Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Goiás cede e reduz preço dos ingressos

Bilhetes para o jogo contra o São Paulo terão valores diferentes por setor

Ampliar Foto Agência/EFE Agência/EFE

O Bezerrão será o palco de Goiás x São Paulo

O Goiás cedeu à pressão da CBF e aceitou mudar o valor cobrado pelos ingressos da partida contra o São Paulo, neste domingo, pela 38ª rodada do Brasileirão 2008, de acordo com informações do Correio Braziliense. Os bilhetes para a partida, que acontecerá no Bezerrão, em Gama, terão três faixas de preço – R$ 250 (cadeira coberta), R$ 200 (cadeiras laterais) e R$ 150 (cadeiras nos fundos do gramado). Estudantes pagam meia-entrada, mas a campanha que recolheria alimentos não-perecíveis em troca de descontos está suspensa. Inicialmente, o clube goiano havia anunciado o preço único de R$ 400 para todos os setores.

A redução do preço foi anunciada pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, em entrevista coletiva, no Centro Administrativo de Brasília, na tarde desta terça-feira.

– Foram cinco horas de negociações. Muitas vezes o ingresso mais caro não enche a casa. Eles levaram em consideração que seria uma frustração não ver o estádio lotado. Com esses preços, é possível que tenhamos uma festa mais bonita – afirma o governador.

Segundo o Governo do Distrito Federal, o Procon-DF havia dado um ultimato à CBF e à Federação Brasiliense de Futebol para que o valor dos ingressos fosse alterado.

Aluguel não será cobrado

O presidente do Goiás, Pedro Goulart, explica que a administração do estádio abriu mão de alguns encargos, permitindo a redução do preço.

– Acabou que a gente atendeu ao pedido. É um valor real de um jogo de decisão do maior campeonato do mundo. O aluguel não será mais cobrado e conseguimos a liberação de outras taxas. Tivemos a cabeça fria de que havia a necessidade de entrar em acordo em benefício de todos e da CBF, que já estava de calça curta – afirma Goulart, em entrevista à Rádio Globo.

Após a confirmação dos novos valores, o dirigente diz acreditar que a partida, decisiva para o Tricolor Paulista, terá casa cheia.

– O Bezerrão vai lotar. Vai superlotar e vai sobrar gente fora – prevê.

Com a polêmica próxima do fim, Pedro Goulart faz questão de exaltar o adversário de domingo, mas garante que seu clube trará dificuldades para o atual líder.
– Se o São Paulo for campeão, será com justiça. Mas não será fácil. O Goiás está preparado, precisa ganhar e queremos terminar bem. Tivemos um primeiro turno desastroso e melhoramos muito no segundo. Respeitamos demais o São Paulo e temos carinho por essa agremiação.

dezembro 2, 2008 Posted by | Goiás, São Paulo | , | 1 Comentário

Procon denuncia preços dos ingressos no Bezerrão

Bilhetes para Goiás x São Paulo podem ficar mais baratos para a ‘final’ do Brasileirão

local da partidaEstádio do Bezerrão: local da partida (Crédito: Miguel Yen)

O Goiás informou em seu site oficial que os ingressos de arquibancada para a partida decisiva contra o São Paulo custarão R$ 400, vinte vezes mais caros do que o valor normal para os jogos do time goiano no Campeonato Brasileiro.A partida será no próximo domingo, no Estádio Bezerrão, na cidade-satélite do Gama/DF.

Gerente de atendimento ao consumidor do Procon de Goiás, Sara Saeg diz à Rádio L! que o Ministério Público do Estado de Goiás já recebeu uma denúncia pelos preços abusivos dos ingressos. Sara ainda deixa uma esperança para os torcedores são-paulinos de que o valor das entradas seja diminuído.

radio l! – Para nós, essa cobrança é extremamente elevada e já causou um transtorno aqui com a população de Goiás. Encaminhamos a denúncia para Ministério Público do Consumidor que irá procurar a diretoria do Goiás para uma reunião com o intuito de chegar a um acordo em relação ao valor dos ingressos – explicou a gerente

dezembro 2, 2008 Posted by | São Paulo | Deixe um comentário

Muricy Ramalho tem dia de fúria no São Paulo

De péssimo humor na reapresentação do elenco, treinador disparou contra tudo e todos e esbanjou ironia

Eduardo VianaMuricy foi agressivo e irônico na maioria das suas respostas Foto: Eduardo Viana

Parece que o empate do São Paulo com o Fluminense ainda não foi bem digerido pelo técnico Muricy Ramalho. Nesta terça-feira, na reapresentação do Sampa após o confronto que adiou a definição do campeão brasileiro para a última rodada, não foram poucas as vezes em que o técnico teve momentos de aspereza e abriu fogo contra a imprensa.

O comportamento é o inverso do que vinha sendo apresentado às vésperas do duelo contra os cariocas, quando o treinador se esforçou para esconder o temperamento ranzinza e até fez algumas brincadeiras, uma espécie de ‘Muricy Paz e Amor’. O tropeço em casa, porém, mudou drasticamente o cenário.

Não foram poucas as oportunidades em que Muricy respondeu de maneira ríspida e irônica às perguntas, e quase ninguém passou em branco ao péssimo temperamento do são-paulino. Sobrou até para os funcionários do clube, com dificuldades de ajustar o som para a entrevista.

– Até eu que não entendo p… nenhuma desse negócio sei que não está bom – disparou.

O incômodo com os jornalistas parece ser tão grande que o treinador já avisou que está estudando dar apenas uma entrevista coletiva por semana (além da tradicional após os jogos), pois diz que sempre tem que responder às mesmas perguntas.

– Ano que vem acho que vamos fazer (a coletiva) só uma vez por semana. Jogamos uma vez por semana e falo duas, vou falar do quê?! – resmungou, visivelmente irritado.

Quando tentou deixar o temperamento arredio de lado, o técnico admitiu que terá dificuldades para substituir o garoto Jean, suspenso pelo terceiro amarelo, no meio-de-campo. Muricy reconhece que o camisa 38 será uma peça difícil de se substituir.

– O Jean é mesmo difícil de trocar porque ele deu liberdade para o Hernanes atacar. Quem entrar vai jogar do jeito que está acostumado, porque respeitamos as características dos jogadores – afirmou.

Questionado se Richarlyson seria o substituto, Muricy não teve dúvidas e abriu fogo novamente.

– Você vai ter que esperar um pouquinho, porque isso você não vai saber

dezembro 2, 2008 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Artilheiro ensina caminhos para o São Paulo

Luís Fabiano estreou no estádio com três gols e também torce pelo hexa

EFE)Luís Fabiano fez três gols no Bezerrão, pela Seleção brasileira (Foto: EFE)

no último dia 19 de novembro. Na nova fase, recebeu só uma partida, o amistoso entre Brasil e Portugal. Suficiente para que um dos melhores atacantes do mundo gravasse seu nome: Luís Fabiano fez três gols na vitória brasileira por 6 a 2.

Por isso, ninguém melhor do que o Fabuloso para ensinar os atalhos do Bezerrão aos são-paulinos. No próximo domingo, o Tricolor, clube onde o atacante despontou para a fama, precisará empatar com o Goiás para conquistar o hexacampeonato.

Entre 2001 e 2004, em duas passagens, Luís Fabiano balançou redes 118 vezes com a camisa do São Paulo. Tem a maior média de gols da história: 0,7 por jogo. Por tudo isso, não tem como ser imparcial nessa decisão.

– Espero que os bons momentos que passei lá possam passar uma energia positiva para o São Paulo – afirmou o goleador.

Em entrevista por e-mail, o atacante da Seleção Brasileira e do Sevilla (ESP) garantiu que seu ex-time não poderá usar o Bezerrão como desculpa para justificar uma possível derrota no Gama, cidade-satélite onde fica o estádio. Sobraram elogios ao gramado, vestiário, até à proximidade dos torcedores. Luís Fabiano aposta que o Bezerrão será um caldeirão!

– Os são-paulinos vão comparecer em grande número para empurrar o clube para esse momento histórico – apostou Fabuloso.

Confira a íntegra da entrevista com o atacante “são-paulino”:

Você esteve no Bezerrão recentemente. Como está o gramado? Favorece jogo técnico, de toque de bola, ou é ruim?
O gramado está em ótimas condições e o time que tiver mais qualidade técnica vai conseguir se impor. Espero que os bons momentos que passei lá possam, de alguma maneira, passar uma energia positiva para o São Paulo. Marcar três gols na reinauguração do estádio foi maravilhoso, jamais vou me esquecer dessa partida.

Os torcedores ficam próximos ao gramado? Acredita que os são-paulinos podem transformar o Bezerrão num caldeirão?
As arquibancadas estão bem parecidas com as dos estádios da Europa. A torcida fica em cima e acho que esse fator vai favorecer bastante o São Paulo. Tenho certeza de que o torcedor vai comparecer em grande número para empurrar o clube para mais esse título. É um momento histórico, tenho certeza de que os são-paulinos de Brasília vão garantir lugar e haverá várias caravanas de torcedores.

E os vestiários? O São Paulo vai encontrar conforto no Bezerrão ou, mesmo depois das reformas, a situação continua precária?
O vestiário está novinho em folha. Vi poucos com a estrutura dos vestiários de lá enquanto joguei no Brasil. O estádio está realmente muito bonito. Não tem desculpa para não ser campeão (risos).

Como torcedor, o que o São Paulo deve fazer durante a semana para não perder o título?
Para quem está de fora é difícil falar. Apesar de ter passado algum tempo no Reffis recentemente, não tenho como saber exatamente sobre o dia-a-dia do grupo, e como está sendo desenvolvido esse trabalho. O importante nesse momento, para os jogadores, é tentar ficar o mais tranqüilo possível. Eles sabem que é um jogo importantíssimo, mas com calma as coisas vão acontecer. Não adianta entrar em desespero e tentar resolver o jogo de qualquer maneira.

Que jogador poderá fazer a diferença no Bezerrão?
Eu acho que o forte do São Paulo é a zaga. Os três zagueiros têm muita qualidade e isso sempre faz a diferença. O goleiro Rogério Ceni também pode surpreender numa cobrança de falta. Mas, se tiver que escolher um jogador, meu voto vai para o Hugo. Ele fez um ótimo campeonato, gols importantes e pode surpreender nesse jogo decisivo.

dezembro 2, 2008 Posted by | São Paulo | , , | Deixe um comentário

Nerso da Capitinga e o filho vão a São Januário

Comediante Pedro Bismarck é torcedor do Flu e não quer que Vasco caia

Comediante Pedro Bismarck e o filho em São JanuárioComediante Pedro Bismarck e o filho em São Januário (Crédito: Pedro Henrique Torre)

LANCEPRESS!

O filho do comediante Pedro Bismarck, o Nerso da Capitinga, do humorístico Zorra Total, da TV Globo, esteve em São Januário, ao lado do pai, nesta manhã de terça-feira. Tiago Duarte, de 25 anos, é vascaíno e queria conhecer o atacante Edmundo, além de apoiar o time contra o descenso.


– Vim de Juiz de Fora para ver os jogadores. Estou acompanhando o sofrimento. É a primeira vez que venho em São Januário e espero trazer sorte – contou Tiago.

O rapaz cumprimentou Pedrinho, Carlos Germano e Edmundo. Este, último, inclusive, foi elogiado por Tiago.

– O Edmundo foi bem legal comigo – contou.

O curioso é que Pedro Bismarck é torcedor do Fluminense, mas espera que o Vasco não seja rebaixado.

– Sou tricolor, meu filho é vascaíno e estou torcendo para que o Vasco não caia – disse o Nerso da Capitinga.

dezembro 2, 2008 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Madson e Jonílson devem ficar no Vasco

Empresário dos atletas afirma que tendência é a renovação dos vínculos

O meia Madson e o volante Jonilson devem permanecer no Vasco em 2009O meia Madson e o volante Jonílson devem permanecer no Vasco em 2009 (Crédito: LANCEPRESS)

O Vasco está preocupado em evitar, no próximo domingo, sua queda para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, mas dois nomes devem se manter no clube em 2009: o volante Jonílson e o meia Madson.

Os contratos dois dois jogadores se encerram no dia 31 de dezembro deste ano e a tendência é que eles fiquem em São Januário – na próxima segunda-feira, a diretoria cruzmaltina e o representante dos atletas conversarão.

– A prioridade é do Vasco. Não recebi nenhuma proposta oficial de outros clubes e tudo indica que eles permanecerão no Vasco em 2009 – afirmou o empresário de ambos, Léo Rabello.

Principal destaque da equipe vascaína no atual Brasileiro, o meia Madson tem 23 anos e conquistou a confiança dos torcedores com boas atuações – ele marcou seis gols na competição.

O meia foi revelado pelo Volta Redonda, já atuara pelo Vasco em 2005, sob o comando de Renato Gaúcho, perdeu espaço com a troca de técnicos, foi emprestado para o Duque de Caxias entre 2007 e 2008, mas retornou a São Januário para a competição nacional.

Já o volante Jonílson, de 30 anos, com passagens por Volta Redonda, Botafogo e Cruzeiro, chegou ao clube cruzmaltino para a atual temporada e é titular da equipe vascaína.

dezembro 2, 2008 Posted by | Vasco da Gama | | Deixe um comentário

Para Luxa, Palmeiras sai na frente em 2009

Parceira contratou reforços como as revelações Marquinhos e Keirrison, enquanto rivais, como o Corinthians, correm atrás

Tom Dib/Lancepress!)Luxemburgo valoriza planejamento do Verdão para 2009 (Foto: Tom Dib/Lancepress!)

Para o técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, o clube sairá na frente dos rivais em 2009 já que o Verdão foi rápido e já se reforçou pensando na próxima temporada. A sua parceira, Traffic, contratou os jovens destaques do Campeonato Brasileiro Marquinhos, do Vitória, e Keirrison, do Coritiba.

Para Luxa, essa agilidade será fundamental para o time, que só precisa vencer o Botafogo, domingo, para garantir vaga na Libertadores, pois os rivais, como o Corinthians, estão buscando atletas, mas terão dificuldades de contratar bons jogadores após a disputa do Brasileirão.

– Depois que os torneios se encerram, os melhores jogadores já têm contratos assinados. Está todo mundo correndo atrás de jogadores agora, veja o caso do Corinthians. Se for esperar acabar tudo não tem mais quem contratar – afirmou Luxa no programa “Bem Amigos”, do SporTV.

Ao comentar a vinda de dois promissores reforços, o treinador garantiu que, infelizmente, eles podem seguir uma tendência e apenas usar o Palmeiras como ponte para o futebol europeu, como ocorreu com o zagueiro Henrique, que foi contrato junto ao Coritiba no início deste ano e, em junho, foi vendido para o Barcelona (ESP), em negócio que gerou lucro de mais de R$ 15 milhões para a Traffic.

– Você não consegue envolver atleta com o clube, eles não criam mais envolvimento emocional com o clube. Ele sai, por exemplo, do Coritiba para o Palmeiras, para ir para Europa. Os times grandes viraram trampolim – disse Luxemburgo.

Vanderlei deixou claro que o futebol brasileiro está nivelado por baixo e os times precisam ser armados para não perder os jogos.

– Você não tem mais jogador que chama a responsabilidade. Pela falta de talento, pela falta de qualidade, estamos introduzindo dois volantes, três zagueiros, porque você vai poder ganhar o jogo dessa forma, pois se você for vulnerável não vai ganhar. Perde o jogo numa bola parada, num contra-golpe e não consegue mais ganhar.

dezembro 2, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , | Deixe um comentário

No Verdão, vitória para queimar etapa

Alviverde planeja fugir de mata-mata e do grupo da morte na Libertadores

Reginaldo CastroDiego Souza quer escapar de grupo complicado na Libertadores Foto: Reginaldo Castro

A terceira posição na tabela caiu no colo do Palmeiras. A uma rodada do fim do Brasileirão, é hora de aproveitar e confirmar a posição com vitória contra o Botafogo, no domingo, dentro do Palestra Itália. Além da vaga na Libertadores, estará em jogo o próprio destino do Verdão no torneio sul-americano.

O terceiro lugar fará a equipe fugir da primeira fase, disputada em mata-mata, e escapar do grupo da morte, que já tem a atual campeã LDU (EQU) e o carrasco Sport. O Palmeiras entraria direto na fase de grupos, em uma chave mais fácil.

– É sempre melhor pular uma etapa. Talvez até a divisão de grupos seja até mais adequada. Estamos em terceiro lugar, então vamos nos concentrar para terminar o torneio em terceiro – afirmou o diretor de futebol, Genaro Marino.

Desde que a fórmula de disputa da Libertadores mudou, com a inclusão do mata-mata inicial, o Verdão jamais foi direto para a fase de grupos. A equipe teve de encarar os desafios duas vezes, em 2005 e 2006.

– Sem dúvidas, a gente está pensando nisso (escapar da primeira fase). Não há coisa melhor do que garantir a vaga direta – disse Diego Souza, ontem à tarde, em Cumbica.

– É melhor que o Palmeiras consiga um grupo mais favorável – completou Martinez, suspenso para a partida contra o Bota, no domingo.

Ficando em terceiro lugar, o Palmeiras ainda entrará na Libertadores como cabeça-de-chave e terminará a fase de grupos jogando em casa. Fora das edições do torneio sul-americano em 2007 e 2008, a diretoria alviverde espera que o fracasso do último Brasileirão sirva como lição.

Hoje, faz um ano que o Verdão perdeu por 3 a 1 para o Atlético-MG, no Palestra, na última rodada, e deixou a vaga no torneio escapar. O clube sabe que a Libertadores aumentará os lucros do clube para 2009.

– Faz uma diferença. São ganhos em vários aspectos, projeção de elenco. É uma vitrine das melhores. Até mesmo na questão da renovação do patrocínio – comentou Marino.

O contrato com a Fiat, que vence no fim do ano, ainda não foi renovado. A diretoria pretende manter a empresa e ainda discute valores: a idéia é melhorá-los em até 40%.

Confira os prováveis destinos do Palmeiras em caso de classificação para a Copa Libertadores:

Se for terceiro
Verdão irá para o Grupo 5
A chave já tem Universitario de Sucre (BOL), o segundo classificado do Equador (a definir), além do vencedor de um dos mata-matas (quinto time da Argentina contra um peruano, ou time ainda a ser definido pela Conmebol).

Se for quarto
Verdão pega boliviano e vai ao Grupo 1
Time joga mata-mata na primeira fase contra o terceiro classificado da Bolívia e decide fora. Se passar, cai na chave de LDU (EQU), Sport e do segundo classificado do Chile. Além disso, último jogo do grupo será fora, contra o chileno.

dezembro 2, 2008 Posted by | Palmeiras | , | Deixe um comentário

Inter pode ser campeão invicto da Sul-Americana

Equipe colorada pode conquistar título inédito para clubes brasileiros

LANCEPRESS!

O Internacional pode fazer história nesta quarta-feira. Se derrotar o Estudiantes (ARG), no Beira-Rio, terá sido não apenas o primeiro brasileiro a conquistar a Sul-Americana, mas também o único clube a ganhar de forma invicta esse torneio criado em 2002.

Até chegar à final, o Colorado empatou com o Grêmio (1 a 1 e 2 a 2) e com a Universidad Católica (1 a 1 e 0 a 0), derrotou o Boca Juniors (2 a 0 e 2 a 1), o Chivas Guadalajara (2 a 0 e 4 a 0) e, na partida de ida, o Estudiantes (1 a 0).

O Colorado cresceu tecnicamente a partir dos confrontos com o Boca. E isso se deveu à consistência da defesa. No segundo jogo, na Bombonera, o técnico Tite deslocou Bolívar para a lateral direita e fez entrar Álvaro como quarto-zagueiro. Bem estruturado atrás, o time pôde soltar seus três jogadores mais criativos – D’Alessandro, Alex e Nilmar.

Porém, para a decisão desta quarta-feira, o setor terá problemas. Já não contava com o volante Guiñazú, expulso na primeira partida. E pode ficar sem Indio. O zagueiro torceu o tornozelo direito no treino de segunda-feira, faz tratamento intensivo, mas é improvável que se recupere a tempo.

Se Indio não atuar, o substituto natural é Danny Morais, que vem se destacando em todas as partidas da equipe reserva no Brasileiro. Para o lugar de Guiñazú, o técnico Tite tinha o volante Sandro e o meia Andrezinho. A opção pelo segundo se deveu a dois fatores: a maior experiência e a facilidade com que ele se desprende para o ataque.

O Estudiantes vem disposto a realizar uma façanha. A derrota no Ciudad de La Plata não convenceu o técnico Leonardo Astrada e o volante Veron de que o Internacional é superior.

– A decisão está em aberto – disse Veron, maestro e craque do time.

A equipe terá pelo menos uma mudança em relação à do primeiro confronto. O volante Braña volta no lugar de Sanchez, depois de cumprir suspensão. Mas, como a zaga se mostrou muito lenta na marcação a Nilmar, Cellay pode entrar no setor, provavelmente no lugar de Alayes. Outra modificação especulada é a do meia Galvan por Moreno y Fabianesi, que é mais ofensivo.

Não há mais ingressos para o jogo desde a semana passada. Cerca de 2,5 mil argentinos, todos sócios do Estudiantes, estarão no Beira-Rio, onde são esperados cerca de 45 mil colorados, todos também associados ao clube. Torcedor desvinculado não teve vez.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X ESTUDIANTES

Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 3/12/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Danny Morais (Indio), Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão, Andrezinho e D’Alessandro; Nilmar e Alex. Técnico: Tite.

ESTUDIANTES: Andújar, Angeleri, Alayes (Cellay), Desábato e Díaz; Braña, Galvan (Moreno y Fabianesi), Veron e Benítez; Boselli e Salgueiro. Técnico: Leonardo Astrada.

dezembro 2, 2008 Posted by | Internacional | , | Deixe um comentário

Indio pode desfalcar o Inter na decisão

Zagueiro se machucou no treino desde segunda. Danny Morais pode jogar

(Crédito: Lucas Uebel)

LANCEPRESS!

Um sério desfalque ameaça o Internacional em cima da decisão da Sul-Americana: o zagueiro Indio faz tratamento intensivo para um torção no tornozelo direito e dificilmente terá condições de disputar a partida contra o Estudiantes, nesta quarta-feira, no Beira-Rio.

Indio sofreu a lesão numa disputa de bola com o atacante Guto, no treino fechado desta segunda-feira. Ninguém da imprensa ficou sabendo no dia.

– Saltei com o Guto e, na queda, pisei na coxa dele e o pé virou – explicou o zagueiro ao sair do departamento médico nesta terça-feira. À tarde, ele voltaria para continuar o tratamento.

O médico Carlos Poisl, que cuida do caso, disse que Indio tem alguma chance de disputar a decisão.

– O certo é que essa coisa de entrar no sacrifício não existe – acrescentou.

Indio, de 33 anos, um dos remanescentes da Libertadores e do Mundial de 2006, mostrava abatimento.

– Que zebra, né? Passei o ano todo sem lesão e acontece isso logo em cima do jogo mais importante. Ainda dói, mas vamos ver, talvez eu melhore a tempo – disse.

Se o titular de fato não jogar, o mais cotado para substituí-lo é Danny Morais. Uma alternativa menos provável seria o deslocamento de Bolívar para a zaga e a entrada de Ricardo Lopes na lateral direita.

dezembro 2, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em Porto Alegre: Vermelhos x Azuis

Inter e Grêmio, que disputam títulos, fazem cidade viver clima de festa

Gremistas e Colorados colorem as ruas de Porto AlegreGremistas e Colorados colorem as ruas de Porto Alegre (Crédito: Ricardo Rimolli)

LANCEPRESS!

O Internacional disputa o título da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira e o Grêmio pode conquistar o tricampeonato brasileiro no próximo domingo: poucas vezes o amor-próprio de colorados e gremistas esteve tão inflado numa mesma semana em Porto Alegre.

E a exibição de orgulho foi mais do que evidente: pelas ruas da cidade, torcedores fardados como se já estivessem prontos para ir para os estádios e estudantes com as camisas do time por cima do uniforme, também davam o tom da semana decisiva que está deixando os rivais apreensivos.

Mas erra quem pensa que era orgulho pelos dois clubes gaúchos estarem em posição de destaque na temporada. Cada torcedor festejava o seu próprio clube. Na eterna e feroz competição Gre-Nal, um atirava sua façanha na cara do outro.

– Já estamos na Libertadores e eles disputam vaga na Taça Suruga – disse, num bolinho na Rua da Praia, um gremista repetia provocação da véspera feita pelo diretor André Krieger, a propósito de o vencedor da Sul-Americana disputar a Copa Suruga Bank, no Japão.

Mais adiante, num grupinho de colorados, um deles argumentava que bom é levantar caneco:

– Classificação não é título. Se for assim, o Barueri se classificou para a Série A. De que adianta ir para a Libertadores e cair na segunda fase?

Colocado diante dessa possibilidade, o vendedor de churrasquinho Sílvio Reses, que bebia cerveja no Bar Preliminar, na frente do Olímpico, tinha a resposta:

– De Libertadores a gente entende. Já ganhamos duas e estivemos em outras duas finais.

A dois quilômetros dali, numa lanchonete em frente ao Beira-Rio, torcedores impedidos de assistir ao último treino do Inter para o jogo contra o Estudiantes (o técnico Tite fechou os portões) previam a conquista com goleada do segundo título de 2008. O estudante Rodrigo Neves completou:

– E no ano em que metemos 4 a 1 no Grêmio. Sou modesto, não quero mais que isso.

Ou seja: se os dois times forem campeões nesta semana, a guerra vai se intensificar.

dezembro 2, 2008 Posted by | Grêmio, Internacional | | Deixe um comentário

Dirigente admite que ano do Inter foi bom

Fernando Carvalho afirma que a Sul-Americana valoriza o time colorado

Carvalho lembra que o Inter só se encontrou no final da temporadaCarvalho lembra que o Inter só se encontrou no final da temporada (Crédito: Divulgação)

LANCEPRESS!

Mesmo sem alcançar a vaga na Libertadores, que foi colocada como prioridadade na temporada, o assessor do departamento de futebol do Internacional, Fernando Carvalho, considera que 2008 foi um bom ano para o clube.

Segundo o dirigente, a conquista do título da Sul-Americana servirá para valorizar uma equipe que conseguiu se acertar somente na parte final do Campeonato Brasileiro.

– Esta questão de salvar o ano é relativa. Alguns colocam aqui que o ano tem sido péssimo. Eu não acho. Tivemos que rever e revigorar um trabalho em meio à competição. E demonstramos que ele se qualificou. A conseqüência agora será um título que vamos buscar até o final. Certamente isso vai valorizar tudo o que foi feito – afirmou Fernando Carvalho.

dezembro 2, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Guiñazú lamenta ausência na Sul-Americana

Jogador cumprirá suspensão automática contra o Estudiantes (ARG)

Guiñazú lamenta a expulsão, mas promete ajudar os companheiros antes da partidaGuiñazú lamenta a expulsão, mas promete ajudar os companheiros antes da partida (Crédito: Lucas Uebel)

LANCEPRESS! Expulso no primeiro tempo do jogo de ida da final da Sul-Americana contra o Estudiantes, em La Plata, Guiñazu lamenta não poder enfrentar os argentinos, nesta quarta-feira, no Beira-Rio. Mais do que um lamento, a expulsão criou uma grande preocupação para o volante.

– Eu não consegui dormir naquela noite e não estou conseguindo dormir direito até hoje. Quando chegar o jogo, vai ser pior. Nem gosto de comentar muito. Era o jogo que eu mais queria. O que posso fazer agora é dar força para meus colegas – delcarou.

Para o lugar de Guiñazu, o técnico Tite deverá confirmar Andrezinho. O jogador disputa a posição com o volante Sandro e deve ser escalado pela experiência e pela qualidade na condução da bola.

dezembro 2, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Souza espera que Goiás retribua ajuda gremista

Em 2007, empate entre gaúchos e Timão, garantiu goianos na Série A

Souza pode ser o terceiro jogador na na história a sagrar-se tricampeão brasileiro de forma consecutivaSouza pode ser o terceiro jogador na na história a sagrar-se tricampeão brasileiro de forma consecutiva (Crédito: Gilvan de Souza)

No ano passado, Goiás e Corinthians brigavam contra o rebaixamento. Na última rodada, enquanto o time esmeraldino receberia o Internacional, o Timão visitaria o Grêmio, no Olímpico. Após fazer seu dever de casa, os goianos ficaram na torcida pelos gremistas, que empataram a partida e, conseqüentemente, rebaixaram os paulistas para a Série B.

Neste ano, chegou a hora de o Goiás recompensar o favor que o Grêmio lhe fez. Na última rodada, a equipe de Hélio dos Anjos enfrenta o líder São Paulo no Bezerrão, estádio da cidade-satélite do Gama. Para ajudar no título do Grêmio, precisaria da vitória contra o Tricolor Paulista.

Ex-integrante do grupo do São Paulo, onde atuou durante quatro anos, o meio-campista Souza agora está do outro lado e pode juntar-se a uma seleta galeria, em que se encontram apenas dois jogadores: o atacante Ronaldo Drumond, campeão em 1971 pelo Atlético-MG e nos dois anos seguintes pelo Palmeiras e o meia Zinho, que conquistou o Brasileiro de 1992 pelo Flamengo e os de 93 e 94 pelo mesmo Palmeiras.

Sobre a possível ajuda do Goiás, Souza foi direto.

– O mundo dá voltas, o Grêmio ajudou o Goiás no ano passado e este ano o Goiás pode retribuir isso. Esperamos que seja realmente possível, mas sabemos que é difícil. Temos que fazer nosso papel e depois ver o que acontece lá – avisou o apoiador, que mais uma vez deve ser improvisado na ala direita.

dezembro 2, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tcheco espera retribuição do Goiás

Capitão lembra que Grêmio ajudou o time goiano ano passado

Tcheco espera que possa, como capitão, levantar a taça dia 7 de dezembroTcheco espera que possa, como capitão, levantar a taça dia 7 de dezembro

LANCEPRESS!

O capitão gremista, Tcheco, espera uma ajuda do Goiás na última rodada do Brasileiro. Ele lembra que, na última rodada do ano passado, o Grêmio foi fundamental para a permanência dos goianos na Primeira Divisão.

Isso porque, enquanto o Tricolor empatou com o Corinthians, no Olímpico, o Goiás derrotou o Internacional, no Serra Dourada, se garantindo na Série A este ano.

Agora chegou a hora da retribuição, pois o Grêmio, além de derrotar o Atlético Mineiro, vai precisar que o Goiás vença o confronto com o São Paulo.

– A relação que temos com o Goiás é como a do ano passado. Se eles retribuírem ja está bom – afirmou Tcheco, que acredita na conquista do título.

– Eu acho que a equipe que for campeã será de forma justa. A Libertadores é uma recompensa, mas ainda é pouco, particularmente. O título é uma questão de fechar com chave de ouro – concluiu.

dezembro 2, 2008 Posted by | Goiás, Grêmio | | Deixe um comentário

Goiás x São Paulo: mais caro do que na Europa

Entrada para duelo entre Brasil e Itália, em Londres, sai por ‘apenas’ R$ 277

Emirates Stadium, em Londres, tem ingressos mais em conta para o torcedorEmirates Stadium, em Londres, tem ingressos mais em conta para o torcedor (Crédito: Divulgação)

LANCEPRESS!

Os R$ 400 que deseja cobrar o Goiás por cada ingresso da partida contra o São Paulo, domingo, no Bezerrão, pela última rodada do Brasileiro, supera até os valores das entradas para jogos das principais ligas da Europa.

Para se ter idéia, os ingressos para partidas do Arsenal no Emirates Stadium – um dos mais modernos do mundo -, em Londres, custam entre 32,5 libras (R$ 115) e 92 libras (R$ 327).

O amistoso entre Brasil e Itália, no dia 10 de fevereiro de 2009, será disputado no estádio londrino e também tem entradas mais baratas do que as do jogo no Bezerrão. Os bilhetes do duelo internacional custam de 35 libras (R$ 129) a 75 libras (R$ 277).

Em outros países, os ingressos até custam mais do que os R$ 400 desejados pelo Goiás, mas incluem outros serviços, como entrega em domicílio. Para ver Milan x Catania, no San Siro, o torcedor paga entre 68 euros (R$ 202) e 180 euros (R$ 535).

Na Espanha, os ingressos são mais caros. As entradas para Atlético de Madrid x Betis, no Vicente Calderón, custam de 50 euros (R$ 148) a 312 euros (R$ 929).

dezembro 2, 2008 Posted by | Goiás, São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ministro do Esporte detona ingresso a R$ 400

Orlando Silva lamenta não poder interferir e classifica preço do jogo de Brasília como ‘verdadeiro absurdo’

Gilvan de Souza)Ministro criticou até a idéia da meia-entrada para ajudar as vítimas de Santa Catarina (Crédito: Gilvan de Souza)

O ministro do Esporte, Orlando Silva, mostrou-se indignado com a possibilidade de os ingressos para a partida entre Goiás e São Paulo, domingo, no estádio Walmir Campelo Bezerra, em Gama, custarem R$ 400.

A iniciativa de majorar o preço dos ingressos partiu da diretoria do Goiás, mandante da partida, sob a alegação de que busca diminuir o seu prejuízo já que o jogo foi transferido do Serra Dourada para o Bezerrão devido a uma punição sofrida pelo clube goiano.

– É um verdadeiro absurdo cobrar R$ 400 por um ingresso de um jogo de futebol. Não tem sentido algum, ainda mais se compararmos com os parâmetros que vêm sendo praticados nos jogos do Campeonato Brasileiro – afirmou Silva em evento que reuniu esportistas e profissionais de gastronomia em São Paulo.

Segundo o ministro, a possibilidade de se cobrar R$ 200 de meia-entrada, mediante a entrega de 1kg de alimento não-perecível, é ainda mais absurda.

– Isso apenas enfatiza o ridículo da situação. Pelo jeito as pessoas que idealizaram esse aumento ficaram tão constrangidas que criaram essa possibilidade de se pagar menos. Mesmo assim, nada justifica um aumento dessa natureza.

Ele também lamentou não poder interferir na situação e sugeriu inclusive uma revisão geral nos preços dos ingressos e nos dispositivos que os regulam.

– Infelizmente não podemos fazer nada. Não sei nem se a CBF pode fazer algo, me parece que não. Seria até uma boa aproveitarmos para rediscutirmos a questão do preço dos ingressos de futebol no Brasil. Pessoalmente, acho que de um modo geral o valor cobrado é barato. Mas há que se discutir isso pois para se cobrar é necessário oferecer boas condições aos consumidores.

dezembro 2, 2008 Posted by | Goiás, São Paulo | | Deixe um comentário

Luxa é o favorito da torcida do Flamengo

Rubro-negros votam em treinador do Palmeiras para substituir Caio Júnior

Luxemburgo tem sofrido com a ira dos palmeirensesLuxemburgo tem sofrido com a ira dos palmeirenses (Crédito: Reginaldo Castro)

Só uma grande reviravolta manterá o técnico Caio Júnior na Gávea em 2009. Nem mesmo a multa rescisória de seu contrato, que gira em torno de R$ 600 mil, deve ser capaz de fazê-lo ficar no Flamengo, já que ele já recebeu uma sondagem do Vissel Kobe, do Japão.

Nos bastidores, o clube já começa a especular possíveis substitutos. E qual deve ser o perfil do comandante, caso Caio encerre seu ciclo domingo? Até o momento, os nomes mais fortes são os de Cuca e Renato Gaúcho. Vanderlei Luxemburgo é um antigo sonho, mas esbarra em alguns problemas de relacionamento. Um deles é com Fábio Luciano, capitão do time. Um nome que ganhou força é o de Joel Santana.

Para os internautas do LANCENET!, com mais de 60% dos votos, Vanderlei Luxemburgo é, com sobras, o favorito.

Apesar dos bons resultados no comando da África do Sul, o treinador está insatisfeito com a vida que leva no país. Joel mora sozinho e não deve contar nem com a companhia de Ronaldo Torres, que vai continuar no Flamengo na próxima temporada.

Para o presidente Marcio Braga, todos os que passaram pelo clube recentemente foram bem. Ele, inclusive, teceu elogios a Caio Júnior.

– Não temos mais um Cláudio Coutinho, que ficou anos aqui. Acho o Caio Júnior muito bom técnico. Ele tem o seu estilo próprio. Mas somos o maior clube do mundo e a nossa arrogância é inerente à nossa personalidade. Caio Júnior e Ney Franco não têm essa arrogância pois vieram de outras praças e não devem torcer para o Flamengo – explicou .

O vice-presidente de futebol, Kléber Leite, não fala sobre o futuro.

– Ainda temos muito em jogo. As chances são pequenas, mas existem.

Temos de nos unir em prol de uma vitória no próximo domingo – afirmou Kléber, que não teme que essas constantes especulações sobre o futuro do treinador influenciem no desempenho da equipe. – Não existe isso. O foco é só o jogo.

dezembro 2, 2008 Posted by | Flamengo | , | Deixe um comentário

Empresários coreanos observam Bruno, do Fla

Kléber Leite, no entanto, garante que o camisa 1 ficará no clube em 2009

Bruno tem a confiança da torcidaBruno tem a confiança da torcida (Crédito: Gilvan de Souza)

Nos dois últimos jogos, um grupo de empresários coreanos, que já sacramentaram negociações para clubes europeus como o Milan, estiveram observando o desempenho do goleiro Bruno. Com contrato com o Flamengo até 2012, a transferência é muito difícil. O próprio vice de futebol, Kléber Leite, rejeitou qualquer chance de negociar o camisa 1.

– Nem estou sabendo de visita de olheiros ou de empresários. Não recebemos nenhuma proposta pelo Bruno. Temos de pensar só no jogo, mas tenho certeza de que ele vai continuar no ano que vem – disse.

Bruno chegou ao Flamengo na metade da temporada de 2006 e já realizou 137 partidas pelo Rubro-Negro. O goleiro já conquistou dois títulos pelo clube (Carioca de 2007 e 2008).

dezembro 2, 2008 Posted by | Flamengo | , | 1 Comentário

Torcedores exigem a saída de Caio Júnior

Grupo está na Gávea, tenta se reunir com vice de futebol, Kléber Leite, para mostrar insatisfação com o treinador e pede mudanças

Caio Júnior tem mais um jogo para garantir Flamengo na LibertadoresCaio Júnior tem mais um jogo para garantir Flamengo na Libertadores (Crédito: Gilvan de Souza)

Na volta aos treinos depois do empate com o Goiás em 3 a 3, quatro líderes de torcida do Flamengo foram à Gávea nesta terça-feira exigir a saída de Caio Júnior. O grupo está na porta da sala do vice de futebol, Kléber Leite, para tentar uma reunião com ele e fazer o pedido.

Preocupado com protestos da torcida após o time do Flamengo ceder o empate com o Goiás em pleno Maracanã, o clube reforçou a segurança na Gávea, onde os jogadores treinam nesta terça-feira.

dezembro 2, 2008 Posted by | Flamengo | | Deixe um comentário

Cruzeiro x Lusa: ingressos promocionais

O torcedor terá de contribuir com um quilo de alimento não-perecível

O Cruzeiro convoca torcida para o jogo que pode garantir a classificação para a Copa Santander Libertadores. A diretoria celeste manterá em R$ 10 os preços dos bilhetes de anel inferior e superior para o confronto com a Portuguesa, domingo, às 17h, no Mineirão.

Desta vez, o torcedor terá que contribuir com 1 kg de alimento não-perecível, exceto sal, farinha e fubá, para as vítimas das chuvas em Santa Catarina. Os alimentos serão recebidos por funcionários da Cruz Vermelha, no dia do jogo, em todos os portões do estádio. A entrada no Mineirão só será permitida mediante a doação.

Os ingressos serão negociados a partir da quinta-feira, dia 4. O clube disponibilizará carga inicial de 50 mil ingressos, que terão desconto se comprados antecipadamente.

Até o sábado, os bilhetes custam R$ 5 (geral) e R$ 10 (anel inferior e anel superior). A cadeira especial não sofrerá alterações, e custará R$ 35. Estudantes, menores de 12 anos e maiores de 60 anos pagam a metade do preço em todos os casos.

A venda antecipada acontecerá de quinta-feira a sábado, de 9h às 17h, na Sede Campestre (rua das Canárias, 254, Pampulha), no Ginásio do Barro Preto (rua Ouro Preto s/n), na bilheteria 1 do Mineirão (av. Abraão Caram, 1000) e na recém-inaugurada Loja Cruzeiro Mania do Barreiro (av. Sinfrônio Brochado, 125).

Na Loja Cruzeiro Mania da Savassi (av. do Contorno, 6605), as bilheterias funcionam das 10h às 17h.

No domingo, os bilhetes sofrerão aumento, passando a custar: geral (R$ 7), anel inferior (R$ 15), anel superior (R$ 15) e cadeira especial (R$ 40). Estudantes, menores de 12 anos e maiores de 60 anos pagam a metade.

O Mineirão será aberto às 14h 30 e os torcedores do Cruzeiro terão acesso pelos portões 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 7A, 8, 9 e 14. Os adeptos da Portuguesa ficarão no setor de cadeira especial pelo ingresso e entrarão pelos portões 1 e 14.

No dia do jogo, os ingressos serão vendidos de 9h às 12h na Sede Campestre e no Ginásio do Barro Preto. No Mineirão, a venda acontecerá de 9h até o final do primeiro tempo da partida (a torcida da Portuguesa comprará na bilheteria do portão 1).

(Fonte: site oficial do Cruzeiro)

dezembro 2, 2008 Posted by | Cruzeiro, Portuguesa | | Deixe um comentário

Carlinhos espera seguir no Cruzeiro em 2009

Vínculo do lateral-esquerdo com a Raposa vence no fim deste ano

Carlinhos já manisfestou sua vontade em permanecer na Toca da Raposa IICarlinhos já manisfestou sua vontade em permanecer na Toca da Raposa II (Crédito: André Brant)

O Cruzeiro ainda não acertou a permanência de Carlinhos na Toca da Raposa 2, mas o diretor de futebol do Santos disse ao LANCE!NET que o lateral-esquerdo tem interesse em ficar em BH. O clube paulista considera também viável a continuidade do jogador na Raposa. Ele está emprestado pelo Santos até o fim do ano.

– Nós estivemos na Toca 2 no fim de semana e conversei com o Carlinhos. Ele disse que está feliz e quer continuar. Tem dado certo, ele tem ajudado o time e está sendo valorizado. Então, seria interessante ficar, mas ninguém do Cruzeiro ainda nos procurou – disse Adilson Durante.

Carlinhos foi envolvido em uma troca por Apodi, no meio do ano, e 50% dos direitos econômicos do lateral estão estipulados em U$S 1 milhão ou cerca de R$ 2,3 milhões.

dezembro 2, 2008 Posted by | Cruzeiro | Deixe um comentário

Pacaembu terá reformas se concedido ao Timão

Projeto de reforma do estádio prevê numerada no lugar de pista e aumento da capacidade para mais de 50 mil torcedores

Ari Ferreira/Lancepress!)Pacaembu é o estádio predileto da torcida do Timão (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez ainda está reticente com relação à concessão do Pacaembu por 30 anos, mas a proposta da prefeitura de São Paulo tem até projeto de reforma do estádio.

A idéia é audaciosa, já foi colocada em prática na reestruturação do Maracanã, entre 2005 e 2006, e tem como ponto principal afundar o campo em alguns metros e transformar a pista de atletismo em um anel de numeradas e camarotes.

Com isso, a capacidade do Estádio Paulo Machado de Carvalho passaria de 40 mil para um pouco mais de 50 mil de torcedores.

– Essas discussões vêm desde que Andrés assumiu (a presidência do Corinthians). A gente poderia ter acelerado as negociações e concluído em bons termos para o Corinthians antes da eleição, mas o prefeito quis postergar para não haver conotação política. Acredito que em alguns meses a gente vai ter isso concluído de uma forma transparente – afirmou Luís Paulo Rosenberg, diretor de marketing do Corinthians, em entrevista a um programa da TV Bloomberg.

Pelo esboço apresentado pela Secretaria de Esportes de São Paulo, a reforma não comprometeria a estrutura das instalações tombadas pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) – o Estádio Paulo Machado de Carvalho e o complexo esportivo anexo.

O Pacaembu se transformou em patrimônio tombado em janeiro de 1998, após levantamento do órgão. Como o processo impede que o estádio e o complexo sejam explorados de forma mais profunda, a diretoria do Corinthians sempre resistiu à idéia de concessão. De acordo com projeto de lei de 2006, 30 anos é o prazo máximo para uso e exploração do estádio por particulares.

Nos últimos meses, Rosenberg tem tentado convencer o presidente corintiano de que a concessão do Pacaembu é a opção mais viável para o clube ter estádio próprio já no ano do centenário, em 2010. Como contrapartida pela concessão de 30 anos, a prefeitura exige um investimento de aproximadamente R$ 200 milhões no período – aporte que seria feito pela iniciativa privada.

Prós

Identificação
O Pacaembu é estádio municipal, mas todo e qualquer corintiano o considera a casa do Corinthians. A relação é histórica.

Localização
Na região central, próximo a estações de metrô e atendido por linhas de ônibus.

Marca Corinthians
Para investir cerca de R$ 200 milhões em 30 anos, o clube deve usar sua marca para atrair parceiros investidores.

Contras

Casa temporária
Uma nova arena resolveria o problema da falta de casa definitivamente. A concessão do Pacaembu é por 30 anos.

Estádio ultrapassado
O Pacaembu foi inaugurado em 1940. Para muitos, não há como modernizá-lo.

Patrimônio tombado
Mudanças na estrutura do estádio devem ser aprovadas pelo Condephaat, órgão que fiscaliza patrimônios tombados.

dezembro 2, 2008 Posted by | Corinthians | | Deixe um comentário

Lucio Flavio admite que foi procurado pelo Vasco

Mas apoiador, que também interessa ao Flu, aguarda proposta do Bota

LANCEPRESS!

Lucio Flavio comentou, mais uma vez, sobre seu futuro nesta quinta-feira, após o treino em General Severiano. O apoiador revelou que, além do Fluminense, o Vasco também o procurou, mas ainda espera por uma proposta do Botafogo para renovar contrato.

O camisa 10 alvinegro rejeitou a estratégia inicial da diretoria botafoguense, que, ao invés de propor uma proposta, prefere receber de Lucio Flavio.

– Acho complicado, pois o atleta vai procurar sempre pedir mais, se valorizar. O clube é que deve apresentar uma proposta dentro do seu orçamento. Vou covnersar com a minha esposa, minha família para decidir se fico ou não. O Fluminense tem interesse e o Vasco também me procurou – confessou.

O jogador, porém, afirmou que as chances de atuar em um rival do Botafogo são reduzidas.

– É muita pequena a possibilidade. Não consigo me ver saindo daqui para jogar em outro clube do Rio. Estou bem adaptado à cidade, mas isso não seria o principal para definir o futuro – disse.

Mas Lucio Flavio deu algumas pistas de que poderia, sim, atuar por uma equipe carioca. Ele revelou que não se incomodaria em disputar a Segunda Divisão do Brasileiro. O Vasco corre sério risco de ser rebaixado.

– Não tenho preoconceito em jogar a Série B. Já joguei no Paraná nesta situação – lembrou ele, que foi campeão pelo Tricolor Paranaense em 2000.

dezembro 2, 2008 Posted by | Botafogo, Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Botafogo: lista de reforços para o ataque

Ney Franco quer quatro jogadores para o setor em 2009

Ney Franco quebra a cabeça para achar atacantes para 2009Ney Franco quebra a cabeça para achar atacantes para 2009 (Crédito: Paulo Sérgio)

LANCEPRESS!

Durante todo o ano, os torcedores alvinegros foram à loucura com a improdutividade de seu ataque, que irritou até mesmo o sempre comedido Ney Franco. Cansado com os gols perdidos por Zárate & Cia., o treinador alvinegro determinou que serão necessários uns quatro bons atacantes para o Botafogo ser competitivo em 2009.

Assim como o treinador alvinegro, a torcida também acha que o ponto mais crítico do time é mesmo o ataque. Em pesquisa no LANCENET!, 57% dos internautas pedem a contratação de reforços para o setor. Em segundo lugar aparece a carência de apoiadores.

Apesar de ter marcado apenas dois gols na temporada e de ter ficado a maioria dos jogos no banco, Zárate briga com Jorge Henrique pela preferência dos internautas para permanecer no clube. O terceiro mais bem votado é Alexandro, que foi aproveitado em apenas cinco partidas deste Brasileiro.

Certo de que terá de alterar profundamente o ataque do time, Ney Franco já busca alternativas. Juntamente com André Silva, novo vice de futebol, já tem, inclusive, alguns contatos bem encaminhados.

– Em termos de opções, o mercado brasileiro é menor, por conta do êxodo. Mas há, sim, condições de trazer bons jogadores tanto da Série A co mo da B também. Nossa intenção é montar uma equipe competitiva já para o Carioca – comentou Ney.

André Silva concorda com o treinador, mas adverte que respeitará o orçamento feito para 2009.

– O Botafogo vai trazer quem tiver condição. Traremos quem estiver dentro das possibilidades. Acho que há jogadores assim no mercado – comentou André Silva.

dezembro 2, 2008 Posted by | Botafogo | | Deixe um comentário