Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Clube tenta evitar euforia após vitória sobre o Palmeiras

Após protestos de parte da torcida no meio da semana, delegação desta vez viu festa no aeroporto Salgado Filho.

Uma parte da torcida protestou no meio da semana passada. Mas foi só vencer o Palmeiras fora de casa para a torcida tricolor receber a delegação do Grêmio com festa nesta segunda-feira, no aeroporto Salgado Filho. Entretanto, a diretoria quer evitar a euforia. Esta é a preocupação depois de um jogo que colocou o Tricolor de volta na briga pelo título, dois pontos atrás do líder São Paulo. Em entrevista à Rádio Gaúcha nesta segunda-feira, o assessor de futebol André Krieger disse que nem a vaga na Libertadores está assegurada e insiste que o campeonato está longe de ter uma definição.

– O campeonato está em aberto, tanto o G-4 quanto a disputa do título. São 12 pontos a disputar, é um número grande. Qualquer vacilo pode levar até à exclusão do grupo que vai representar o Brasil na Libertadores. Ainda é cedo. Quem sabe nas próximas duas rodadas tenhamos uma situação mais clara. Por enquanto, está em aberto – afirma Krieger.

Para o dirigente, a tabela não favorece o Grêmio na disputa com o São Paulo, como afirmam setores da imprensa paulista. Krieger lembra que o time contrariou prognósticos nas últimas duas rodadas.

– A equipe é que faz a tabela. Semana passada tínhamos um jogo de certa forma fácil, contra o Figueirense em casa, nos complicamos e hoje é o que nos separa do líder São Paulo. Ontem, tivemos um jogo que para muitos era intransponível e conseguimos passar pelo Palmeiras no Palestra Itália. Não vejo isso como algo que possa fazer a diferença. O Grêmio tem é que continuar jogando como jogou ontem. Se assim o fizer, estará mais próximo do título – diz.

O Grêmio enfrenta o Coritiba no Estádio Olímpico, no próximo domingo, às 19h10m. Os jogadores começam a treinar para esta partida na tarde de terça. A segunda-feira é de folga.

novembro 10, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Marcos x Luxemburgo: diretoria diz que assunto será resolvido em clima de paz

Dirigentes admitem que o goleiro exagerou ao partir desesperadamente para o ataque quatro vezes, mas lembram dos problemas pessoais.

O goleiro Marcos, Vanderlei Luxemburgo, o elenco e a diretoria de futebol do Palmeiras estarão reunidos nesta terça-feira, às 16h, na Academia de Futebol, para analisar minuciosamente a derrota para o Grêmio por 1 a 0, no último domingo, no Palestra Itália, pelo Campeonato Brasileiro, as chances de título e da vaga na Libertadores. Mas o principal objetivo da conversa será a atitude do capitão alviverde, que, apesar dos apelos do treinador pedindo para ele voltar ao gol, desobedeceu as determinações e partiu quatro vezes para o ataque tentando ajudar a equipe a marcar o gol de empate diante do time gaúcho.

Marcos falhou no gol do Grêmio. Assim como toda a defesa alviverde, que não subiu para tentar o cabeceio, ele deixou a bola quicar e não teve tempo de esboçar reação. Talvez o motivo do seu desespero tenha sido exatamente esse. Mas o gerente de futebol do Palmeiras, Toninho Cecílio, também lembra que o goleiro passou por problemas pessoais graves com a morte de seu pai e talvez esteja precisando conversar para com o elenco para esfriar a cabeça.

Na avaliação de Toninho Cecílio e do vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo, Marcos não precisava ter entrado em desespero. Porém, apesar de não concordarem com a atitude do goleiro, os dirigentes entendem que o capitão demonstrou garra e, principalmente, o seu amor ao Palmeiras.

– Na terça-feira tudo será resolvido. E tenho certeza de que maneira tranqüila, sem prejuízos para o elenco – garante Cipullo.

Em princípio, Luxemburgo não está revoltado com o comportamento do goleiro. O treinador só ficou inconformado foi com a postura de Marcos, que mesmo ouvindo os seus apelos para retornar ao gol continuou insistindo em partir para o ataque inúmeras vezes.

– Outra vez ele foi o São Marcos para a torcida, mas não sei se isso foi importante para o elenco. Vamos conversar internamente – avisa o treinador.

Os jogadores saíram em defesa de Marcos e garantem que o goleiro, em momento algum desobedeceu as ordens de Luxemburgo. Para eles, o barulho da torcida, já que o Palestra Itália estava lotado, impediu o capitão de ouvir os berros do treinador.

– O Marcos não ouviu o Luxemburgo. O estádio estava lotado e a torcida empurrava o Palmeiras para o ataque. Ele quis apenas ajudar – analisa Denílson, que estava no banco de reservas, após ser substituído, ao lado do treinador.

Não é a primeira vez que Marcos e Luxemburgo entram em rota de colisão. Após a derrota por 3 a 0 para o Fluminense, no Maracanã, o goleiro afirmou que a equipe merecia ter deixado o G-4 e afirmou que somente um psicólogo podia explicar a queda de rendimento da equipe.

Na oportunidade, Luxemburgo garantiu que atitude desrespeitosa de Marcos com o elenco havia acontecido pela última vez. Mas o assunto foi superado, com o pedido de desculpas do goleiro. Mas tudo indica que agora será diferente, pois o comandante alviverde antecipou que ele não corre o risco de perder a vaga no time titular.

– Perder a vaga no time seria muito radicalismo – pondera o treinador.

novembro 10, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , | Deixe um comentário

Felipe treina com movimentos limitados

Goleiro do Timão se machucou na comemoração do título ao cair em placa de publicidade. Ele teve um corte na coxa, perto da virilha.

O goleiro Felipe treinou, mas não fez todos os movimentos normalmente. Portanto, segue como dúvida para o jogo de quarta-feira, contra o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 35ª rodada da Série B do Brasileiro.

No sábado, na comemoração do título em Criciúma, o camisa 1 do Corinthians subiu no alambrado do estádio Heriberto Hulse para vibrar com a torcida e caiu em cima de uma placa de publicidade. Na queda, ele cortou a coxa, próximo da virilha.

Logo depois, o técnico Mano Menezes disse que Felipe era dúvida para o jogo no Rio Grande do Sul, e que Julio Cesar provavelmente entraria no time. Depois do treino desta segunda, o panorama segue o mesmo, já que o goleiro sentiu um pouco.

Felipe sentiu o local do corte e saiu nos primeiros minutos de treinamento, mas voltou em seguida e continuou o trabalho, só que sua movimentação, principalmente para o lado direito, foi limitada. A impressão é de que ele estava receoso.

Na tarde desta terça-feira, o Timão volta a treinar no estádio Centenário, e em seguida concentra para o jogo diante da equipe do Juventude.

novembro 10, 2008 Posted by | Corinthians | , , , , | Deixe um comentário

Montenegro: ‘Enquanto a Família Soprano estiver no comando, vai ter muito chororô’

Dirigente responde Kleber Leite e afirma que suposta ligação entre Flamengo e CBF é prejudicial ao futebol brasileiro.

Carlos Augusto Montenegro não deixou barato mais uma vez. Ao tomar conhecimento da ironia do vice de futebol do Flamengo, Kleber Leite, o dirigente do Botafogo não mediu palavras para responder. E a polêmica arbitragem de Marcelo de Lima Henrique foi apenas um detalhe. O alvo principal foi, além do Rubro-Negro, a CBF.

Montenegro já anunciou que estará completamente afastado do futebol a partir do ano que vem. Segundo ele, são situações como esta que o levaram a tomar a decisão. O dirigente voltou a criticar a Comissão de Arbitragem da CBF pela escalação de Marcelo de Lima Henrique e aproveitou para ironizar o Flamengo, usando como referência um famoso seriado de televisão dos Estados Unidos, que retrata uma família de mafiosos.

– É muito fácil ele falar que o chororô é o nosso camisa 10 quando se tem um contato forte com a máfia. Como todos sabem, existe um plano de CBF e Flamengo administrarem o Maracanã, e tudo isso faz parte do jogo. Eu não choro, apenas lamento que o futebol brasileiro seja comandado pela Família Soprano, e enquanto isso acontecer, vai ter muito chororô por aí – afirma ele, por telefone, ao PORTAL FUTEBOL.

O dirigente ainda lembrou a incoerência da CBF no momento de decidir pela mudança de local do clássico do último domingo, no qual o mando de campo era do Botafogo.

– Com a Copa de 2014, o Ricardo Teixeira deixou a CBF em nome de pessoas sem qualificação para dirigi-la. É uma máfia, e a atuação dela começa pela mudança do local do clássico do Engenhão para o Maracanã, enquanto Palmeiras e São Paulo se enfrentam no Palestra Itália, que é antigo e com capacidade para 25 mil pessoas. Qual é o critério? Como toda a máfia, ela acaba se envolvendo com parte da polícia e a usa para justificar seus atos – afirma Montenegro, referindo ao fato de a CBF ter usado um laudo da Polícia Militar do Rio de Janeiro como explicação para o veto ao Engenhão.

novembro 10, 2008 Posted by | Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, São Paulo, Vasco da Gama | , , , , , , | Deixe um comentário

São Paulo está 99% na Libertadores, diz estudo

Levantamento feito por Tristão Garcia aponta que Tricolor se garante no torneio em 2009 se bater o Figueirense

Se ainda não pode comemorar o hexacampeonato Brasileiro, o São Paulo está muito próximo de assegurar matematicamente o seu lugar na Libertadores de 2009. Em entrevista exclusiva ao PORTAL FUTEBOL! , o matemático Tristão Garcia afirmou o Tricolor se garante na competição continental com uma vitória no próximo domingo sobre o Figueirense no Morumbi.

– Digo que quem chegar aos 68 pontos se garante na Libertadores, e provavelmente o São Paulo atinja essa pontuação já na próxima rodada. Embora seja um campeonato muito equilibrado, garanto que o 5º colocado não vai alcançar essa pontuação no final – afirmou Tristão, ressalvando que o clube só se garantirá 100% quando o campeonato terminar.

Mesmo quando não era considerado favorito ao título, a ida à Libertadores era tratada como obrigação no clube do Morumbi. O capitão Rogério Ceni chegou a se envolver em uma polêmica ao afirmar que não se via em 2009 jogando a Copa do Brasil em Macapá ao invés de disputar uma Libertadores em Maracaibo.

Quando o assunto é título, Tristão mostra mais cautela em apontar uma pontuação mínima, mas acredita que o campeão alcançará, pelo menos, 74 pontos.

– Desde o início falei que quem chegasse a 76 pontos seria campeão, mas calculamos que existe a probabilidade de 98% de termos um campeão com 74 pontos – ponderou.

E mesmo com tanto equilíbrio, o matemático acredita que o domínio paulista permanecerá forte no torneio, com São Paulo e Palmeiras garantidos entre os quatro primeiros colocados.

– É claro que uma vitória do Grêmio pode mudar as coisas, mas o cenário mostra novamente o domínio paulista na competição, com São Paulo e Palmeiras garantindo duas vagas na Libertadores e Grêmio, Cruzeiro e Flamengo lutando pelas outras duas – concluiu.

Confira as chances dos cinco primeiros de chegarem à Libertadores:

Clube Pontos Jogos restantes Probabilidade
São Paulo 65 4 99%
Palmeiras 61 5 96%
Grêmio 60 5 83%
Cruzeiro 58 5 76%
Flamengo 57 5 44%

novembro 10, 2008 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

São Paulo e Figueirense: mais de 10 mil vendidos!

Venda de ingressos para o duelo com os catarinenses começou nesta segunda-feira. A promessa é de casa cheia no domingo.

A torcida do São Paulo promete lotar o Morumbi, no próximo domingo, na partida contra o Figueirense, às 17h (de Brasília), válida pela 35ª rodada do Brasileirão. Logo no primeiro dia de venda, nesta segunda-feira, 10.981 ingressos já foram vendidos para o duelo do líder do Brasileirão contra os catarinenses.

Os postos de venda irão funcionar de segunda a sábado das 11 às 17h. Ao contrário do duelo contra a Portuguesa no último sábado, que não houve venda de ingressos no dia da partida, os torcedores poderão adquirir o ingresso no dia do jogo até a hora do evento.

E para quem quiser assistir ao confronto do Tricolor com o Figueira, confira abaixo quais são os postos de venda e os preços dos ingressos:

Setores e Preços:

Geral Amarela R$20,00 e ½ entrada R$10,00 (TORCIDA VISITANTE)
Geral Azul R$30,00 e ½ entrada R$15,00
Geral Laranja R$20,00 e ½ entrada R$10,00
Geral Vermelha – Deficientes entrada gratuita – acompanhantes ingressos R$20,00 e ½ entrada R$10,00
Geral Vermelha R$30,00 e ½ entrada R$15,00
Morumbi Premium Clube R$60,00 e ½ entrada R$30,00
Cativa Vermelha Proprietário R$20,00
Cativa Azul Proprietário R$20,00
Cadeira Laranja R$30,00 e ½ entrada R$15,00
Cadeira Azul R$60,00 e ½ entrada R$30,00
Cadeira Amarela R$30,00 e ½ entrada R$15,00 Sócio-Torcedor R$10,00
Arquibancada Azul e Laranja R$20,00 e ½ entrada R$10,00
Arquibancada Vermelha e Amarela R$20,00 e ½ entrada R$10,00

Postos de venda:

Estádio Morumbi – Praça Roberto Gomez Pedrosa n° 1
Estádio do Pacaembu – Praça Charles Muller, s/nGinásio Ibirapuera – Rua
Manoel da Nóbrega, s/n
Estádio Bruno José Daniel – R. 24 de Maio, s/n – Santo André
Ginásio de Esportes José Correia – Av. Guilherme P. Guglielmo, 1000 –
Bilheteria A – Barueri.
Pitta Sports – Rua Silva Bueno, 1156, Ipiranga.
Estádio do Canindé – Portão 07 Comendador Nestor Pereira, 33

novembro 10, 2008 Posted by | São Paulo | , , | 1 Comentário

Hugo afirma: ‘Esse título terá sabor especial’

De excluído e peça fora do elenco, o camisa 18 do São Paulo virou o artilheiro do São Paulo no Brasileirão

Se o São Paulo for tricampeão brasileiro este ano, a torcida, exigente, terá de se render a um jogador. Trata-se do meio-de-campo Hugo, criticado em diversos momentos, mas que no torneio é o artilheiro do time com 12 gols e peça fundamental no esquema de Muricy Ramalho.

No último ano, nenhum jogador superou tantas adversidades como o camisa 18. Da suspensão de 120 dias do STJD, até o afastamento pelo presidente Juvenal Juvêncio, Hugo, calado, driblou estes “zagueiros” com méritos.

Com o apoio dos companheiros, da comissão técnica e da família, Hugo hoje é o meia que a torcida cobra da diretoria desde janeiro. Não usa a camisa 10, que está sem dono desde a saída de Adriano, mas possui todos os adjetivos dos atletas desta posição. Veja a entrevista exclusiva que ele concedeu ao LANCENET!, falando sobre sua fase.

PORTAL!: O que passou na sua cabeça depois da suspensão de 120 no STJD em 2007. E depois ser afastado da equipe no início do ano?
Hugo: No momento da suspensão foi uma coisa triste na minha carreira, passei por um fato ruim, me entristeceu, e eu tive de superar. Fiquei aliviado depois que o atleta do Paraná me desculpou publicamente. Em relação à punição, achei que os 120 dias foram merecidos e cumpri tudo o que foi imposto. No início do ano passei por uma etapa novamente complicada, estava com um problema com a minha esposa, por causa do nascimento do meu filho. Mas, depois que ele nasceu, as coisas começaram a melhorar. Achava que estava com um pé fora do São Paulo, que não jogaria mais pelo clube, mas Deus me provou que não era isso que ele queria para mim.

PORTAL!: Você marcou 12 gols no Brasileirão, mais do que o ano passado todo, quando fez 11. Está surpreso?
Hugo: Eu esperava que iria melhorar, mas não tanto… Nem tanto pelos gols, mas da maneira que foi acontecendo. Ganhei a oportunidade na Libertadores, o Muricy viu que eu estava mais alegre, querendo, e tive a oportunidade de voltar ao time titular contra o Nacional, do Uruguai (pelas oitavas-de-final da Libertadores, em maio). Depois eu não saí mais da equipe, até agora. E espero continuar até o final do Brasileiro.

PORTAL!: Você começou a fazer coisas diferentes para esta superação? Algo nas partes física ou técnica?
Hugo: Acho que em termos de marcação, sim. Eu procurei me aplicar mais, com mais empenho nos treinos, para fazer o que o Muricy queria. Porque com ele no comando tem de ser assim, precisa fazer como ele quer, senão ele tira mesmo do time. Depois que consegui me adaptar com relação a isso, ele sempre me manteve na equipe titular. O Muricy sempre define um jogador que eu tenho de marcar, ou então eu inverto com o Jorge Wagner e fecho mais pela lateral e ele vira meia. É uma variação grande da equipe.

PORTAL!: Você se considera um símbolo desta nova fa se do São Paulo?
Hugo:
Eu me vejo como um vencedor, porque passei por momentos difíceis, muita cobrança, parte da imprensa sempre falando que não existia um meia dentro do São Paulo. Escutava isso todos os dias, mas acho que tive muita personalidade para ouvir calado e responder a todas as críticas dentro de campo.

PORTAL!: Hoje você tem segurança para falar que o meia do time é você?
Hugo: Acho que o time continua não tendo, né (risos). Se não tinha antes, como todo mundo falava, como pode ter agora, se ninguém chegou? Acho que estou fazendo o papel que o Muricy vem me pedindo, com aplicação, lutando para ser campeão.

PORTAL: Qual sua posição, então?
Hugo: Eu jogo pelo lado esquerdo, um pouco mais avançado, chegando para encostar nos atacantes lá da frente. Pode-se dizer que a função que faço hoje é a de meia-atacante.

PORTAL: Você tem como eleger um jogo que foi bem? Saiu com o desejo de dever cumprido após a partida.
Hugo: Tem alguns jogos que eu não fiz gol, mas eu saí bastante satisfeito de campo, como na vitória por 4 a 2 sobre o Flamengo no Maracanã, no primeiro turno, e nos dois jogos contra o Fluminense pela Copa Libertadores, apesar da eliminação. Tive um aproveitamento muito grande nos passes nestas partidas.

PORTAL!: Algum jogo para ser apagado?
Hugo: Acho que, contra o Goiás, no primeiro turno, fui muito mal, errei muito e a torcida pegou no meu pé.

PORTAL!: O que você precisa fazer para conquistar de vez a torcida?
Hugo: Não sei… Acho que tenho desempenhado um bom trabalho no Brasileirão, estou fazendo gols, jogando bem. Não sei se tenho de fazer alguma coisa de especial para isso. Talvez com o título o torcedor vai reconhecer o meu trabalho aqui.

PORTAL!: Dos seus 12 gols no Brasileiro, sete foram de cabeça. Você sempre foi bom neste fundamento ou é algo que aprimorou nos últimos meses, assim como a marcação?
Hugo: Esse fundamento eu melhorei muito depois que eu cheguei no São Paulo. O trabalho do dia a dia com o Muricy me ajudou. Estou mais presente da área. Foram sete, um número bom para mim.

PORTAL!: Você teve boa participação no penta, apesar da suspensão. Como você vê agora sua contribuição para, quem sabe, o hexa?
Hugo: Em relação ao ano passado, até ser suspenso, eu era artilheiro do time na temporada com 11 gols. Mas, aí, eu fui suspenso e perdi a reta final. Este ano tenho feito gols que têm ajudado muito a equipe, estou participando mais diretamente das vitórias e, com certeza, vai ter um sabor especial caso a gente conquiste o Brasileirão. Vai ser uma boa resposta para os torcedores.

PORTAL!: Seu contrato acaba no final de 2009, já está planejando algo? Fica mais um ano no São Paulo?
Hugo: Nem estou pensando nisso agora, para ser sincero. Prefiro esperar a temporada terminar. Quero muito este título, um tricampeonato inédito, para depois pensar se vou continuar ou sair do clube.

PORTAL!: O São Paulo pode ser tri consecutivo do Brasileirão. E você, como atleta, também pode ser tri?
Hugo: Eu também posso ser tricampeão, mas não em três anos seguidos. Eu fui campeão em 2005 com o Corinthians e o ano passado no São Paulo. Seria o quarto título da minha carreira este, porque eu conquistei uma Copa do Imperador, em 2004, atuando pelo Verdy Tokyo, do Japão. Para o Brasileiro eu acho que eu tenho sorte. Saí do Corinthians, fui para o Grêmio e brigamos pelo título. Geralmente os clubes que eu jogo, em termos de campeonato nacional, costumam ir bem até a última partida.

novembro 10, 2008 Posted by | São Paulo | , , | Deixe um comentário

Madson e Alex Teixeira, os coringas do Vasco

Os atletas têm liberdade no meio-de-campo; Alex não enfrenta o Galo

O técnico do Vasco, Renato Gaúcho, conta dá liberdade a dois jogadores no seu meio-de-campo, os meias Madson e Alex Teixeira, que atuam tanto compondo este setor quanto dando suporte ao ataque.

O treinador cruzmaltino tem optado ultimamente o esquema 3-6-1, com apenas um atacante de referência, e são os dois jogadores os principais responsáveis por municiar o ataque.

– O Renato dá liberdade para mim e para o Alex Teixeira chegarmos no Leandro Amaral (atacante). Tenho a característica de cair pelos dois lados do campo e procuro buscar fazer o melhor para ajudar – explicou Madson.

Enquanto a presença de Madson na partida contra o Atlético-MG, na próxima quarta-feira, em Minas Gerais, é certa, a ausência de Alex Teixeira também é.

O meia de 19 anos vai cumprir suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo na partida contra o Santos, no último sábado e seu substituto ainda não foi confirmado.

A tendência é que o atacante Edmundo forme dupla com Leandro Amaral e o time atue no 3-5-2. Outra opção é a entrada do meia Leandro Bomfim, com o Animal iniciando o confronto na reserva e o esquema 3-6-1 mantido.

novembro 10, 2008 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Ordem no Vasco é personalidade no Mineirão

Time está invcito a quatro jogos – série começou com vitória fora de casa

O Vasco enfrenta o Atlético-MG, no Mineirão, nesta quarta-feira, buscando somar pontos na sua luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Para isso, o técnico vascaíno, Renato Gaúcho, o elenco deve manter sua maneira de jogar mesmo fora de casa para obter um resultado positivo dentro do plano cruzmaltino.

– Eu sempre falo para os jogadores que, independentemente do estádio, eles devem ter personalidade e estarem atentos – disse o treinador vascaíno.

O Vasco está invicto a quatro jornadas no Brasileiro: são três vitórias e um empate, ou seja, dez pontos conquistados em 12 disputados. E a seqüência começou justamente com um triunfo fora do Rio: 4 a 2 sobre o Goiás, em Goiânia (GO).

Com 37 pontos, a equipe cruzmaltina está em 15º lugar no Brasileiro, fora do U4 após nove rodadas – pela primeira vez nesta situação tendo Renato Gaúcho como técnico.

novembro 10, 2008 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Dinamite não vai fazer ‘loucuras’ por Renato

Presidente do Vasco garante querer renovação do técnico, mas não quer fugir da realidade

Os boatos sobre um possível interesse do Flamengo e do Grêmio na contratação do técnico Renato Gaúcho para 2009 agitaram os bastidores do Vasco. Em São Januário, o presidente do clube, Roberto Dinamite, informou que deseja a permanência do treinador mas não fará propostas que ultrapassem a realidade do clube.

– A princípio ele foi contratado pelo trabalho de um período: para tirar o Vasco da zona. Mas como o trabalho está sendo bem executado, a renovação seria natural. Porém, a diretoria não vai fazer loucuras e nem fugir da realidade financeira do clube, seja para treinador ou qualquer jogador. Mas gostaria que ele ficasse – disse.

novembro 10, 2008 Posted by | Vasco da Gama | , , | Deixe um comentário

Kléber Pereira supõe ajuda ao Vasco

Nervoso! Centroavante se mostrou revoltado com a atuação do árbitro do jogo em São Januário

A derrota para o Vasco pode trazer mais problemas para o Santos. O artilheiro da equipe Kléber Pereira criticou duramente a arbitragem após a partida e corre o risco de ser punido pelas declarações.

– Estamos falando de um clube de extrema grandeza, que não precisa disso. É uma vergonha para o futebol brasileiro porque colocando um árbitro como esse nos jogos do Vasco o time nunca vai cair. Agora, ele deve estar com o bolso cheio – disparou Kléber Pereira.

Temendo qualquer tipo de punição, Márcio Fernandes pediu um ponto final no assunto.

– Nervosas, as pessoas falam coisas que não devem ser ditas. Não gostaria de comentar isso agora – disse o técnico santista.

Na véspera do duelo contra o Vasco, Márcio Fernandes chamava a atenção para possíveis problemas fora de campo. Ele se referia ao medo da insegurança em São Januário e, de quebra, colocava pressão no árbitro da partida, Elmo Alves Resende Cunha. De nada adiantou. O juiz foi o personagem principal do confronto, ao marcar pênalti duvidoso de Molina em Jonílson e fez os jogadores santistas se revoltarem.

Molina garantiu que não cometeu a infração e os jogadores foram tirar satisfação com o árbitro após o apito final da partida.

Sem comentários

Kléber Pereira avisou que não vai tocar no assunto de sua possível transferência para o exterior até o final do drama santista. O centroavante, inclusive, pediu ao seu irmão e procurador, Daniel Pereira, para não dar mais declarações.

Daniel garante que tem uma proposta irrecusável para o atleta.

novembro 10, 2008 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Kléber Pereira entra na mira do STJD

Declarações dadas após derrota para o Vasco serão avaliadas pelo Tribunal

Ainda de cabeça quente após a derrota para o Vasco no último sábado (1 a 0, em São Januário), os santistas podem “ganhar” o desfalque do atacante Kléber Pereira, artilheiro do Brasileirão com 21 gols, para as últimas quatro partidas da competição.

O atacante deu declarações polêmicas em São Januário e insinuou que existiria um complô para salvar o clube carioca do rebaixamento, além de dizer que o árbitro Elmo Alves Resende Cunha “deve estar de bolso cheio agora”.

Em entrevista à Rádio Lance!, o Procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, já avisou que vai ouvir as declarações do atacante e analisar se elas podem ser enquadradas no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

– Ele deve ser interpelado para que se justifique e aí se adotam as providências cabíveis. Se for comprovado (a declaração), ele pode sofrer as penas previstas no artigo 251 do CBJD (ofensa moral ou manifestação desrespeitosa contra a arbitragem), e as penas variam de uma a quatro partidas – afirmou o Procurador.

Paulo Schmitt afirmou que entende que declarações deste tipo sejam dadas no calor da partida, mas não deixou de lamentar a atitude do experiente camisa 9 do alvinegro praiano.

– Quando o time perde é sempre assim, sempre tem um complô, o árbitro errou..futebol infelizmente tem dessas coisas – concluiu.

novembro 10, 2008 Posted by | Santos | , | Deixe um comentário

Mancini lamenta falta de inspiração ofensiva

Técnico do Vitória elogiou as jogadas criadas pelo Rubro-Negro

Pouco mais de 7,8 mil torcedores foram ao Barradão, neste domingo, assistir a derrota do Vitória por 1 a 0 diante do Atlético-MG. O técnico Vágner Mancini lamentou a derrota rubro-negra e, principalmente, as falhas do sistema ofensivo.

– Hoje nós tivemos uma equipe que foi muito mais ofensiva no jogo, mas não foi feliz ou competente e acabou tomando o gol e perdendo a partida. Nós tivemos umas cinco ou seis chances, mas o setor ofensivo acabou falhando – declarou.

Com o resultado, o Vitória é o décimo colocado com 45 pontos. Na próxima rodada, enfrenta outro Atlético, desta vez o paranaense, domingo, às 19h10, na Arena da Baixada.

novembro 10, 2008 Posted by | Vitória | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Torcida do Palmeiras dividida quanto à atitude de Marcos

Um pouco mais da metade reprova comportamento do capitão neste domingo

O goleiro Marcos foi um dos personagens de destaque na derrota por 1 a 0 do Palmeiras diante do Grêmio, domingo. Após sofrer o único gol da partida, marcado por Tcheco, o camisa 12 do Verdão entrou em desespero: foi para a área quatro vezes tentar a cabeçada após os 30 minutos do segundo tempo.

Para a comissão técnica e grande parte do elenco, a atitude do goleiro foi reprovada. Já os torcedores do Verdão ainda não têm uma opinião definida a respeito do comportamento de São Marcos.

Em enquete realizada no site do LANCENET! , um pouco mais da metade dos internautas – 50,2% – afirma que Marcos foi precipitado e transpareceu nervosismo ao time. 49,6 % dos seguidores do Palmeiras, em contrapartida, garantem que a reação do goleiro foi louvável. Essa estimativa foi apurada às 11h da manhã; às 9h, a torcida a favor da atitude do goleiro era superior.

Vanderlei Luxemburgo, que durante a partida mostrou-se irritado com as subidas de Marcos ao ataque, vai conversar com o goleiro nesta segunda-feira para não criar mais polêmica dentro do time.

Recentemente, Marcos e Luxemburgo entraram em choque. O capitão levou uma bronca pública do treinador por criticar abertamente o time após a derrota diante do Fluminense, no Maracanã, por 3 a 0.

novembro 10, 2008 Posted by | Palmeiras | | Deixe um comentário

Alex Mineiro fala da falta de Kléber no ataque do Palmeiras

Artilheiro viu o time sumir e perder para o Grêmio em pleno Palestra Itália

A derrota para o Grêmio neste domingo, certamente, não estava nos planos do Palmeiras. Jogando em casa e ocupando a segunda posição do Brasileirão, o Verdão precisaria vencer para se manter a um ponto do líder São Paulo.

Com a vitória por 1 a 0, o Tricolor gaúcho foi a 63 pontos, passou o Palmeiras e assumiu a segunda colocação na classificação. Logo atrás na tabela, o Palmeiras está na quarta posição, com 61 pontos.

Sem poder contar com Diego Souza, que estava suspenso, e Kléber, que cumpria suspensão automática, o técnico Vanderlei Luxemburgo não conseguiu encontrar solução para a falta de criatividade de sua equipe. Alex Mineiro, artilheiro do Verdão na temporada, jogou muito fora da área, pouco criou e lamentou a ausência de seu companheiro na linha de ataque.

– O Kléber é um jogador que está fazendo a diferença. Ele fez muita falta nesse jogo. É um jogador que abre os espaços para a gente aqui na frente. A torcida compareceu para ver uma grande vitória, tinhamos bom retrospecto de vitórias aqui mas erramos onde nao podiamos – comenta o jogador, que aproveitou para fazer um apelo ao time:

– Temos que jogar todas as nossas fichas contra o Flamengo. É o jogo da grande decisão.

novembro 10, 2008 Posted by | Palmeiras | , | Deixe um comentário

Ápós domingo, Marcos está em xeque no Palmeiras

Luxa não gosta da atitude do goleiro e vai repreendê-lo nesta segunda-feira

Ficou evidente já no campo que o técnico do Palmeiras Vanderlei Luxemburgo não gostou da atitude do goleiro Marcos indo ao ataque, a partir dos 30 minutos do segundo tempo. O técnico tentou não polemizar na entrevista coletiva após o jogo e irá ter uma conversa com o ídolo.

Após a partida contra o Fluminense, Luxa criticou publicamente Marcos por reclamar da postura do time nas entrevistas no Maracanã.

– Vou conversar internamente.Aquilo lá atrás eu já resolvi. Não tem briga com Marcos. É uma situação que será resolvida. Eu sempre resolvi os problemas – afirmou o técnico.

– Mais uma vez, ele saiu (de campo) como o São Marcos, né? Mas não sei se, para nós, internamente, é assim – completou Luxa, refirindo-se a torcida, que exaltou o goleiro.

Questionado sobre se Marcos corre o título de perder a titularidade:

– Você está sendo muito radical.

Para o treinador, o Palmeiras ainda tinha tempo suficiente para empatar o jogo após o gol do Grêmio.

– Nos tínhamos 15 minutos e poderíamos empatar. O empate nos deixaria a uma rodada de alcançar o São Paulo – comentou o treinador.

O grupo folga nesta segunda-feira e volta a treinar terça-feira, na Academia. Será o dia de Luxa cobrar São Marcos.

novembro 10, 2008 Posted by | Palmeiras | , , | Deixe um comentário

Delegação do Inter terá 22 atletas no México

Agenor, Adriano e Ricardo Lopes ficam fora da viagem desta segunda.

O Internacional viaja no final da tarde desta segunda-feira para Guadalajara, onde enfrentará o Chivas, quarta-feira, no primeiro jogo da semifinal da Sul-Americana.

A delegação contará com 22 jogos e, dos inscritos na competição, não viajarão o goleiro Agenor, o lateral Ricardo Lopes, lesionado, e o atacante Adriano, afastado por indisciplina.

Confira a lista completa:

Goleiros: Lauro e Clemer
Laterais: Ângelo, Marcão, Gustavo Nery e Ramón
Zagueiros: Índio, Bolívar, Danny Morais e Álvaro
Volantes: Sandro, Guiñazu, Edinho e Magrão
Meias: Alex, D’Alessandro, Andrezinho, Rosinei e Taison
Atacantes: Daniel Carvalho, Nilmar e Luiz Carlos

Os jogadores treinam nesta segunda-feira pela manhã, no Beira-Rio, e viajam às 17h40. A chegada ao México está prevista para 13h10 (horário de Brasília) de terça-feira. Chegando a Guadalajara, o elenco realizará um treino de reconhecimento no gramado do Estádio Jalisco, local da partida.

novembro 10, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tite confirma Bolívar como lateral-direito

Contra o Chivas, Inter utilizará mesmo time que atuou em Buenos Aires.

O técnico Tite vai confirmar nesta segunda-feira o time do Internacional para o jogo com o Chivas, quarta-feira, pelas semifinais da Sul-Americana. A equipe deve ser a mesma que eliminou o Boca Juniors, semana passada, em Buenos Aires. Com isso, o zagueiro Bolívar seguirá improvisado na lateral direita.

– Ele já vem há bastante tempo jogando como zagueiro. Sabe que existe essa possibilidade. Ele conversou comigo e entendeu a necessidade de jogar com uma linha de quatro e ter um jogador mais fixo – afimou o técnico Tite.

Neste domingo, o Chivas, a exemplo do Internacional, utilizou um time reserva. Jogando pelo campeonato mexicano, o adversário colorado perdeu para o Puebla por 2 a 1. Tite desmonstra estar bem informado sobre o inimigo de quarta-feira.

– Já respeitávamos o Chivas independentemente desse resultado. O Inter nos dá o suporte de saber todas as informações do Chivas. E eu também vi o final da partida contra o River, pois a nossa mobilização é grande – delcarou o técnico colorado.

novembro 10, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tcheco pede resgate do bom futebol gremista

Capitão tricolor foi o autor do gol da vitória sobre o Palmeiras fora de casa.

O capitão Tcheco foi o autor do gol da vitória do Grêmio sobre o Palmeiras, neste domingo, no Palestra Itália. Comemorando muito o resultado, que mantém os gaúchos na briga pelo título, o meia ressaltou que o Tricolor precisa resgatar o bom futebol de parte do Brasileiro.

– Tivemos uma vitória consistente contra o Palmeiras. Temos que voltar a jogar o futebol que nos consagrou durante o ano inteiro. Aposto nisso para chegarmos bem na reta final – afirmou ao canal SporTV.

Para Tcheco, a vitória em São Paulo serve de motivação para o elenco, que estava um pouco cabisbaixo com os resultados ruins deste segundo turno. E o capitão está confiante em levantar o caneco no início de dezembro.

– Conseguimos resgatar nossa auto-estima. Mais do que nunca, temos que ficar mais comprometidos para os próximos jogos. Estou muito confiante – afirmou ao canal SporTV.


novembro 10, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Zagueiro Réver renova com o Grêmio

Jogador acerta permanência no Olímpico por mais cinco anos

Depois da vitória por 1 a 0 em cima do Palmeiras, neste domingo, no Palestra Itália, a torcida do Grêmio recebeu mais uma boa notícia: o zagueiro Réver renovou contrato por cinco anos.

Segundo informações da Rádio Gaúcha e do jornal Zero Hora, o Grêmio comprou 50% dos direitos econômicos do jogador, que pertence ao Paulista, de Jundiaí, por US$ 1 milhão (R$ 2,1 milhões).

Um dos destaques gaúchos no Brasileiro, Réver chegou a estar na mira do Palmeiras, clube que fez contato com o Paulista para saber as possibilidades de negociação. Vale lembrar que Réver não atuou neste domingo, pois cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

novembro 10, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Souza assume condição de titular no Grêmio

Boa atuação contra o Palmeiras faz Celso Roth manter jogador na equipe

A boa atuação na vitória por 1 a 0 em cima do Palmeiras, neste domingo, garantiu uma vaga para Souza no time titular do Grêmio. O jogador deixou o gramado do Parque Antártica vibrando com a vitória e o retorno à briga pelo título.

– É para mostrar que o Grêmio não está morto. Está vivo. Não se coloca matemática em jogo – declarou Souza, diminuindo o valor das projeções matemáticas a respeito das chances do Grêmio na disputa pelo caneco.

O seu desempenho foi aprovado por Celso Roth, que afirmou que o jogador está sabendo aproveitar as chances que vem recebendo.

– O Souza vai ocupar o espaço dele na equipe como todos os jogadores desde que faça e aproveite a oportunidade. O Souza está aproveitando a oportunidade e vai jogar – afirmou Celso Roth.

Com o retorno de Felipe Mattioni, que cumpriu suspensão automática, é possível que Souza atue como ala-esquerdo diante do Coritiba, no próximo domingo. Com isso, Hélder sairia da equipe.

novembro 10, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Goiás pode ser mais uma vez punido no STJD

Equipe corre o risco de não atuar mais no Serra Dourada este ano

A confusão entre torcedores de Goiás e Cruzeiro nas arquibancadas do Serra Dourada, dia 2 de novembro, quando o Esmeraldino venceu os mineiros por 3 a 0, pode gerar pena ao clube. O julgamento acontece no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta segunda-feira.

Em função de toda confusão, que foi relatada na súmula pelo árbitro Paulo César de Oliveira e chegou a paralisar a partida, o Goiás foi denunciado no artigo 213 (Deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto) do CBJD.

A punição pode render multa entre R$ 10mil e R$ 200 mil, além da perda do mando de campo de uma a dez partidas. E, caso perca o mando, o Goiás não disputará mais jogos em casa nesta reta final do Brasileiro.

Punido na semana passada com a perda de um mando de campo, o Goiás enfrentará o Botafogo no interior do estado. Como só encara o São Paulo, em casa, até o final do campeonato, se for punido não atuará mais para sua torcida este ano.

novembro 10, 2008 Posted by | Goiás | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

René Simões pede tranqüilidade a Washington

Técnico do Fluminense não pensa em sacá-lo em virtude do jejum de gols.

A fase não anda boa para o atacante Washington. O artilheiro do Fluminense na temporada está com um jejum de quatro jogos sem fazer gol. Ciente do momento que vive o jogador, o técnico René Simões garante que irá mantê-lo no time e pede calma ao camisa 9.

– Todo jogador passa por determinados momentos na vida. Washington tem que encarar isso com tranqüilidade. Ainda não pensei em substitui-lo, pois acredito que ele ainda vai se recuperar, pois é um jogador que tem experiência. É um jogador muito importante para o time – garantiu René Simões à Rádio Brasil.

novembro 10, 2008 Posted by | Fluminense | | Deixe um comentário

Kléber Leite: ‘Chororô do Botafogo faz parte’

Dirigente usa ironia para comentar as reclamações do Botafogo

A arbitragem de Marcelo de Lima Henrique no jogo Flamengo e Botafogo gerou mais uma polêmica entre os dois clubes. Os alvinegros reclamam de terem sido prejudicados pela não marcação de um pênalti logo no primeiro minuto. O vice de futebol do Rubro-Negro, Kléber Leite, respondeu com ironia às lamentações do adversário.

– Não foi pênalti. Essa reclamação do Botafogo não é novidade alguma. O chororô faz parte do script – afirmou Kléber Leite.

O dirigente também aproveitou para reclamar de erros do árbitro contra o Flamengo e, mais uma vez, lamentou a escolha de Marcelo de Lima Henrique para apitar a partida.

– Ele foi muito mal. Não o culpo em absolutamente nada. A culpa é de quem não teve a sensibilidade e o colocou no jogo. Ele deixou de marcar um pênalti escandaloso em Juan – disse.

Marcelo de Lima Henrique foi o árbitro da final da Taça Guanabara, quando o Flamengo venceu o Botafogo por 2 a 1. Os alvinegros reclamaram de um pênalti marcado contra o time e da expulsão de Zé Carlos e Lucio Flavio. No vestiário, os jogadores protagonizaram a cena do chororô.

novembro 10, 2008 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fla depende só de si para ir à Libertadores

Rubro-Negro terá dois confrontos diretos na briga por uma vaga na competição

Se as chances de o Flamengo ser campeão continuam sendo de 3%, a vitória sobre o Botafogo no Maracanã aumentou a possibilidade de o Rubro-Negro conseguir uma vaga na Libertadores: de 44% para 50%.

Mesmo sendo o clube que menos tem chances de ir à Libertadores neste momento, o Flamengo depende das próprias pernas para ficar entre os quatro primeiros colocados. O Rubro-Negro terá dois confrontos diretos nas próximas rodadas e conta com vitórias sobre Palmeiras (no Maracanã) e Cruzeiro (no Mineirão) para ultrapassá-los.

– Teremos uma semana de final de Campeonato Brasileiro – afirmou Caio Júnior sobre a partida do próximo domingo contra o Palmeiras.

Veja abaixo as chances de cada clube de ir à Libertadores:

São Paulo: 99% (antes da rodada era de 97%)
Grêmio: 94% (antes da rodada era de 83%)
Cruzeiro: 80% (antes da rodada era de 78%)
Palmeiras: 77% (antes da rodada era de 96%)
Flamengo: 50% (antes da rodada era de 44%)

novembro 10, 2008 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário