Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Flu acerta a volta de Thiago Neves

Mãe do meia confirma chegada do jogador nesta quarta para apresentação no clube. Mas diretor nega acerto

Ampliar Foto Agência/Reuters Agência/Reuters

Meia Thiago Neves comemora gol com a camisa do Hamburgo, da Alemanha

Um dia depois de encerrar as negociações com o atacante Fred, do Lyon, o Fluminense acertou nesta sexta-feira o retorno do meia Thiago Neves, que está no Hamburgo (Alemanha). Quem confirma a informação, por telefone, é a mãe do jogador, dona Eliane.

– Não sei de detalhes da negociação, mas Thiago está voltando para o Brasil, chega quarta-feira e se apresenta no Fluminense – confirmou Eliane, em entrevista ao GLOBOESPORTE.COM.

Segundo o jornalista Renato Maurício Prado, colunista do jornal “O Globo”, Thiago Neves foi vendido pelo Hamburgo para o Al-Hilal. O clube da Arábia Saudita aceitou pagar 7 milhões de euros, e fechou contrato de três anos com o atleta. Mas, atendendo a uma solicitação do jogador, o seu empresário, Léo Rabello, convenceu a diretoria do Al-Hilal a emprestar o meia ao Fluminense até julho. Assim, o jogador poderia defender o Tricolor no Campeonato Carioca, na Copa do Brasil e no início do Campeonato Brasileiro.
O jogador havia solicitado que o empréstimo durasse até dezembro, mas seu empresário conseguiu, até o momento, um acordo até o meio do ano.

Vendido ao Hamburgo em agosto, o meio-campista disputou apenas nove partidas pelo clube alemão. E não marcou um gol sequer.

Thiago Neves será a bomba que o técnico René Simões aguarda mesmo depois de o clube desistir de contratar o atacante Fred.

– Ainda espero que esta bomba venha. Tenho esperança que ela aconteça. Nunca falei de nomes e vou continuar assim. Se tivesse falado do Fred em algum momento, hoje eu teria que desmentir – afirmou o treinador antes do acerto com um dos destaques do Tricolor na Taça Libertadores-2008.

Diretor tricolor nega acerto
Seguindo a linha de negar todas as negociações em andamento, o coordenador de futebol do clube, Alexandre Faria, desmentiu qualquer tipo de conversa com Thiago Neves.

– Thiago Neves está voltando para o Brasil? Para jogar aonde? Não é no Fluminense. Falei com o nosso gestor financeiro, Humberto Palma, e ele me confirmou que o Hamburgo já efetuou o pagamento por Thiago Neves – disse o dirigente, acrescentando:

– O Fluminense não mandou ninguém em nome do clube para conversar com o Thiago Neves. Não procede. Não tratamos neste momento da negociação com o jogador – garantiu.

Faria afirmou que não tem conhecimento oficial sobre uma negociação entre o clube alemão e o Al-Hilal. Mas disse que a chance da volta do jogador ao Tricolor não poderia ser considerada nula.

– Chance não é zero para nenhum grande jogador. Mas não há qualquer tratativa em andamento – ressaltou.

O diretor disse que um possível acordo “dependeria do salário” e disse “ver com bons olhos” ter o atleta por seis meses.

janeiro 23, 2009 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

No aniversário de Rogério, aposta em vida longa defendendo o Tricolor

Meia Jorge Wagner é quem arrisca mais alto: ´Eu acho que ele tem futebol pra jogar até uns 45 anos`

Ampliar Foto Agência/Diário de São Paulo Agência/Diário de São Paulo

Rogério Ceni faz 36 anos nesta quinta

O aniversário de Rogério Ceni agitou o Centro de Treinamentos da Barra Funda. Os jogadores do Tricolor deram seus votos de felicidades ao goleiro, que completou 36 anos nesta quinta-feira. Para os companheiros de São Paulo, o capitão do time ainda vai demorar para pendurar as luvas e chuteiras. No clima de festa, todos fizeram apostas de até quando Rogério estará em campo.
Um dos principais reforços desse ano, o atacante Washington disse ao site oficial do clube que acredita no capitão jogando pelo menos mais uns cinco anos. Para o goleiro reserva Bosco e o volante Hernanes, Rogério passa dos 40. O meia Jorge Wagner é quem chuta mais alto:
– Pela vontade dele? Eu acho que ele tem futebol pra jogar até uns 45.

Outra mensagem registrada na página do Tricolor na internet ao goleiro são-paulino veio da Turquia. Ex-zagueiro do clube, o uruguaio Lugano também acha que o goleiro está longe de encerrar a carreira:
– Não consigo imaginar o São Paulo e o futebol sem você. Tenho certeza que vai jogar até os 41, mais ou menos.

janeiro 23, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , | Deixe um comentário

Portuguesa x São Paulo: ingressos estão à venda

Foram disponibilizados 20.200 bilhetes no total, que podem ser adquiridos nos estádios do Canindé e Morumbi

Já estão à venda os ingressos para a partida entre Portuguesa e São Paulo, neste domingo, às 17h, no Canindé, pela 2ª rodada do Paulistão. De acordo com o site oficial da Lusa, serão 20.200 bilhetes no total, que podem ser adquiridos nos estádios do Canindé e Morumbi, além de outros três pontos na capital paulista. Além disso, o Ingresso Família estará disponível somente na secretaria do Canindé.

Ingressos:

– Setor VISA: R$ 60 / meia-entrada: R$ 30 (somente para torcedores da Portuguesa no site http://www.futebolcard.com)
– Cadeira: R$ 50 / meia-entrada: R$ 25
– Arquibancada: 30 / meia-entrada: R$ 15
Postos de vendas:

– Estádio do Canindé – Portão 3 (somente torcedores da Portuguesa): quinta-feira até as 17h. Sexta e sábado, das 10h às 17h. E domingo até ao meio-dia.

– Estádio do Morumbi (somente torcedores do São Paulo): quinta-feira, das 13h às 17h. Sexta e sábado, das 10h às 17h

– Droga Verde – Moema
Avenida Ibirapuera, 2407
Fone: 5054-0929 / 5054-0191

– Droga Verde – Vila Matilde
Rua José Mascarenhas, 1229
Fone: 2651-7770 / 2652-9853

– Droga Verde – Jardim Japão
Praça Nippon, 67
Fone: 2949-1277 / 2949-1294


janeiro 23, 2009 Posted by | Portuguesa, São Paulo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Edgar diz ‘tchau’ logo em sua chegada

Novo atacante vascaíno revela que a palavra em sérvio é uma saudação a uma pessoa que está chegando, e não uma despedida, como em português

Ampliar Foto Márcio Iannacca/GLOBOESPORTE.COM Márcio Iannacca/GLOBOESPORTE.COM

Edgar veste a camisa cruzmaltina nesta quinta

Com 1,91m, Edgar foi apresentado nesta quinta-feira como novo reforço do Vasco para a temporada 2009. Bem descontraído, o jogador, que estava no Estrela Vermelha, da Sérvia, assinou contrato com o time da Colina até o fim do ano. Ao lado do diretor executivo do futebol, Rodrigo Caetano, o atacante falou de sua experiência na Europa e de como pretende conquistar o seu espaço na equipe do técnico Dorival Júnior. Nesta quinta-feira, Edgar, que não joga há 20 dias, vai iniciar a sua pré-temporada particular. A tendência é que o atleta só tenha condição de atuar em 15 dias. Além disso, ele só deve ser regularizado no fim da próxima semana.

GLOBOESPORTE.COM: Você chega pronto para jogar ou está atrás do restante dos companheiros, que realizaram uma pré-temporada?

EDGAR: Já estou há mais ou menos uns 20 dias sem jogar. O campeonato parou por lá. Treino sozinho, mas a gente sempre fica para trás. Eles fizeram todo um plano. Tenho que correr atrás para ficar o mais próximo possível dos outros.

Por que você aceitou a oferta do Vasco?

Estava querendo voltar ao Brasil mesmo. Aceitei a proposta porque é uma grande vitrine, um grande time. Não tem como recusar uma proposta do Vasco. Estou aqui para ajudar e fazer o meu melhor.

Você aprendeu alguma palavra em sérvio? Aprendi a dizer bom dia, boa tarde, e boa noite. No primeiro dia, as pessoas me cumprimentaram e falaram “tchau”. Pensei comigo, mal cheguei já estão me dispensando (risos). Essa é uma saudação para quem está chegando, mas não para quem está saindo.

Qual é o seu estilo de jogo? Minha característica é ficar mais na área. Gosto de me movimentar para buscar o jogo. Tenho que fazer o meu trabalho aqui no Vasco. Se eu for bem aqui, as coisas vão aparecendo. Tenho que pensar no meu trabalho aqui no Vasco e o que vier é consequência.

Como é o estilo de jogo na Sérvia? É um pouco diferente. Aprendi bastante coisa. Posso juntar esses estilos diferentes para trazer ao Brasil, e fazer uma coisa benéfica para o país. Na Sérvia, o jogo era muito duro, com muita bola aérea, contato físico e força. Posso trazer um pouco dessa briga, dessa disposição para cá.

janeiro 23, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , | Deixe um comentário

Goleiro Fernando assina contrato com o Vasco

Jogador será apresentado na manhã desta sexta-feira em São Januário

Fernando se diz honrado por jogar no VascoFernando se diz honrado por jogar no Vasco (Crédito: Site oficial do Vasco)

LANCEPRESS!

Contratado como solução do problema do gol no Vasco, Fernando assinou contrato com o clube na noite desta quinta-feira e será apresentado na manha desta sexta em São Januário. O novo camisa 1 cruzmaltino veio do União de Leiria, de Portugal, onde ficou três anos e meio.

– Estou muito entusiasmado com o Vasco, um clube grande com uma história imensa. É um grande desafio. É uma honra estar aqui – disse ao site oficial do Vasco.

janeiro 23, 2009 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Santos estreia com vitória no Paulistão

Time começou bem, fez dois gols e administrou o resto da partida. Kléber Pereira mais uma vez foi destaque

Ivan Storti)Kléber Pereira, como sempre, foi o artilheiro do jogo (Foto: Ivan Storti)

Felipe Mendonça

O Santos jogou para o gasto, venceu por 2 a 0 e não se esforçou muito. Sem ceder quase nenhuma oportunidade de gol ao time do Guaratinguetá, Fábio Costa foi somente um espectador durante boa parte do jogo.

As principais oportunidades ofensivas do Santos foram em jogadas pela linha de fundo, especialmente com o lateral-direito Luizinho, que está apoiando bem o ataque e muito seguro na defesa.

O meio-de-campo do Santos jogou de forma muito compacta, Rodrigo Souto e Roberto Brum marcando muito bem e Madson e Lúcio Flávio armando bem o time, com tranquilidade. Lúcio Flávio deu passes para os dois gols de Kléber Pereira. O primeiro, um passe maravilhoso que deixou o artilheiro na cara do goleiro Jaílson. O segundo foi em uma cobrança de escanteio, uma das especialidades do meia.

Os outros estreantes, Triguinho e Roni, foram discretos, mas sem comprometer. Triguinho deve perder a posição de titular para o recém-contratado Léo.

Já Roni, que deve brigar pela posição com o equatoriano Bolaños, se movimentou bem e teve algumas chances de gol. O principal nome do Santos continua sendo Kléber Pereira: artilheiro do Brasileirão 2008, ele começou o Paulistão com dois gols.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 0 GUARATINGUETÁ

Estádio: Vila Belmiro, em Santos(SP)
Data/hora: 22/01/2009 – 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra
Auxiliares: Celso Barbosa de Oliveira e Claudson Lincoln Beggiato
Público: 11.872 pagantes
Cartões Amarelos: Domingos, Rodrigo Souto e Madson(Santos); Rocha, Renato, Magal(Guaratinguetá)
Cartões Vermelhos: Não houve
Gols: Kléber Pereira, 5’/1ºT (1-0); Kléber Pereira, 22’/1ºT (2-0)

SANTOS: Fábio Costa, Luizinho, Domingos, Adaílton e Triguinho (Pará); Roberto Brum, Rodrigo Souto, Lúcio Flávio (Molina) e Madson; Roni (Adriano) e Kléber Pereira. Técnico: Márcio Fernandes.

GUARATINGUETÁ: Jaílson, Diego, Rocha (Jean Batista), Renato e Jackson (Careca); Saletti, Alê, Ricardinho (Lins) e Magal; Rodrigão e Wellington Amorim. Técnico: Argel.

janeiro 23, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Fazendo juras de amor ao Peixe, Leo é apresentado na Vila Belmiro

Jogador diz que abriu até mão de luvas para acertar com o Alvinegro

Ampliar Foto Agência/Estado Agência/Estado

Leo volta a vestir a camisa do Peixe

Quatro anos após se despedir do Santos, o lateral-esquerdo Leo, segundo jogador da vitoriosa geração campeã brasileira em 2002 (o primeiro foi Fábio Costa), foi apresentado nesta quinta-feira como o décimo reforço alvinegro para a temporada 2009. E ele garante ao torcedor que não mudou nada. Apesar das três temporadas atuando no Benfica, de Portugal, e já com 33 anos, ele assegura que segue sendo o mesmo jogador rápido, que chega à frente com facilidade e, de vez em quando, balança as redes.

– Não mudei nada. Sou o mesmo Leo, que gosta de ajudar o time, que vai à frente. Claro que hoje estou mais maduro, mas ainda continuo bem fisicamente. Acredito que, na Europa, melhorei na parte tática. Mas no geral, vou continuar jogando da mesma maneira – diz.

A vontade de voltar a jogar no Brasil era muito grande, pois seus pais, que moram em Campos, no interior do Rio, estão doentes. O jogador afirma que até recebeu propostas de outros clubes, mas quando o Santos entrou no circuito, ele não pensou duas vezes.

– Eu até avisei aos clubes que tinham me procurado que se o Santos entrasse na briga, ficaria difícil para eles. Tenho um amor enorme por esse clube que me deu tudo, me abriu as portas para a seleção brasileira, para a Europa – diz.

Para provar que essa identificação com o Peixe é mais do que mero discurso, Leo revela que abriu mão de receber um valor de luvas. Acertou apenas pelo contrato.

– Quando você vai trabalhar num lugar onde se sente bem, onde tem carinho, dinheiro é secundário.

Logo após sua apresentação à imprensa, Leo foi para o gramado para fazer festa com a torcida. Foi muito aplaudido e teve seu nome gritado.

Diferenças

Leo deixou o clube em 2005, como bicampeão brasileiro (2002 e 2004). Ele foi um dos destaques de uma das gerações mais vitoriosas da história do clube. Agora, ele retorna para um time que busca recuperação após uma temporada muito ruim – em 2008, o Peixe apenas lutou para não ser rebaixado tanto no Paulistão, quanto no Brasileirão. O jogador tem consciência de que não será um ano fácil, mas afirma que está pronto para encarar o desafio.

– Para mim é um recomeço e pretendo fazer o meu melhor. Vivi uma fase maravilhosa aqui, com títulos, mas passou. No futebol, temos de provar nosso valor todos os dias – diz.

Com a ajuda dos amigos

O reforço descarta o rótulo de principal estrela do time. Apesar de reconhecer sua condição de ídolo, ele avisa que não pode resolver nada sozinho.
– Não me vejo comogrande líder. Todos jogadores que entram em campo são importantes. Não se faz time com um jogador, mas com
o grupo. Todos vão dividir a responsabilidade. Sozinho, eu não faço nada.

Estreia

Leo afirma que precisará de mais dez dias de treinamentos para estar pronto

para estrear. No entanto, ele não arrisca uma data precisa. Ele não joga desde novembro do ano passado.

– Preciso de algum tempo, pois não posso entrar em campo sem estar em condições. Só vou jogar quando estiver bem, pois do contrário vou é atrapalhar.

janeiro 23, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Após dia de torcedor, Keirrison vive expectativa da estreia pelo Verdão

Novo atacante palmeirense, que assistiu ao confronto contra o Santo André dos camarotes, controla ansiedade para vestir a camisa 9

Ampliar Foto Divulgação./Assessoria de Imprensa do Palmeiras Divulgação./Assessoria de Imprensa do Palmeiras

Keirrison durante o treino do Palmeiras

Na vitória palmeirense sobre o Santo André por 1 a 0, na última quarta-feira, em Ribeirão Preto, Keirrison foi um mero expectador. De um camarote do estádio Santa Cruz, o atacante viu Cleiton Xavier garantir a vitória palmeirense e sofreu com as oportunidades perdidas.

Mas neste sábado a visão de Keirrison será diferente. Liberado para atuar pelo Verdão, o atacante vive a expectativa de sua estreia pelo clube no Campeonato Paulista, contra o Mogi Mirim. E não passará pelos mesmos apuros da partida contra o time do ABC paulista.

– Tinha vontade de estar lá, de poder ajudar. No vestiário, eu ficava vendo o pessoal se movimentando, se aquecendo e pensava que queria estar junto deles. É difícil estar de fora, muito complicado, mas já passou e o importante é que a equipe venceu – comentou Keirrison.

Nesta quinta-feira, o atacante teve seu segundo treino como atleta palmeirense. Com a equipe reserva, ele participou de um animado rachão e fez exercícios físicos. Agora, Keirrison trata de controlar os nervos para a hora de vestir pela primeira vez a camisa do Palmeiras em campo.

– Ansiedade todo mundo tem e sei controlar minha. Estou feliz de estar aqui e isso é o mais importante – disse.

janeiro 23, 2009 Posted by | Palmeiras | , , | Deixe um comentário

Ingressos para Verdão x Mogi Mirim, neste sábado, já estão à venda

Confronto acontece às 17h, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto

Os ingressos para o jogo entre Palmeiras e Mogi
Mirim já estão à venda. A segunda partida do time alviverde no
Campeonato
Paulista será neste sábado, às 17h, no estádio Santa Cruz,
em Ribeirão Preto.

Na quinta e sexta-feira, as vendas acontecem das 11h às 17h, em
seis postos (veja abaixo). No dia da partida, os ingressos só
serão vendidos no estádio Santa Cruz, a partir das 10h.

As arquibancadas para os setores azul, cinza e
vermelho, além dos superiores, custam R$ 30,00. O preço das
entradas para as cadeiras cobertas é R$ 60,00. Estudantes e
aposentados, com carteirinha de identificação, pagam
meia-entrada. Os camarotes saem por R$ 100,00.

Pontos de venda em Ribeirão Preto:

– Estádio Santa Cruz
– Loja A
Esportiva – Ribeirão Shopping
– Sub-Sede da
Federação Paulista de Futebol
– Centro
Poliesportivo do Botafogo-SP

Ponto de venda em São Paulo:

– Estádio Palestra Itália

Ponto de venda em Sertãozinho:

– Copercana Supermercados – Rua Duples

janeiro 23, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Alex Mineiro diz que ficará satisfeito quando começar a fazer gols

Atacante tem o objetivo de buscar a artilharia na temporada

Ampliar Foto Agência/Estado Agência/Estado

Alex Mineiro, na estreia: faltou o gol

O atacante Alex Mineiro foi para o Grêmio com o objetivo de solucionar o problema das conclusões. Na estreia da equipe no Gauchão, no empate por 1 a 1 com do Inter de Santa Maria, nesta quarta, o jogador não marcou. Segundo ele, sua atuação só será satisfatória quando balançar as redes.

– A atuação é avaliada pelos gols e pelo que a gente faz durante os jogos. Vim para tentar solucionar esse problema no Grêmio e meu objetivo é esse – completou o atacante.

Alex Mineiro avalia a primeira partida do Grêmio na temporada como proveitosa, principalmente na parte tática.

– Foi bastante difícil, mas proveitosa. Acho que, saindo de uma pré-temporada forte, a parte física fica sobrecarregada. Mas na parte tática fomos bem. Eles fizeram um gol em chute muito bem dado, mas o time reagiu. Para uma estréia, foi bom – opinou.

O atacante não destaca em qual esquema prefere jogar, se no 4-4-2 ou no 3-5-2, os dois testados por Celso Roth na pré-temporada. Ele procura fazer em campo o que o treinador pede nos treinamentos.

– Tem treinador que prefere que fique na área, e outros que gostam que saia. Então, tenho que ver o que o Celso vai querer para jogar no esquema que ele pede.

Com o tempo, Alex Mineiro acredita que a equipe só tende a melhorar o entrosamento. Além disso, os jogos dentro do Olímpico, segundo ele, darão uma motivação ainda maior aos jogadores, pelo fato de jogar em casa e diante do torcedor.

– Acabou aquela fase de pré-temporada, em que os jogadores ficam exaustos. Espero que agora, quando já nos conhecemos um pouco mais, tudo melhore. Dentro de casa também o ritmo será mais forte. Todos estarão querendo mostrar isso aos torcedores. Sem dúvida, é uma motivação diferente, principalmente para os jogadores que estão chegando. Jogar junto do nosso torcedor será muito bom. Espero já começar a marcar para ficar mais perto da artilharia, que também é meu objetivo no Grêmio.

janeiro 23, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , | Deixe um comentário