Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Ainda surpreso por ter sido barrado no clássico, Miranda pensa na Libertadores

Zagueiro conta que gostaria de ter enfrentado o Corinthians, no último domingo, no Morumbi, mas elogiou o desempenho do grupo

Ampliar Foto Gaspar Nóbrega/VIPCOMM Gaspar Nóbrega/VIPCOMM

Miranda reforça o Tricolor na Libertadores

O zagueiro Miranda admitiu na reapresentação do elenco do São Paulo, nesta segunda-feira, no Centro de Treinamentos, que ficou surpreso e triste assim que foi informado pelo técnico Muricy Ramalho que não ficaria sequer no banco de reservas no duelo contra o Corinthians, no último domingo, no Morumbi, que terminou empatado por 1 a 1, pelo Campeonato Paulista. Mas, apesar de ter revelado que queria atuar no clássico, ele já pensa exclusivamente na estreia na Libertadores. O Tricolor encara o Independiente Medellín, quarta-feira, às 21h50m, em casa.

– Eu confesso que fiquei surpreso e triste por não ter sido relacionado para enfrentar o Corinthians. Mas me mantive tranquilo, pois temos um elenco de qualidade e suportamos bem o ritmo do clássico – analisou Miranda.

Apesar de lamentar a sua ausência no clássico, o zagueiro do São Paulo afirmou que o duelo na Libertadores será bem diferente. Em sua avaliação, a equipe será mais exigida pelo adversário colombiano e terá de mostrar serviço dentro de casa, onde terá o apoio maciço do torcedor.

– A Libertadores é uma competição diferente. A exigência nos jogos é maior. Não podemos ter a mesma tranquilidade que temos no Campeonato Paulista. É preciso entrar em campo atento, procurando dar um pouco a mais em campo, e sabendo que os jogos exigem mais força física – justificou o zagueiro.

A eliminação do São Paulo na Libertadores do ano passado, quando nos acréscimo do segundo tempo sofreu o terceiro gol do Fluminense, na derrota por 3 a 1, no Maracanã, pelas quarta-de-final, ainda está viva na memória de Miranda. Mas, apesar do sofrimento, ele entende que aquela situação serviu de aprendizado para o elenco, que está consciente de que não pode mais repetir vacilos nos finais das partidas.

– Perder um jogo no último minuto e ser eliminado da Libertadores é muito decepcionante. Erramos em uma cobrança de escanteio. Mas aquilo serviu de aprendizagem. Precisamos ter atenção do primeiro ao último minuto – ressaltou Miranda.

fevereiro 17, 2009 - Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s