Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Na estreia do garoto Neymar, Santos derrota o Oeste e se consolida no G-4

Roni e Madson foram os heróis da vitória no estádio do Pacaembu

Sem inspiração, mas com muita vontade, o Santos conquistou sua sétima vitória no Campeonato Paulista neste sábado.

Com um gol do atacante Roni, aos 20min do segundo tempo, e outro de Madson, no fim do jogo, o Peixe venceu o Oeste de Itápolis por 2 a 1, no estádio do Pacaembu, e ratificou sua condição entre as melhores equipes do Campeonato Paulista . Já o time do Interior, que estreou o técnico Luciano Dias, completou o seu sexto jogo sem vitória na competição.

Com a vitória, o Peixe alcançou o São Paulo na tabela de classificação. Ambas as equipes têm 23 pontos. Mas o time do Morumbi leva vantagem nos critérios de desempate. Já o Oeste estacionou nos 11 pontos.

Confira a classificação do Campeonato Paulista

Quem esperava ver o Santos atacando e Oeste apenas se defendendo no início da partida, se surpreendeu com a postura do time de Itápolis, que resolveu encarar o Peixe de igual para igual. A partida no estádio do Pacaembu começou em altíssima velocidade.

Para mostrar o equilíbrio inicial, cada time teve uma grande chance nos primeiro cinco minutos. Primeiro foi o Santos que, aos 4min, chegou com Roni. Ele recebeu cruzamento de Luizinho da direita e, de pé direito, exigiu bela defesa de Weverton. Na sequência do lance, o Oeste saiu para o contra-ataque e pegou a defesa do Peixe exposta. Nei Paraíba arrancou pela direita, invadiu a área e rolou para Caíque que, cara a cara com Fábio Costa, dominou errado e permitiu o corte salvador de Fabiano Eller. Nesse lance, o Santos perdeu Adaílton, machucado.

O técnico Vagner Mancini, então, resolveu mudar o esquema tático, saindo do 3-5-2 para o 4-4-2 com a entrada do volante Germano. O Oeste voltou a assustar aos 8min, quando Mazinho fez jogada individual e, na hora do chute, foi travado por Fabiano Eller.

O Santos sofria para escapar da marcação adversária. O time de Itápolis, quando não tinha a bola dominada, se defendia com até nove homens e congestionava o meio-campo. O Peixe, então, abriu o jogo pelas pontas. Aos 17min, Germano cruzou da esquerda, a bola desviou em Mazinho e quase enganou Weverton, que conseguiu espalmar. Sete minutos depois, Madson cruzou da esquerda e Molina cabeceou à esquerda do gol adversário, com muito perigo.

Nas arquibancadas, a torcida santista fazia sua parte e não parava de gritar um só instante. O time lutava em campo, mas faltava inspiração. Como a bola não chegava, Roni praticamente não pegava na bola. Madson tentava compensar com muita vontade. Foi dele, aos 43min, o último lance de perigo do primeiro tempo. O camisa 10 santista chutou cruzado pela direita e Weverton fez firme defesa.

Etapa complementar

Na etapa complementar, o panorama da partida não se modificou. O Santos buscava o ataque, tinha volume de jogo, mas não conseguia criar jogadas de perigo. E o Oeste seguia satisfeitíssimo com o empate. O primeiro lance de perigo veio aos 9min, com Molina, em cobrança de falta. Weverton defendeu.

Dois minutos depois, a torcida santista perdeu a paciência com o fraco futebol apresentado pela equipe e começou a gritar o nome do garoto Neymar, que estava no banco de reservas. E o técnico Vagner Mancini resolveu atender. Aos 14min, a maior promessa das categorias de base do Peixe, que acabou de renovar o seu contrato até 2014, entrou no lugar de Molina.

Dois minutos depois, o garoto levou o estádio do Pacaembu ao delírio. Ele desceu pela direita, fintou seu marcador e, ao tentar cruzar, mandou direto para o gol. A bola encobriu o goleiro Weverton e acertou o travessão.

Aos 20min, finalmente saiu o gol. Roni dominou na direita e tentou tocar tabelar com Madson. O zagueiro Adriano afastou errado para trás e o próprio Roni avançou e, dentro da área, disparou uma bomba, de pé direito, no canto direito de Weverton. A bola bateu na trave antes de entrar. Na comemoração, o camisa 9 fez questão de ir ao banco de reservas e abraçar Molina.

Com a vantagem no marcador, o Santos se tranquilizou em campo. No Oeste, o técnico Luciano Dias partiu para o tudo ou nada e colocou mais dois atacantes em campo. De nada adiantou. O Peixe foi consistente atrás e, nos contra-ataques, ainda buscou o segundo gol. Aos 35min, Neymar deu passe açucarado para Triguinho que, dentro da área, bateu à esquerda de Weverton. Aos 44min, veio o segundo gol. E foi um golaço: Madson, o melhor em campo, disparou uma bomba de fora da área e mandou no ângulo direito de Weverton.

Já nos descontos, Dezinho fez o gol de honra do time de Itápolis. Mas nada que estragasse a festa da torcida santista no Pacaembu.

Ficha técnica:

OESTE 1 x 2 SANTOS
Weverton; Dedê, Dezinho, Adriano e Mazinho; Dias, Athos (Luizinho), Vander (Mirandinha) e Dionísio; Nei Paraíba e Caíque (Leandro Love). Fábio Costa; Domingos, Adaílton (Germano) e Fabiano Eller; Luizinho (Pará), Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson, Molina (Neymar) e Triguinho; Roni.
Técnico: Vagner Mancini. Técnico: Luciano Dias.
Gols: Roni, aos 20min, Madson, aos 44 min e Dezinho, aos 46min do segundo tempo.
Cartões amarelos: Dionísio (Oeste); Roberto Brum (Santos).
Estádio: Pacaembu. Data: 07/03/2009. Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri (SP). Auxiliares: Sérvio Antonio Bucioli (SP) e Márcio D’Ávila Tragante (SP).

março 7, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Com altos e baixos, Fla vence na estreia

Rubro-Negro vence Cabofriense por 3 a 1 e começa com o pé direito

Zé Roberto tenta passar por Felipe DiasZé Roberto tenta passar por Felipe Dias (Crédito: Gilvan de Souza)

LANCEPRESS!

A estreia na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca foi positiva. Após um apagão no início e no fim do segundo tempo, o Flamengo venceu a Cabofriense por 3 a 1 mostrando um bom futebol em alguns momentos no Maracanã. Talvez o resultado sirva para animar a torcida rubro-negra, que não prestigiou o time neste sábado (foram pouco mais de 12 mil rubro-negros no estádio).

Com um futebol de toque e de movimentação, o Flamengo rapidamente tomou conta do jogo. O problema era a finalização: o time pouco chutou. Tanto que chegou ao primeiro gol em uma jogada de bola parada aos 15 minutos do segundo tempo. Zé Roberto sofreu falta inexistente, Léo Moura cobrou na cabeça de Douglas, que marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra.

Após o gol, o Flamengo cresceu ainda mais em campo. Passou a rondar a área da Cabofriense e chegou a ter boas chances para ampliar o placar, mas os atacantes não estavam em um bom dia. Nem parecia que a equipe da Região dos Lagos entrou em campo com três atacantes. Bruno, que estreou um uniforme todo branco, não se sujou.

Mas nem tudo foi alegria. Apesar de um número pequeno de torcedores, houve confusão na arquibancada. Houve briga entre integrantes de uma facção de torcida e a polícia teve que intervir. Pelo menos não houve feridos.

Na volta para o segundo tempo, parecia que o Flamengo ia golear pela liberdade que tinha em campo. Mas o Rubro-Negro desperdiçou inúmeros contra-ataques bobos e acabou punido. Aos sete, Valdir fez boa jogada pela direita e, dentro da área, cruzou. Anselmo Ramon, sem marcação, empatou.

A torcida perdeu a paciência. Começou a vaiar principalmente Juan, que falhou no gol e não vinha jogando bem, e Josiel. Cuca trocou o lateral por Kleberson. Logo depois o Flamengo chegou ao segundo gol aos 14 minutos. Léo Moura cruzou, Ibson dominou, girou sobre a marcação e marcou o segundo.

Bruno começou a ter trabalho, mas Ibson também cresceu no jogo e o Flamengo teve bons contra-ataques. Mas novamente desperdiçou muitos. O jogo ficou aberto, Cuca colocou Obina e Everton, mas o time teve novo apagão e a Cabofriense assustou três vezes. Mas Bruno salvou.

Quando o empate parecia questão de tempo, Léo Moura arrancou pela direita, cruzou e Everton, oportunista, ampliou aos 43 minutos garantindo a vitória do Flamengo.

Na próxima rodada, quarta-feira, o Flamengo joga contra o Duque de Caxias e a Cabofriense enfrenta o Boavista na quinta.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 1 CABOFRIENSE

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 7/3/2009 – 18h15 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues (RJ) e Marcelo Correa de Lima (RJ)

Renda/público: R$ 133.895,00/ 11.476 (12.866)
Cartões amarelos: Juan, Ibson, Everton, Willians (FLA); Gerson, Flávio, Fabinho, Felipe Dias (CAB)
cartões vermelhos:
Gols: Douglas, 15’/1T (1-0); Anselmo Ramon, 7’/2T (1-1); Ibson, 14’/2T (2-1); Everton, 43’/2T (3-1)
FLAMENGO: Bruno, Everton Silva, Welinton e Douglas e Juan (Kleberson, 12’/2T); Willians, Toró, Ibson (Everton, 27’/2T) e Léo Moura; Zé Roberto e Joiel (Obina, 27’/2T). Técnico: Cuca.

CABOFRIENSE: Flávio, Nata, Demerson, João Paulo e Gerson (Guido, 9’/2T); Douglas Assis (Valdir, 22’/1T), Da Silva e Felipe Dias; Fabinho, Anselmo Ramon (Roberto, 27’/2T) e Maciel. Técnico: Ademir Fonseca.

março 7, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Robinho faz tratamento no Reffis

Atacante foi liberado pelo Manchester City para se tratar de uma lesão no tornozelo direito. Retorno será neste domingo

Ampliar Foto Divulgação/Site Oficial do São Paulo Divulgação/Site Oficial do São Paulo

Robinho e a equipe médica do São Paulo no Reffis, neste sábado

Robinho esteve no REFFIS do Centro de Treinamento da Barra Funda neste sábado. Ele foi liberado pela comissão técnica do Manchester City para fazer tratamento para a recuperação de uma torção de tornozelo direito. O atacante ficou sob os cuidados do fisioterapeuta Luiz Rosan.

A lesão de Robinho aconteceu na derrota por 1 a 0 para o West Ham, no dia 1º de abril, pelo Campeonato Inglês.

O brasileiro chegou ao Brasil na quinta-feira passada, para intensificar os trabalhos de fisioterapia. No dia seguinte, foi avaliado por Luiz Rosan e já iniciou o processo. Neste sábado, Robinho fez laserterapia, eletroterapia, crioterapia, cinesioterapia, mecanoterapia e iontoforese, ficando no clube por aproximadamente quatro horas.

Robinho regressará para a Europa neste domingo. Ele deverá treinar na próxima segunda-feira junto com o restante do elenco do Manchester City e a expectativa é de que ele retorne ao time na quinta-feira, contra o Aalborg BK, da Dinamarca, pela Copa da UEFA.

– Agradeço ao Rosan e todos os fisioterapeutas pela atenção que me deram. Agradeço também ao presidente Juvenal Juvêncio por me abrir as portas do clube. Esse tempo no REFFIS será importante para voltar bem ao Manchester City e ajudar o time na sequência das competições – afirmou o atacante, em entrevista ao site oficial do São Paulo.

março 7, 2009 Posted by | Santos, São Paulo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Depois do céu na Libertadores, Tricolor em rodízio encara o Mogi

Muricy adianta que vai com time quase todo reserva para duelo de domingo

Ampliar Foto Agência/Vip.com Agência/Vip.com

Dagoberto vai formar dupla de ataque do São Paulo com André Lima contra o Mogi Mirim

O rodízio, promovido pelo técnico Muricy Ramalho desde o início da temporada, será mais do que necessário para escalar o São Paulo para o jogo deste domingo, contra o Mogi Mirim, às 19h10m, no estádio Papa João Paulo II, pelo Paulistão. Isso porque a equipe venceu o América de Cáli por 3 a 1 na última quinta-feira, pela Libertadores, e só chegou à capital paulista na manhã deste sábado, após uma maratona de 13 horas. O torcedor tricolor verá uma outra equipe em campo neste domingo.

– Não vamos ter tempo para treinar, e não adianta repetir a maioria dos atletas porque ninguém vai aguentar jogar em um campo grande como o de Mogi, e com o calor que faz lá. Vamos estudar com carinho – resumiu o comandante.

No Paulistão, o São Paulo está em terceiro, com 23 pontos, e vem de uma derrota no clássico contra o Santos, no último fim de semana. O Mogi vive situação complicada: é o lanterna da competição, com seis pontos somados. Mas está motivado pelo fato de enfrentar um time quase todo reserva do Tricolor.

VEJA COMO ESTÁ A CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO PAULISTA

Quase, porque alguns jogadores terão que entrar em campo. Na zaga, Miranda deverá ser o companheiro de Rodrigo. Na esquerda, Junior Cesar, que assim como Miranda enfrentou o América, pode ser utilizado. Hugo, que sentiu dores na parte posterior do joelho na última sexta-feira, após um treino leve em Cáli, deve se recuperar a tempo de jogar. No ataque, não há muito mistério: Dagoberto e André Lima formam a dupla.

No anfitrião, a ordem é tentar tirar proveito do cansaço tricolor. O técnico Paulo Campos tem dois desfalques certos: o lateral-direito Jackson e o zagueiro Anderson Conceição, que cumprem suspensão. André Luiz e Neguette devem ser os respectivos substitutos.

MOGI MIRIM SÃO PAULO
Marcelo Cruz; Leomar, Thiago Couto e Neguette; André Luiz, Vela, Luis Henrique, Giovanni e Alexandre Silva; Joelson e João Sales. Rogério Ceni, Wagner Diniz, Rodrigo, Miranda e Junior Cesar; Joilson, Richarlyson, Arouca e Hugo; Dagoberto e André Lima.
Técnico: Paulo Campos. Técnico: Muricy Ramalho.
Estádio: Papa João Paulo II. Data: 08/03/2009. Horário: 19h10m. Árbitro: Milton Etsuo Ballerini. Auxiliares: Hilton Francisco de Melo e Edvânio Ferreira Duarte.
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 19h10m (de Brasília).

março 7, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Botafogo enfrenta o Tigres para manter o embalo na estreia da Taça Rio

Alvinegro estreia no segundo turno querendo repetir o feito do Vasco em 1998, o último clube a conquistar antecipadamente o título carioca

Ampliar Foto Jorge William/O Globo Jorge William/O Globo

Victor Simões pronto para voltar ao time

Campeão da Taça Guanabara e já classificado para a final do Campeonato Carioca, o Botafogo estreia na Taça Rio neste domingo, às 20h30min, contra o Tigres, que fez uma campanha irregular no primeiro turno e ficou na última posição geral com apenas cinco pontos. A partida será no estádio de Los Larios, em Xérem. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real e o Premiere transmite ao vivo no sistema pay-per-view.

A partida deve também marcar a volta de Victor Simões. Fora da equipe há cinco jogos – desde a goleada sobre o Bangu -, o atacante está recuperado da lesão muscular na coxa direita. Com cinco gols na temporada, o jogador é um dos artilheiros do time. Mas se um goleador retorna, outro sai do time. Reinaldo, com um problema muscular, está fora do confronto.

Jean Carioca, autor de um dos gols do time na vitória por 2 a 0 sobre o Dom Pedro na Copa do Brasil na última quinta-feira, é outro que vai permanecer no time para ser o companheiro de ataque de Victor Simões.

O técnico Ney Franco garante que o time não vai relaxar no segundo turno. Segundo o comandante alvinegro, o objetivo é conquistar também a Taça Rio e garantir logo o título carioca, sem a necessidade de disputar a final. O último clube que conseguiu a façanha foi o Vasco, em 1998.

– Estamos com uma vontade enorme de conquistar também a Taça Rio. Estamos muito focados para isso. Mas sabemos que será bem difícil – disse o treinador, que após levantar o título do primeiro turno teve a canção “Na beira do caos”, de sua autoria, adotada pela torcida alvinegra.

O zagueiro e capitão Juninho admite que a responsabilidade do Botafogo será bem maior neste segundo turno.

– O Botafogo será a equipe a ser batida agora. Mas não vamos entrar em campo achando que somos superiores. Caso contrário os resultados não vão aparecer. Sabemos que precisamos lutar e trabalhando muito para continuar vencendo – disse.

Quem está animado com mais uma oportunidade é Jean Carioca. O atacante espera, novamente, agradar o técnico Ney Franco. O jogador também possui muitos familiares morando na cidade. Por isso, tem uma motivação extra neste domingo.

– A gente procura se esforçar nos treinamentos e para dar sempre o melhor quando a chance aparece. Fiquei feliz com a minha primeira partida como titular. Com certeza muitos familiares e amigos vão estar na partida contra o Tigres para me apoiar – disse Jean.

Revelação dos juniores é a arma do Tigres

O Tigres terá um desfalque para a partida. O lateral-direito Oziel foi suspenso pelo TJD/RJ por dois jogos devido a expulsão na derrota por 4 a 1 para a Cabofriense, em Cabo Frio, na quinta rodada da Taça Guanabara, e vai ter que cumprir a punição. No seu lugar, o técnico João Carlos Costa vai escalar o jovem Ronaldo, que vem sendo um dos destaques do time de juniores. Ele já fez cinco gols na competição.

Último colocado geral do Campeonato Carioca no primeiro turno e lutando contra o rebaixamento, o Tigres procurou se reforçar para a Taça Rio. O clube contratou o atacante Serginho, ex-Corinthians, Vasco e Botafogo. Mas ele ainda não tem condições legais para entrar em campo já que espera a liberação da federação do Kwait. Já o meia Leandro Chaves, que atuou recentemente no Rizespor da Turquia, pode estrear neste domingo.

TIGRES BOTAFOGO
Marcos Paulo, Ronaldo, Pedrão, Zé Carlos e Edson; Marquinhos, Neto,  Clayton e Leandro Chaves; André Bocão e Sorato Renan, Juninho, Emerson e Leandro Guerreiro; Alessandro, Fahel, Léo Silva, Maicosuel e Thiaguinho; Jean Carioca e Víctor Simões.
Técnico: João C. Costa. Técnico: Ney Franco.
Estádio: Estádio de Los Larios, em Xerém.

Data: 08/03/2009.

Horário: 20h30m.

Árbitro: William Marcelo de Souza Nery

Auxiliares: Marcos Tadeu Peniche Nunes e José Ronaldo Braga.

Transmissão: Premiere exibe pelo sistema pay-per-view.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 20h20m (de Brasília).

março 7, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , | Deixe um comentário

Em baixa, Grêmio visita Santa Cruz-RS

Celso Roth poupa a maioria dos titulares nesta partida de domingo

LANCEPRESS!

Perdido o primeiro turno, com derrota para o Inter na decisão, o Grêmio estreou no segundo abaixo de vaias, quinta-feira no Olímpico: empatou em 1 a 1 com o Ypiranga. Arriscando-se a aguçar a crise, usará os reservas na segunda rodada, domingo, contra o Santa Cruz, no campo do adversário.

Mas não há outra saída. O técnico Celso Roth explica que não pode levar uma equipe cansada – ou até mesmo desfalcada – para o jogo da quarta-feira na Colômbia, contra o Boyacá Chicó. Afinal, a Libertadores é a competição prioritária.

O time escolhido é praticamente o mesmo que disputou a semifinal do primeiro turno, sexta-feira da semana passada – dois dias depois de os titulares terem estreado na Libertadores e antevéspera da final no Beira-Rio. Na ocasião, os reservas do Tricolor derrotaram o Veranópolis por 1 a 0, e atuando bem. A defesa esteve firme, como em todo time de Celso Roth, o meio-campo teve Orteman e Maylson inspirados, e Douglas Costa e Reinaldo brilharam no ataque.

Há risco de perder em Santa Cruz do Sul? Sem dúvida. O Santa Cruz foi um dos dois times (o outro foi o Ypiranga) a arrancar empate do Inter, o único invicto da competição. Mas Roth não está preocupado com o risco de ir para o Estádio dos Plátanos com time reserva.

– É impossível que não nos classifiquemos entre os quatro. Depois, é ir disputar o título pau-a-pau com o Inter – diz Roth, tentando espantar o pessimismo que domina os gremistas.

No Santa Cruz, o técnico Agenor Piccinin lamenta a ausência do atacante Roberto Jacaré, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

– O Jacaré é habilidoso e sai para os lados. Vou ter que recorrer ao Rafael Pati, que atua fixo na área – explica Piccinin.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ X GRÊMIO

Estádio: Plátanos (Santa Cruz do Sul, RS)
Data-hora: 8/03/2009 – 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Fabrício Corrêa
Auxiliares: Paulo Conceição e Carlos Selbach

SANTA CRUZ: Cássio; Simônio, Vinicius e Glauber; Polaco, William, Sananduva, Cléber Oliveira e Emanuel; Rafael Pati e Eraldo. Técnico: Agenor Piccinin.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Saimon, Rafael Marques, Héverton e Fábio Santos; Diogo, Orteman, Maylson e Makelelê; Douglas Costa e Reinaldo. Técnico: Celso Roth.

março 7, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

R9 e K9 são as apostas para Palmeiras e Timão

Boa fase e ídolos podem fazer o jogo no interior paulista ser histórico

LANCEPRESS!

O líder Palmeiras, do goleador Keirrison e das estratégias de Luxemburgo enfrenta o Corinthians, do ídolo Ronaldo, invicto no ano e motivado pela estreia fenomenal. Ingredientes não faltam para o torcedor esperar um grande jogo neste domingo, em Presidente Prudente, pelo Campeonato Paulista.

O Timão também tem mistério para a partida. No treino desta sexta-feira, o técnico Mano Menezes promoveu uma série de mudanças entre um tempo e outro do coletivo. No primeiro, Escudero entrou no lugar de Dentinho, formando a equipe com três zagueiros. Foi a única alteração em relação à vitória sobre o Itumbiara.

Mas na segunda parte, Souza, Jorge Henrique e Fabinho foram sacados para a entrada de Ronaldo, Dentinho e Alessandro. Escudero foi deslocado para a ala esquerda e André Santos para o meio de campo. As mudanças podem fazer o Fenômeno ser titular. No entanto, o treinador garantiu que Ronaldo será reserva, mas vai entrar no jogo.

No Palmeiras, o momento também é positivo, mas ameaçado pela má fase na Copa Libertadores. Uma vitória no clássico poderia dar ânimo novo e o zagueiro Edmílson está ciente disso.

– Não podemos perder esse clima positivo que existe entre nós. Além da parte interna, temos um time forte dentro de campo. Nossa auto-estima não pode ir lá para baixo por causa de uma derrota – afirmou o zagueiro.

O retrospecto pode ser animador ao Verdão, já que nunca perdeu um clássico disputado em Presidente Prudente.

Porém, o Palmeiras ainda não contará com o retorno de Marcos. O goleiro ainda se recupera de lesão muscular na coxa direita e desfalca mais uma vez a equipe. A boa notícia é a liberação do atacante Keirrison e do meia Willians, que se machucaram no jogo de terça-feira e eram dúvidas.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS X CORINTHIANS

Estádio: Estádio Eduardo José Farah, Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 08/03/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Cleber Wellington Abade (SP)
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira (SP) e Nilson de Souza (SP)

PALMEIRAS: Bruno, Maurício Ramos, Edmílson e Danilo; Fabinho Capixaba, Pierre, Jumar, Cleiton Xavier, Diego Souza e Armero (Marcão); Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CORINTHIANS: Felipe, Chicão, William e Escudero; Alessandro, Cristian, Elias, Douglas e André Santos; Jorge Henrique (Dentinho) e Souza. Técnico: Mano Menezes

março 7, 2009 Posted by | Corinthians, Palmeiras | , , , , , , , , | 1 Comentário

Com novos ares, Fluminense estreia na Taça Rio

Tricolor encara o Mesquita e precisa conquistar o segundo turno

Fluminense estreia na Taça Rio contra o Mesquita no EngenhãoFluminense estreia na Taça Rio contra o Mesquita no Engenhão

LANCEPRESS!

Recuperado da eliminação da Taça Guanabara, o Fluminense entra em campo neste domingo, às 18h, no Engenhão, para enfrentar o Mesquita, pela primeira rodada da Taça Rio. Porém, o Tricolor entrará em campo comandado pelo técnico dos juniores, pois René Simões foi demitido na última sexta-feira.

Com a missão de conquistar o segundo turno para ir às finais do Campeonato Carioca, o Tricolor tem mais uma pressão: iniciar bem essa fase. Na Taça Guanabara, o Fluminense foi muito irregular e se classificou apenas na última rodada. Gilson Gênio, que já havia assumido o profissional em 2003, após a demissão de Renato Gaúcho tem três jogos e três derrotas.

– Não fui chamado para ser interino. Fui convocado para comandar o treino. Vou fazer o meu melhor, pois o grupo já está montado – disse Gênio.

O treinador adiantou que não deverá fazer alterações na equipe que já vem atuando e a tendência é a de que Conca permaneça no banco. O único desfalque será o lateral-esquerdo Leandro que está com uma lesão no adutor da coxa direita. O provável substituto será o jovem João Paulo.

Já o Mesquita vai iniciar a Taça Rio reforçado. O meia-atacante Rafael Silva, contratado por empréstimo ao Vasco, poderá fazer sua estréia. Além do lateral-direito Maricá e o zagueiro João Felipe, que cumpriram suspensão automática, na final da Taça Moisés Mathias de Andrade, contra o Americano. Os jogadores realizaram apenas um coletivo nesta semana.

– Estou preparado para entrar, caso o professor precise. Agora é encarar o Fluminense, sem medo – disse Rafael.

Por outro lado, o técnico Rubens Filho ainda não sabe de poderá contar com o zagueiro Alemão, que ainda sente dores no calcanhar do pé direito. O lateral-esquerdo Nill, suspenso, está fora da partida.

FICHA TÉCNICA:
MESQUITA X FLUMINENSE

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 08/03/2009 – 18h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Souza Pinto (RJ)
Auxiliares: Marcos Antônio Santos (RJ) e Luiz Felipe Scofield Guerra Costa (RJ)

MESQUITA: Fernando, Maricá, Alemão (João Filipe), Vinícius e Messias; Haroldo, Yves, André e Fabrício; Ederson e Bruno Carvalho. Técnico: Rubens Filho.

FLUMINENSE: Fernando Henrique , Mariano, Edcarlos, Luiz Alberto e João Paulo; Fabinho, Romeu, Leandro Bomfim e Thiago Neves; Everton Santos e Tartá. Técnico: Gilson Gênio.

março 7, 2009 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em tarde de Andrezinho, Inter goleia o Veranópolis e segue invicto no Gauchão

Colorado, campeão da Taça Fernando Carvalho, começa bem o 2° turno

Ampliar Foto Lucas Uebel/GLOBOESPORTE.COM Lucas Uebel/GLOBOESPORTE.COM

Andrezinho comemora gol contra o Veranópolis

O Internacional, campeão da Taça Fernando Carvalho, não teve dificuldades para conquistar sua primeira vitória no returno do Campeonato Gaúcho. Mesmo atuando com a equipe reserva, o Colorado venceu o Veranópolis na tarde deste sábado por 4 a 0 no estádio Beira-Rio. Andrezinho foi o grande nome do jogo marcado dois gols. Com o resultado, o time continua como o único invicto na competição.

A próxima partida do Colorado pelo estadual será fora de casa, contra o Brasil de Pelotas, às 21h50m, de quarta-feira. Já a equipe do Veranópolis receberá o Novo Hamburgo, às 20h30m, do mesmo dia.

Colorado abre o placar no início do jogo

O Inter precisou do primeiro ataque para abrir o placar no Beira-Rio. Giuliano recebeu um passe dentro da área e foi derrubado pelo zagueiro Romano. O juiz Márcio Chagas da Silva não teve dúvidas e marcou pênalti. Andrezinho cobrou com categoria para fazer a alegria dos torcedores colorados logo aos sete minutos.

A equipe do Veranópolis até que tinha um bom domínio da bola, mas não conseguia chegar com perigo ao gol do Inter que fazia uma boa marcação. Miro Bahia era o jogador que mais aparecia para armar as jogadas. Só aos 23, os visitantes chegaram bem. Ademir avançou pelo meio e chutou forte, mas a bola passou por cima do gol de Michel Alves.

Dois minutos depois, o Colorado ampliou. Andrezinho recebeu um bom passe na entrada da área, percebeu o goleiro adiantado e tocou com categoria no ângulo esquerdo de Vanderlei que não teve chances.

Aos 38, o Veranópolis quase empatou. Kito recebeu cruzamento na pequena área e, sozinho, chutou por cima do gol perdendo a melhor chance da partida. Três minutos após, novamente Kito teve uma boa oportunidade. O atacante recebeu, driblou o zagueiro e chutou forte. Michel Alves conseguiu espalmar e afastar o perigo da área colorada.

Inter faz o terceiro com um minuto da etapa final

O Internacional praticamente sacramentou a vitória no início do segundo tempo. Logo com um minuto, Giuliano recebeu passe de Walter, se livrou da marcação e finalizou para o fundo das redes ampliando o placar. Os jogadores do Veranópolis sentiram o gol e era visível o abatimento após o lance.

A primeira chega do Veranópolis no segundo tempo foi aos 13 minutos. Douglas fez boa jogada pela direita e tocou para Dinei dentro da área. O atacante teve tempo para dominar, mas chutou por cima do travessão.

O Inter continuou melhor e chegou mais uma vez, aos 20. Marcelo Cordeiro avançou pela lateral-esquerda, passou por dois marcadores e arriscou o chute. O goleiro Vanderlei teve que se esticar todo para fazer a defesa e espalmar para o lado. Dois minutos depois, Tales Cunha recebeu pela ponta, entrou na área e perdeu um gol feito chutando por cima.

O goleiro do Veranópolis começou a se destacar na partida. Rosinei tabelou com Alecsandro e entrou sozinho na área e Varderlei, novamente, fez grande defesa. A equipe do Inter deu números finais ao jogo aos 40 minutos. Marcelo Cordeiro recebeu belo passe dentro da área e finalizou com perfeição. Depois do lance o Inter acabou recuando um pouco e ficou administrando o placar até o apito final do árbitro.

Confira a classificação do Campeonato Gaúcho

Ficha técnica:

INTERNACIONAL 4 x 0 VERANÓPOLIS
Michel Alves, Arílton, Danilo Silva, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Sandro, Rosinei, Andrezinho(Glaydson) e Giuliano(Leandrão); Walter(Tales) e Alecsandro. Vanderlei; Ademir, Anderson Bill(Fernando Miguel) e Marília; Douglas, Edmílson, Eduardinho(Dick), Miro Bahia e Romano(Diego); Dinei e Kito.
Técnico: Tite. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.
Gols: Andrezinho aos sete minutos e aos 25 do primeiro tempo. Giuliano com um minuto e Marcelo Cordeiro aos 40 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Danilo Silva (I), Tales (I), Bolívar (I) e Fernando Miguel (V).
Estádio: Beira-Rio. Data: 07/03/2008. Árbitro: Márcio Chagas da Silva. Auxiliares: José Eduardo Calza e Edemar Palmeira.

março 7, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco encara o Friburguense em estreia na Taça Rio com vontade redobrada

Após eliminação na Taça Guanabara por conta da perda de seis pontos no TJD, time da Colina entra em campo neste domingo, em São Januário

Ampliar Foto Divulgação/GLOBOESPORTE.COM Divulgação/GLOBOESPORTE.COM

Concentração total no time da Colina

Eliminado da Taça Guanabara por causa da perda de seis pontos por ter utilizado o meia Jéferson de forma irregular, o Vasco volta a campo neste domingo, às 16h, em São Januário, para encarar o Friburguense, em partida válida pela primeira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Cheio de disposição, o elenco quer provar para os adversários que teria feito bonito caso não tivesse ficado fora da fase final do turno, que foi conquistado pelo Botafogo.

Acompanhe a estreia do Vasco na Taça Rio ao vivo pela Rede Globo ou em Tempo Real pelo GLOBOESPORTE.COM.


– A intenção do Vasco é ser campeão. Foi ruim ficar fora, mas conseguimos trabalhar e ficamos mais fortes para esse segundo turno. Temos que colocar em ação isso no segundo turno – afirmou o zagueiro Fernando.

O técnico Dorival Júnior fez três mudanças na equipe em relação aos últimos jogos no Estadual. Duas por motivo de suspensão, e a outra por opção tática. Paulo Sérgio, que chegou a receber três amarelos, mas não teve o cartão assinalado na súmula, não vai entrar em campo. O departamento jurídico e a comissão técnica decidiram não colocá-lo para evitar novos problemas no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). Fágner está confirmado entre os titulares.

Além de Paulo Sérgio, o volante Nilton, com três cartões amarelos, também está fora. Mateus treinou entre os titulares e foi confirmado por Dorival Júnior na equipe titular. A única mudança que ocorreu no time devido à parte técnica foi a saída de Rodrigo Pimpão para a entrada de Alex Teixeira. Para o comandante cruzmaltino, a equipe tem tudo para iniciar a competição com o pé-direito.

– O time vinha tendo uma boa consistência com o Nilton e o Paulo Sérgio, com bom aproveitamento, principalmente nas bolas paradas. Perdemos os dois, mas ganhamos mais dois.
Os jogadores do Vasco ganharam uma força a mais para o confronto. Na sexta-feira, a diretoria quitou o salário de janeiro, que havia vencido no dia 20 do mês passado.

– Isso é importante, mas não é tudo. Quando a gente entra em campo, esquece isso – disse o zagueiro Fernando.

Frizão quer fugir das últimas colocações na classificação geral
Do lado do Friburguense, o técnico não poderá contar com o zagueiro Wallace, expulso na última partida do primeiro turno. Cleimar Rocha  vai escalar Heitor em seu lugar.

O Frizão luta para fugir das últimas colocações na classificação geral. No primeiro turno, somou apenas cinco pontos e ficou com a última colocação no Grupo B. Em sete jogos, a equipe venceu um, empatou dois e perdeu quatro.

FICHA TÉCNICA:

VASCO FRIBURGUENSE
Tiago, Fágner, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Mateus, Jéferson e Carlos Alberto; Alex Teixeira e Elton. Bruno Garcia, Sérgio Gomes, Cadão, Heitor e Gilson; Leomir, Elan, Hércules e Alex Faria; Victor Hugo e Ziquinha.
Técnico: Dorival Júnior. Técnico: Cleimar Rocha.
Estádio:São Januário. Data: 07/03/2009. Árbitro: Pathrice Wallace Correa Maia. Auxiliares: Cláudio José de Oliveira Soares e Alexandre Eller.
Transmissão: A TV Globo RJ transmite a partida ao vivo para todo estado. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 15h50m (de Brasília).

março 7, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio conta com Maxi López para abafar a crise contra o Santa Cruz

Jogo às 16h de domingo, nos Plátanos, marca a estreia do argentino com a camisa tricolor. Herrera é opção

Ampliar Foto Agência/Estado Agência/Estado

Maxi López durante um treinamento do Grêmio

Em meio à crise, surge a esperança. O Grêmio encara o Santa Cruz neste domingo, no estádio dos Plátanos, rodeado por questionamentos, mas reforçado pelo argentino Maxi López. O gringo finalmente poderá estrear com a camisa tricolor no jogo das 16h, o segundo compromisso do time de Celso Roth na Taça Fábio Koff, equivalente ao returno do Campeonato Gaúcho.

O Grêmio não vence há três jogos e vê a torcida criar uma onda de revolta contra o técnico Celso Roth, que já tem o cargo ameaçado no Olímpico. Um bom resultado contra o Santa Cruz é fundamental para dar paz ao elenco. Os atletas prometem correr pelo treinador. O time será misto.

A RBS TV transmite a partida ao vivo para o Rio Grande do Sul. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Correr por Roth
Cada corrida, cada carrinho, cada tentativa de gol será por Celso Roth no jogo contra o Santa Cruz. O capitão Tcheco, porta-voz do elenco, deixou claro que o grupo está fechado com o treinador. A revolta da torcida deixou os jogadores impressionados.

– No domingo, vamos correr por ele. Se no ano passado ele conseguiu suportar a pressão, pode acontecer de novo agora – disse Tcheco.

Mesmo que perca, Roth não deve ser demitido. É improvável que ele saia antes do jogo contra o Boyacá Chicó, quarta-feira, na Colômbia, pela Libertadores. Aí, sim, o cargo dele estará em jogo. E é pensando na partida da competição continental que o treinador monta o time para a disputa regional.

Uma equipe mista estará em campo nos Plátanos. Roth não divulgou a escalação, mas antecipou que o argentino Maxi López estará em campo pela primeira vez com a camisa do Grêmio. Herrera, compatriota dele, está recuperado de lesão muscular e poderá ser alternativa no banco de reservas.

Adílson e Tcheco, que não enfrentaram o Ypiranga no empate por 1 a 1 de quinta-feira, começam o jogo. O mesmo deve acontecer com William Thiego, que também volta de lesão e poderá atuar pela primeira vez na temporada.

O Santa Cruz, eliminado nas quartas-de-final no primeiro turno, não tem mais o lateral-direito Thiago Mattos, negociado com o Criciúma. Roberto Jacaré, suspenso, também está fora.

Ficha do jogo

SANTA CRUZ GRÊMIO
Cássio, Simônio, Vinicius e Glauber; Polaco, William, Sananduva, Cléber Oliveira, Rafael Pati e Emanuel; Eraldo. Marcelo Grohe, Saimon, Heverton e William Thiego; Makelele, Adílson, Tcheco, Douglas Costa e Jadilson; Maxi López e Reinaldo.
Técnico: Agenor Piccinin Técnico: Celso Roth.
Estádio: Plátanos. Data: 08/03/2009. Horário: 16h. Árbitro: Fabrício Neves Corrêa. Auxiliares: Paulo Ricardo Conceição e Carlos Selbach.
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Segundo turno – primeira rodada

Sábado, 07/03
16h – Internacional x Veranópolis
18h15m – Caxias x Canoas
20h30m – Esportivo x Juventude

Domingo, 08/03
16h – São José POA x São Luiz
16h – Santa Cruz x Grêmio
16h – Novo Hamburgo x Avenida
16h – Ypiranga x Sapucaiense

março 7, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Líder e em grande fase, Cruzeiro recebe o Tupi com tabu e invencibilidades em jogo

Raposa ainda não perdeu em 2009. No Mineirão, time não é derrotado desde setembro. Equipe de Juiz de Fora não vence o duelo há 22 anos

Ampliar Foto Divulgação/VIPCOMM Divulgação/VIPCOMM

Sorín deve ser titular neste domingo

Está tudo muito azul no Cruzeiro. Líder do Campeonato Mineiro e da Taça Libertadores e invicto na temporada, a equipe de Adilson Batista tem pela frente mais um desafio pelo Estadual neste domingo, às 19h10m (horário de Brasília), pela oitava rodada. O adversário será o Tupi, oitavo colocado, e em crise, no Mineirão.

Os dois times já se enfrentaram 38 vezes na competição regional. Foram 27 vitórias do Cruzeiro, 10 empates e uma vitória do Tupi. O ataque cruzeirense marcou 94 gols, enquanto o do Tupi marcou 18. A equipe de Juiz de Fora não vence o duelo há quase 22 anos. A única vitória foi em 12 de julho de 1987, em casa, pelo placar de 2 a 1.

O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Confira a classificação do Campeonato Mineiro

Time misto da Raposa deve aparecer

Ampliar Foto Divulgação/VIPCOMM Divulgação/VIPCOMM

Wellington Paulista deve voltar ao time

O técnico Adilson Batista vai ter de recorrer à força do elenco para armar o time. Três jogadores receberam o terceiro cartão amarelo no confronto contra o Ituiutaba no último domingo e estão suspensos: o lateral-direito Jancarlos, o volante Elicarlos e o meia Gerson Magrão.
A tendência é que técnico siga com o time misto no Estadual. O jovem armador Bernardo disputa com Camilo a vaga aberta por Magrão. Para a vaga de Elicarlos, Adilson tem à disposição o volante Fabrício.

– Se o Adilson optar pela minha escalação vou ficar muito feliz para ter essa sequência. Fico na expectativa – afirmou Camilo.

No treino desta sexta-feira, o técnico não deu muitas pistas sobre a escalação. O lateral-esquerdo Sorín deve jogar. Fernandinho não treinou. A esposa do jogador teve filho e ele tem poucas chances de estar em campo. A dupla de ataque deve ser formada por Wellington Paulista e Kléber. Apesar da polêmica com o diretor de futebol celeste, Eduardo Maluf, por conta da segunda expulsão dele na Libertadores, o Gladiador treinou normalmente.

O Cruzeiro quer manter uma marca que começou a ser construída em 2008. Caso supere o time de Juiz de Fora, vai atingir 13 vitórias consecutivas no Mineirão. Mas existe outra invencibilidade em jogo. O time ainda não foi derrotado este ano. Foram 12 partidas. São 10 vitórias e dois empates com 36 gols marcados, média de três por jogo, e 11 sofridos.

Sob pressão, Tupi tenta se reerguer

Eliminado da Copa do Brasil e com uma campanha abaixo da expectativa no Mineiro, o time de Juiz de Fora encara o duelo com o líder muito próximo da reação e da crise. Na competição nacional, depois de vencer o primeiro jogo contra o Criciúma por 2 a 0, em casa, permitiu que o adversário mudasse a situação no jogo de volta, em Santa Catarina, e ficasse com a vaga: 3 a 0.

O técnico José Carlos Amaral está ameaçado no cargo e deve fazer mudanças. Uma delas no gol. Alan Faria foi expulso na Copa do Brasil e vinha sendo contestado na posição. Gonçalves deve ganhar a condição de titular. O atacante Márcio Carioca se recuperou de uma lesão muscular que o deixou afastado por três semanas e está à disposição.

CRUZEIRO TUPI
Fábio, Jonathan, Anderson, Thiago Heleno e Sorín; Henrique, Fabrício, Camilo e Wagner; Kléber e Wellington Paulista. Gonçalves, Serginho, Reginaldo, Rodrigão e Michel; Marcel, Léo Salino, Robson e Daniel; Ademílson e Jonathan.
Técnico: Adilson Batista. Técnico: José Carlos Araújo.
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte. Data: 08/03/2009. Árbitro: Átila Carneiro Magalhão. Auxiliares: Ângela Paula Cruz Régis Ribeiro e Cinthia Mara da Silva.
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para Todo o país.

Primeira fase – oitava rodada
Domingo, 08/03
10h – Uberlândia x Rio Branco
11h – Ituiutaba x América
16h – Democrata GV x Atlético
16h – Social x Uberaba
16h – Villa Nova x Guarani
19h10m – Cruzeiro x Tupi

março 7, 2009 Posted by | Cruzeiro | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG encara o Democrata em jogo que vale a vice-liderança do campeonato

Emerson Leão surpreende e deixa o garoto Renan Oliveira fora da partida

Ampliar Foto Agência/Diário de São Paulo Agência/Diário de São Paulo

Satisfeito, Leão não quer inventar

Um ponto. É a diferença mínima que separa Democrata de Governador Valadares e Atlético-MG na tabela do Campeonato Mineiro. Neste domingo, ela pode mudar e até inverter a posição dos times na classificação. As equipes se enfrentam no estádio Mamudão, às 16h (horário de Brasília), pela oitava rodada.

O confronto vale a vice-liderança. O Galo tem 14 pontos, em segundo, e logo atrás está o Demo, com 13. A Globo Minas exibe a partida ao vivo para todo o estado. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

A Globo Minas exibe a partida ao vivo para todo o estado. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Confira a classificação do Campeonato Mineiro

Repetir para não inventar

Ampliar Foto Bruno Cantini/Site Oficial do Atlético-MG Bruno Cantini/Site Oficial do Atlético-MG

Kléber tem a confiança do treinador

O técnico Leão confirmou que manterá o jovem Kléber no ataque do Galo. Nos últimos treinos, ele priorizou finalizações e jogadas aéreas. Por suas características diferenciadas, o jovem atacante permanecerá na equipe titular.

– O primeiro jogo foi interessante, emocional e cansativo para ele. Esperamos que, desta vez, entre com mais tranquilidade. O Kleber é um jogador de característica diferente e vamos continuar com ele para que o Éder e o Tardelli possam ter mais variações. Vamos repetir para não inventar – disse, em entrevista ao site oficial do clube.

Quem esperava ver Renan Oliveira com a camisa 10 terá de esperar. Ele ainda não tem condições físicas para viajar com o grupo e sequer foi relacionado.

– Ele vai ficar em Belo Horizonte fazendo trabalho de preparação física porque ainda está aquém dos demais jogadores nesse quesito – explicou Leão.

Dezoito jogadores foram relacionados. A novidade na relação é o atacante Pedro Paulo, recuperado de contusão.

Democrata quer ultrapassar o adversário

A chance de começar a próxima semana como vice-líder é a grande motivação para a partida. O atacante Allan está confirmado no time titular do técnico Moacir Júnior e deve duelar com o zagueiro atleticano Welton Felipe.

DEMOCRATA ATLÉTICO-MG
Alex, Geilson, Riso, Weldes e Fabiano; Sandro Leite, Zé Maria, Sandro Manoel e Hugo; Thiago Perreira e Allan. Juninho, Marcos Rocha, Leandro Almeida, Welton Felipe e Júnior; Renan, Márcio Araújo, Carlos Alberto e Éder Luís; Kléber e Diego Tardelli.
Técnico: Moacir Júnior. Técnico: Emerson Leão.
Estádio: Mamudão. Data: 08/03/2009. Árbitro: Joel Tolentino Damata Júnior. Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Jair Albano Félix.
Transmissão: A Globo Minas exibe a partida ao vivo para todo o estado. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Primeira fase – oitava rodada
Domingo, 08/03

10h – Uberlândia x Rio Branco
11h – Ituiutaba x América
16h – Democrata GV x Atlético
16h – Social x Uberaba
16h – Villa Nova x Guarani
19h10m – Cruzeiro x Tupi

março 7, 2009 Posted by | Atlético-MG | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Após doze horas de voo, São Paulo retorna da Colômbia

Jogadores que atuaram contra o América de Cali terão o fim de semana de folga. Reservas se reapresentam para o Paulistão

Jorge Wagner desembarca em Guarulhos e tem folga no fim de semana (Foto: divulgação)Jorge Wagner desembarca em Guarulhos e tem folga no fim de semana (Foto: divulgação)

LANCEPRESS!

Depois da boa vitória por 3 a 1 diante do América, em Cali (COL), o São Paulo desembarcou neste sábado pela manhã, às 6h, no aeroporto internacional de Guarulhos, em Cumbica. Cansados, os jogadores deixaram rapidamente o lugar e foram direto para o ônibus do clube, que levou todos ao CT, após mais de oito horas de viagem.

Todos foram liberados. No entanto, alguns atletas, aqueles que vão atuar neste domingo em Mogi Mirim, terão de se reapresentar às 18h no mesmo local, para começar a concentração.

A maioria dos titulares em Cali será liberada. Todos só vão voltar às atividades normais na segunda-feira. Os cinco jogadores que não viajaram (Dênis, Aislan, Oscar, Wellington e Eduardo Costa) vão se juntar aos atletas que ficaram como opção na partida na Colômbia para atuar contra o Mogi Mirim, às 19h10, neste domingo.

A delegação viaja no mesmo dia à tarde para a cidade no interior. Depois, o Tricolor terá uma sequência mais light, já que terá duas partidas no Morumbi.

março 7, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Eduardo Costa deve estrear no Tricolor

Após 55 dias de recuperação, o volante está liberado para jogar sua primeira partida pelo São Paulo. Dono da vaga é Jean

Eduardo Costa treina no CT para enfrentar o Mogi (Foto: Eduardo Viana)Eduardo Costa treina no CT para enfrentar o Mogi (Foto: Eduardo Viana)

No dia 21 de setembro de 2008, quando o São Paulo empatou por 0 a 0 com o Sport na Ilha do Retiro, a diretoria resolveu que precisava de um jogador menos “bonzinho” no grupo. Ninguém engoliu as gracinhas do atacante Carlinhos Bala.

Eduardo Costa atende ao perfil. Aguerrido, sério, é comparado pelos dirigentes ao uruguaio Lugano. Segundo reforço contratado para 2009 – depois de Wagner Diniz, o volante fará sua estreia neste domingo, 55 dias após a apresentação do grupo.

Pouco antes do início do Paulistão, o departamento médico detectou uma inflamação na patela do joelho esquerdo de Eduardo Costa, e optou por tirar o atleta dos treinos.

– Eu estava sem jogar desde julho por causa da saída do Espanyol (ESP), a musculatura ficou fraca e comprometeu as articulações. Graças a Deus foi descoberto antes que eu jogasse e pudesse se agravar.

Enquanto os companheiros estavam em Cáli (COL), Eduardo Costa realizou treinos no CT da Barra Funda e em Cotia, com as categorias de base.

A ordem de Muricy era para que o camisa 8 estivesse à disposição contra o Mogi Mirim, já que quase todo o time será reserva. Foi cumprida.

– Ele está recuperado, sem incômodos, sem insegurança. Está à disposição da comissão técnica – decretou o médico tricolor, José Sanchez.

Agoniado por ter de ver a equipe apenas das arquibancadas, Eduardo dedicou boa parte da recuperação a Maria Eduarda. A filha, de quatro meses e meio, foi a principal diversão do reforço.

– Não dá para fazer muita coisa, a não ser treinar e descansar. Pego um filme para ver em casa, vou ao shopping. E brinco com minha filha. Quando me dou conta, já acabou o dia. Ela me ajudou a superar essa fase complicada – disse.

O camisa 8 se anima ao saber da empolgação do clube, mas rejeita o rótulo de “novo Lugano”. Até porque terá trabalho para entrar na equipe. Jean, concorrente direto, foi considerado por Muricy Ramalho o melhor do time em 2009.

O técnico já confirmou que Eduardo Costa entrará em campo neste domingo, contra o Mogi Mirim. Só não se sabe se como titular, ou durante a partida. É o fim da agonia.

– Não dá para aceitar ficar sem jogar. O torcedor pode esperar um jogador competitivo, que dará o máximo para ter vitórias e títulos.

março 7, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , | 1 Comentário

Keirrison se dá bem contra grandes paulistas

K9 nunca jogou contra o Corinthians. Além disso, assume que é fã de Ronaldo e quer conhecê-lo

K9 quer manter a artilharia do Paulistão no clássico (Foto: Eduardo Viana)K9 quer manter a artilharia do Paulistão no clássico (Foto: Eduardo Viana)

Pergunte para qualquer palmeirense se a presença de Ronaldo no clássico de domingo é motivo de preocupação. Ele vai olhar para você e responder: “Ronaldo? Que nada! O Corinthians é que precisa se preocupar com o Keirrison!”.

Com 13 gols, em dez partidas pelo Palmeiras, o K9 tem deixado os adversários preocupados. Se o atacante corintiano marcou contra os principais rivais de seus ex-clubes, Keirrison também tem um bom desempenho nos clássicos. Mais do que isso. Contra os grandes de São Paulo, o aproveitamento é melhor.

Quando ainda jogava pelo Coritiba, o atacante do Verdão já mostrava o seu faro de gol. Foram 11 confrontos contra Atlético-PR ou Paraná, com cinco vitórias, três empates e três derrotas. Ainda por cima, ele marcou seis gols.

Se o desempenho já era bom no futebol paranaense, com a camisa do Alviverde paulista a situação até melhorou. Até agora, Keirrison disputou apenas um clássico. E seu desempenho foi muito bom. O camisa 9 marcou duas vezes na vitória por 4 a 1 em cima do Santos.

Vítimas paulistas

Neste domingo, Keirrison vai enfrentar pela primeira vez o Corinthians. Como o Coritiba esteve na Série B por alguns anos e o arquirrival esteve no torneio na temporada passada, o atacante ainda não debutou contra o adversário.

Em compensação, contra São Paulo, Santos e até o próprio Palmeiras, o desempenho do K9 é muito bom. No Brasileirão de 2008 foram cinco confrontos, com três vitórias, um empate e uma derrota. Ele ainda marcou oito gols.

Além de debutar contra o Corinthians, Keirrison vai poder de conhecer o ídolo Ronaldo.

– Vou ao encontro dele. Eu via ele jogar e aprendi com ele. Vou cumprimentá-lo e dar os parabéns. Eu admiro muito ele – disse o K9.

março 7, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , | Deixe um comentário

Roth vai antecipar estreia de Maxi López

Atacante argentino enfrentará o Santa Cruz, neste domingo

Roth disse que López deve jogar por 60 minutos contra o Santa CruzRoth disse que López deve jogar por 60 minutos contra o Santa Cruz (Crédito: Ricardo Rimoli)

LANCEPRESS!

O técnico Celso Roth resolveu antecipar o aproveitamento do argentino Maxi López. O atacante fará sua estreia neste domingo, contra o Santa Cruz, em Santa Cruz do Sul, pela segunda rodada do returno do Gauchão, integrando uma equipe mista, cuja escalação o técnico mantém em segredo.

– López deve jogar uns 60 minutos – informou Roth, dando a entender que o jogador poderá ganhar um lugar também no time que enfrentará o Boyacá Chico na Colômbia, na próxima quarta-feira, pela Libertadores.

Contratado do FC Moscou, Maxi López não joga desde dezembro e ainda está em fase de condicionamento físico. O outro argentino do elenco, Herrera, que se recuperou de lesão muscular mas não reúne as melhores condições físicas, também foi convocado para a partida de Santa Cruz, para ficar na reserva. Até a última quinta-feira, médicos e preparadores físicos do clube davam a utilização dos dois na Colômbia como desaconselhável.

A decisão de apressar a escalação dos dois atacantes se dá logo depois de a diretoria vetar os planos táticos de Celso Roth. Seu 3-6-1, com Alex Mineiro solitário no ataque, foi utilizado no Gre-Nal como “treino para a altitude da Colômbia”, segundo as palavras do próprio Roth. Mas os dirigentes, e o resultado de campo, convenceram o técnico a desistir da ideia.

Ao mesmo tempo em que anunciou a convocação dos argentinos, Roth responsabilizou a imprensa pelas hostilidades da torcida contra ele.

– Foi criada uma situação espantosa por quem comenta – acusou, negando-se a considerar espontâneos os protestos de quinta-feira no Olímpico.

O Grêmio pode entrar em campo neste domingo com: Victor, Rafael Marques, Réver e Héverton; Saimon, Adilson, Tcheco, Makelelê e Jadílson; Máxi López e Alex Mineiro.

março 7, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , | Deixe um comentário

Flamengo: confiança em Cuca para a Taça Rio, bicampeão

Equipe estreia neste sábado, contra a Cabofriense, no Maracanã

Cuca é o especialista em Taça RioCuca é o especialista em Taça Rio (Crédito: Julio César Guimarães)

LANCEPRESS!

Cuca é tachado de não ter sorte, de sucumbir nas decisões e de fazer bons trabalhos que não são transformados em conquistas. No entanto, a história do treinador é totalmente favorável quando o assunto tratado é a Taça Rio, na qual é atual bicampeão (pelo Botafogo).

Confiando no bom retrospecto de seu comandante, o Flamengo estreia neste sábado contra a Cabofriense, às 18h15, no Maracanã.

O Rubro-Negro foi à decisão do Carioca nos últimos dois anos, mas depois de ter faturado a Taça GB.

Desta vez terá de inverter os papéis com o Botafogo se quiser continuar ELE SABE O CAMINHO Flamengo x Cabofriense no sonho do quinto tricampeonato estadual de sua História.

Em sua primeira passagem pelo Flamengo, Cuca chegou a fazer uma boa figura também na Taça Rio, mas não levou a taça, que foi parar nas Laranjeiras depois da vitória tricolor por 4 a 1 no Fla-Flu. O lateral-esquerdo Juan estava do outro lado do clássico e, portanto, já teve o gostinho de dar a volta olímpica no segundo turno do Campeonato Carioca.

Cuca contou o que foi fundamental para que suas equipes superassem o insucesso no primeiro turno e fizessem um bom papel na Taça Rio.

– Pelo Botafogo, nós tivemos sempre uma retomada forte depois de derrotas na Taça GB (para Boavista em 2007 e Flamengo em 2008). Isso tem acontecido aqui também. Nossa melhor partida foi contra o Ivinhema. Fizemos um jogo com muita qualidade, o que mostra que o time pode evoluir ainda mais – frisou.

Por outro lado, Cuca garante que a Taça Rio tem maiores obstáculos do que a Taça Guanabara:

– É mais difícil por fazer um jogo a mais e por ter mais um clássico. Não é um jogo que vai nos tirar da briga, mas é bom começar vencendo.

março 7, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , | Deixe um comentário

Palmeiras e Corinthians podem treinar em paz

Troca de horário permite que os dois times visitem o estádio. Apesar de fechado, alguns torcedores puderam ver o treino

Jogadores do Verdão fazem o tradicional rachão de sábado (Foto: Thiago Salata)Jogadores do Verdão fazem o tradicional rachão de sábado (Foto: Thiago Salata)

LANCEPRESS!

Apesar da confusão anunciada, quando Palmeiras e Corinthians marcaram seus treinos no mesmo horário no estádio Prudentão, não houve problemas e as duas equipes puderam realizar suas atividades no local da partida deste domingo.

O Timão, que não tem o mando de jogo da partida, mudou seu horário e chegou um pouco mais cedo, as 8h30, e pôde treinar até as 10h. Quando os jogadores alvinegros estavam no vestiário, o ônibus do Palmeiras chegou por outro portão. Portanto, as delegações não se encontraram.

O treino do Palmeiras não pôde ser aberto ao público como era pretendido. Havia sido avisado que torcedores poderiam ver o rachão do Alviverde, doando um quilo de alimento.

Porém, a prefeitura de Presidente Prudente achou melhor vetar a presença de muitos palmeirenses, já que não havia estrutura para receber a torcida, como ambulâncias e seguranças, e também pela presença dos atletas do Corinthians no local.

Uns poucos desavisados compareceram ao treino, e puderam acompanhar o rachão do grupo alviverde, sem a necessidade da doação.

março 7, 2009 Posted by | Corinthians, Palmeiras | , , , | 1 Comentário

R9 quer manter tradição de marcar em clássicos

Ronaldo já jogou contra o Palmeiras, mas não marcou gol. Pelo Corinthians, quer manter a tradição de artilheiro de derbis

Mal estreou pelo Corinthians e Ronaldo já está prestes a fazer seu primeiro clássico pelo Timão, amanhã, diante do Palmeiras.

E, se é clássico, é sinônimo de gol para R9! O retrospecto do Fenômeno contra os principais arquirrivais de seus ex-clubes é animador para a torcida corintiana. Ronaldo sempre marcou contra eles.

Seja por Cruzeiro, PSV Eindhoven (HOL), Barcelona (ESP), Internazionale (ITA), Real Madrid (ESP) ou Milan (ITA), o R9 deixou sua marca em pelo menos um dos duelos diante dos principais rivais: Atlético-MG, Ajax, Real Madrid, Milan, Barcelona e Inter, respectivamente (veja mais ao lado).

No total, foram 25 clássicos disputados por Ronaldo, que marcou em 15 oportunidades – média de 0,6 gol por jogo. O aproveitamento do craque no que diz respeito a resultado, porém, é apenas regular: oito vitórias, nove empates e oito derrotas – 44% dos pontos disputados.

Chegou a hora de desempatar.

Desempatar e desencantar contra o Palmeiras. Sim, porque em dois jogos contra o Alviverde, pela Libertadores, passou em branco.

As partidas aconteceram há 15 anos, em março de 1994. Ainda menino franzino, com 17 anos, Ronaldo defendia o Cruzeiro e nos dois confrontos não fez gol. No primeiro duelo, em 2 de março, no Parque Antarctica, os mineiros saíram derrotados: 2 a 0 para o Palmeiras.

No outro jogo, no Mineirão, a Raposa deu o troco: 2 a 1. Estas partidas faziam parte da primeira fase do torneio. Os dois times se classificaram para as oitavas-de-final.

Algumas curiosidades marcaram estes confrontos. Vanderlei Luxemburgo – único treinador a comandar o Fenômeno em um clube e na Seleção – era o técnico do Palmeiras. Antônio Carlos, vilão da polêmica balada de R9 em Presidente Prudente, estava na zaga do time alviverde e marcou Ronaldo.

março 7, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Entrosada, dupla Borges/Washington mostra cartão de visitas aos colombianos

Parceria dos atacantes já rendeu nove gols em oito jogos para o São Paulo

Ampliar Foto Carolina Elustondo/GLOBOESPORTE.COM Carolina Elustondo/GLOBOESPORTE.COM

Washington e Borges: a dupla afiada do ataque tricolor mostra eficiência em campo

Os jogadores do América de Cáli receberam três cartões de visita da dupla de frente do São Paulo, que está jogando junta há apenas dois meses, mas parece se conhecer de longa data. Washington marcou dois e Borges fez o terceiro na vitória por 3 a 1 sobre os colombianos, na última quinta-feira, pela Libertadores. Apesar do pouco tempo de parceria, a comunicação está para lá de eficiente em campo: já são nove gols em oito partidas.

– Estamos em harmonia. O entrosamento é bom, um ajuda o outro, um torce pelo outro, e conversamos bastante. Depois de cada jogada, dando certo ou não, a gente comenta. Aí na próxima tentamos acertar. Está dando certo e espero que continue assim – ressaltou o camisa 9.

A parceria afiada já se mostra em números: juntos, eles conquistaram sete vitórias e um empate nesta temporada, com aproveitamento de 91,6%. Borges, que no ano passado já havia se saído bem ao lado de Adriano, está brilhando novamente com um centroavante como companheiro. O camisa 17 exalta o porte físico de Washington e acha que a dupla só tende a melhorar com o tempo.

– São dois jogadores que gostam de fazer gols. Até nas jogadas individuais a gente conversa, fala para o outro girar e tentar o chute, ou até tocar. O Washington é forte na bola aérea, e por ele ser alto e ter um porte físico muito bom, tenho que estar sempre perto do homem, pois vira e mexe sobra uma oportunidade, como aconteceu contra o América, mas o goleiro defendeu – ressaltou Borges.

Apesar de os dois terem um aproveitamento tão bom juntos, contra o América foi a primeira partida na qual os dois fizeram gols. Antes, quando um marcava, o outro passava em branco. Os dois esperam que a dobradinha se repita nas próximas partidas.

– A gente fica ainda mais feliz agora, porque os dois estão marcando. Antes perguntavam o que estava acontecendo. Agora não tem mais problema. A sequência de jogos ajuda a melhorar o entrosamento e esperamos ainda mais gols nossos – completou o camisa 17.

Carolina Elustondo/GLOBOESPORTE.COM

Atacantes Washingtone Borges mostram entrosamento dentro e fora de campo com a camisa tricolor

março 7, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

São Paulo com reservas no domingo. Confira!

São Paulo com reservas no domingo. Confira!

Técnico Muricy Ramalho dará folga aos titulares do Tricolor Paulista; Ataque deverá ser André Lima e Dagoberto

LANCEPRESS! O São Paulo que encara o Mogi Mirim no próximo domingo, em Mogi, será totalmente diferente do que venceu o América de Cali por 3 a 1, na última quinta-feira, pela Copa Libertadores. O técnico Muricy Ramalho levará a campo um time inteiro de reservas.

Nesta sexta-feira, os jogadores que não enfrentaram o América treinaram na Colômbia. São eles: Bosco, Wagner Diniz, Joilson, Rodrigo, Richarlyson, Hugo, Arouca, André Lima e Dagoberto.

Além dos nove jogadores, Aislan e Eduardo Costa deverão completar o time titular no domingo. Os dois não foram relacionados para o jogo na Colômbia. Já André Lima, que foi titular apenas no clássico contra o Corinthians, vive a expectativa de ganhar uma nova chance.

– A expectativa é esta mesmo, mas temos que aguardar o que o Muricy vai definir. O que posso dizer é que minha vontade é imensa em atuar e estou me preparando para aproveitar a oportunidade – disse o camisa 19, ao site oficial do clube.

março 7, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , | Deixe um comentário

Peixe encara o Oeste no Pacaembu pelo G4

Depois de vencer o São Paulo, Santos quer ficar no G4 e tenta embalar no Paulistão. Time joga fora, mas perto da torcida

(Crédito: Allex Ximenes)(Crédito: Allex Ximenes)

LANCEPRESS!

O Santos enfrenta neste sábado, no Pacaembu, o Oeste pela 12ª rodada do Paulistão. Após vencer o clássico contra o São Paulo no último domingo, o Peixe tenta emplacar uma sequência de vitórias para assegurar sua posição no G4. Na quarta colocação do Paulistão com 20 pontos, a equipe vê sua posição ameaçada por Santo André e Portuguesa, 5º e 6º colocados, respectivamente.

Ainda sem contar com Kléber Pereira, o Peixe ainda terá os desfalques de Léo, que se recupera de lesão sofrida contra e São Paulo e do zagueiro Fabão, suspenso. O meia Molina, que marcou no último jogo, busca se tornar o maior artilheiro estrangeiro da História do clube – está apenas a cinco gols da marca.

Já o Oeste vem de derrota contra o Paulista e de técnico novo. Após o revés sofrido na última rodada, o antigo treinador Marco Antônio caiu. Na terça-feira, Luciano Dias foi apresentado e já fará sua estreia no banco de reservas neste sábado. Luciano Santos e Ademar, suspensos, não jogam.

FICHA TÉCNICA:
OESTE X SANTOS

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 07/03/2009 – 19h10 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri (SP)
Auxiliares: Sérvio Antonio Bucioli (SP) e Márcio D’Avila Tragante (SP)

OESTE: Weverton; Dedê, Dezinho, Adriano e Mazinho; Athos, Dionisio, Dias e Vander (Bruninho); Caíque e Mirandinha. Técnico: Luciano Dias

SANTOS: Fábio Costa, Domingos, Adaílton (Paulo Henrique) e Fabiano Eller; Luizinho, Roberto Brum, Rodrigo Souto, Molina, Madson e Pará (Triguinho); Roni. Técnico: Vágner Mancini

março 7, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Keirrison e Ronaldo: Duelo de artilheiros

Com papéis invertidos, K9 e R9 prometem esquentar o derbi paulista no domingo

Keirrison e Ronaldo conhecem o caminho do gol (Montagem: Allex Ximenes)Keirrison e Ronaldo conhecem o caminho do gol (Montagem: Allex Ximenes)

Raphael Freitas

No próximo domingo, em Presidente Prudente, o tão aguardado dérbi paulista entre Corinthians e Palmeiras, marcará um duelo interessante. Do lado corintiano, a tendência é que o Fenômeno Ronaldo, atacante consagrado internacionalmente e maior artilheiro da história das Copas, possa estrear como titular. Enquanto do lado alviverde, Keirrison, jovem promissor de 20 anos, é o nome do gol do momento.

Porém neste jogo os papéis se invertem. Ronaldo, que ficou mais de um ano parado e retornou aos gramados na última quarta-feira é a promessa da vez. Ainda acima do peso e sem ritmo de jogo, o atacante sequer esta garantido na formação titular alvinegra. Já Keirrison, atual artilheiro do Paulistão e da Libertadores, é a sensação do momento. O jovem jogador já escreveu seu nome da História do Palmeiras sendo o jogador com melhor desempenho nas dez primeiras partidas disputadas pelo clube. K9 balançou as redes 13 vezes, o que lhe garante a média de 1,33 gols por jogo, a melhor da História do Verdão até o momento.

Os dois jogadores lideram a enquete do LNET! sobre “Quem é o melhor artilheiro no futebol brasileiro?” e prometem infernizar seus marcadores no jogo de Domingo. Entre os do 12 atacantes presentes na enquete, K9 e R9 concentram quase metade de todos os votos.

O Fênomeno, que brilhou no velho continente, jogando por PSV (HOL), Barcelona (ESP), Internazionale (ITA), Real MAdrid (ESP) e Milan (ITA), acredita que seu rival no derbi paulista tem um grande futuro pela frente:

– Não tenho dúvida de que ele vai chegar à Europa e pode se tornar um dos grandes atacantes do futebol mundial. É rápido, técnico, finaliza muito bem e tem feito muitos gols, o que é mais importante – afirmou Ronaldo em sua coletiva de imprensa.

if (!(dominioparceiro)){OAS_AD(‘x10’);}
if (!(dominioparceiro)){OAS_AD(‘x11’);}

março 7, 2009 Posted by | Corinthians, Palmeiras | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Internacional pega Veranópolios no início do returno

Campeão do primeiro turno, técnico Tite escala time com reservas

LANCEPRESS!

Campeão do primeiro turno, o Internacional estreia no segundo, neste sábado, recebendo o Veranópolis no Beira-Rio. E com time quase todo de reservas. Segundo o departamento médico, havia o perigo de lesões, devido ao desgaste físico e emocional das últimas semanas.

Apesar disso, o técnico Tite diz que o plano é conquistar também o segundo turno, eliminando a possibilidade de uma final. Nessa etapa do Gauchão, os jogos se realizam dentro das chaves, cada uma com oito clubes. O Inter está na chave 1 e, o Grêmio, na 2.

– Mandaremos a campo uma equipe com todas as chances de vencer o Veranópolis – disse o técnico, depois do treino de portões fechados desta sexta-feira.

A saída foi poupar os mais exigidos: Indio, Kleber, D’Alessandro, Nilmar, Taison e, possivelmente, o goleiro Lauro. Magrão e Guiñazú não jogariam mesmo, suspensos que estão pelo terceiro cartão amarelo.

O Colorado não espera grande público, tanto que não cobrará ingresso das sócias. Mas haverá atrações. A principal será o centroavante Alecsandro atuando desde o início.

Ainda sem preparo físico para 90 minutos, o atacante repatriado em janeiro dos Emirados Árabes tem se destacado nos treinos. Nos jogos, disputava só os últimos minutos. Quarta-feira, entrando aos 20 do segundo tempo, mudou o panorama do jogo contra o União-MT, pela Copa do Brasil, inclusive marcando um gol.

O trio formado por Sandro, Giuliano e Walter, destaque da Seleção Sub’20 na recente conquista do título sul-americano, também estará em campo desde o começo. E Rosinei receberá outra chance, segundo Tite porque vem fazendo treinos excelentes.

No primeiro turno, o Veranópolis fez ótima campanha: venceu os reservas do Grêmio por 3 a 1 (com três gols de seu grande destaque, Dinei). Na semifinal, enfrentando o misto do Tricolor no Olímpico, perdeu por 1 a 0. Para essa partida no Beira-Rio, terá o reforço do zagueiro Anderson Bill. O forte do time é a sua defesa, formada por zagueiros altos e fortes. Um bom teste para a dupla Alecsandro-Walter.
FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X VERANÓPOLIS

Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 7/03/2009 – 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Auxiliares: José Calza e Edemar Palmeira

INTERNACIONAL: Michel Alves (Lauro); Arilton, Bolívar, Álvaro e Marcelo Cordeiro; Sandro, Rosinei, Andrezinho e Giuliano; Alecsandro e Walter. Técnico: Tite

VERANÓPOLIS: Vanderlei; Anderson Bill, Marília e Ademir; Romano, Edmilson, Eduardinho, Miro Bahia e Douglas; Dinei e Kito. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

março 7, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , | Deixe um comentário