual.

Veja os gols!

O primeiro tempo apesar de não ter saído gol teve a total pressão do Palmeiras, que não conseguiu atingir a meta do Barueri. Por sinal, a Abelha entrou para contra-atacar e armou seus meias para combater o ataque do Verdão que por vezes não conseguiu ultrapassar os marcadores adversários.

Mas, assim como de costume a entrada de Lenny mudou a cara da equipe e o Verdão conseguiu ter mais mobilidade e abrir a zaga do Barueri que afunilava muitas das boas jogadas dos palmeirenses. Tanto assim, que aos 21 minutos, o meia Diego Souza faz boa jogada, com a abertura de Lenny, e Keirrison livre chuta rasteiro no canto esquerdo do goleiro Renê.

O camisa 19 do Palmeiras ainda conseguiu outras belas jogadas que mantiveram a equipe Alviverde no ataque. Dribles e bons lançamentos. E foi dessa forma que saiu o segundo tento do Verdão: Lenny dribla pela direita, encontra Diego Souza livre que chuta para o gol aos 30 minutos.

E para concretizar ainda mais que as substituições surtiram o efeito solicitado, o Marquinhos iniciou a jogada do terceiro gol palmeirense. O meia encontrou Pierre livre, que no contra-pé do goleiro balançou às redes e comemorou a placa recebida pela diretoria do clube o 100º jogo com a camisa do Verdão.

O próximo confronto do Palmeiras será na próxima terça-feira, às 20h30, contra o Noroeste, partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista e que foi remarcada devido aos compromissos do Verdão na Copa Libertadores. Já o Barueri visita a Ponte Preta, em Campinas, no sábado, às 16h.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 3 X O BARUERI

Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 14/3/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Salvio Spindola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto e Giovani Cesar Canzian
Renda/público: R$ 370.127,50 / 13.278 pagantes
Cartões amarelos: Willians, Marquinhos e Danilo (PAL); Diego, Flávio (BAR)
Cartões vermelhos: Flávio 24’/2ºT
GOLS: Keirrison, 21’/2ºT (1-0) e Diego Souza, 30’/2ºT (2-0) e Pierre 44’/2ºT

PALMEIRAS: Bruno, Fabinho Capixaba, Maurício Ramos, Danilo e Pablo Armero; Pierre, Sandro Silva (Marquinhos, 13’/2ºT), Cleiton Xavier e Digo Souza (Souza, 40’/2ºT); Keirrison e Willians (Lenny, 13’/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BARUERI: Renê, Leanderson, Diego, Daniel Marques e Márcio Careca; Ralf, Flávio, Éverton e Basílio (Márcio Hahn, 10’/2ºT); Thiago Humberto e Pedrão (Flavinho, 29’/2ºT) . Técnico: Estevam Soares.

março 14, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Flamengo faz vergonha e empata com lanterna

Rubro-Negro fica no 1 a 1 com o Tigres e decepciona torcida no Maracanã

(Crédito: Cléber Mendes)

LANCEPRESS!

O Flamengo recebeu o Tigres do Brasil neste sábado e, depois de tomar um susto, buscou a igualdade, mas não mostrou forças para virar o jogo e ficou no 1 a 1, frustrando seus torcedores. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou a sete pontos e assumiu a liderança isolada do Grupo B na Taça Rio. O clube da Baixada Fluminense fez seu primeiro ponto no turno e segue na lanterna do Campeonato Carioca somando-se os dois turnos.

Veja os principais momentos do jogo

Na próxima rodada, o Flamengo fará o clássico contra o Vasco no outro domingo. O Tigres do Brasil receberá o Boavista no Estádio Los Larios.

Com total favoritismo e vindo de três vitórias consecutivas na temporada, o Flamengo começou o jogo pressionando e teve uma grande chance de abrir o placar logo no início. Willians fez bonita jogada e serviu Juan, que foi derrubado na área por Zé Carlos. Leonardo Moura foi para a cobrança e mandou por cima do gol, desperdiçando o terceiro de quatro pênaltis que o Flamengo teve a seu favor na competição.

Logo depois, o Rubro-Negro teve nova excelente oportunidade, mas não houve capricho na finalização de Josiel, que recebeu passe de Kleberson e chutou de canhota por cima da meta do Tigres.

Sem ter nada a ver com os erros rubro-negros, o visitante se arriscou timidamente e se deu bem. Clayton chutou de longe, Bruno deu rebote numa falha imperdoável e Leandro Chaves, atento, conferiu o primeiro gol da História do Tigres no Maracanã.

Mesmo desorganizado, o Flamengo chegou ao empate perto do fim da etapa inicial. Juan cobrou escanteio da esquerda e Josiel conferiu de cabeça, com estilo. Foi o sexto gol do atacante no Carioca. Ele é o artilheiro do time no Carioca e na temporada.

Veja as fotos da partida!

Nenhum dos técnicos mexeu no intervalo e o Flamengo voltou um pouco mais ligado para a etapa complementar. Everton Silva, num bom chute de fora da área, foi o primeiro a levar perigo. O Tigres respondeu com Denis, que obrigou Bruno a fazer uma bela defesa.

Insatisfeito com a apatia do time, Cuca fez uma substituição que mudou todo o esquema. Obina entrou no lugar de Everton Silva. Com isso, Leonardo Moura passou para lateral e Zé Roberto foi recuado para o meio.

A alteração demorou a surtir algum efeito e o Flamengo ameaçava com muita raridade. Numa das poucas chances, Josiel recebeu de Willians e perdeu gol feito. Pouco depois, o mesmo Josiel não teve calma dentro da área e chutou por cima em um lance que poderia matar a bola antes de chutar.

Nos contra-ataques, o Tigres tentava abocanhar mais um golzinho que lhe daria a vitória e quase desempatou o jogo com o experiente Sorato. O Flamengo teve uma grande chance de virar o marcador aos 44 minutos, quando Juan cobrou escanteio e a bola sobrou para Maxi escorar no segundo pau. O goleiro Marcos Paulo fez defesa milagrosa e garantiu o empate.

A péssima atuação culminou em muitas vaias da torcida e críticas ao treinador e a alguns jogadores.

FLAMENGO 1 X 1 TIGRES DO BRASIL

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 14/03/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Edinei Guerreiro Mascarenhas (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)

Renda/público: R$ 140.672,00 / 11.717 pagantes
Cartões amarelos: Kleberson (FLA); Gilcimar, Leandro Chaves, Pedrão (TIG)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Leandro Chaves, 26’/1ºT (0-1); Josiel, 39’/1ºT (1-1).

FLAMENGO: Bruno, Everton Silva (Obina, 18’/2ºT), Fábio Luciano, Welinton e Juan; Aírton, Willians, Kleberson (Fierro, 27’/2ºT) e Leonardo Moura; Zé Roberto e Josiel (Maxi, 35’/2ºT). Técnico: Cuca.

TIGRES DO BRASIL: Marcos Paulo, Oziel, Pedrão, Zé Carlos e Edson; Leão, Denis (Fábio, 33’/2ºT), Jaílson e Clayton (Sorato, 34’/2ºT); Gilcimar (Joaélton, 28’/2ºT) e Leandro Chaves. Técnico: Carlos Alberto.

março 14, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG vence Guarani em Divinópolis

Galo faz 1 a 0 e praticamente rebaixa a equipe de Divinópolis no Estadual

Tardelli marca o gol da vitória atleticana em DivinópolisTardelli marca o gol da vitória atleticana em Divinópolis (Crédito: Gil Leonardi)

LANCEPRESS!

O Atlético-MG venceu o Guarani, em Divinópolis, por 1 a 0, pela nona rodada do Campeonato Mineiro e empatou com o Cruzeiro em números de pontos na liderança do Estadual. A vitória atleticana praticamente rebaixou o Guarani, que agora torce contra o Social, que jogará no próximo domingo contra o Ituiutaba.

O Guarani começou melhor e o Atlético-MG chegou pela primeira vez aos 12 minutos, com Éder Luís. O passe procurava Diego Tardelli, mas o goleiro Fábio impediu a assistência.

Aos 15 o goleiro não evitou que Tardelli marcasse pela décima primeira vez e se isolasse ainda mais na artilharia do Estadual. Carlos Alberto tabelou com Marcos Rocha e tocou para o camisa nove marcar o gol alvinegro.

O Galo partiu em busca de mais gols e abusou do direito de errá-los. Um placar mais elástico daria ao time de Emerson Leão a primeira colocação, mesmo que temporária, já que o líder, Cruzeiro, enfrenta, no próximo domingo, o América, no Mineirão.

No intervalo Leão mexeu com a ideia de colocar a equipe mais à frente e conseguiu, mas os atleticanos continuavam perdendo chances claras de gols.

No final da partida o Guarani buscou o empate, mas sem sucesso. Na próxima rodada o Atlético-MG encara o Villa Nova, no Mineirão, já o Guarani enfrenta o Social, em Coronel Fabriciano.

FICHA TÉCNICA
GUARANI 0 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Farião, Divinópolis (MG)
Data: 14/03/2009
Árbitro: André Luis Martins Dias Lopes
Auxiliares: Márcio Eustaquio Santiago e Celso Luiz da Silva

Cartões amarelos: Cafu, Neguinho, Lúcio e Hgamenon (GUA) Marcos Rocha, Renan e Welton Felipe(ATL)
Gols: Diego Tardelli, aos 15’/1ºT (0-1)

ATLÉTICO-MG: Juninho, Marcos Rocha (Werley, aos 34’/2ºT), Leandro Almeida, Welton Felipe e Júnior; Renan, Márcio Araújo (Trípodi, no intervalo), Carlos Alberto, Pedro Paulo (Renan Oliveira, no intervalo); Éder Luís e Diego Tardelli. Técnico: Emerson Leão.

GUARANI: Fábio, Lúcio, Roger e Cafu; Neguinho (Ernane, aos 22’/2ºT), Joel, Gustavo e Diogo Paulista (Pedrinho, aos 30’/2ºT) e Hgamenon; Bruno Chocolate e Fernando Roberto (Danilo Lins, aos 14’/2ºT). Técnico: Wantuil Rodrigues.

março 14, 2009 Posted by | Atlético-MG | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário