Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Em jogo de seis gols, Fla e Goiás empatam no Rio

Resultado praticamente arruinou com as pretensões do Rubro-Negro de chegar à Copa Libertadores do ano que vem

Obina fez dois gols neste domingo no MaracanãObina fez dois gols neste domingo no Maracanã (Crédito: Júlio César Guimarães)

O Flamengo marcou três gols rapidamente e fez logo a festa da torcida rubro-negra. No entanto, o que os torcedores não esperavam é que o Goiás tivesse forças para reagir e empatar a partida. Com isso, o Rubro-Negro e o time goiano empataram por 3 a 3 em pleno Maracanã, neste domingo, e o clube carioca se despediu de sua torcida vendo a vaga na Libertadores do ano que vem ficar ainda mais longe.

O empate praticamente arruinou as pretensões do Rubro-Negro na busca por uma vaga na competição sul-americana. A equipe carioca foi aos 64 pontos e permaneceu fora do G-4. Para os goianos, o resultado não mudou muito o panorama. O clube foi para 53 pontos mas já tinha lugar garantido na Copa Sul-Americana do ano que vem.

O JOGO

Logo com quatro minutos de jogo, o Flamengo teve uma grande oportunidade de abrir o placar. Juan recebeu dentro da área, driblou o goleiro Harley, mas perdeu ângulo e chutou para fora. Um minuto depois, o Rubro-Negro balançou a rede. Ronaldo Angelim avançou pela esquerda e cruzou. Obina subiu mais que a zaga e tocou de cabeça no canto direito: Flamengo 1 a 0.

Mesmo com o gol, a pressão rubro-negra continuou. E o setor esquerdo do ataque era o caminho mais fácil para chegar à meta do Goiás. Aos 22, Juan apareceu sozinho na área, mas chutou em cima da zaga. Aos 29, após boa troca de passes do ataque do Flamengo, Juan apareceu novamente na cara de Harley. Desta vez, o lateral chutou rasteiro e ampliou a contagem: Flamengo 2 a 0.

Três minutos depois, o Flamengo teve uma chance de marcar, com Marcelinho Paraíba. Aos 35, a tabelinha do ataque rubro-negro deu certo novamente. Ibson deixou Obina na cara do gol e o atacante, com calma, driblou o goleiro Harley e tocou para o fundo da rede: Flamengo 3 a 0.

O Goiás descontou dois minutos de pênalti. Jaílton derrubou Thiago Feltri na área e Paulo Baier bateu com força para diminuir: Flamengo 3 a 1.

Aos 42, o Goiás colocou fogo novamente na partida. Após escanteio da direita, Ernando apareceu sozinho nas costas da zaga e teve apenas o trabalho de empurrar a bola para dentro: Flamengo 3 a 2.

Depois de tantos gols, o segundo tempo começou morno, sem muitas chances dos dois lados. Mas em um lance de velocidade, a defesa do Flamengo se desligou e Thiago Feltri apareceu nas costas da zaga e chutou com força, no canto direito do goleiro Bruno, para empatar a partida: 3 a 3.

O Flamengo acordou com o gol. Aos 22, Ibson quase marca de bicicleta. No entanto, quem esteve mais perto de marcar era o Goiás. Aos 34, Vitor fez ótima jogada na ponta direita, cruzou rasteiro na área para Paulo Baier, mas o apoiador errou o chute. Adriano Gabiru ainda acertou a trave, aos 40.

No desespero na busca por um resultado positivo, Bruno chegou até a tentar ir para a área adversária no fim da partida. Nos acréscimos, Vandinho acertou a trave. No entanto, apesar da pressão final, o placar não foi mais mexido.

Agora, o Flamengo terá de tentar se despedir do Campeonato Brasileiro de maneira honrosa, contra o Atlético-PR, em Curitiba, no próximo domingo. Já o Goiás recebe o São Paulo, em casa, para fechar o Campeonato Brasileiro com uma classificação para a Copa Sul-Americana do ano que vem.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 x 3 GOIÁS

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/11/2008 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Sérgio Carvalho (DF)
Renda/público: R$ 567.267,00 / 33.392 pag.
Cartões amarelos: Ibson, Kleberson, Fierro, Jaílton, Obina (FLA); Vitor, Fábio Bahia, Rafael Marques, Iarley, Fernando, Adriano Gabiru (GOI).

GOLS: Obina, 5’/1ºT (1-0); Juan, 29’/1ºT (2-0); Obina, 35’/1ºT (3-0); Paulo Baier (pênalti), 37’/1ºT (3-1); Ernando, 42’/1ºT (3-2); Thiago Feltri, 19’/2ºT (3-3).

FLAMENGO: Bruno, Luizinho (Fierro, intervalo), Jaílton, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Toró (Vandinho, 29’/2ºT), Ibson e Kleberson; Marcelinho Paraíba (Everton, 15’/2ºT) e Obina. Técnico: Caio Júnior.

GOIÁS: Harley, Ernando, Henrique e Rafael Marques; Vitor, Fernando (Fredson, 40’/2ºT), Fábio Bahia, Paulo Baier e Thiago Feltri; Júlio César (Adriano Gabiru, 20’/2ºT) e Iarley (Alex Terra, 36’/2ºT). Técnico: Hélio dos Anjos.

novembro 30, 2008 - Posted by | Flamengo, Goiás | , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s