Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Botafogo repete decepção na Argentina e se complica na Sul-Americana

Assim como em 2007, contra o River, Glorioso joga grande parte do jogo com um a mais, mas é derrotado: 2 a 0 para o Estudiantes de La Plata

Em episódio similar ao da tragédia diante do River Plate, em 2007, o Botafogo foi à Argentina, jogou grande parte da partida com um jogador a mais, desperdiçou boas chances de abrir o placar e foi derrotado pela Copa Sul-Americana, nesta terça-feira. Só que dessa vez o rival foi o Estudiantes, que fez 2 a 0 enquanto estava em desvantagem numérica no estádio Ciudad de La Plata, gols de Boseli e Verón, e abriu boa vantagem em partida válida pelas quartas-de-final da competição.

No próximo dia 5 de novembro, brasileiros e argentinos voltam a se enfrentar, às 21h50m, no Engenhão, e o Botafogo precisa vencer por três ou mais gols de diferença para seguir na competição. Vitória por 2 a 0 leva a partida para os pênaltis e qualquer outro placar dá a vaga ao Estudiantes. O vencedor do duelo encara quem levar a melhor na disputa entre Palmeiras e Argentinos Juniors.

Vantagem numérica e gol perdido de forma incrível

Ampliar Foto Agência/EFE Agência/EFE

Wellington Paulista perdeu gol feito no último minuto da primeira etapa, em La Plata

No embalo dos cerca de 30 mil “albirojos” que cantavam na arquibancada, o Estudiantes de La Plata iniciou a partida a mil por hora. Marcando no campo de ataque e com a pegada típica do futebol argentino, o time da casa mantinha a posse de bola e dificultava a saída dos cariocas para o campo de ataque. A primeira conclusão aconteceu aos 5 minutos, quando Verón cobrou falta da intermediária, a zaga do Bota parou e Boseli girou para chutar no corpo de Castillo. A jogada foi uma mostra daquela que seria a principal arma dos argentinos: a eficiência de “La Brujita” Verón nas bolas paradas.

O Botafogo se aventurou no campo de ataque somente aos 12, com investidas de Zé Carlos, pelo lado esquerdo, sem sucesso. Três minutos depois, porém, uma boa chance. Troca de passes na entrada da área e Diguinho rolou para Túlio, livre, chutar rasteiro da meia-lua. Andújar caiu no canto direito para ficar com a bola. Aos 17, foi a vez do próprio Túlio encontrar Triguinho passando em velocidade pela lateral esquerda. O camisa 6 buscou Wellington Paulista em jogada aérea, mas o goleiro argentino mais uma vez mostrou segurança e fez a defesa.

A essa altura, o Botafogo já era melhor em campo, e a situação ficou ainda mais favorável com a expulsão de Alayes. O zagueiro do Estudiantes, que já tinha recebido um cartão aos 3 minutos por falta em Jorge Henrique sem bola, derrubou Wellington Paulista em contra-ataque e foi para o chuveiro mais cedo, aos 18. Estranhamente, a vantagem numérica desorganizou o Glorioso, que dava espaços no meio enquanto Verón cadenciava o jogo.

Aos 24 minutos, o craque do Estudiantes arriscou em cobrança de falta de muito longe. Leandro Guerreiro esticou a perna e tirou a bola do caminho do gol. Na seqüência, escanteio cobrado e Boseli escorou de cabeça para Guerreiro, mais uma vez, fazer o corte. Dois minutos depois, mais uma bola parada com Verón, que cobrou falta na área para Galván dominar e ser desarmado por Triguinho.

Sem criatividade, o Estudiantes passou a se preocupar mais em irritar e tentar a expulsão de um dos botafoguenses, em vão. Após muito perde e ganha no meio, Benítez encontrou Fernández na área aos 36. O atacante emendou bonito de primeira, mas errou o alvo.

A melhor chance da primeira etapa, entretanto, foi brasileira. Verón, logo ele, se enrolou todo no meio-campo e foi desarmado por Zé Carlos. O lance pegou a defesa do Estudiantes desprevenida e Jorge Henrique deixou Wellington Paulista livre, na frente de Andújar. O camisa 9 pedalou, driblou o goleiro, olhou para o gol e…chutou para fora. Inacreditável.

Desorganizado, o Botafogo se perde

O segundo tempo começou como o primeiro, mas com o Estudiantes muito mais efetivo. Além da forte pegada no meio, os argentinos mostravam objetividade e logo aos 13 segundos Galván arriscou do bico da área e isolou. Aos 2 minutos, Verón nocauteou Leandro Guerreiro em cobrança de falta. Já no minuto seguinte, Benítez levantou a bola na área e Castillo foi obrigado a voar para evitar a cabeçada de Boseli na pequena área. A pressão continuou e aos 6 Fernández fez o cruzamento perfeito e Angeleri, livre, escorou na rede pelo lado de fora.

Aos 11, o Botafogo não conseguiu segurar a pressão. Galván colocou a bola na área, Andre Luis falhou feio e deu um escanteio de presente para o Estudiantes. No cobrança, o próprio Galván levantou no primeiro pau, Castillo saiu em falso e a bola sobrou livre para Mauro Boseli, sem marcação, empurrar para o fundo das redes.

O gol desesperou o time carioca, que se mandava para o ataque sem a menor organização e errava muitos passes. Sempre tranqüilo, Verón era o maestro do Estudiantes e foi responsável por ampliar o placar aos 17. Cobrança de falta curta, ninguém do Botafogo marcou e o volante argentino olhou para o gol, ajeitou o corpo e soltou uma bomba no ângulo esquerdo de Castillo, golaço: 2 a 0 no placar. Logo no minuto seguinte, Túlio perdeu a cabeça ao receber falta não marcada de Díaz, reclamou muito com Carlos Amarilla e foi expulso.

Com 10 contra 10, o Botafogo até melhorou. Em campo no lugar de Diguinho, Zárate perdeu boa chance aos 24, ao cabecear para a boa defesa de Andújar. Os cariocas seguiram buscando o ataque, mas apelavam para bolas alçadas na área e eram facilmente desarmados pelos argentinos. A essa altura, o Estudiantes só pensava em fazer valer do “toco y me voy”, colocar o Botafogo na roda e ouvir os gritos de “olé” das arquibancadas.

Ficha técnica:

ESTUDIANTES 1 x 0 BOTAFOGO
Andújar, Angeleri, Alayes, Cellay e Díaz; Galván (Federico), Verón, Sanchéz e Benítez; Fernández (Calderón) e Boseli. Castillo, Alessandro (Lucas Silva), Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Thiaguinho); Leandro Guerreiro, Túlio, Diguinho (Zárate) e Zé Carlos; Wellington Paulista e Jorge Henrique.
Técnico: Leonardo Astrada. Técnico: Ney Franco.
Gols: Boseli, aos 11, e Verón, aos 17 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Díaz e Boseli (Estudiantes); Castillo, Andre Luis, Diguinho, Zé Carlos e Triguinho (Botafogo). Cartão vermelho: Alayes e Túlio (Estudiantes)
Estádio: Ciudad de La Plata Data: 21/10/2008. Árbitro: Carlos Amarilla (PAR). Auxiliares: Emigdio Ruiz (PAR) e Nicolás Yegros (PAR).

outubro 21, 2008 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

América-RN vira em cima do Santo André

Em noite marcada por homenagem em campo, Dragão sai da zona de risco

O América-RN deu um importante passo para escapar do rebaixamento na noite desta terça-feira. A equipe potiguar derrotou o Santo André de virada por 2 a 1, no estádio Machadão, em Natal, pela 32ª rodada da Série B do Brasileirão, deixando a zona de risco da competição.

Com o resultado, o time paulista segue com 55 pontos, em terceiro lugar na classificação, porém, sem risco de perder posições no decorrer da rodada.

O time potiguar sobe para 37 pontos, assumindo o 14º lugar. A equipe não corre o risco de voltar à faixa perigosa pelo menos até a próxima rodada.

Antes de a bola rolar, os jogadores do Santo André entraram carregando uma faixa com os dizeres “Eloá – mártir – pela falta de respeito e amor ao próximo – que isto tudo não seja em vão…”, em homenagem à menina morta após o seqüestro que emocionou a cidade do ABC paulista e o Brasil.

Os gols só saíram na segunda etapa do jogo, que foi marcado pelo equilíbrio entre as duas equipes. O time paulista abriu o placar aos 20 minutos, com Jéferson. Sete minutos depois, Saulo igualou o placar em ótima cobrança de falta. E aos 42, Marcelo Nicácio aproveitou falha da defesa paulista para decretar a vitória do Dragão

O Santo André volta a entrar em campo na próxima terça, dia 28, contra o Juventude, em Caxias do Sul. O América só joga no dia 1º de novembro, contra o lanterna CRB, mais uma vez em casa.

outubro 21, 2008 Posted by | America-RN | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Lateral-esquerdo André Santos não conhece quem são seus novos ‘donos’

Jogador diz não saber a identidade dos empresários que estão por trás da Turbo Sports, que comprou 50% dos direitos dele do Figueirense

A compra de 50% dos direitos do lateral-esquerdo André Santos pela empresa Turbo Sports continua cercada de mistério no Corinthians. O próprio jogador admitiu que não sabe quem são as pessoas que vão lucrar com uma futura negociação.

– Não descobri nada. Sei que é um grupo de investidores. Para mim, foi bom. E eu estou aqui para trabalhar – afirma.

Os valores da transação não foram revelados. Como a compra foi feita através do Corinthians para que o Figueirense não pedisse muito, A Turbo repassou 10% dos direitos ao Timão. Assim, a empresa tem 40% do atleta, contra 37,5% do Alvinegro e 22,5% de um grupo de empresários ligados a uma rede de supermercados, que comprou a porcentagem do Timão há alguns meses.

– Fazia tempo que o presidente Andrés Sanches estava correndo atrás para comprar meus direitos. Quero agradecer a ele. Hoje, pertenço ao Corinthians e a opção de me vender é do clube – completa o lateral.

outubro 21, 2008 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Após redenção na Série B, Timão espera pressão da Fiel por título já no Paulista

Técnico Mano Menezes acredita que a torcida não terá paciência com um desempenho apenas razoável na competição estadual

O Corinthians está a um passo de garantir seu retorno à elite do Campeonato Brasileiro. Mas o clima tranqüilo entre a Fiel e o elenco não deve durar muito tempo. Para o técnico Mano Menezes, depois da ótima campanha na Segundona, o Timão será muito cobrado pela torcida para brigar por título no Paulistão.

– Esse é o problema do futebol. De uma temporada para a outra, se cria uma expectativa maior. E precisamos atendê-la. O torcedor não vai esperar que o Paulista seja para formar uma equipe ou ficar entre os quatro melhores. Ele quer ser campeão e vai cobrar por isso. A pressão aumenta e precisamos retribuir com bons resultados desde o início do ano – afirma.

Mano, entretanto, acredita que a cobrança será compensada pela qualidade da equipe. O treinador acredita que o Timão conseguirá manter o bom futebol da Série B na Primeira Divisão e cita exemplos de jogadores que já fizeram sucesso na elite.

outubro 21, 2008 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Meio-campista do Vitória surpreso com liderança no Prêmio Belfort Duarte

Ricardinho não recebeu um cartão sequer e cometeu apenas cinco faltas em 22 jogos no Campeonato Brasileiro-2008

Depois de chegar a ocupar a vice-liderança do Campeonato Brasileiro (na décima rodada), o Vitória perdeu fôlego e ficou distante da luta por uma vaga na Taça Libertadores. Mas o clube baiano possui grandes chances de ter o vencedor do Prêmio Belfort Duarte, a ser entregue ao jogador mais disciplinado da competição. Há sete rodadas, o meio-campista Ricardinho lidera a disputa.

Em 22 jogos pelo Vitória no Nacional-2008, Ricardinho não recebeu um cartão sequer e cometeu apenas cinco faltas, com pontuação de apenas 0,11.

outubro 21, 2008 Posted by | Vitória | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Brasiliense vence o Criciúma de virada e abre vantagem para o rival

Tigre marca primeiro com Zulu, mas sofre a virada na etapa final

Em confronto direto na luta contra o rebaixamento, o Brasiliense venceu o Criciúma por 2 a 1, nesta terça-feira, em Taguatinga (DF), pela Série B. Zulu abriu o placar para os catarinenses no início do segundo tempo, mas sofreu a virada com gols de Adrianinho e Leandro Neto.

A vitória faz o Jacaré abrir quatro pontos do Tigre, por enquanto na 12ª colocação, cinco pontos a mais do que o melhor colocado entre os times que estão na zona de rebaixamento (40 a 35) – lembrando que a rodada ainda tem mais sete jogos. O Criciúma está em 15º, com 36.

Primeiro tempo movimentado

Jogando em casa, o Brasiliense foi quem esteve mais tocou a bola no campo de ataque. Mas sofreu também com os contra-ataques do Criciúma. O primeiro chute a gol foi de Iranildo logo a um minuto. Nada de gol. Aos dez, Jobson perdeu a melhor chance da etapa inicial. Ele recebeu livre na área, mas tentou driblar o marcador ao invés de chutar. Isso fez com que o goleiro Vinícius saísse do gol e abafasse o chute do meia do Brasiliense.

O Criciúma só veio a ameaçar com 23 de jogo. Canindé bateu falta, e Guto colocou para escanteio. Quatro minutos depois, O mesmo Canindé bateu de fora da área, a bola desviou na zaga e Guto, com uma mão só, espalmou para fora.

Aos 35, de novo o Brasiliense no ataque. Iranildo fez inversão da direita para a esquerda e achou Marcinho em boa posição. O canhotinho chutou de primeira e acertou a trave de Vinícius.

Wescley foi o encarregado de dar o troco, com 43 minutos. Após cobrança de escanteio pela esquerda, ele subiu na pequena área e cabeceou à esquerda do gol.

Gols no segundo tempo

No segundo tempo, o Criciúma voltou mais ligado no jogo. E conseguiu o seu gol aos nove minutos. Patric cruzou da direita, e Zulu ganhou de todo mundo no alto para cabecear no canto direito.

O gol, ao invés de incendiar, fez cair o ritmo da partida. O Criciúma recuou um pouco, e o Brasiliense não conseguia penetrar na defesa catarinense. Mas a entrada de Adrianinho deu novo ânimo para os donos da casa. Logo em seu primeiro lance ele bateu cruzado e obrigou Vinícius a espalmar para o lado.

Aos 27, o gol de empate. A zaga do Tigre afastou mal uma bola, jogando para o alto na entrada da grande área. Adrianinho não quis nem saber: sem medo de errar, pegou de primeira e acertou uma bomba no canto esquerdo.

O Brasiliense não ficou satisfeito com o empate e continuou na pressão. Chegou ao segundo gol em jogada de linha de fundo de Jobson, que cruzou na pequena área para Leandro Neto só desviar para o gol.

No último minuto do tempo regulamentar, Luís André carimbou o travessão de Guto. Nos acréscimos, Bidu foi expulso pelo lado dos donos da casa, que mesmo com estes dois sustos no fim conseguiu segurar a vitória.

outubro 21, 2008 Posted by | Criciuma | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Líder do returno, Goiás recebe lanterna Vasco

Alviverde não vence há três jogos; Cruzmaltino não deixa degola se ganhar

Goiás e Vasco levam a campo nesta quarta-feira, às 22h, no Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, as suas diferenças na competição, especialmente no segundo turno, para subir na tabela de classificação – o primeiro é nono colocado, enquanto o segundo ocupa a lanterna.

Você acompanha a partida em tempo real pelo PORTAL FUTEBOL.

A equipe goiana, contudo, lidera a disputa deste segundo turno, com 22 pontos (um a mais que Palmeiras e Flamengo), enquanto a carioca é a penúltima colocada neste segmento da Série A, com apenas oito, o mesmo que o Atlético-PR, em desvantagem nos critérios de desempate.

Neste returno do campeonato o Esmeraldino não perdeu em casa, vencendo cinco jogos e empatando um. Já o Cruzmaltino, apesar de ter ganho seu único jogo como visitante na segunda rodada desta etapa do Brasileiro, acumula três derrotas e um empate após este triunfo.

Além disso, a promessa é de gols em Goiânia. Atuando no Serra Dourada no segundo turno, o Alviverde marcou aproximadamente 2,8 gols por confronto. Por outro lado, a defesa cruzmaltina é a pior da competição, com 60 sofridos. Outro dado é que nesta sequência em casa no returno, a equipe goiana derrotou Náutico, Figueirense e Atlético-PR, clubes que lutam contra o descenso.

O Goiás, com 45 pontos, oito pontos atrás do quarto colocado, o São Paulo, não almeja mais uma vaga na Libertadores 2009, mas defende a liderança no segundo turno no Brasileiro – o ‘campeão’ leva o Troféu João Saldanha, oferecido pelo PORTAL FUTEBOL! .

O técnico Hélio dos Anjos não conta com o zagueiro Rafael Marques, suspenso, para encerrar série de três empates seguidos. Paulo Henrique e João Paulo disputam a vaga entre os titulares.

Porém, o volante Ramalho está à disposição. Como Fahel e Fernando fizeram um bom jogo contra o Coritiba (empate por 1 a 1 na rodada passada) Romerito ou Paulo Baier podem perder seus lugares. Neste caso, o time entraria com três volantes.

Último colocado do Brasileiro, com 27 pontos, o Vasco está quatro pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento (a Portuguesa) e não vence há nove rodadas no campeonato – dois empates e sete derrotas.

Sem o atacante Leandro Amaral, lesionado, a equipe cruzmaltina conta com o retorno de Edmundo, artilheiro vascaíno na competição (dez gols) após dois jogos de suspensão. O lateral-direito Wagner Diniz pode voltar ao time titular, com Baiano sendo deslocado para a ala esquerda.

– É difícil enfrentar um time com uma boa campanha no segundo turno. Mas, independentemente do adversário que for, temos que fazer o máximo para tirar o Vasco dessa situação – destacou o volante Jonílson.

FICHA TÉCNICA:
GOIÁS X VASCO

Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data/hora: 22/10/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS)
Auxiliares: Paulo Ricardo Silva Conceição (RS) e José Antônio Chaves Franco Filho (RS)

GOIÁS: Harlei, Paulo Henrique, Henrique e Ernando; Vitor, Fahel, Fernando, Paulo Baier, Romerito e Julio Cesar; Iarley. Técnico: Hélio dos Anjos.

VASCO: Rafael, Fernando, Jorge Luiz e Eduardo Luiz; Baiano, Jonílson, Mateus, Madson, Alex Teixeira e Valmir (Wagner Diniz); Edmundo. Técnico: Renato Gaúcho.

outubro 21, 2008 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sport viaja praticamente definido para o Sul

Gabriel sofre grave contusão durante um treino na Ilha

A delegação do Sport embarcou na tarde desta terça-feira para Porto Alegre, para o jogo contra o Grêmio, nesta quinta-feira, no Olímpico. Diferentemente do clássico contra o Náutico na última rodada, o técnico Nelsinho Baptista não escondeu o time e o Leão já viajou escalado.

A equipe não contará com o lateral-direito Sidny e o atacante Roger, suspensos. Mais dois jogadores poderão desfalcar o time: o lateral-esquerdo Dutra com dores no tornozelo esquerdo, e atacante Carlinhos Bala, com dores musculares. Caso não atuem, Márcio Goiano e Luciano Henrique serão seus respectivos substitutos.

Já o zagueiro Gabriel, que voltou a treinar com bola na semana passada após se recuperar de uma lesão no tornozelo esquerdo, sofreu uma grave contusão no treinamento desta terça. Numa disputa de bola, o defensor rompeu os ligamentos do joelho da mesma perna e ficará seis meses parado em recuperação.

O esquema não será mais o 4-4-2 como foi contra o Náutico e Nelsinho apostará mais uma vez no 3-5-2 com o zagueiro César fazendo o trio de defesa com Durval e Igor. Cássio Lopes está confirmado na posição de Sidny e Wilson fará dupla de ataque com Carlinhos Bala, na vaga de Roger.

– Podem pensar que vamos entrar para nos defender, mas isso não acontecerá. Vamos em busca da vitória, pois precisamos somar pontos. Vamos marcar a saída de bola e tentar furar o bloqueio deles. O Grêmio precisa da vitória, como também precisamos dela – salientou Nelsinho Baptista.

outubro 21, 2008 Posted by | Sport | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Hernanes brinca com propostas do exterior

Meia são-paulino diz que já rodou o mundo nas especulações

O meia Hernanes, do São Paulo, minimizou o interesse do CSKA em contratá-lo no início de janeiro. Representantes do clube russo confirmaram na semana passada que já até trocaram alguns documentos com a diretoria são-paulina, que exige 25 milhões de euros para liberar a revelação da base.

– Eu já rodei o mundo este ano de tanto que falaram que eu deixaria o São Paulo. Não estou sabendo de nada e, neste momento, também não quero saber. Se alguém souber de alguma coisa, eu também prefiro que não me conte, pois não estou interessado – desconversou Hernanes.

O camisa 15 tem longo contrato com o São Paulo e no meio do ano foi sondado pelo Barcelona (ESP). A diretoria recusou.

outubro 21, 2008 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Dupla devolve o alto astral ao elenco do Santos

Kléber Pereira e Fabão retornam ao time titular contra o Figueirense

Amigos inseparáveis, o atacante Kléber Pereira e o zagueiro Fabão festejam o bom momento da equipe do Santos no Campeonato Brasileiro, que no último sábado, conquistou sua segunda vitória jogando longe da Vila Belmiro.

O elenco se reapresentou nesta terça-feira para realizar treinamentos físicos em dois períodos no CT Rei Pelé, e os dois jogadores eram o retrato do novo astral do grupo. Eles são justamente as duas novidades do time para o duelo contra o Figueirense, sábado, na Vila.

Pereira retorna de suspensão automática e Fabão ganha nova chance entre os titulares, após o STJD punir os zagueiros Fabiano Eller e Domingos. Desta forma, o experiente defensor formará dupla com Adaílton, pela primeira vez no ano.

A escalação do Peixe só não está definida, pois ainda existe uma dúvida na lateral-direita. Wendel levou o terceiro cartão amarelo, e não joga. Pará é o substituto mais provável. O versátil jogador tem sido utilizado como meia, porém, Márcio Fernandes dificilmente improvisará um volante no setor, frustrando as pretensões de Adriano e Dionísio.

O único ala-direito de ofício no elenco é Fabiano. Jogador que ainda não foi utilizado pelo treinador.

outubro 21, 2008 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Portuguesa terá desfalques contra o Náutico

Estevam Soares não poderá contar com Raí e Preto na partida de sábado

A Portuguesa terá dois desfalques na partida contra o Náutico, no
próximo sábado, no Estádio dos Aflitos, pela 31ª rodada do Brasileirão.
O volante Raí e o apoiador Preto estão suspensos por terem recebido o
terceiro cartão amarelo contra o Grêmio.

Além disso, o técnico
Estevam Soares também não contará com volante Wilton Goiano, o goleiro
Sérgio e o zagueiro Aderaldo, contudidos. O primeiro com uma contratura
na coxa esquerda, segue em fase final de recuperação.

Já Sérgio, com dores na panturrilha esquerda e Aderaldo, com uma pubalgia, ainda não têm previsão de retorno.

Por
outro lado, o goleiro André Luís voltará a equipe depois de ter pedido
licença pelo falecimento de sua mãe. Outro que ficará à disposição é o
atacante Jonas, que não atuou na última rodada pois há uma cláusula em
seu contrato que não permite enfrentar o Grêmio, clube detentor de seus
direitos federativos.

outubro 21, 2008 Posted by | Portuguesa | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Verdão recebe Argentinos Juniors pela primeira vez

Fatos inéditos: Palmeiras nunca enfrentou Argentinos Juniors e nem sequer avançou para as quartas-de-final da Sul-Americana

O panorama do Palestra Itália, pelo jogo de ida das quartas-de-final da Copa Sul-Americana é um tanto quanto singular. Será a primeira vez na história que o Palmeiras enfrentará o grupo doArgentinos Juniors-ARG em um campeonato.

E não é qualquer campeonato. Ambos os times têm uma ambição relevante nesta quarta-feira por nunca avançarem tanto no torneio continental. Contra os argentinos, é a chance do Palmeiras alavancar e conseguir, talvez, mais um título importante nesta temporada.

Para o alívio do torcedor, se o histórico contra o Argentinos Juniors é nulo, o retrospecto com o resto dos times da Argentina, em compensação, é bastante amplo. No total, foram 77 confrontos, com 37 vitórias, 23 empates e apenas sete derrotas. O time com quem o Palmeiras mais jogou foi o Boca Júniors – 21 jogos, sete vitórias, 12 empates e apenas duas derrotas.

O pensamento do técnico Vanderlei Luxemburgo e dos jogadores, porém, está totalmente voltado para o jogo contra o desesperado Fluminense, sábado, às 16h, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Só não vão entrar em campo esta quarta todos os jogadores reservas porque alguns titulares como Roque Jr., Léo Lima e Diego Souza cumprirão suspensão automática no sábado.

Luxemburgo até cria um certo mistério, mas o zagueiro Maurício, os laterais Fabinho Capixaba e Jefferson, e o atacante Thiago Cunha devem ser titulares na Sul-Americana.

A dúvida maior fica por conta do atacante Denílson. O camisa 19 pode ser popupado, para atuar como titular contra o Flu, ou utilizado para comandar o expressinho do Palmeiras nesta quarta. Jumar, que volta da suspensão do clássico contra o São Paulo, também pode ser uma boa opção.

O Argentinos Juniors vem embalado para o Brasil. Na última sexta-feira, o time saiu vitorioso pela segunda vez no torneio da Apertura do Campeonato Argentino, contra o Huracán, e subiu para a 16ª posição. A vitória, alem de permitir o abandono do último posto da classificação, renovou a confiança dos jogadores para a Copa Sul-Americana, principal objetivo do técnico Néstor Gorosito.

– Cada vez que Argentinos necessita ganhar, seus jogadores demonstram que tem o “fogo sagrado” e, por isso, temos muita confiança para vencer do Palmeiras – afirmou Gorosito, referindo-se à cor da camisa argentina para a partida.

Os jogadores, no entanto, mostraram-se preocupados com o tamanho do campo do Palestra Itália. Eles estão acostumados a jogar em um campo muito menor e terão que se adaptar rapidamente. Tanto que o treino desta terça-feira foi no estádio do Verdão.

O técnico irá escalar o mesmo time que venceu o Huracán por 2 a 0. O Argentino Juniors se classificou para a Copa Sul-Americana após vencer do time mexicano San Luis, também, por 2 a 0. Os gols foram de Pavlovich e Hauche.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X ARGENTINO JUNIORS

Estádio: Parque Antarcica, em São Paulo (SP)
Data/hora: 22/10/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: José Buitrago (COL)
Auxiliares: Eduardo Díaz (COL) e Rafael Rivas (COL)

PALMEIRAS: Marcos; Mauricio. Gustavo e Roque Jr.; Fabinho Capixaba, Léo Lima, Jumar, Diego Souza e Jefferson; Thiago Cunha e Denílson. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

ARGENTINOS JUNIORS: Sebastián Torrico; Andrés Scotti, Matías Caruzzo, Juan Sabia; Gonzalo Prósperi, Juan Ignacio Mercier, Néstor Ortigoza, Sergio Escudero; Facundo Quiroga; Gabriel Hauche e Nicolás Pavlovich. Técnico: Néstor Gorosito.

outubro 21, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Náutico se prepara para encara a Portuguesa

Fernandes pretende poupar jogadores caso vença a Lusa

O Náutico se prepara para enfrentar seu próximo compromisso no Campeonato Brasileiro: receber a Portuguesa, no próximo sábado, no Aflitos. A partida é crucial para o Timbu e a Lusa, pois ambos estão com 31 pontos e na rabeira da zona de rebaixamento.

Enquanto o Náutico está na 15ª posição da tabela, a Portuguesa vem uma posição atrás, e as duas equipes lutam para se afastarem das últimas colocações. Para este jogo, o Alvirubro não terá à disposição o volante Ticão e o atacante Gilmar, amobos suspensos. Mas Roberto Fernandes não definiu ainda seus substitutos.

Inclusive, Fernandes garantiu que, caso vença a Portuguesa, ele deverá poupar alguns jogadores para o jogo seguinte, contra o Internacional em Porto Alegre. Esta medida deve-se pelo fato do treinador encarar a partida contra a Lusa como uma decisão de campeonato, enquanto que a do Inter, não pode ser encarada como confronto direto.

– Não estou tirando a importância do jogo contra o Inter, mas teremos menos possibilidades de vencer em Porto Alegre do que nos confrontos nos Aflitos. Por isso, pretendo poupar alguns jogadores. Fiz isso no ano passado contra o Cruzeiro e empatamos em 2 a 2 no Mineirão – relembrou Roberto Fernandes.

outubro 21, 2008 Posted by | Náutico | , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em clima de revanche, Inter recebe Boca

Rival argentino eliminou o Colorado duas vezes na competição sul-americana

A expectativa dos jogadores do Inter pelo confronto com o Boca Juniors, nesta quarta, no Beira-Rio, pela partida de ida das quartas-de-final da Copa Sul-Amereicana, impressiona. É como se eles fossem enfrentar um adversário sagrado.

Então, pode-se prever empenho total da equipe nesse jogo de ida pelas quartas-de-final da Copa Sul-Americana (o de volta será em 6 de novembro, na Bombonera). E Beira-Rio com mais de 40 mil pessoas, se a previsão de chuva não se confirmar. Os 12 mil ingressos postos à venda se esgotaram e são esperados mais de 30 mil sócios.

O meia Alex, hoje o maior destaque do Colorado, lembra dos confrontos de 2004 e 2005, pela mesma competição. No primeiro (Boca 4 a 2, na Bombonera, e 0 a 0 no Beira-Rio), ele se recuperava de uma cirurgia no tornozelo esquerdo; no segundo (Inter 1 a 0, no Beira-Rio, e Boca 4 a 1, na Bombonera), era reserva ! Numa das fotos da vitória em 2005, Fernandão aparece em primeiro plano, vibrando com seu gol, marcado já nos descontos, e a figura de abrigo, ao fundo, dando uma cambalhota, é Alex.

– De lá para cá amadurecemos muito. Na volta à Bombonera, dia 6, nada de tirar fotos. Mas a emoção de encarar o Boca, um time multicampeão, respeitado no mundo inteiro, é sempre grande. Uma vitória nos aumentará a auto-estima e a confiança, inclusive para essa reta final do Brasileiro – admite.

O Inter ainda não terá Guiñazú, o motor do time, que se recupera de lesão no cotovelo esquerdo. Andrezinho será seu substituto. O lateral-direito Ângelo continuará no lugar do titular Ricardo Lopes, que sofreu torção no joelho direito. No mais, é time completo, já que o volante Magrão e o zagueiro Indio, que não enfrentaram o Atlético-PR sábado, estão à disposição.

Mesmo com o time reserva, o Boca Junior vem embalado por uma vitória sobre o arqui-rival, River Plate por 1 a 0 , no último domingo, com um jogador a menos. Se o trio Riquelme/Palacios/Palermo não estará em campo, a atração fica por conta de Lucho Figueroa, atacante argentino contratado recentemente junto ao Genoa (ITA).

O Boca Junior prioriza o campeonato argentino, mas vale lembrar que sempre trata-se de um time copeiro e competiçãoes sul-americanas de mata-mata.
FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X BOCA JUNIORS

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de outubro de 2008
Horário: 22h05 (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Assistentes: Pablo Fandiño (URU) e Wáter Rial (URU)

INTERNACIONAL: Lauro, Ângelo, Indio, Bolívar e Gustavo Nery; Edinho, Magrão, Andrezinho e D’Alessandro; Nilmar e Alex. Técnico: Tite.

BOCA JUNIORS : García; Barroso, Roncaglia, Paletta e Pondacaro; González, Chávez, Gracian e Cardozo; Noir e Lucho Figueroa. Técnico: Carlos Ischia.

outubro 21, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Celso Roth ainda não sabe se usa Tcheco e Douglas juntos

Técnico gremista deve levar o mistério até momentos antes do jogo

Com o retorno garantido de Tcheco, que cumpriu suspensão de três jogos, o técnico Celso Roth ainda não decidiu se escala o jogador ao lado do jovem Douglas Costa, de 18 anos, na partida contra o Sport, nesta quinta, 20h30, no Olímpico.

Douglas, que tem um gol entre os profissionais, foi titular nas últimas três partidas, obtendo duas vitórias e uma derrota. No vestiário do Canindé, após a derrota por 2 a 0 para a Portuguesa, Celso se esquivou, no entanto, deixou aberta a hipótese de usar os dois entre os titulares.

– Todos estão aí para trabalhar. Vou escolher o melhor para o Grêmio – despistou Celso.

A tendência é que Roth use os dois. Neste caso, Douglas podertia entrar na vaga de Hélder, com o zagueiro Réver fazendo as vezes de ala-esquerdo. Roth também pode adiantar Douglas para fazer companhia a Morales no ataque.

– Gostaria de jogar ao lado do Tcheco, que é um ótimo jogador, mas a decisão é do Celso – disse um ainda tímido Douglas Costa.

outubro 21, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Zagueiro Réver pede cuidado contra o Sport

Jogador aposta na reabilitação do Grêmio no Campeonato Brasileiro

O Grêmio joga em casa, nesta quinta-feira, tentando se manter na liderança do Brasileirão. O zagueiro Réver destaca a importância de atuar com o apoio da torcida, mas alerta para o perigo que é enfrentar o Sport que, já classificado para a Libertadores, disputa o campeonato como franco atirador.

– O Sport está no meio da tabela, não tem responsabilidade nenhuma. Para eles, tanto faz como tanto fez vir aqui e arrancar pontos da gente. Temos que ter atenção para não sermos surpreendidos – analisou Réver.

Nos 15 jogos que realizou dentro do Olímpico, o Grêmio conquistou 11 vitórias, três empates e perdeu apenas uma vez (para o Goiás).

– Nós temos um apoio muito forte da torcida dentro do Olímpico e precisamos fazer isso prevalecer. Fora de casa estamos tendo dificuldades para conseguir os resultados. A equipe vem suportando bem no primeiro tempo, mas, infelizmente, pecamos nas finalizações e acabamos não resistindo à pressão no segundo tempo – afirmou Réver, lamentando a derrota de domingo passado para a Portuguesa.

outubro 21, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio prepara transição na presidência

Construção do novo estádio é um dos pontos fundamentais a se discutir

O Grêmio inicia ainda nesta semana o processo de transição na presidência. Duda Kroeff, eleito no sábado passado, terá um encontro com Paulo Odone, atual comandante, para tratar de assuntos estratégicos do Grêmio na virada do ano, já que a posse de Duda acontece somente no começo de 2009.

Um dos pontos chaves do encontro será a oficialização da Grêmio Empreendimentos, empresa que será responsável pela construção da Arena Gremista, estádio que será erguido na zona norte de Porto Alegre, em substituição ao Olímpico.

Entre as correntes políticas do clube existe uma discordância a respeito dos prazos para a criação da entidade que vai gerenciar e administrar a obra.

Eduardo Antonini, homem que está a frente neste processo, entende que o contrato com as empresas seja assinado até o final. Ele aponta para o risco do Grêmio se atrasar e inviabilizar que o novo estádio seja uma das sedes da Copa de 2014.

No entanto, esse pensamento não é o mesmo da nova direção, que gostaria de analisar a situação com mais calma e também definir quem será o comandante do projeto.

outubro 21, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ramalho próximo da renovação com o Goiás

Volante é o maior desarmador da equipe neste Brasileirão

Um dos destaques na campanha do Goiás no returno do Campeonato Brasileiro, o volante Ramalho deu uma boa notícia para os torcedores esmeraldinos nesta terça-feira. O jogador confirmou que está prestes a renovar seu contrato com o clube.

A Planet Soccer, empresa que gerencia a carreira de Ramalho, mandará um representante para Goiânia, nesta quarta-feira, para negociar a renovação do contrato, que termina no próximo dia 12 de dezembro.

Ramalho disputou 25 partidas pelo Goiás até o momento neste Brasileirão. Além disso, ele é o principal ladrão de bolas do time, com 78 desarmes.

– Vivo uma ótima temporada e estou feliz por ajudar o Goiás a fazer boa campanha. Sei que alguns clubes estão interessados no meu futebol, mas só depende do Goiás. Fui bem recebido por todos aqui e acredito num acerto – explicou Ramalho, que se recuperou de contusão na coxa esquerda e foi relacionado para o jogo contra o Vasco, nesta quarta-feira, no Serra Dourada.

outubro 21, 2008 Posted by | Goiás | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Hélio dos Anjos: ‘O Vasco ainda me deve’

Treinador do Goiás comandou o Vasco de 1999 a 2000

O técnico Hélio dos Anjos fez questão de lembrar, na véspera da partida contra o Vasco, nesta quarta-feira, no Serra Dourada, que o clube carioca ainda lhe deve dinheiro da época em que comandou a equipe – de 1999 até 2000.

– Saí do Vasco em 2001 porque o clube não me pagava. Nem me pagou até hoje. Não vou vender minha alma só para trabalhar num clube grande. Pedi na Justiça aquilo que todo trabalhador tem direito. Infelizmente, ainda não tenho informações sobre o andamento do processo – garantiu em entrevista à Rádio Brasil.

Sobre a partida, Hélio dos Anjos garantiu que mesmo sendo lanterna do Campeonato Brasileiro, o Vasco tem dificultado a vida dos seus adversários.

– É grande a expectativa para o jogo contra o Vasco. Temos de fazer um bom jogo. O campeonato está oferecendo uma dificuldade grande para as equipes. Estamos trabalhando muito para tentar vencer este adversário difícil – disse à Rádio Brasil.

outubro 21, 2008 Posted by | Goiás | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Flu está de volta às Laranjeiras após duas semanas

René Simões nega pressão da torcida e diz que era hora dos jogadores ficarem com suas famílias

Após passar duas semanas afastada do Rio de Janeiro, concentrada em Itu e Saquarema, a equipe do Fluminense está de volta à cidade e já realizou um treino nas Laranjeiras na tarde desta terça-feira.

Trazendo uma vitória e um empate na bagagem, o técnico René Simões voltou a desmentir que o real motivo do afastamento do Tricolor seria medo de represálias por parte da torcida.

– Sempre disse isso e vou repetir mais uma vez: não houve pressão da torcida para sairmos daqui. Passamos duas semanas fora e já estava na hora deles dormirem com suas esposas e filhos. Ninguém é de ferro. E preferimos evitar que os problemas passassem também para as vidas pessoais deles – afirmou René, preocupado com seus jogadores.

Verdade ou não, a realidade é que René reclamou e foi atendido: o gramado do campo das Laranjeiras nesta terça-feira estava consideravelmente melhor e o técnico aproveitou para treinar muitas finzalizações.

outubro 21, 2008 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fernando Henrique: ‘Precisamos ser extraordinários’

Goleiro do Fluminense prevê partida difícil mas conta com ajuda da torcida

O próximo desafio do Fluminense contra o rebaixamento será o Palmeiras. A partida que acontecerá no próximo sábado, às 16h, no Maracanã, é decisiva para o Tricolor que só tem mais oito jogos para se manter na elite do futebol nacional.

O goleiro Fernando Henrique acredita no poder do fator “torcida” e sabe que ele e seus companheiros precisarão de mais que uma boa atuação.

– É um jogo complicado, mesmo sendo em casa. Sabemos da força da torcida e vamos fazer de tudo para buscar a vitória. Não podemos ser apenas normais dentro de campo. Precisamos ser extraordinários – afirmou o defensor tricolor.

outubro 21, 2008 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Jônatas volta a ser relacionado por Caio Jr.

Volante não era convocado desde o dia 24 de agosto

Após um longo tempo na geladeira, o volante Jônatas voltou a ser relacionado para a concentração. A última vez que havia sido convocado tinha sido na partida contra o Internacional, no dia 24 de agosto. Na ocasião, ele sobrou e não foi para o banco de reservas. Sua última vez entre os dezoito foi contra o Grêmio, no dia 21 de agosto. Ainda não há uma definição sobre a sua presença no banco.

Para a partida contra o Coritiba, nesta quinta-feira, o técnico Caio Júnior convocou 21 jogadores. Como o treinador não sabe se vai poder contar com Luizinho e Everton, que só foram convocados para dar continuidade ao tratamento intensivo, a concentração terá mais do que os 19 que geralmente são chamados.

Confira abaixo a lista completa:

Goleiros: Bruno e Diego.
Laterais: Leonardo Moura e Luizinho.
Zagueiros: Ronaldo Angelim, Leonardo e Dininho.
Volantes: Aírton, Jaílton, Toró, Jônatas, Ibson e Kleberson.
Apoiadores: Fernando, Fierro, Sambueza e Everton.
Atacantes: Obina, Marcelinho Paraíba, Vandinho e Josiel.

outubro 21, 2008 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Bruno: ‘Se não der na técnica, que seja na porrada’

Goleiro do Flamengo afirma que agora é hora de um time engolir o outro

O Flamengo entrou de vez na briga pelo título do Campeonato Brasileiro após a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco no último domingo. E o goleiro Bruno já entrou no clima de decisão. Segundo ele, a equipe rubro-negra tem a obrigação de vencer o Coritiba na próxima quinta-feira, no Maracanã, mesmo que seja na porrada.

– Se não pudermos ganhar na técnica, que seja na porrada. Daqui para a frente, é final de campeonato. É um time engolindo o outro – disse ao SporTV.

O Rubro-Negro está na quinta posição do Brasileiro com 52 pontos, quatro a menos que o líder Grêmio

outubro 21, 2008 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fla luta contra os erros do jogo com o Galo

Equipe rubro-negra jogará novamente sem Fábio Luciano e Juan

A máxima de que errar uma vez é humano e persistir no erro é burrice tem de ser levada em consideração pelo técnico Caio Júnior na quinta-feira, quando o Flamengo enfrenta o Coritiba no Maracanã. O treinador não poderá contar com Fábio Luciano e Juan (suspensos) e terá de se livrar dos equívocos cometidos contra o Atlético-MG há duas rodadas, quando o Rubro-Negro estava desfalcado dos mesmos jogadores.

Na derrota para o Galo por 3 a 0, Caio Júnior improvisou Sambueza no lugar de Juan e praticamente desestruturou o time com a mudança radical. Para o jogo contra o Coxa, Caio já descartou o argentino na lateral esquerda, mas ainda tem dúvida entre Everton e Luizinho. Depois do treino da última segunda-feira, o primeiro saiu na frente na luta pela vaga, já que o segundo deixou o treinamento sentindo dores no músculo adutor da coxa direita.

Na zaga, Dininho, que entrou durante o clássico de domingo e foi bem, deve ser o substituto natural do capitão Fábio Luciano.

Co-responsável pela vitória de domingo sobre o Vasco, o atacante Obina já passou uma borracha na partida contra o Galo e ponderou que o Flamengo já obteve alguns triunfos sem exibir grandes espetáculos.

– Sabemos que a equipe jogou abaixo do esperado, mas aquele dia é para ser equecido. Também já jogamos bem e perdemos. O importante é vencer, mas vamos procurar fazer de tudo para voltar a desempenhar um bom futebol. Precisamos ter humildade e vontade para melhorar – declarou o xodó da torcida do Fla.

O goleiro Bruno lamentou a repetição de dois desfalques importantes para o próximo jogo, mas ressaltou que um time que pretende ser campeão tem de passar por este tipo de obstáculo. Ele confia que os substitutos darão conta do recado.

– Nosso time perde muito sem eles. O Fábio Luciano tem uma liderança enorme e o Juan está em ótima fase. Mas não podemos depender apenas deles. Temos jogadores à altura para entrar no time – garantiu.

Na quinta-feira, diante do Coritiba, a expectativa é de que o Maracanã receba grande público, assim como no jogo contra o Atlético-MG. Os rubro-negros, porém, esperam que o desfecho da história seja mais feliz.

outubro 21, 2008 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Figueirense lança seu quarto uniforme

Nova camisa do clube é dourada com detalhes em cor-de-vinho

Para celebrar a parceria de dez anos, a Umbro desenvolveu o quarto uniforme do Figueirense. A camisa é dourada com detalhes em vinho, que remete ao figo, fruto da Figueira.

Durante o período de parceria, o clube catarinense foi cinco vezes campeão estadual (1999, 2002-2004, 2006 e 2008), vice-campeão da Copa do Brasil (2007) e campeão da Copa São Paulo de Juniores (2008).

O uniforme deve ser usado na partida contra o Fluminense, dia 30 de outubro, mas já está à venda a partir desta segunda-feira.

outubro 21, 2008 Posted by | Figueirense | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário