Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Pelo mal do Grêmio, torcedores do Inter secam o próprio time contra o São Paulo

Com a equipe sem chances no Brasileirão, colorados preferem ver o clube paulista atrapalhando o rival gaúcho na briga pelo título

Só uma das maiores rivalidades do planeta é capaz de fazer algo assim. Com a convicção de que o Inter não alcançará vaga na Libertadores, tem muito colorado querendo que o time perca para o São Paulo domingo, no Morumbi. Motivo: dar uma forcinha a um dos principais adversários do rival Grêmio na briga pelo título nacional. O pensamento é de que o efeito de uma derrota na capital paulista é bem menos impactante do que um título do eterno inimigo.

É a tese de Juliano Ramos, 20 anos. Colorado de coração, daqueles que vestem a camisa mesmo depois de um resultado ruim, o torcedor se vê obrigado a secar o próprio time domingo.

– No momento, o que um colorado mais quer é ver o Grêmio sem o título. A rivalidade exige isso. Minha preferência é que o Inter deixe o São Paulo ganhar. Se o Grêmio for campeão, será um incômodo por cinco, seis anos, com os caras o tempo todo dizendo que ganharam o Brasileirão de 2008. É melhor que não aconteça isso – diz o colorado.

Sílvio Pádua, 32 anos, pensa de forma parecida. Para ele, torcer contra o Inter não é tarefa simples, mas o esforço vale a pena.

– É uma situação meio esquisita, porque a gente torce pelo Inter na boa, na ruim e até na muito ruim. Mas, daqui a alguns anos, a gente vai lembrar disso e pensar que valeu a pena. Mas eu acho que o Inter vai perder de qualquer jeito. O São Paulo é um time melhor.

A opinião, claro, não é unânime. Também tem muito torcedor que não aceita derrota no Morumbi. É o caso de Aldair Jones, 21 anos.

– Eu sou colorado. Colorado não torce contra o Inter. Dane-se o Grêmio. Eu acho que o Inter tem que ganhar sempre – opina.

Jogadores se sentem incomodados com a situação

A possibilidade de amolecer contra o São Paulo não passa pela cabeça dos jogadores do Inter. Sempre que são perguntados sobre o assunto, eles dizem que pretendem jogar o máximo possível contra o clube paulista e chegam a se irritar com o assunto. Na prática, o clube colorado não terá força máxima contra o São Paulo, mas não para prejudicar o Grêmio. A questão é que a equipe de Tite, com a distância para a zona da Libertadores, passa a priorizar a Copa Sul-Americana.

Na quinta, o Inter visita o Boca Juniors na Bombonera para decidir vaga nas semifinais da competição continental. Atletas como Magrão e Nilmar, que voltam de lesão e até poderiam jogar no Morumbi, provavelmente serão preservados para que estejam com todo o fôlego em Buenos Aires.

outubro 30, 2008 - Posted by | Internacional, São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s