Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Inter pode ser campeão invicto da Sul-Americana

Equipe colorada pode conquistar título inédito para clubes brasileiros

LANCEPRESS!

O Internacional pode fazer história nesta quarta-feira. Se derrotar o Estudiantes (ARG), no Beira-Rio, terá sido não apenas o primeiro brasileiro a conquistar a Sul-Americana, mas também o único clube a ganhar de forma invicta esse torneio criado em 2002.

Até chegar à final, o Colorado empatou com o Grêmio (1 a 1 e 2 a 2) e com a Universidad Católica (1 a 1 e 0 a 0), derrotou o Boca Juniors (2 a 0 e 2 a 1), o Chivas Guadalajara (2 a 0 e 4 a 0) e, na partida de ida, o Estudiantes (1 a 0).

O Colorado cresceu tecnicamente a partir dos confrontos com o Boca. E isso se deveu à consistência da defesa. No segundo jogo, na Bombonera, o técnico Tite deslocou Bolívar para a lateral direita e fez entrar Álvaro como quarto-zagueiro. Bem estruturado atrás, o time pôde soltar seus três jogadores mais criativos – D’Alessandro, Alex e Nilmar.

Porém, para a decisão desta quarta-feira, o setor terá problemas. Já não contava com o volante Guiñazú, expulso na primeira partida. E pode ficar sem Indio. O zagueiro torceu o tornozelo direito no treino de segunda-feira, faz tratamento intensivo, mas é improvável que se recupere a tempo.

Se Indio não atuar, o substituto natural é Danny Morais, que vem se destacando em todas as partidas da equipe reserva no Brasileiro. Para o lugar de Guiñazú, o técnico Tite tinha o volante Sandro e o meia Andrezinho. A opção pelo segundo se deveu a dois fatores: a maior experiência e a facilidade com que ele se desprende para o ataque.

O Estudiantes vem disposto a realizar uma façanha. A derrota no Ciudad de La Plata não convenceu o técnico Leonardo Astrada e o volante Veron de que o Internacional é superior.

– A decisão está em aberto – disse Veron, maestro e craque do time.

A equipe terá pelo menos uma mudança em relação à do primeiro confronto. O volante Braña volta no lugar de Sanchez, depois de cumprir suspensão. Mas, como a zaga se mostrou muito lenta na marcação a Nilmar, Cellay pode entrar no setor, provavelmente no lugar de Alayes. Outra modificação especulada é a do meia Galvan por Moreno y Fabianesi, que é mais ofensivo.

Não há mais ingressos para o jogo desde a semana passada. Cerca de 2,5 mil argentinos, todos sócios do Estudiantes, estarão no Beira-Rio, onde são esperados cerca de 45 mil colorados, todos também associados ao clube. Torcedor desvinculado não teve vez.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X ESTUDIANTES

Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 3/12/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Danny Morais (Indio), Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão, Andrezinho e D’Alessandro; Nilmar e Alex. Técnico: Tite.

ESTUDIANTES: Andújar, Angeleri, Alayes (Cellay), Desábato e Díaz; Braña, Galvan (Moreno y Fabianesi), Veron e Benítez; Boselli e Salgueiro. Técnico: Leonardo Astrada.

dezembro 2, 2008 - Posted by | Internacional | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s